O GINECOLOGISTA - PARTE 02 (INÍCIO)


Click to Download this video!


O Doutor Alfredo estava em uma semana de “saco cheio”, infernal, para dizer a verdade; ele já não aguentava mais suas pacientes de meia-idade reclamando que estavam gordas, feias e sem atrativos e que precisavam seriamente de um processo de rejuvenescimento. A cada era a mesma ladainha, barriga, culote, estrias, celulite e vai por aí afora … segundo ele, o que elas precisavam era de uma pequena dose de juízo e bom senso … a genética, pensava o médico, não é algo contra a qual se luta, mas se convive, adaptando-se e buscando sempre o melhor bem-estar possível. Umas gordurinhas a mais, ou ainda o efeito gravitacional na fisiologia humana não podiam ser revertidos e, portanto, era necessário aprender a conviver com eles e aproveitar a vida.

Além do mais, Alfredo sempre detestou o que ele mesmo denominava de “personalidades naturais querendo parecer anoréxicas”; para ele mulher bonita era mulher farta (mas, sem excessos, é claro), de formas generosas e bem distribuídas, que realçavam tudo aquilo que a mulher tem de belo. Não era admissível aquelas garotas com corpo de modelo que mais pareciam seres dotados e imensa elasticidade, mas pouca substância. Sua mulher, Eunice, era o tipo de mulher que ele considerava o arquétipo da mulher bonita e desejável … e mesmo depois da experiência inédita com Letícia, para ele não havia ninguém como Eunice.

Aliás, aquela experiência com Letícia perturbou-lhe a mente por muito tempo e mesmo depois de uma nova consulta com ela – que desaguou em uma deliciosa trepada – Alfredo ainda preferia evitar que o contato com suas pacientes pudesse se tornar uma aventura sexual sem limites. Para isso, ele criou uma espécie de “freio”; sempre que ele percebia algo fora do normal na conversa com a paciente, que pudesse enveredar pelo caminho da sacanagem, ele dava um pequeno tapinha no pênis já meio enrijecido e acelerava a consulta, dispensando a paciente assim que fosse possível.

E essa técnica até que estava funcionando; exceto pelo dia em que uma nova paciente de nome Norma entrou em seu consultório. Norma era uma mulher de cinquenta anos, corpo bem definido com formas exuberantes; tinha seios de médio para grande que ainda conservavam uma firmeza intrigante e uma barriga discreta para a sua idade. Era alta, pernas longas com coxas grossas que sustentavam uma cintura marcada e um quadril que insinuava o traseiro grande, firme e sem ondulações excessivas, de tal modo que quando ela andava tudo parecia ter um ritmo próprio e cadenciado – uma ginga – que deixava qualquer macho louco de tesão.

Alfredo achou curiosíssimo quando ela disse que viera até ele por intermédio de Letícia, que o havia recomendado com muitos elogios. Muito embora ele não pudesse saber exatamente o que Letícia havia dito para Norma, ele temeu por uma eventual sanha da primeira em indicá-lo para a segunda; de qualquer forma, ele deixou de lado qualquer pensamento maledicente e preocupou-se apenas e tão somente em proporcionar a melhor consulta para sua nova cliente. E como era de praxe, Alfredo emitiu algumas guias de exames, orientando Norma sobre os procedimentos a serem adotados para a realização destes e marcando um retorno com sua secretária, Denise, assim que os resultados estivessem prontos.

No pouco tempo que restou, e aproveitando uma “janela” que lhe permitisse respirar entre uma consulta e outra, Alfredo quis saber um pouco mais sobre Norma que lhe contou que era divorciada há alguns meses, mãe de dois filhos (um casal) que já tinham vida independente e com uma atividade profissional que decidira retomar após o término de seu casamento; Norma tinha adquirido em parceria com uma amiga, a franquia de uma loja de “produtos eróticos”, cuja localização – escolhida a dedo – rendeu frutos muito rapidamente, auferindo a ambas uma boa renda financeira.

Alfredo ouvia tudo com atenção enquanto examinava o belo rosto de sua nova paciente; Norma tinha olhos negros cujo brilho era tão penetrante que parecia vasculhar a alma para quem ela o direcionasse; os lábios eram finos e bem desenhados, e havia sempre uma aura de brilho molhado que chamava a atenção de qualquer homem (inclusive dele!). O rosto suave era emoldurado por cabelos pretos lisos e brilhantes como se tivessem luz própria, concedendo-lhe um ar de jovialidade madura, algo que Alfredo adorava em qualquer mulher … Enfim, Norma era um belo espécime feminino de beleza estonteante para homens que sabiam apreciar o que era bom e bonito.
Despediram-se da maneira mais formal possível, ou seja, com um aperto de mão. Porém, Alfredo sabia aproveitar todos os sentidos que a natureza lhe concedera e aquela mão fina, quente e macia, denotava um vulcão contido que esperava o momento certo para explodir em sensualidade e desejo.

No final do dia, o médico, como era de hábito, passou na cafeteria situada no pequeno centro comercial abrigado no térreo do edifício onde ele mantinha seu consultório para um delicioso expresso acompanhado de uma fatia de “cheese cake” de frutas vermelhas (a sua preferida). Sorveu a bebida quente e saboreou o pedaço e torta, lambendo os lábios de tanto prazer com aquela iguaria sem par. Encontrou-se com Evilásio, seu colega de faculdade e profissão e depois de alguma conversa jogada fora, decidiu que era chegada a hora de ir para casa … afinal, Eunice estava à sua espera para jantar.

Já em casa, Alfredo e Eunice jantaram uma refeição leve acompanhada de um bom vinho chileno e depois de, juntos, lavarem a louça foram para a sala a fim de relaxarem após um dia estafante; Eunice contou para Alfredo de suas agruras em seu trabalho – ela era médica socorrista e chefiava a equipe de um grande hospital da cidade – e de como teve de lidar com situações inusitadas e inesperadas; Alfredo ouvia tudo atentamente, pois gostava de conversar com sua esposa sobre seus afazeres diários.

