Travessuras de uma potranca!


Click to this video!



Segue um pouco das minhas deliciosas aventuras. Sou D, morena tipo indiana, 1.65m, 70 kg, cabelos lisos e curtos. F. sempre diz que sou bonitona e potranca!
Sempre fui muito curiosa, mas um tanto careta e ainda sou até. Fui casada com um homem tradicional, e uma criada acreditando que mulher que sai com um e outro é puta.
Comecei a frequentar sites de bate papo e conheci uma amiga que me falava coisas que não acreditava e de verdade, não sei se acredito até hoje. Ela dizia que fazia sexo falando meta, me come, e etc... E que queria dar uma mulher de presente ao seu marido. Eu dizia, você é louca! É fantasia! Falava de swing, do labirinto, enfim, eu não conseguia entender, até que um dia, cansei de tentar salvar meu casamento e resolvi ter outros homens e conheci homens. Mas, todos tradicionais, ou seja, nenhum atrevido, como essa amiga dizia, até que um dia conheci um. Nossa ele me transformou em mulher, ele dizia que me queria falante, mas eu não sou falante, e um dia ele disse que queria sexo a 3. Nossa, foi um choque, achei que ele não gostava de cama comigo, embora duvidasse que não, porque percebia que ele me curtia, mas do choque eu também me excitei, mas nunca entramos num acordo quanto a segunda mulher. Enfim, nos separamos, mas, não esqueci do swing e do sexo a 3. Tenho vontade de ser chupada por uma mulher.
Certo dia entro na sala de fantasia de um site e teclo com F., freqüentador eventual de casa de swing e disse que me levaria sem compromisso ao clube de swing e que se eu gostasse poderia rolar entre nós, ou não. Perguntou qual minha fantasia e tal eu disse, enfim resolvi ir, porque todos que queriam me levar queriam me comer e também eu não tinha marido para ir enfim, marcamos e fomos.
Estava apavoradaaaaaaaaaaa..., eu já havia visto a casa no site, lido, mas tenho um defeito não consigo visualisar e imaginar, preciso pagar o preço e ver, enfim estávamos na casa. Um verdadeiro breu, assim que chegamos, havia homens me comendo com os olhos ou impressão minha sei lá, as mulheres me observando, enfim F. me puxou para ver a casa, assim que entramos vi uma cama e uma mulher deitada é o que parecia porque estava muito escuro e ela gritava tanto que eu tinha vontade de mandá-la calar a boca! Rssssss..., eu estava tão apavorada que não ficamos mais que 5 minutos na casa e logo saímos e fomos ao shopping.
Na praça de alimentação F começa a me perguntar se eu estava molhadinha, disse que queria me chupar, como era minha bucetinha e eu roxa de vergonha, e quando nervosa eu sou tagarela, falei mais que o homem da cobra, ria como se tivesse bebido, mas tudo puro nervosismo, porque tinha sensação que as pessoas ao redor estavam ouvindo ele me falar tudo aquilo e nunca homem nenhum havia me falado aquilo. F, me convidou para assistirmos um filme, mas tinha uma condição, disse-me! Ele não iria resistir, assistir um filme com uma mulher tão gostosa e não poder alisar e acariciar suas pernas, sua bucetinha, seus peitos e até beijar sua boca. Esse seria o nosso novo combinado e assim aproveitaríamos bem melhor o nosso tempo. Aceita a negociação, aí começou o meu pesadelo. Assim que começou o filme, ele alisou meu joelho, minha coxa, a mão tentando até chegar na minha calcinha. Eu toda sem jeito achando que as demais pessoas estavam me vendo, eu disse para ele que teria que ter algema com ele, ainda preciso da algema hoje, porque a mão dele nunca me deixa sequinha! Apesar da preocupação, nos beijamos bastante. Mas, engraçado que estava gostoso, vai entender, sei que acabou o filme e, sai de lá toda amassada como se embalada numa lata de sardinha e me arrumando.
Comentei com a amiga que sempre me havia falado de swing e ela perguntou: você viu o labirinto? Tão apavorada que estava, havia esquecido o tal labirinto, e F. disse que se eu quisesse poderíamos voltar, porém, com mais calma e não sair fugida. Sorri e aceitei a proposta, prometendo não sair fugida.

