Papai e Mamãe


Click to Download this video!


Papai e Mamãe.

Olá pessoal! Esta é a primeira vez que conto o acontecido. Na época eu tinha 35 anos e minha mulher 29. Eramos casado há 7 anos. Sou empresário “sócio” de uma empresa de segurança e minha mulher professora infantil. Minha mulher tem 1,55 de altura, pesa 50 kilos, super branquinha, loira legitima, olhos verdes, cabelos longos, evangélica de nascença e muito, muito bonita. Morávamos na Capital de São Paulo, porém, aceitei tomar conta de uma filial em Recife. Fomos morar em um excelente bairro e em uma casa maravilhosa. A nossa situação financeira é perfeita. Quando nos casamos minha mulher era virgem e fui o seu primeiro namorado.
Eu tenho 1,70 de altura, peso 75 kilos e o meu Penis mede 15 cm.
Sempre quando fazíamos sexo eu brincava com minha mulher, dizia coisas no ouvido dela e falava muita besteira, na verdade ela não curtia muito chupar meu pau e nem sexo oral. Quando eu pedia para ela vir por cima de mim ela dizia que machucava e que gostava mais da posição Papai e Mamãe. Eu não me importava muito, pois ela sempre gozava como louca, para ela gozar umas seis vezes era muito fácil, as vezes ela gozava tanto que ficava com as pernas mole. Uma vez eu estava assistindo um filme pornô no notebook no nosso quarto quando ela entrou e ficou olhando, ela dizia, nossa mais este cara tem um pau enorme, como essa mulher aguenta meu bem, eu disse para ela, na posição Papai e Mamãe não existe pau grande, toda mulher aguenta. Depois disso eu ficava brincando e dizendo, agora vou colocar só a cabeça deste Pau grandão dentro desta buceta pequena, ela falava, coloca meu jumentinho Nordestino, põe logo, quero ver essa bucetinha todinha esfolada, e assim eu notei que ela ficava muito tarada. Passamos a brincar e ver alguns filmes pornôs de homens com Pau grandão só para brincarmos depois.

O Ocorrido: Um certo dia deu problema na torneira da pia da cozinha e eu fui a uma construção que ficava uns 150 metros de nossa casa, lá estavam construindo uma casa muito bonita, logo, procurei se tinha alguém que poderia ir até minha casa dá uma olhadinha na torneira, então apareceu o Senhor Francisco, o responsável pela construção e disse que iria comigo. Pegou a caixa de ferramenta e fomos conversando. Enquanto ele arrumava a torneira minha mulher ficou observando e o Senhor Francisco falando comigo, ele tinha aproximadamente um 1,80 altura, era um senhor na faixa de 50 anos, cor parda, calmo, simpático e boa pinta. Durante pouco tempo contou sua historia, inclusive que estava viúva há 3 anos. Quando terminou não nos cobrou nada, mesmo eu insistindo. Deixou o telefone para qualquer emergência e disse que poderíamos chamá-lo de Chico Perna, pois é assim que ele atende. Então eu perguntei, porque Chico perna! Ele disse, isso é um apelido desde criança.

A noite eu me minha mulher estávamos brincando no quarto e veio a pergunta por parte dela, porque será que aquele senhor tem o apelido de Chico perna? Eu disse, vai ver que ele é bem dotado, então ela disse, como assim? Eu disse, quando um homem tem o pau muito grande a gente chama ele dessas coisas, ela deu risada. Ficamos brincando e dizendo que eu era o Chico perna, que ia arrombar a buceta dela, que eu queria ver se ela ia aguentar, então ela disse, só se for de Papai e Mamãe não é meu jumentinho.