Mais ou menos uma hora depois, o casal estava em sua suíte, preparando-se para uma noite de sono; enquanto escovava os dentes, Alfredo ficou observando sua esposa que tomava uma ducha rápida antes de ir para a cama; Eunice era um mulherão, ponderava Alfredo; ela tinha um corpo bonito e enxuto: não tinha barriga (apesar da idade chegando aos quarenta) e seus seios eram médios e ainda firmes, e sua bunda era um espetáculo à parte – Alfredo costumava brincar que foi por causa da bunda de Eunice que ele se casou com ela – roliça e com uma curvatura insinuante ao ponto de excitar mesmo quando ela estava com seu uniforme de trabalho.

Olhando para a esposa, Alfredo sentiu seu mastro pulsar, denunciando uma ereção inesperada, no mesmo instante que percebeu que a visão de Eunice, aliada ao pensamento sobre Norma, haviam sido responsáveis por aquele movimento fisiológico involuntário. O ginecologista estava nu e, portanto, incapaz de ocultar aquela ereção que avançava portentosa e ousada; quando Eunice saiu do box, seus olhos faiscaram com a visão da rola dura de seu marido; mesmo se sentindo culpado pelas razões da ereção, Alfredo fitou a esposa, deixando que o clima seguisse seu curso.

Eunice ajoelhou-se na frente de seu marido e, segurando a rola dura pela base, avançou contra ela, deixando que sua boca fizesse o que tinha que ser feito; ela chupava o mastro de seu marido com destreza e com carinho, segurando-o pela base com uma das mãos e acariciando seu ventre com a outra; Alfredo deliciava-se com aquele sexo oral inesperado e acariciava os cabelos da esposa, deixando-a livre para agir o quanto quisesse.

No entanto, ele sabia que aquela ereção teve um motivo bastante claro: sua nova cliente, Norma, e aqueles olhos fogosos e provocantes! Ele sentia-se tão excitado com uma imagem na mente e uma mulher ajoelhada à sua frente, chupando e lambendo sua rola grossa e dura. Alfredo curvou levemente a cabeça para trás, semicerrou os olhos e deixou que aquela mescla inexplicável de Eunice e Norma operassem livremente em seu cérebro, sorvendo o presente com o etéreo e deixando que ambas as sensações o possuíssem obcecadamente.

-Não …, não goza ainda, meu amor … quero essa rola gostosa dentro de mim! – Alfredo ouviu essa frase soando no interior de seu ser, enquanto percebia que Eunice havia cessado de chupar seu pau e curvado-se ao lado dele sobre a pia do banheiro esperando para ser penetrada por aquela rola pulsante.

Alfredo, não se fazendo de rogado, segurou a esposa pelas ancas, e sem qualquer cerimônia, introduziu a rola dura na vagina alagada que ansiava por um objeto tão poderoso … o médico penetrou com um único movimento e sem delongas, começou a estocar sua parceira, fazendo movimentos longos e demorados, permitindo que Eunice saboreasse toda a virilidade de seu marido. Eles copulavam como se aquela fosse a primeira vez de suas vidas e isso era algo que deixava Alfredo sensibilizado e surpreso; a sincronia sexual com sua mulher era algo que ele jamais saberia explicar, e mesmo pensando em sua nova cliente (Norma), ele não deixou de dedicar-se em propiciar prazer para sua parceira.
Eunice gemeu alto quando sentiu o primeiro orgasmo extravasar em suas entranhas, inundando-a com uma onda de líquidos que provocavam enormes espasmos corporais, obrigando-a a contorcer-se luxuriosamente. Alfredo adorou aqueles movimentos, cuja cadência própria e rítmica o deixavam ainda mais excitado, estimulando estocadas ainda mais viris e profundas, enquanto suas mãos apertavam a carne firme e quente das ancas de Eunice …, sentindo um desejo incontido, Alfredo acariciou as nádegas dela, e, em seguida aplicou um vigoroso tapa em uma delas, causando um impacto inesperado em sua parceira.

-Ai! Seu bruto …, meu macho! Bate mais, que a sua puta gosta! Vai! Bate, seu puto! – As palavras de Eunice agiram como uma nova espécie de estimulante afrodisíaco, tornando Alfredo mais ousado e viril; ele repetiu o gesto mais algumas vezes, deixando as nádegas de Eunice quentes e avermelhadas, enquanto sentia-se dono de uma situação nova, desconhecida e excitante!

Eunice gozou tantas vezes que ambos perderam as contas, e Alfredo resistia bravamente, mantendo uma ereção intensa e incomum até mesmo para os padrões usuais em outras situações. E somente após ambos sentirem seus corpos vencidos pelo esforço que se revelava em contrações levemente dolorosas e um suor que escorria intermitente por toda a sua pele, Eunice começou a estimular seu parceiro a chegar ao clímax, levando uma mão para trás e tocando nas bolas inchadas de Alfredo, massageando-as com delicadeza.

-Vai, meu macho …, goza para mim, goza …, por favor … me enche com sua porra quente …, me lambuza todinha …, eu quero …, quero agora! – Alfredo, ao ouvir aquelas palavras, perdeu totalmente o tino, intensificando de forma quase animalesca os seus movimentos e imprimindo um novo castigo à vagina liquefeita de sua parceira …, e, logo, ele gozou! Gozou como nunca gozara antes e antes que os jatos acabassem, ele tirou a rola para fora, lambuzando as nádegas de Eunice que, por sua vez gemia e balbuciava palavras de agradecimento, mescladas com palavrões e expressões sem sentido.

E quando a onda de sêmen de Alfredo, finalmente, cessou, eles se abraçaram e se beijaram, procurando ajuda mútua para arrastarem seus corpos extenuados até a cama onde desabaram e adormeceram quase que imediatamente.

Foi um sono tumultuado para o médico que sonhou …, sonhou com Norma! Sonhou com aquela mulher de olhos penetrantes sendo seu objeto de sua satisfação, chupando sua rola, lambendo as bolas, rebolando seu traseiro para ele, oferecendo-lhe os mamilos entumescidos para que ele pudesse saciar sua sede de macho …, enfim, Alfredo sonhou que estava fodendo com Norma …, fodendo com ela, enquanto era observado por sua esposa, Eunice! Era uma loucura total! Algo inconcebível sob qualquer aspecto, e aquele sonho significava o que ele realmente queria: queria trepar com Norma sob os olhos gulosos e vigilantes de sua esposa!