Travessuras de uma potranca!
Segue um pouco das minhas deliciosas aventuras. Sou D, morena tipo indiana, 1.65m, 70 kg, cabelos lisos e curtos. F. sempre diz que sou bonitona e potranca!
Sempre fui muito curiosa, mas um tanto careta e ainda sou até. Fui casada com um homem tradicional, e uma criada acreditando que mulher que sai com um e outro é puta.
Comecei a frequentar sites de bate papo e conheci uma amiga que me falava coisas que não acreditava e de verdade, não sei se acredito até hoje. Ela dizia que fazia sexo falando meta, me come, e etc... E que queria dar uma mulher de presente ao seu marido. Eu dizia, você é louca! É fantasia! Falava de swing, do labirinto, enfim, eu não conseguia entender, até que um dia, cansei de tentar salvar meu casamento e resolvi ter outros homens e conheci homens. Mas, todos tradicionais, ou seja, nenhum atrevido, como essa amiga dizia, até que um dia conheci um. Nossa ele me transformou em mulher, ele dizia que me queria falante, mas eu não sou falante, e um dia ele disse que queria sexo a 3. Nossa, foi um choque, achei que ele não gostava de cama comigo, embora duvidasse que não, porque percebia que ele me curtia, mas do choque eu também me excitei, mas nunca entramos num acordo quanto a segunda mulher. Enfim, nos separamos, mas, não esqueci do swing e do sexo a 3. Tenho vontade de ser chupada por uma mulher.
Certo dia entro na sala de fantasia de um site e teclo com F., freqüentador eventual de casa de swing e disse que me levaria sem compromisso ao clube de swing e que se eu gostasse poderia rolar entre nós, ou não. Perguntou qual minha fantasia e tal eu disse, enfim resolvi ir, porque todos que queriam me levar queriam me comer e também eu não tinha marido para ir enfim, marcamos e fomos.
Estava apavoradaaaaaaaaaaa..., eu já havia visto a casa no site, lido, mas tenho um defeito não consigo visualisar e imaginar, preciso pagar o preço e ver, enfim estávamos na casa. Um verdadeiro breu, assim que chegamos, havia homens me comendo com os olhos ou impressão minha sei lá, as mulheres me observando, enfim F. me puxou para ver a casa, assim que entramos vi uma cama e uma mulher deitada é o que parecia porque estava muito escuro e ela gritava tanto que eu tinha vontade de mandá-la calar a boca! Rssssss..., eu estava tão apavorada que não ficamos mais que 5 minutos na casa e logo saímos e fomos ao shopping.
Na praça de alimentação F começa a me perguntar se eu estava molhadinha, disse que queria me chupar, como era minha bucetinha e eu roxa de vergonha, e quando nervosa eu sou tagarela, falei mais que o homem da cobra, ria como se tivesse bebido, mas tudo puro nervosismo, porque tinha sensação que as pessoas ao redor estavam ouvindo ele me falar tudo aquilo e nunca homem nenhum havia me falado aquilo. F, me convidou para assistirmos um filme, mas tinha uma condição, disse-me! Ele não iria resistir, assistir um filme com uma mulher tão gostosa e não poder alisar e acariciar suas pernas, sua bucetinha, seus peitos e até beijar sua boca. Esse seria o nosso novo combinado e assim aproveitaríamos bem melhor o nosso tempo. Aceita a negociação, aí começou o meu pesadelo. Assim que começou o filme, ele alisou meu joelho, minha coxa, a mão tentando até chegar na minha calcinha. Eu toda sem jeito achando que as demais pessoas estavam me vendo, eu disse para ele que teria que ter algema com ele, ainda preciso da algema hoje, porque a mão dele nunca me deixa sequinha! Apesar da preocupação, nos beijamos bastante. Mas, engraçado que estava gostoso, vai entender, sei que acabou o filme e, sai de lá toda amassada como se embalada numa lata de sardinha e me arrumando.
Comentei com a amiga que sempre me havia falado de swing e ela perguntou: você viu o labirinto? Tão apavorada que estava, havia esquecido o tal labirinto, e F. disse que se eu quisesse poderíamos voltar, porém, com mais calma e não sair fugida. Sorri e aceitei a proposta, prometendo não sair fugida.

