as virgens


Click to Download this video!


Sou gaúcho e estou em Floripa.

Tudo começou quando estudava numa escola onde tinha varias garotas, onde uma delas como muitas gordinhas, era descriminada por isso, ela era bonita de rosto, mas um pouco gordinha, nunca tinha nem se quer beijado, ela dava entrada para vários garotos mas ninguém se habilitava, foi quando fiz amizade com ela, eu me dava bem com a matemática e comecei a ensina-la. Conversa vai e vem e ela começou a me contar tudo que sentia, no inicio não dei bola, logo comecei a ficar sensibilizado. Um dia almocei na casa dela para fazer um trabalho da escola, ficamos em seu quarto sua mãe não estava em casa e veio a conversa de garotos e garotas quem gostaria de ficar com quem, ela me falou e me mostrou sua agenda que dizia que ela gostava de min, deu um sorriso e falei :- que ficaria com ela mas nada sério, uma amizade colorida. Ela sorriu, e disse que até parece que é verdade. Me aproximei e dei um selinho ela disse que estava sonhando, dei um beijo de língua e ai ela disse que havia acordado do sonho e que estava disposta a fazer tudo que eu quisesse, eu falei tudo mesmo e ela disse tudo, dei-lhe outro beijo e perguntei que tudo que estava acontecendo entre nós ficaria ali só para nós dois, ela falou sim só eu e você e as paredes rsrsrs.dei um abraço e um beijo e comecei a tirar sua blusa ela tinha uns peitinhos de pêra, onde comecei a chupar, ela ficou louca seu rosto vermelho, não sei se era vergonha ou exitada aquilo me deu um tesão, meti a mão dentro de sua bermuda e senti sua xaninha queimando, meu pau estava latejando quando ela pediu para que eu tirasse a mão dali, eu disse oque? Ela riu e disse tira minha bermuda, é pra já tirei sua bermuda e ela fechou os olhos e mordia os lábios não esperei e tirei minha calça, peguei a mão dela e fiz ela pegar meu pau . Ela começou a dizer tire todos os meu cabaços, esfreguei meu pau na cara dela e disse para ela chupar, ainda de olhos fechados coloca meu pau em sua boca e chupa muito gostoso, eu falei que ia gozar em sua boca ela parou e disse mete na minha perereca, deitei-a na cama e abri suas pernas e passei meu pau varias vezes na xaninha dela percebi que eu já havia deixado a molhadinha e empurrei todo para dentro, ela deu um gritinho, aquilo me deu mais tesão meti sem parar ela só dizia que doía mas que eu continuasse, gozei e tirei começou a sair porra com sangue e ela correu para o banheiro, tomou um banho e me disse para esperar . Logo quando voltou disse me para comer sua bundinha, deitei ela de bruço pus um travesseiro para levantar mais sua bundinha e comecei a enfiar o meu dedinho e ela gemia baixinho coloquei saliva e meti outro dedo, ela gemeu mais alto, tirei os dedos e vi que saia um pouco de sangue de sua xaninha. Coloquei meu pau na portinha e comecei a empurrar, qndo entrou a cabeça ela deu um grito e falou para que dói, fiquei parado até ela acostumar e ela falou agora continue, ai enfiei tudo, gemeu e mordeu o travesseiro, dei varias estocadas ate que gozei. Tirei e ela disse que apezar da dorzinha de perder o cabaço ela havia adorado.Como ela prometeu não falou para ninguém, ai sim todos dias que sua mãe saia era sexo na certa. Quando menos esperava ela veio com um papo que sua amiga queria perder o cabaçinho tbm, perguntei qual?
Ela falou a Jana,, Jana é uma mulatinha que é de outra sala de aula mas que sempre anda com ela, falei que tudo bem. Fomos para a casa da gordinha e ficamos no quarto eu e a mulatinha, que trancou a porta e apagou a luz, bom Jana não era lá estas coisa mas era boa, quando vejo ela me agarra e tira minha calça e começa a me chupar feito loca, não agüentei e gozei, não vi se ela engoliu ou cuspiu porque estava escuro. Perguntei a ela se era virgem mesmo porque aquilo que ela havia feito era de profissional, rindo ela me responde que nunca tinha feito mas que eu a desapertava muito desejo e que faria loucura comigo, eu estava sentado e ela se encaixou no meu colo, com uma das mãos acariciava sua xana e com a outra apertava meu pau que começara a ficar duro novamente e ela o leva para sua caverna e começa a sentar, estava difícil de entrar mas com muito esforço entrou ela gritava e gemia e rebolava como nunca eu havia visto antes, quando falei que ia gozar ela saiu de cima e chupou-o, eu disse que loucura e ela engoliu tudinho, correu para o banheiro e a gordinha entrou e me beijou e me perguntou se eu havia gostado, disse que sim e ela disse que outras viriam. Fechei os olhos e pensava que estava sonhando, a mulatinha entra no quardo e pede um absorvente porque sangrava muito, olhou para mim e me disse que a bundinha ficava para outra vez, falei tudo bem pois já não daria mais conta naquele dia mesmo. Passou alguns dias e jana disse que estava na hora da bundinha, mas que teria que ser na casa dela, falei que tudo bem que eu já estava louco mesmo, chegando lá ela me chupou e ficou de quatro e dizia para meter no cuzinho, encaixei-me e empurrei tudo, ela chorou mas disse para não parar até que eu gozasse, não deu outra gozei, ao sair vi meu pau com sangue, conversamos um pouco e fui para casa. Nunca contei para os colegas de aula foi o que dava certo. Tanto que um dia comia uma no outro a outra sem contar que a mulatinha adorava dar a bundinha e dizia que casaria comigo ou com alguém branquinho e adorava tomar leitinho. Continuarei a contar mais, mas se quiserem me escrever.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