Quando deu por si estava acariciando o traseiro de Eunice, sentindo sua maciez e sua forma voluptuosa …, Alfredo estava com tesão! Sentiu a potência de sua rola que vibrava com a cabeça inchada, deixando claro quais eram as suas intenções. O médico aproximou-se de sua mulher que estava deitada de lado e de costas para ele, e depois de uma pequena exploração com os dedos, ele percebeu que havia a possibilidade de realizar o desejo.

Virou-se para o outro lado da cama e abrindo a gaveta do criado-mudo, retirou um pequeno frasco de óleo mineral com o qual untou sua rola pulsante até que ela estivesse apta a cumprir o seu intento. Voltou-se para Eunice e colou-se ao corpo dela, deixando que sua pica escorregasse entre as nádegas carnudas de sua esposa. Roçou a entrada da vagina com docilidade, insinuando-se para o que estava por vir.

Eunice, por sua vez, retribuía aquela provocação, rebolando suas nádegas e permitindo que a pica de seu marido continuasse, estimulando sua vagina que, novamente, tornara-se liquefeita; tratando de agir com a necessária sutileza, Alfredo deixou que sua rola se acomodasse à região, enquanto a ereção fazia o resto do “trabalho”, forçando o instrumento a subir em direção ao ânus de Eunice. Lá instalado, o resto foi apenas uma consequência do desejo safado do macho doido de desejo, já que a glande inchada vibrava provocando ondas que eram sentidas pela fêmea.


Assim que tocou o pequeno selinho, o pau de Alfredo pulsou aumentando seu volume e causando uma enorme provocação no corpo de sua parceira que, imediatamente, arrebitou o traseiro, oferecendo-o em sacrifício …, ela sabia o que o marido queria …, e ela também queria!

Segurando a anca de sua mulher, o médico projetou sua pélvis para a frente, arremessando a glande inchada contra o ânus relaxado e provocando uma invasão que operou o ansiado: a penetração da glande no cuzinho virgem de Eunice que, por sua vez, puxou o travesseiro contra o rosto, gemendo baixinho em uma deliciosa resignação. Sentindo que havia vencido a resistência inicial, Alfredo firmou uma de suas mãos na anca da esposa e outra sobre o ombro dela, passando a forçar a penetração restante, avançando cautelosamente.

A medida em que ele penetrava, Eunice gemia com um som sufocado pelo travesseiro; houve um momento, então, que o médico hesitou, interrompendo o coito anal, temendo que o sofrimento era demasiadamente insuportável para sua esposa. Eunice, imediatamente, retrucou, tirando o rosto afundado no travesseiro.

-Não para! Soca essa rola no meu cu! Vai, tesudo …, termina aquilo que você começou …, vamos, seu puto! – Alfredo ouviu aquela expressão entre pasmo, surpreso e excitado (tudo no mesmo momento), e sem perda de tempo, reassumiu a invasão anal, forçando a rola cu adentro, deixando de lado qualquer temor.

Em poucos minutos, a rola dura e grossa estava totalmente afundada no traseiro de Eunice, que sentiu as bolas do marido roçarem a parte interior de suas nádegas e sem cerimônia passou a empurrar e recuar seu quadril, oferecendo-se ao doce sacrifício com resignação e muito prazer. Eles copularam saboreando o momento único e especial da primeira vez em que praticavam sexo anal, e Eunice deliciava-se com aquela rola enterrada em seu ânus, gemendo, rebolando e deixando claro que estava gostando muito de tudo aquilo.

Alfredo, por sua vez, sentia-se realizado apreciando o êxtase que tomava conta do casal, e o tesão que circunvizinhava seus corpos suados e repletos de desejo; repentinamente, Eunice voltou seu rosto para o marido e com um olhar lânguido e luxurioso sussurrou um pedido que seria prontamente atendido.

-Vem, meu macho gostoso …, termina de foder o cu de sua mulherzinha numa posição mais gostosa …, vem que eu quero que você foda meu rabo de quatro … vem …

Deixando de lado a surpresa de seu marido, Eunice recuou o traseiro, levantando-se da cama e ficando de quatro sobre ela, balançando seu traseiro para ele e suplicando que ele continuasse o que havia iniciado. Alfredo seguiu seu instinto e, imediatamente, levantou-se, ficando em pé atrás de sua esposa, apontando a pica dura na direção do ânus dela. Segurou o instrumento pela base com uma das mãos, enquanto a outra entreabria o orifício maculado entre os dedos, permitindo que ele penetrasse novamente.

Gemidos se sucediam a uma respiração entrecortada e frases de estímulo e provocação, enquanto eles copulavam, com Alfredo projetando e recuando sua rola com ferocidade contra o selinho rasgado de sua esposa atacando de macho-alfa com pleno domínio sobre sua fêmea. Eunice, mais uma vez, perdeu a conta dos orgasmos que teve e, mesmo assim, encorajava seu parceiro a prosseguir com aquela trepada insana.

Alfredo espalmou as nádegas de sua esposa, exatamente como fizera na noite anterior, e seu gesto serviu para provocar ainda mais o lado submissa de Eunice que o incentivava a continuar com uma sucessão de doces agressões cuja intensidade servia com um “plus” ao momento que ambos usufruíam. A fêmea gozou ainda mais, deixando que seus líquidos escorressem pelas bordas de sua vagina alagada, lambuzando o ventre de seu parceiro, que, subitamente, anunciou que estava prestes a gozar.

Todavia, antes que alguma coisa pudesse ser feita, Alfredo ejaculou intensamente, encharcando o ânus de sua esposa com uma sêmen quente e viscoso que dado seu volume, transbordou pelas bordas, lambuzando o ventre dele e as nádegas de sua esposa … Pouco depois, os dois jaziam inertes sobre a cama, eivados de qualquer energia vital, apenas saboreando aquela manhã inusitada.