Em uma certa sexta feira ela ia ficar em casa, pois, neste dia a empregada não iria vir e ela não ia ter aula, portanto, ia tirar o dia para arrumar algumas coisas em casa. Neste dia eu tinha um compromisso com um cliente da empresa e depois íamos jantar, pois, se tratava de um cliente importante.
Acontece que a reunião foi cancelada as 16 horas e eu resolvi ir para casa, passei em um posto que ficava há duas quadro de casa e deixei o meu carro para lavar e fui até em casa buscar o carro da minha mulher. Cheguei em casa abrir o portão e entrei, a nossa casa tinha um corredor lateral e o nosso quarta ficava no fundo da casa, ou seja, uns 30 metros da rua. Logo ouvi tudo quieto, porém, uma musica bem baixinha que vinha do quarto, fui entrando pelo corredor lateral e pisando macio para fazer uma surpresa para minha mulher. Cheguei a veneziana e a cortina estavam semi fechadas e o corredor ficava do lado da parede de um sobrado. Olhei pra dentro por um pequeno espaço e o que vejo. O Chico perna estava sentado na cama, porém vestido de frente para a janela, a televisão ligada tocando musica. De repente aparece minha mulher saindo do banheiro de vestido e ele estica a mão pra ela, ela vem e fica em pé na frente dele e de costa pra mim, minhas pernas tremiam e minha boca secou, parecia que o meu coração ia explodir. Chico perna abraça minha mulher e ela faz o mesmo com ele, ele começa a acariciar minha mulher e coloca a mão na bunda dela, mais não se ouvia uma palavra, porém, ele ergueu o vestido e ela estava sem calcinha, exatamente como ela fazia comigo. Logo, ele soltou o vestido e beijou os peitos dela e fez um comentário, pois eles eram durinhos e pequenos. O chico estava fazendo tudo, ele comandava, estava calmo, mostrava experiência e ela se deixava levar, era a primeira vez na vida dela que esta situação estava acontecendo, eu observando e tremendo, porém, querendo ver tudo. De repente o Chico perna coloca um travesseiro no chão e manda ela ficar de joelho, ela fica e solta o cinto da calça, tudo isso de costa para mim, pois eu não conseguia ver o que acontecia. Ela tira o Pau dele para fora e disse em voz alto – Nossa parece uma perna! Ele deu risada e disse, você vai gostar, vai adorar minha menina. Ela começou a passar na cara, beijar, cheirar, lamber de baixo pra cima, e de repente começou a sugar a cabeça, do mesmo jeito que fazia comigo, ficou uns 20 minutos brincando com o Pau do Chico perna. Então, ele levantou ela, tirou a roupa, jogou ela na cama e de costa pra mim começou a chupar a buceta dela, ela gritava e dizia uma porção de coisas, falava que ele era gostoso, se torcia toda e ele com a cara enfiada na buceta da minha mulher, que aqui entre nós é muito bonita. Então ela começou a pedir pra vir para cima dela, ai foi que eu vi o tamanho da cosia. Ele ficou de pé e ela pegou um tubo de pomada na cama, passou nas duas mãos e passou no Pau do Chico, ele foi pra cima, ficou apoiado nas duas pernas, então eu pude ver o tamanho daquilo, era enorme, tinha uma cabeça grande que parecia o pau de um jumento e um sacão grande. Minha mulher doida de tudo, com as duas mãos no pau dele começou a esfregar na buceta e logo disse que ia gozar, do mesmo jeito que fazia comigo. Ela começou a enfiar a cabeça da vara do chico na buceta, mais logo tirava, o Chico mostrando muita calma, pois sabia que ia fuder muito aquela buceta, que para ele era ainda virgem. Ai de repente se torcendo toda colocou a cabeça da vara dentro da buceta, tirou uma mão e passou sobre o pescoço dele, ele foi se abaixando bem devagar, quase sem movimento, ela que rebolava um pouquinho e gritava, então o pau do chico foi entrando, foi sumido dentro dela, ora ela gritava, falava palavrão e chamava ele de meu macho, meu jumento, meu homem, acaba comigo, me fode, me faz mulher, eu quero fuder muito, eu quero, eu quero, e o pau do chico estava todinho dentro dela, então já não apoiava mais nas pernas, agora todo o seu peso estava sobre aquela pequena mulher que ele chamava de minha menina, ficou fudendo minha mulher bem devagar e ela gozava como doida. Tinha ora que o chico dava uma estocada mais rápida e ela reclamava, então ele diminuía o movimento, teve uma ora que eu ouvi ele dizer, sou operado, então ela disse, goza meu jumento, me enche de porra meu macho, goza dentro de mim, goza, ai eu ouvi ele dá um berro e grudou mais ainda nela, ficaram quietinho por uns 5 minutos, então começou tudo outra vez, minha mulher deve ter feito com ele o que fazia comigo, com a buceta ela ficava apertando meu pau dentro dela. Ela gozou mais duas vezes e ele gozou mais uma, deu um berro louco e saiu de cima dela, o pau dele parecia realmente o pau de um jumento, coisa que não da para acreditar, neste instante deu pra ver a quantidade de porra que tinha dentro da minha mulher e a buceta dela estava arrombada, destruída, e do jeito que ele saiu de cima dela ela ficou desmaiada com as pernas abertas, coisa de louco. Eu, percebendo que ia terminar por aí, sai devagar e só retornei as 22 horas, mais essa é outra historia.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario camps

camps Comentou em 08/04/2014

Muito bom o conto! Publica logo a continuação!!!