4403 - as virgens1 - Categoria: Virgens - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico gaucho

Nome do conto:
as virgens

Codigo do conto:
4386

Categoria:
Virgens

Data da Publicação:
28/03/2005

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos erotico em sarandi prcontosgays incestoultimosconto erotico gay pai também não resistiu ao filho safadinhoultimos contos sadoconto erotico gay traficante me comeuconto erotico amamentando meu homemquadrinhopornotraicaozexo forçado com nviados e novinhomae incestopag 2Conto eroticos papaku rodizio de rolacontos eroticos meu padrinho tirou meu cabaçoxvidoeos conto eróticos istorias de quadrinhos milftoon mulheres grávidas deu pro amigo do filhoconto erotico puto do cunhadocontos erótico incestos desde muito pequena papai me ensinou tudocontos eroticos minha mae cinquentonaconto erotico sogro pausudo de cuecaConto erotico- ja que meu marido nao me satisfaz dei para o meu sogrocontos veridico o garoto bem dotado fodendo a professora casadavideos de sexo tv com sogro incentivando ás noras a trazar com elegritei na pica grande do meu capataz. conto eróticocontos incestuosos grupas muito safadogueinho da bundinha lizinha dando gostozominha sgra.rabuda.vaii me da leitinhoMeti.o.pal.no.cu.de.minha.filha.gravida.dormindo.SABELYA INDEPENDENTE porncontos eroticos gays de menino na favelarevista em qadrinho de mae gostosa dando abuseta pro filho comeconto erotico transei com amiga da minha maecomi minha cadela conto eroticocontos heroticostravesti negaopicudoporno quadrinhoscontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu a forca quando eu tinha oito anosdedao do pe no meu cuconto erotico gay molequesogra fode gostoso nos quadradinjos hentayporno quadrinhosbanho conto erotpeludoe pauzudo conto corno mansoIncesto com a filha no onibus sarrando nela quadrinhoscontos eróticos gay cagandomtpornocomconto erótico comendo a estudante gostosaO verdadeiro marido Corno . . . Simplemente adora lamber o clitoris da esposa . . . Enquanto o amante dela enche sua buceta de Porraler contos eroticos com mulhres virgem sendo em caixada no metro ate o cara gozarfotos e videos no dwolland gaucha safadaconto de homens mais velhoconto porno saiu sangueconto gay objetos no meu cuSexo com Beto PapakufAmiliA favela porno contAs prA pAgar parte 2zoofilha cachorro enfia nu cu daputa encata30cm no cú de tia contover fotos de pedreiros grisalhos de pau duropornô da mulher querendo 60 sua primeira filha botando a rola no priquito dela saindo sangue no Face delacudso em moz putariaconto erotico gay o jardineiro gostosobdsm hqs violentadascontos veridico mulher casada fode com um deficientehentai moms quadrinhos eroticos a confissaominha esposa numa dupla penetração contoconto incesto q boceta boacomtos erotico meu pai me deu uma banhoGoiânia conto entregador gayconto erótico calourahq porno de mulher dando pro vizinhoconto erotico aposta com,o irmaoconto erotico cunhada cristina mgwww/boceta da minha sobrinha gisele de 35 anos.compeguei meu estagiario e coloquei pra mamarbaixinhas na dp conto eroticoboy sex xxxi futoporno bucetas da minha tiacasada de vestidinho curto na casa dos vizinhoscontos eroticos guardetes noturna trepandoconto erotico casal n praia e dp p hotel esposa n resiticontos eróticos excitante e ilustrados de dotadosConto eroticos de sogra presenteia genro com uma punhetapornô mulher grita posso mexer minha vagina dentro e fora regaço tudo com a mãodesenho de sexo voGay contos marginalnovinho do meu predio chupador de rola grandecontodebucetinhasconto erotico minhas esposa quer outra picaporno conto eroctico de bucetas lesbicoconto erotico fui buscar a esposa do meu amigo no trabalho e tranzei com ela safada gemia