(Fim da primeira parte ... continua)

Foto 1 do Conto erotico: O GINECOLOGISTA - PARTE 02 (INÍCIO)

Foto 2 do Conto erotico: O GINECOLOGISTA - PARTE 02 (INÍCIO)


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


21377 - A DOCE IRONIA DE UMA VINGANÇA - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
21390 - A DOCE VINGANÇA DO GLADIADOR CELTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
21391 - A FANTASIA - DESCOBRINDO A SI PRÓPRIO - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
21392 - A HISTÓRIA DE CIDÃO - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
21393 - FANTASIA II: UMA DESCOBERTA INESPERADA, MAS FELIZ! - Categoria: Gays - Votos: 15
21394 - FANTASIA III: A MENINA COM ODOR DE JASMIM - Categoria: Lésbicas - Votos: 5
21395 - A GORDINHA QUE NÃO SE ACHAVA GOSTOSA. (Ou melhor, - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
21435 - VIZINHA GORDELÍCIA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
21665 - MATURE FITNESS - Categoria: Interrraciais - Votos: 4
22284 - A INICIAÇÃO - QUANDO O DESEJO SUPERA TUDO - Categoria: Incesto - Votos: 11
22845 - FANTASIA IV: DESCOBRINDO A DELÍCIA DA SUBMISSÃO. - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
23590 - A DIARISTA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 8
24086 - O ORGASMO INESPERADO! - Categoria: Incesto - Votos: 7
24229 - UMA PEGADA SURPRESA – A EMPREGADINHA DELICIOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
24394 - FITNESS MATURE II – O REENCONTRO - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
25241 - A COROA ESNOBE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 19
25831 - A GUIA TURÍSTICA URUGUAIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
26090 - HOMEM OUTRA VEZ! - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
27456 - VIOLENTADA E SUBMISSA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 13
27462 - DOCE VINGANÇA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 8
27857 - A RETRIBUIÇÃO - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
28583 - O DOCE SACRILÉGIO DA VIOLAÇÃO! - Categoria: Fetiches - Votos: 6
28710 - SURPRESA NAS COMPRAS - Categoria: Fantasias - Votos: 12
28810 - "** DE BÊBADO NÃO TEM DONO" - Categoria: Fantasias - Votos: 14
28883 - " ** DE BÊBADO NÃO TEM DONOII " - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
28935 - " ** DE BÊBADO NÃO TEM DONO (03)" - Categoria: Virgens - Votos: 9
29181 - ENRABOU A FILHA, … TEM QUE COMER A MÃE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
29509 - ** DE BÊBADO NÃO TEM DONO IV - Categoria: Fantasias - Votos: 2
29545 - AVENTURA SEXUAL VINTAGE - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
29949 - VICIADO EM SEXO! - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
30035 - O TELEFONEMA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 9
30165 - MULHERES PERFEITAS! - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
31936 - A CAPITÃ E O PRISIONEIRO - Categoria: Fantasias - Votos: 2
32186 - PRESENTE DE AMIGO! - Categoria: Virgens - Votos: 2
32245 - MULHERES PERFEITAS III - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
32359 - O PRESENTE SURPRESA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
32567 - PAGAMENTO DOLOROSO - Categoria: Incesto - Votos: 12
32998 - O LEITOR - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 5
33273 - PECADOS NÃO SE CONTAM - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
33691 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
34067 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA (PARTE DOIS) - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
34476 - A SEXAGENÁRIA GOSTOSA! - Categoria: Coroas - Votos: 8
34685 - MEDO! - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
35219 - A DERMATOLOGISTA TARADA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
36469 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA (PARTE TRÊS) - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
36498 - A GARI DA BUNDA GRANDE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
37109 - AMIGO DA FILHA, MAS QUERENDO COMER A MÃE (PARTE 1) - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
37110 - AMIGO DA FILHA, MAS QUERENDO COMER A MÃE (PARTE 2) - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
37256 - MAMÃE PRÁ LÁ DE GOSTOSA! - Categoria: Coroas - Votos: 5
37526 - A AMIGA DA VIZINHA (PARTE 01) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
38109 - A AMIGA DA VIZINHA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
38406 - A AUXILIAR DE LIMPEZA GOSTOSA E INSATISFEITA - Categoria: Masturbação - Votos: 5
38714 - A GORDINHA DOS SONHOS! - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
39522 - VINGANDO A AMIGA DA VIZINHA - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
39686 - A ENTREGADORA DE PANFLETOS - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
39785 - O ATAQUE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
39883 - BRINCANDO COM A GORDINHA DOS SONHOS - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
39951 - FANTASIANDO COM A GORDINHA DOS SONHOS! - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
40029 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA (PARTE 03) - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
42695 - OUSADA E BOA DE CAMA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
43788 - O GINECOLOGISTA, PARTE UM - Categoria: Fantasias - Votos: 3
43906 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
43999 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - PARTE 02 - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 5
44089 - A CUIDADORA (UMA HOMENAGEM E UM SONHO) - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
44265 - O GAROTO MALABARISTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
44453 - A CHANTAGEM! - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
44645 - O MONTADOR DE MÓVEIS E A CLIENTE ASSANHADA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
44815 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - PARTE 03 - Categoria: Gays - Votos: 3
45069 - Prazer solitário ... a dois! - Categoria: Incesto - Votos: 17
45175 - NO CIO! - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 5
45543 - O GINECOLOGISTA - PARTE 02 (GRANDE FINAL) - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
45754 - SEDUÇÃO E VONTADE - O DESEJO DE UM PAI! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
45995 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - PARTE 04 (FINAL) - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 1
46045 - PAGANDO O PREÇO PELA OUSADIA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
46067 - A DUPLA RECOMPENSA - Categoria: Incesto - Votos: 7
46240 - JOGO DE INTERESSES - A VOLTA POR CIMA - Categoria: Incesto - Votos: 4
46549 - O QUE TE EXCITA? - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
