Menage com minha esposa e minha filha.


Click to Download this video!


Quem já leu os relatos "Minha filha queria e eu ...I,II,eII", deve saber como foi que iniciei minha filha nos prazeres sexuais. Agora vou relatar foi o primeiro menage com minha esposa e minha filha. Tudo começou quando Lídia chegou de uma viagem. Após uma semana sem fuder, ela chegou e foi logo dizendo que era para colocar Sofia para dormir mais cedo, pois iria tomar uma banho e queria tirar o atrasado. Olhei para Sofia, deu uma piscadinha e disse em seu ouvido: filhinha, vá assistir tv em seu quarto, pois o papai vai comer sua mãezinha, mas deixarei a porta do quarto semi-aberta e daqui a meia hora, voce pode ir ver como é. Sofia mais que animada com a pespectiva de me ver comendo sua mãe, foi logo se levantando da poltrona e me dando um selinho na boca, se dirigiu para seu quarto. Depois de uns cinco minutos, fui para a cama aguardar Lídia sair do banheiro. Mesmo depois de ter transado com Sofia por umja semana inteira, estava excitadissímo, pois Lídia é uma mulher bastante fogosa e quando passa mais de dois dias sem levar rola, fica subindo pelas paredes. Outro motivo também que me deixava bastante tesudo, era porque Sofia estaria vendo e certamente algo de inusitado poderia acontecer. Bem vamos aos fatos. Lídia saiu do banheiro ainda molhada e me vendo já na cama com o pau duro, deitou-se sobre mim e disse em meu ouvido: Senti tanta falta desse pinto gostoso, que quase meu dedo fez calo de tanta siririca que toquei. Agora vou a desforra. Dito isso começou a me beijar com volúpia, foi descendo pelo meu peito, passou alingua em meus mamilos eriçados, escorregou para a barriga e ao chegar no meu pau, passou a lamber guande com sofreguidão a deixando-a roxa. Foi engulindo centimetro por centimetro até que encostou seus lábios em meus pentelhos. Nesse interim, olhei para a porta e notei a presença de Sofia nos observando. Estava só de camisolinha, sem calcinha e com a mão direita acariciando sua bucetinha. Lía sem nada saber, foi fazendo movimentos cada vez mais rápido o que me levou a encher sua boca de porra. Como já era acostumada com a quantidade que eu ejaculava, não foi problema algum para ela engolir tudo. Depois do belo boquete, ela deitando-se de pernas abertas, pediu: vem meu gostoso, vem chupar minha priquitinha, mete essa lingua em mim, morde meu grelo, como só você saber fazer. Como na cama sou muito obediente, passei a fazer o que ela me pediu, mas antes a coloquei nda cama de forma que eu pudesse ver a reação de Sofia. Depois de uns cinco minutos de lambidas na buceta, Lídia começou a tremer e gemer alto, segurando minha cabeça e forçando-a de encontro a sua xota, prenunciando que iria gozar. Neste momento levantei-me e enfiei com tudo minha rola em sua buceta, dando estocadas fortes e sugando sem piedade seus seios. Sofia não mais aguentando gozou como uma puta, pedindo para enfiar com força e para chamá-la de sua putinha vadia. Olhei para Sofia e vi que ela também havia chegado ao orgasmo e estava já dentro do quarto encostada na parede. Lídia da forma em que se encontrava nada podia ver. Deitei a seu lado e disse que se preparasse pois iria enrrabá-la tão logo nos refizessemos e virando-a de bruços, pus um travesseiro sob sua barriga e passei a lamber seu cuzinho, deixando-a toda arrepiada. Cada linguada que dava mais Lídia arqueava a bunda, com a pedir para que eu metesse minha lingua em seu cú, coisa que fiz, ao mesmo tempo que tocava siririca para ela. Sofia estava embevecida com a cena e mais uma vez levou sua mão direita para o meio de suas pernas e esquerda para seu cuzinho, que certamente estava sendo penetrado pelo dedo anelar. Lídia já totalmente encharcada, pediu para eu atolar minha rola em seu cú. Peguei o velho lubrificante, lambusei minha pica com uma grande quantidade e fui metendo no cuzinho piscante de Lídia, que já acostumada com nossas transas anais, recebeu todo o meu pau e começou a gemer e rebolar a bunda em movimentos cadenciados, ao mesmo tempo que enfiava os dedos em sua buceta e os lambia. Sófia não aguentando mais tanto tesão, aproximou-se da cama no exato momento que Lídia acabara de gozar. Tirei o pau de seu cú e sem saber o que dizer, deitei-me ao seu lado. Lídia perguntou a filha se fazia tempo que ela estava ´nos observando. Sofia disse que sim e que achou a coisa mais linda que já vira, pois sabia que tudo tinha sido com amor. Lídia me olhou com um ar inquisidor e disse o que vocês andaram fazendo em minha ausência. quando eu ia tentar explicar, Sofia disse que eu não tinha feita nada que ela não quizesse e que tudo tinha sido muito gostoso e com muito carinho. Antes que Lídia esboçasse alguma reação, Sofia disse: mãezinha você é tão linda e fode tão gostoso, deixa em tocar em sua buceta? e sem que a mãe desse qualquer resposta, foi se aproximando de nós e comecou a deslizar o dedo no grelo de Lídia que estava todo melecado. Ao mesmo tempo começou a masturbar meu cacete. Lídia sabendo que sua filha estava apenas dando vazão as suas necessidades sexuais recem afloradas. nada disse e se deixou tocar. Dei um beijo em sua boca e me posicionando de forma a poder chupar a buceta de Sofia, coloquei minha rola perto da boca de Lídia para que pudesse abocanhar. Sofia em pouco tempo começou a gemer forte e gozou em minha boca e ao mesmo tempo Lídia também chegava ao orgasmo com a siririca que Sofia lhe fazia. Fiquei de joelhos e pedindo que âmbas ficassem de quatro, comecei meter em suas bucetas de maneira alternada, levando-as a mais um orgasmo. Depois lubrifiquei o cuzinho de Sofia e fui metendo minha rola até o fundo, fato que deixou Lídia abismada, com a capacidade de sofia aguentar todo o meu pau sem reclamar e posicionou-se embaixo dela de maneira que pudessem se chupar ao mesmo tempo num belo 69. Movimentei-me com rapidez e força no rabinho de minha filha, disse que iria gozar e tirando o pau de dentro de Sofia, esporrei no rosto das duas, com Lídia dizendo para Sofia que leitinho do papai não pode ser desperdiçado, lambendo toda a porra, no que foi imitada por nossa filhinha gostosa. Depois dessa experiência, nos acostumamos a transar juntos e com a ajuda de Lídia e Sofia, também pude iniciar minha sobrinha Juliana nos prazeres do sexo. Mas esta é outra história que contarei em outra oportunidade. Se gostaram de mais este relato verídico que lhes contei, votem nele e me escrevam para contar os seus.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