foto perfil usuario jota stk

jota stk Comentou em 08/10/2013

Adoramos seu relato rendeu boas horas de amor com meu maridão valeu mereceu nosso voto

foto perfil usuario umcaradeacao

umcaradeacao Comentou em 08/10/2013

e amigão- seu chifre chegou

foto perfil usuario jordanel

jordanel Comentou em 08/10/2013

Vai ter continuação? Me desculpe para mim conto de traição que não tem final fica incompleto,pelo menos uma frase dizendo que gostou do que viu e não vai falar nada. Saliento que em momento algum do conto você menciona que queria ser corno.

foto perfil usuario sergi

sergi Comentou em 07/10/2013

gostei do teu conto parabéns pela tua esposa




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico cabeudo

Nome do conto:
Papai e Mamãe

Codigo do conto:
36429

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
06/10/2013

Quant.de Votos:
21

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


irmã linda gostosa maravilhosa dando sua bucetinha virgem terceiro mandou taducontos eroticos cunete gays pai e filhocontos erótico meu marido me ajudaA noite que ele pediu pra,ser cornocontos reais minha mae gostosaultimos contos sadoconto de fodendo o cu de meu avô com a pica gigantecontos eroticos meu irmao tirou minha virgindade na marraconto meu vizinho novinhoquadradinho porno entregador.sexo quente na xoxota roçandoviolada pelo patrao contoconto erotico titiovirei femeadando a mulher pra negoes contosconto porno gay teen malandrosContos eróticos com fotos virei empregada do meu vizinho pauzudoboafoda69.comminha cunha espero meu irmão sai e mim mandou ajudar a ela a apertar o sutiã e eu a cumei sexocontos eroticos crentinhas virgemninfetinhas sarrando esfregando a buceta uma na outra encaixe perfeitocontos eroticos meu namorado roludo comeu eu e minha filha nao sei como ela aguentoucoroas crentes fudendo o cu contos reoticoscontoeroticodupla penetraçãocontos sobre velho taradofoto negra favelada nuaa princesa do poder pornocontos eroticos comi a biscatinhaconto erotico orgiacontoerotico so.no.bumbum tiacontos fantasia de minha esposa cheirar calcinhaminha primeira masturbacaohentai gay pt brnaturista contoserovirei femeacontos psicologa casada e rabudaperdi as preguinhas do cu quando era pequenamae tirando cabaco de filhomete na mamae conto eroticocontos eroticos casadinha assediada pelo vizinhoconto erotico esfola meu cuwww.contoerotico.pai e filha no pomarconto padrasto e meu irmaoesposa conta para o marido que seu amante é uma travesti e ela vai fuder ela todinha na frente do corno e ele vai ficar só olhando e depois a travesti vai fuder o cuzinho do corno e vai transformar os dois em seu putos e a travesti vai mora com os dois e vai fuder sempre os dois e vai chama uma amiga pra fuder eles tambémmeu filho gozou contome comeram eu dormindobrusa folgada da gostosaContos erotico mim fantaziei de cachora para meu filhoquadrinho erotico estupro emocionante 3Conto erotico fudendo a irma da adventistagibi porno o amario com acoroameus.dois subrinhos fuderam minha esposa na minha frente conto eoticoContos com fotos de gozadas nas calcinhas das sograsvai corno fode conto eroticoContos eroticos selvagemwww,punheta2017,comcontos eróticos minha irmã foi comprar enxoval para casarporno conto erotico esposa bondosa e os negroscontos de cornos biConto fudendo a kailacontos eroticos virei gaycontos eroticos vovôs com netoscontos eroticos incesto comendo a bucetinha da minha filhinhaconto erotico busão dogimagem frases liberdades por irmaolzinhosMinha mãe transava na minha frente contosrevista pornô em quadrinhos mãe juíza transando com seu filho gayConto erotico/coroa caronistaFilha da puta comeu meu cu contomae filho filha conto pornoquadrinhi porno 3d