46659 - Rompendo Barreiras, Conhecendo os próprios limites - Categoria: Travesti - Votos: 3
46925 - NOVIDADE DUPLA! - Categoria: Travesti - Votos: 11
50735 - UMA SITUAÇÃO INESPERADA! - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
55754 - O CURATIVO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
56098 - EXPECTATIVAS - Categoria: Coroas - Votos: 1
56369 - NOVAS EXPECTATIVAS - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
56701 - OUTRAS EXPECTATIVAS - ACIDENTE DE PERCURSO - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
57343 - A LEITURISTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
57400 - A ARRUMADEIRA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
57747 - CRÔNICA: O ABAJUR - Categoria: Incesto - Votos: 3
57748 - FELIZES PARA SEMPRE! - Categoria: Incesto - Votos: 2
58057 - PRELÚDIO - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 1
58795 - PAGANDO UMA DÍVIDA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
58796 - PAGANDO A DÍVIDA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
58797 - PAGANDO A DÍVIDA (PARTE 03) - FINAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
58798 - INTERLÚDIO - Categoria: Incesto - Votos: 4
58982 - TRAPAÇA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
59268 - SONATA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 1
59405 - A APRENDIZ SAPECA! - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 3
59608 - ADDAGIO - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 0
59728 - A LINHAGEM - Categoria: Incesto - Votos: 4
60077 - CONTATO IMEDIATO NA REDE SOCIAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
60574 - TOCATA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
62692 - Aprendendo novas formas de prazer - Categoria: Masturbação - Votos: 3
63133 - A AMIGUINHA DE MINH A FILHA - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
63336 - DOCES RECORDAÇÕES (PARTE 01) - Categoria: Masturbação - Votos: 3
63337 - DOCES RECORDAÇÕES (PARTE 02) - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
63526 - NICE, A GAROTA DO CALENDÁRIO - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
63527 - A GAROTA DO CALENDÁRIO (PARTE 02) - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
63660 - UMA EXPERIÊNCIA INUSITADA - Categoria: Travesti - Votos: 4
63661 - A EXPERIÊNCIA (PARTE 02) - Categoria: Travesti - Votos: 3
63926 - O SEGREDO DE ALICE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
65545 - A HISTÓRIA DE MARINALVA … OU MELHOR LÚCIA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
65547 - A HISTORIA DE MARINALVA - PARTE 02 - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
65776 - CONHECENDO A INVERSÃO - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
66384 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 01 - Categoria: Incesto - Votos: 6
66385 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 02 - Categoria: Incesto - Votos: 3
66386 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 03 - Categoria: Incesto - Votos: 3
66388 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 04 - Categoria: Incesto - Votos: 5
67064 - TORTURA INTRIGANTE (PARTE 01) - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
67066 - TORTURA INTRIGANTE (PARTE 02) - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
67067 - TORTURA INTRIGANTE (PARTE 03) - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
67127 - A DESQUITADA (UM CONTO VINTAGE) - Categoria: Coroas - Votos: 4
67372 - MANDA QUEM PODE - Categoria: Virgens - Votos: 5
67497 - PREMONIÇÃO MALDITA! - Categoria: Fantasias - Votos: 3
67979 - TESÃO BANDIDO - PARTE 01 - Categoria: Incesto - Votos: 5
67980 - TESÃO BANDIDO - PARTE 02 - Categoria: Incesto - Votos: 2
67981 - TESÃO BANDIDO - PARTE 03 - Categoria: Incesto - Votos: 4
68132 - TESÃO BANDIDO - PARTE 04 (Final) - Categoria: Incesto - Votos: 3
68352 - O CANTO DA IARA (Uma lenda Urbana) - Categoria: Fantasias - Votos: 2
68483 - A COROATATUADA - Categoria: Coroas - Votos: 13
68649 - CARRO USADO - Categoria: Coroas - Votos: 9
69106 - A DO OUTRO É SEMPRE MELHOR! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
70082 - DESPERDÍCIO! - Categoria: Masturbação - Votos: 1
70083 - COMIDINHA CASEIRA - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
70084 - DOCINHO DE MULHER - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
70464 - LAMBUZADO A BEÇA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
72106 - DESEJO E PERVERSÃO - Categoria: Travesti - Votos: 8
72107 - MAIS DESEJO QUE PERVERSÃO - Categoria: Travesti - Votos: 8
72248 - TÔ TE QUERENDO! - Categoria: Travesti - Votos: 7
72356 - EM ALGUM LUGAR DO PASSADO ... (A DECEPÇÃO) - Categoria: Travesti - Votos: 4
72638 - AFOGANDO AS MÁGOAS - Categoria: Coroas - Votos: 4
73410 - Uma Linda Vingança, chamada Brigitte! - Categoria: Travesti - Votos: 9
73478 - Uma Linda vingança chamada Brigitte (Parte dois) - Categoria: Travesti - Votos: 7
73912 - UMA LINDA VINGANÇA CHAMADA BRIGITTE (PARTE 03) - Categoria: Travesti - Votos: 11
75153 - VOLÚPIA - Categoria: Incesto - Votos: 1
75154 - CHÁ DE BOLDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
75155 - E O CARRO EMPERROU - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
75156 - MITO OU REALIDADE? - Categoria: Incesto - Votos: 4
75157 - A ENDOCRINOLOGISTA FOFINHA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
75434 - FLAGRANTE! - PARTE UM - Categoria: Incesto - Votos: 10
75435 - FLAGRANTE! - PARTE DOIS - Categoria: Incesto - Votos: 10
75564 - UMA MANHÃ INESQUECÍVEL! - Categoria: Travesti - Votos: 6
75667 - UM CÃO CHAMADO "NENÊ" - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
75905 - MATANDO A FOME! - Categoria: Coroas - Votos: 2
75907 - SACIANDO A FOME (FINALMENTE!) - Categoria: Coroas - Votos: 1
75908 - MATANDO A FOME! (PARTE FINAL) - Categoria: Coroas - Votos: 2
76005 - UM CONVITE NO SQUEEZE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
76113 - TESÃO REVELADO (PARTE 01) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
76207 - TESÃO REVELADO (PARTE 02) - Categoria: Incesto - Votos: 8
76503 - PROVOCAÇÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 2
76504 - SEDUÇÃO - Categoria: Incesto - Votos: 2
76505 - TENTAÇÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 3
76983 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 01 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
76984 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 02 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
76985 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
76986 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 04 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
77220 - INTERMEZZO - Categoria: Incesto - Votos: 6
77221 - INTERMEZZO (2) - Categoria: Incesto - Votos: 3
77222 - INTERMEZZO (3) - Categoria: Incesto - Votos: 5