Voltamos ao mesmo clube uma semana após e novamente eu fiquei apavorada, mas havia prometido que não sairia fugida e teria que ficar conforme prometido. A casa continuava tão escura que com medo de tropeçar e cair, resolvi tirar o sapato de salto, porque sou estabanada e nervosa já viu rsrs... O labirinto, nada como imaginava, mas conheci o ambiente. Eu e F, nos beijamos, nos aproximamos de outros casais, desviamos dos solteiros presentes. Me senti um peixe fora d’água. Realmente não é minha praia, jamais transaria com ele para demais pessoas ver, ou me tocarem. Fomos conhecendo outros ambientes da casa. Na parte superior, haviam dois casais jogando sinuca, F. pediu aos casais para jogarmos com eles. Essa é uma boa alternativa para conhecer pessoas. Eu havia jogado bilhar apenas duas vezes, brincando com amigos. Enfim, um deles pergunta: sabe pegar no taco? Isso e aquilo de taco e eu toda sem graça, não tenho como me descrever ali, mas se pudesse entraria naqueles buracos da mesa.
Umas duas da manha F. me leva pro hotel que tem na casa, de novo fico temerosa, de não gostar da cama com F., ou F. não gostar de mim, já que é um homem que curti tudo é vivido. Enfim, só havia tido um homem atrevido e estava acostumada já, mas F. era mais atrevido, mas graças a Deus transamos maravilhosamente bem, mas no fundo ainda me perguntava, será que ele não queria ficar lá tocando mais pessoas ou transando, afinal a casa não é para isso? Mas eu não tive coragem de falar nada e ficamos nós dois lá, nem sei se ele zangou ou não, mas para mim foi perfeito. F. uma delicia de homem. Transamos de todas as formas possíveis e após pequeno descanso, fui acordada com um beijo na minha orelha esquerda, continuando pela nuca, depois na boca. Chupamos nossas línguas, F. continuou beijando o queixo, o pescoço, cada um dos peitos, cujos bicos já estavam durinhos. Cada mamilo foi sugado, apertado por seus lábios, arranhado suavemente pelos seus dentes, engolidos o quanto possível, ele continuou descendo e lambendo minha barriga, a pontinha da língua penetrou o umbigo, gostooosooooooo ... Continuou rumo ao triângulo do prazer... Sua língua percorreu todo o contorno e foi alojar-se nos grandes lábios Da bucetinha... Estava encharcada... Delirava... O grelinho jorrava, a língua penetrou o mais profundo que conseguiu. Sua barba esfregava a testa da boceta e seu queixo tentava penetrar-me também. Assim retomamos nossa sessão que perdurou até nossa exaustão. Necessitávamos do café matinal. Afinal, permanecemos por 7 horas naquela cama.
Digo para F. que swing não é minha praia definitivamente, ele diz que tudo bem. Pensei em desistir varias vezes, por achar que não tenho perfil de F., mas na cama nos damos muito bem. Gosto do atrevimento dele, de como ele me surpreende, sempre tem uma novidade rs...
Ele me deu um chocolate de formado de pica. Chorei de rir e comi, não sabia que era para brincar na minha bucetinha... kkkk, mas muito delicioso, me deu um vibrador em forma de batom muito legal adorei!!!! Me deu uma calcinha e quase morro de vergonha, uma minúscula calcinha nem sabia vestir kkkkkk, e ele me deu um “consolo” tamanho GG, misericórdia kkk... Mas confesso que adoro tudo isso...
Estamos em busca da mulher. Ele é realmente tarado, tem cadastro em cada site de swing, de procurar pessoas para sexo, e eu ao mesmo tempo que acho legal, tenho medo! Isso ele não sabia. Agora sabe kkk., penso que ele por ser acostumado com tudo isso, mulheres que topam tudo, curtem e tal... Ao menos ele tem paciência.
Ele me fotografou parcialmente, evitando meu rosto, colocou nos sites, F. é doido e eu acho que sou mais, porque vou no barulho dele, mas com certeza é tudo que eu desejei, atrevido, carinhoso, dedicado e gosto da ousadia, do tesão que ele me dá, de como depois fico lembrando de cada beijo, cada toque, orgasmo e muitas risadas.
Perfeito! Me sinto mulher, tenho as minhas vergonhas ainda, mas nossa eu posso me considerar já uma devassa! kkkkkkkk.
Dezembro, 17/12/2013 D&F

Foto 1 do Conto erotico: Travessuras de uma potranca!