3809 - A JAPONEZINHA INOCENTE - Categoria: Virgens - Votos: 3
3910 - Minha filha queria e eu ... - Categoria: Incesto - Votos: 10
3914 - Minha filha queria e eu ...(II) - Categoria: Incesto - Votos: 11
3933 - Minha filha queria e eu... (III) - Categoria: Incesto - Votos: 12
3990 - A doce vagina de Luiza - Categoria: Virgens - Votos: 4
4097 - A buceta e o cuzinho de Juliana. - Categoria: Virgens - Votos: 7
4231 - A JAPONEZINHA INOCENTE-PARTE FINAL - Categoria: Virgens - Votos: 5
6793 - FOI IRRESISTÍVEL - Categoria: Virgens - Votos: 3
6881 - A CUNHADA GÊMEA E SUA FILHA - Categoria: Incesto - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico bediro

Nome do conto:
Menage com minha esposa e minha filha.

Codigo do conto:
3950

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
29/01/2005

Quant.de Votos:
19

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Carlos dando cucontos eroticos madrasta evangelicacontos eroticos putinhas arronbadas se fazendo de inocente vovo comeu[email protected]conto erotico sem andareu e minha sobrinha no cine pirno contonoracontoeroticoPorno conto eroticos minha namorada me traiu por pau grandefodendo+a+buceta+da++professoracomendo a cunhada antes do casamentomeu sogro me arombou meu cú virgem contos eroticoscontos eroticos com fotos a tara do corno ver o negao arombar o cuzinho da sua esposafilho tadoendo tira docu contos eroticosporno gay quadrinho kakeconto erótico que marido arma com outro cara comer sua esposa sem ela saberno cu eu chorei contosvideos de sexo tv com sogro incentivando ás noras a trazar com eleultimos contos sadoquadrinhos hentai cartooncontos eroticos incesto fingi que dormia e meu pai me fydeucontoeroticodfminha enteada viu meu pau duro fato realcizgi porno anne ogulquadrinho porno simpsonespirrei leite no metro conti eroticoliga da justiça porno gaybdsm esposa viadinho contoconto erotico raquel morena deliciosatransei com mendigo do terminal conto gayprovoquei papai porn conto eroticocontos erotico minha primeira doenteContos eroticos de pauzudos em orgia suruba grupal gang bang swyng troca de casal dupla penetracaoconto erotico fomos estrupados em familicontos eroticos objeto no cudando p meu irmão. conto eroticotodo mundo querendo mamar na peituda conto eroticocontos erotivos dominando a putinhacontos eroticos eu batendo puhenta e minha tia ciririca juntoswww.professoracontoerotico.com.brporno contos esposinha nas festasPorno con culosgrandes con tetas grandes de feriteyconto gay tirei cabaçopornô em quadrinhos perdendo a virgindade na senzalacontos eróticos gay guarda florestalporno congolesconto erótico peguei minha tia se masturbando com a calcinha de ladoContos e fotos filhos pauzudosPONODOIDO CONTOMae devassa e puta incestoconto ero tico com tioContos eroticos de roludos fudendo ascunhadas e sograscontos eeoticos minha familia na praia de.turismoEu e minha esposa e meu sobrinho e minha sobrinha em casa eu disse pra minha esposa fuder com meu sobrinho que eu ia fuder minha sobrinha conto eroticoconto de sexo com esposa traindo marido com o gasor em o marido corno fica na mesaconto erotico de calcinhaconto erotico dopei minha esposa pra ser cornonanda conto 021 997180802hentai melhor amigo do filhofotos de mulher mostrando o cu2017contos eróticos botei o pau na buceta de minha filha de sete anosconto erotico surra de picacalcinha mijada contos eroticosCunhada olhando o volume do cunhado dotadofamília pervertidadeixei meu marido e fui fode com filhofiz fila pra chupartres negoes piroculdos na piscina video porno gaycotos eroticos estruprei o cu da amiguinha da minha filhaconto erotico com nora puta e gostosadotoado furou minha xana conto eroticoconto erótico c/ fotos meu cunhadinho me fudeu inteirinha gostosinhocontos eroticos mamei na pica do meu chefe