77696 - O PRESENTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
77697 - O PRESENTE (A CONSUMAÇÃO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
78720 - CAINDO DE BOCA! (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
78721 - CAINDO DE BOCA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
78722 - CAINDO DE BOCA (PARTE 03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
78723 - CAINDO DE BOCA (PARTE 04) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
78724 - CAINDO DE BOCA (PARTE 05) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
80764 - DOCE VENENO - Categoria: Travesti - Votos: 2
80765 - DOCE REMÉDIO - Categoria: Travesti - Votos: 3
80766 - QUE MULHER É ESSA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
80767 - QUE MULHERES SÃO ESSAS! - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
80768 - UM VERÃO INESQUECÍVEL (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
80769 - UM VERÃO INESQUECÍVEL (PARTE 02) - Categoria: Incesto - Votos: 7
80934 - CONFIDÊNCIAS - Categoria: Incesto - Votos: 2
80935 - AMOR DE PAI (CONFIDÊNCIAS II) - Categoria: Incesto - Votos: 2
84793 - ATRÁS DA JANELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
84867 - DEVANEIO DELIRANTE (UMA HOMENAGEM) - Categoria: Gays - Votos: 2
85343 - UM FIM DE SEMANA INESQUECÍVEL (1) - Categoria: Virgens - Votos: 4
86423 - UM FIM DE SEMANA INESQUECÍVEL - PARTE 02 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
86424 - UM FIM DE SEMANA INESQUECÍVEL - PARTE 03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
88562 - VALENDO A PENA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
88563 - ABUSANDO DA SORTE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
88812 - Terceira idade, uma ova! - Categoria: Coroas - Votos: 10
89009 - UM CONVITE INUSITADO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
89606 - CARPE DIEM - A DAMA E O CACHORRINHO - Categoria: Coroas - Votos: 3
89607 - CARPE DIEM - VONTADE INCANSÁVEL - Categoria: Coroas - Votos: 1
89608 - CARPE DIEM - MENINA SAPECA! - Categoria: Coroas - Votos: 2
89954 - SUPERANDO AS EXPECTATIVAS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
89955 - DELICIOSA EXPECTATIVA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
89956 - CONHECENDO AS NOVAS EXPECTATIVAS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
90013 - DIÁLOGOS EM FANTASIA (PARTE 01) - Categoria: Incesto - Votos: 1
90459 - DIÁLOGOS EM FANTASIA (PARTE 02) - Categoria: Gays - Votos: 0
90665 - VOVÔ VIU A UVA (PRIMEIRA PARTE) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
90807 - VOVÔ VIU A UVA! (SEGUNDA PARTE) - Categoria: Incesto - Votos: 6
91302 - VOVÔ VIU A UVA! (TERCEIRA PARTE) - Categoria: Incesto - Votos: 7
91487 - ROOM SERVICE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
91489 - VELHAS E DOCES REMINISCÊNCIAS (SEGUNDA PARTE) - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
91510 - VELHAS E DOCES REMINISCÊNCIAS (PRIMEIRA PARTE) - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
94851 - A CHANTAGEM - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
94855 - DO FACEBOOK PARA O MUNDO REAL! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
94857 - PARA NÃO PERDER UMA OPORTUNIDADE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
94859 - DESEJADA E ASSEDIADA (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
94860 - DESEJADA E ASSEDIADA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
94861 - DESEJADA E ASSEDIADA (PARTE 03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
97907 - Promessa Quebrada - Tesão Avassalador! - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
99362 - GREVE: Ameaça ou oportunidade? - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
99403 - EMERGÊNCIAS MÉDICAS ALUCINANTES (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
99404 - EMERGÊNCIAS MÉDICAS ALUCINANTES (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
99405 - EMERGÊNCIAS MÉDICAS ALUCINANTES (PARTE 03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
100208 - CONTOS SÓRDIDOS 01 SORDIDEZ - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
101868 - FRENÉTICO! - Categoria: Coroas - Votos: 5
101869 - FRENÉTICO E SURPREENDENTE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
102224 - ATÉ A ÚLTIMA GOTA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
102228 - POR DINHEIRO (01) - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
102229 - POR DINHEIRO (02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
102230 - POR DINHEIRO (03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
102574 - CONTOS ESCABROSOS - O PRESENTE (02) - Categoria: Coroas - Votos: 7
102587 - CONTOS ESCABROSOS - O PRESENTE (01) - Categoria: Coroas - Votos: 7
102858 - A TROCA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
102859 - TROCO NA MESMA MOEDA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
103334 - VOVÓ SAPEQUINHA! - Categoria: Incesto - Votos: 19
103335 - VOVÓ SAPEQUINHA 2: APRIMORANDO O QUE JÁ ERA BOM! - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
103981 - A PUTINHA PREDILETA DO PAPAI - Categoria: Incesto - Votos: 8
103982 - A PUTINHA PREDILETA DO PAPAI - COMPARTILHANDO - Categoria: Incesto - Votos: 4
103984 - A PUTINHA PREDILETA DO PAPAI - RETRIBUIÇÃO - Categoria: Incesto - Votos: 11
104332 - APRENDIZADO FRATERNAL - Categoria: Incesto - Votos: 8
104333 - APRENDIZADO FRATERNAL - DEPOIS DA TEMPESTADE - Categoria: Incesto - Votos: 9
104334 - DESTINO TINHOSO! - Categoria: Incesto - Votos: 11
104335 - DESTINO TINHOSO! IRREVERSÍVEL! - Categoria: Incesto - Votos: 12
104396 - UM SONHO (HOMENAGEM À TODAS AS TRANS QUE EU ADORO E VENERO) - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 7
105120 - DOCE MEMÓRIA (PRIMEIRA PARTE) - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
105121 - DOCE LEMBRANÇA - DOCE OPORTUNIDADE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
105122 - DEVASSIDÃO EM FAMÍLIA - VIRANDO O JOGO! - Categoria: Incesto - Votos: 9
105133 - DEVASSIDÃO EM FAMÍLIA - Categoria: Incesto - Votos: 10
105654 - Uns quilinhos a mais, não faz mal! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
105707 - ONE MORE NIGHT - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
105755 - QUEM FOI QUE DISSE BERENICE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
105890 - SLAVE TO LOVE - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
106154 - DUPLA SURPRESA - PARTE UM - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 15
106155 - DUPLA SURPRESA - PARTE DOIS - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
106236 - SEM PERDÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 10
106615 - ENCONTRO CASUAL E SURPREENDENTE! - Categoria: Masturbação - Votos: 4
106938 - TRAÍDA PELA MEMÓRIA - Categoria: Incesto - Votos: 6