Foto 2 do Conto erotico: Travessuras de uma potranca!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 29/03/2016

Linda POTRANCA! Adorei professor! BETTO

foto perfil usuario cristina23livre

cristina23livre Comentou em 02/06/2015

ja votei muito bom, vou ler os outros

foto perfil usuario casaloboloba

casaloboloba Comentou em 19/01/2015

Aditivo ao conto. Para conhecimento dos leitores desse conto real. Nosso relacionamento durou até 12.12,2014 às 20h20min quando D. foi atropelada fatalmente ao atravessar a avenida próximo de sua residência. Ela estava usando seu celular e nos comunicávamos por sms quando iria encontrar-me e não percebeu ou calculou mal a velocidade do veículo. QUE ESSE FATO, SIRVA DE EXEMPLO. Saudade eterna, desc

foto perfil usuario boxboxbox

boxboxbox Comentou em 12/01/2015

Muito bom também. Gostei e votei

foto perfil usuario casalsampab

casalsampab Comentou em 14/11/2014

parabéns muito dez obrigado por fazer para do grupo no whsatapp




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


39917 - Travessuras da Dama de Vermelho (uma potranca)! Ve - Categoria: Heterosexual - Votos: 7

Ficha do conto

Foto Perfil proftoni
proftoni

Nome do conto:
Travessuras de uma potranca!

Codigo do conto:
39845

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
18/12/2013

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


Vadia com os Africanos contos eroticoscumplices de um resgate pornoContos eroticos mae gravida do proprio filhoquadrinho herotico gaycontos eróticos homens com novinhosporno.masdrata.filhono.riuquadrinho pornográficosogra safadinha de vestido curtinho tirando uma rapidinha com genro na garagem boa f***ultimos contos sadoqudrinhos eroticos hentai comics vovo taradoamigo meninos conto erotico bairrocontos eroticos dei a primeira vez que peguei numa picaajudei um amigo a ser corno conto mulher taradaconto erotico com objetoscontos de vizinhos taradoscontos gay chiquititashomem comendo menininhaxvidiosconto sendo estrupsda pelo travesticonto erotico ladrao em casaFlagrei minha tia de calcinhapaguei aposta com chupetinha contosConto erotico esposa e o.negãocontos eroticos adoro chupa rolaContoerotico filinhas netinhas sobrinhas teenminha enteada novinha de fio dental na praia com sua mae e eu contoscontos eróticos vovó caminhoneiro gaymadrasta descobriu que foi traida e deu o troco fodendo com enteado que socou a rola imensa gozando dentroarrombei minha mãebuceta gibi as mais excitantescontos eróticos de incestos de mãe amante do filho 2017punheta contosconto erótico cabaço incestoConto erotico gay o porteirocontoseroticoscabacinhoconto erotico bicontos eroticos casa de praiaConto erotico defoto menina 2017conto gay socada no filhoporno mae quadrinhoquadrinhos de incesto ay papicontos eroticos com prima mal comidanegao roluddo barbariza no cuzinho da casadawww.hentai contos pirocudo enraba mãe do amigoConto de incesto de pai filha e tiotio iniciando gay contos eroticos gayContos eroticos gays suruba gay no monasterio[email protected] contos de sexo casada traindo com picudo e a filha ouvido tudoconto erótico gay negros bananaex mulata do sargentelli metendovizinha viuva puta contoscontos eroticos mulher chantageada pelo chefemulheres chupando pica de cavaloconto erotico meu queridinho pauzudo me fez um filhoContos e fotos de maes com a buceta gozadaconto erotico incesto com o avôcontos eroticos de mae cuzudas com fotosconto erotico evangelica gostosaBondunda da mozcontos eroticos novinhas vendidasskatista porno numero do zapVai como vai sua putinha contoseu conto cunhado leva a cunhada casada para o motelencoxando a minha tia contoconto minha mae me iniciou no lesbianismochantagiei minha irmã parte 2Contos cheirando um cu gays dlcmeu neto com um pirocudo comeu o meu cu e a buceta conto.porno levei papai em casa xxvideoscontos eroticos escritos lesbicos me dar melzinho.quadrinho erotico jiu jitsu. gayquadrinhos eróticossexo gay contos eroticos 220contos eroticos "fudendo a paciente "2017contos eroticos de putinhosConto vendo minha mae sendo arrombadaMinha vó bundudacontos eróticos viadinho dando para o sindicocontos eroticos meu grelaomeu pai pai dos meus filhos contos eroticoscontos eroticos peguei minha cunhada dormindoContos ertico em quadrinhos. O cabao nasce outra vezconto erotico meu irmao meu machono cuzinho nao papai famíliaxvideo de zeniho família sacana pornocontos corno travestiConto porno desdi pequena pai e mae me comemaegravidafilhocontoIrma e seu irmao numa viagem de feriado no hotel conto eroticoConto erotico louca para dar a xoxotaeu e minha sobrinha no cine pirno contoConto erótico possessivo em quadrinhoscontoeroticoburro