107169 - SUCCUBUS (DEVANEIO) - Categoria: Fantasias - Votos: 2
107458 - NEM TUDO É ILUSÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 9
107511 - NINFA - Categoria: Incesto - Votos: 13
107709 - BIG SURPRISE! - Categoria: Lésbicas - Votos: 4
108191 - SONHAR PODE SER PERIGOSO ..., OU NÃO! (FICÇÃO) - Categoria: Incesto - Votos: 11
108489 - CONTOS DRIVE THRU (PARTE 1) - Categoria: Incesto - Votos: 10
108533 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE DOIS - Categoria: Incesto - Votos: 2
108832 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE 03 - Categoria: Incesto - Votos: 4
108882 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE 04 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
108883 - JOGO DE SEDUÇÃO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 1
109166 - NOTURNO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 3
109178 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE 05 - Categoria: Incesto - Votos: 4
110874 - A ESCRAVA GREGA (FICÇÃO) - Categoria: Fantasias - Votos: 5
111135 - CABEÇA RASPADA - PARTE 01 - Categoria: Fantasias - Votos: 7
111136 - CABEÇA RASPADA - PARTE 02 - Categoria: Fantasias - Votos: 5
111360 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (01) - Categoria: Incesto - Votos: 12
111361 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (02) - Categoria: Incesto - Votos: 9
111362 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (03) - Categoria: Incesto - Votos: 8
111363 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (FINAL) - Categoria: Incesto - Votos: 6
111745 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
111746 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
111747 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
111748 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (FINAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
112315 - SAUDADES JAMAIS TEM IDADE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
112317 - UMA NOITE EM NÁPOLES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
112363 - PRIMEIRAS LIÇÕES - Categoria: Incesto - Votos: 7
113062 - ANTES DA BATALHA (FICÇÃO) - Categoria: Fantasias - Votos: 2
113168 - OBSERVANDO PÁSSAROS E OPORTUNIDADES! - Categoria: Coroas - Votos: 6
113169 - SUPERANDO EXPECTATIVAS! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
113451 - PRIMEIRAS LIÇÕES - PARTE DOIS (FINAL) - Categoria: Incesto - Votos: 5
114004 - Mulheres surpreendentemente incomuns - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
114101 - ANTES DE PARTIR - Categoria: Fantasias - Votos: 5
114461 - O PRESENTE DE DESPEDIDA (FICÇÃO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
116417 - A cobiça (1) - Categoria: Incesto - Votos: 11
116454 - A Cobiça (2) - Categoria: Gays - Votos: 2
116455 - A Cobiça (2) 2ª Parte - Categoria: Gays - Votos: 1
116513 - A COBIÇA (3) - O MUNDO DÁ VOLTAS - Categoria: Gays - Votos: 2
116747 - DIÁRIA COM SURPRESA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
117685 - O PREÇO DE UMA MENTIRA - PARTE 01 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
117686 - O PREÇO DE UMA MENTIRA - 02 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
117687 - O PREÇO DE UMA MENTIRA - 03 (FINAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
117866 - A PRIMEIRA VEZ A GENTE JAMAIS ESQUECE - PRIMEIRA PARTE - Categoria: Virgens - Votos: 9
117867 - A PRIMEIRA VEZ A GENTE JAMAIS ESQUECE - SEGUNDA PARTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
117868 - A PRIMEIRA VEZ A GENTE JAMAIS ESQUECE - TERCEIRA PARTE - Categoria: Lésbicas - Votos: 7
117869 - A PRIMEIRA VEZ A GENTE JAMAIS ESQUECE - PARTE FINAL - Categoria: Incesto - Votos: 5
117963 - PALAVRA DECIFRADA - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 2
119056 - VINTAGE MOMENTS - Categoria: Masturbação - Votos: 3
119067 - VINTAGE MOMENTS - PARTE DOIS - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
119068 - VINTAGE MOMENTS - PARTE FINAL - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
119900 - QUEM COM FERRO FERE (PARTE INICIAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
119901 - QUEM COM FERRO FERE (PARTE DOIS) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
119902 - QUEM COM FERRO FERE (PARTE TRÊS) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
119904 - QUEM COM FERRO FERE (PARTE FINAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
120634 - A MULHER DA JANELA - O BRINQUEDINHO DA TIA - Categoria: Masturbação - Votos: 10
120689 - A Mulher da Janela (Parte Dois) - Categoria: Coroas - Votos: 2
120690 - ATENDENDO A UM PEDIDO INCOMUM (PARTE UM) - Categoria: Coroas - Votos: 6
120691 - ATENDENDO A UM PEDIDO INCOMUM (PARTE DOIS) - Categoria: Coroas - Votos: 6
120692 - ATENDENDO A UM PEDIDO INCOMUM (PARTE TRÊS) - Categoria: Coroas - Votos: 8
120840 - ATENDENDO A UM PEDIDO INCOMUM - PARTE QUATRO - Categoria: Fantasias - Votos: 4
120889 - A MULHER DA JANELA - PARTE FINAL - Categoria: Coroas - Votos: 7
123172 - EXPERIÊNCIA SENSORIAL - O INÍCIO - Categoria: Fantasias - Votos: 5
123173 - EXPERIÊNCIA SENSORIAL - DOMINADA PELO DESEJO! - Categoria: Fantasias - Votos: 4
123174 - EXPERIÊNCIA SENSORIAL - DESCOBERTAS - Categoria: Fantasias - Votos: 4
123308 - EXPERIÊNCIA SENSORIAL II (PARTE HUM) - Categoria: Fantasias - Votos: 4
123342 - A Órfã (Como tudo teve início) - Categoria: Incesto - Votos: 10
123591 - A ÓRFÃ - QUANDO O UNIVERSO CONSPIRA A NOSSO FAVOR - Categoria: Incesto - Votos: 11
123733 - OS DOZE CAVALEIROS - BOORS O INTRÉPIDO - Categoria: Fantasias - Votos: 1
123860 - A ÓRFÃ - SABOREANDO O GOSTO DO PECADO! - Categoria: Incesto - Votos: 7
124018 - A ÓRFÃ: AMEAÇAS! - Categoria: Incesto - Votos: 6
124043 - Entre o receio e o desejo - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 2
124137 - A ÓRFÃ - REVELAÇÕES (II) - Categoria: Incesto - Votos: 6
124148 - A ÓRFÃ - REVELAÇÕES (I) - Categoria: Incesto - Votos: 8
124332 - A ÓRFÃ - GRAN FINALE! - Categoria: Incesto - Votos: 6
124474 - REFÉM DO PRAZER ETERNO - Categoria: Fantasias - Votos: 2
124797 - REFÉM DO PRAZER - AGONIA E FÚRIA! - Categoria: Fantasias - Votos: 2
124798 - REFÉM DO PRAZER - FURIOSA TENTAÇÃO INCONTROLÁVEL - Categoria: Fantasias - Votos: 3
125526 - Deliciosa e envolvente armadilha (Parte 01) - Categoria: Fantasias - Votos: 4
125528 - Deliciosa e envolvente armadilha! (Parte 02) - Categoria: Fantasias - Votos: 3
125812 - MINHA PUTA! - Categoria: Incesto - Votos: 17
126037 - EITA! SAUDADE QUE MATA! (01) - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
126285 - SONHOS DELICIOSOS 01 - Categoria: Incesto - Votos: 11
126391 - SONHOS - REALIZADOS - Categoria: Incesto - Votos: 11
126623 - EITA SAUDADE QUE MATA! LORETTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
126941 - SONHOS CONCRETIZADOS (FINAL) - Categoria: Incesto - Votos: 12
126954 - ALGO INDISCRETO - Categoria: Incesto - Votos: 17

Ficha do conto

Foto Perfil trovão
bemamado

Nome do conto:
O GINECOLOGISTA - PARTE 02 (INÍCIO)

Codigo do conto:
45243

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
03/04/2014

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


sua mãe tem necessidade ponodoidoconto erotico novinha maloqueiroconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cucontos estrupada estacionamentovideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiacontos eróticos gay Thiago e BinhoConto erotico primasacaneando a meninasexosó guey do rabao dando cu de brusubrasileira casada noviha draido seu marido aida da o cu apedadihonegros magros cinquentoes fudendo outromassagem nas costa fui comida/contocontos minha irmã casada adoro tapar comigocomtos eróticos meu pastor mivil me masturbadotaboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contosconto erotico vizinha novinha da minha maecontos erótico pai enrabou filinho gayporno em quadrinhos obsessão 2 mae e filhoconto eurotico amigo bumbudo gayEu e minha esposa e meu sobrinho e minha sobrinha em casa eu disse pra minha esposa fuder com meu sobrinho que eu ia fuder minha sobrinha conto eroticotruyện tranh sex loan luanconto erótico chocolate enfiado no ânusSo contos de incestos de filha indo visitar o pai separado da maecomi a comadreConto erotico- ja que meu marido nao me satisfaz dei para o meu sogroconto de incesto fodi a mulher crente.macrinhaPorno contos fizeram fila cuzinhoeu arreganhei minha bucetaMinha esposa saiu de shortinho socado no rabo contospornos incesto tio concretzou seu sonho tirou o cabacinho da sobrinhacomi a avó do meu amigo contos eróticoscomi meu irmao mais novo gayconto erotico garototop contos eroticos hetero pag 6conto gay urologistaQuadrinhos eróticos a caronacontoeroticoputacanto erotico olhando vizinha banhadovideo de corno parando o carro em posto de gasolina e os caminhoneiros comendo sua esposaContos e fotos maes e filhos pauzudoswww.hentai contos pirocudo enraba mãe do amigoTo com tesao no meu enteadocontos eróticos novinho roludo judiou de mim [email protected]Fotos quadrinhos da Chiquitita da o cuver contos eroticos de empresários comendo o cu de.funcionáriosconto porno mulher safadaconto erodico de madriaConto de puta depravada servindo a muitos machoscontos eróticos escravizado pelo office boyconto gay iniciando meu cunhadocontos eroticos medingo com um pau de 30cms fode casada rabudavídeo pornô caseiro mulher voltado foi traído e dá o troco e ele transa camisinha se faz para colocar no coloca em quando vê tudo e ela deixa como comer essa p*** para o c**** vem sem camisinhacontos eroticos minha tia flagrou mr mastubandoQuadrinhos porno engravidando mae 2conto eroticocomi o cu da jovem aprendizgays magrinhos cacetes grandes falando besteira no ouvido e transandominha sobrinha eu vou sempre fuder ela no motel conto eroticoa putinha do papaiconto erotico com dedo no cu novinho e fotoseu e minha sobrinha conto eroticocontos eroticos vi mamae fudercontos eroticos gays com vaqueirosfuderdo com merdigoContoa erotico corno com negraocontos eroticos de patricinhas trasando na praiaconfesso chantagiei minha irmãzinha pra ela me masturbaContos Eróticos. Vizinha Coroa Veraestuprado conto eroticodei a buceta pro meu sogro bem na frente do frouxo do filho dele kkContos erotico corno dos cavalocomi mamãe bebada contosconto errotico tive que bater punheta para aliviar o vovoconto eroticos cheguei em casa com o cu cheio de porrae arrombadoAuuu zoofiliacontos erroticos de incertos filha amante pai 2017 ltimas publicaes nifeta de chotinhoFalei q quero ser corno conto erotico