Meu amigo negão comeu meu cuzinho


Click to Download this video!


Eu estava no 2º ano do Ensino Médio. Eu era uma menina bem bonita, atinha 1,67, dessas que não são gordas e nem magras, diria cheinha, morena bem clarinha, cabelo liso e longo. Rostinho de menina sapeca e ainda virgem. Na escola tinha um amigo chamado Diogo que estudava comigo desde o primário. Ele era num negão lindo, desses meninos que tinham entrado pra academia cedo. Como sua mãe era loira, ele nasceu com os traços faciais bem finos, menos os lábios. Era um cara muito cheiroso. Eu e ele éramos muito amigos. Eu compartilhava todos meus segredos com ele e assim ele também o fazia.
Certo dia, um professor mandou que fizéssemos um trabalho em dupla para que fosse entregue na aula seguinte. Era certo que eu seria a dupla dele. Combinamos de fazer esse trabalho para nos livrar logo. Depois da aula, fomos pra casa dele, já que era mais perto da escola. Chegamos lá e não tinha ninguém em casa, seus pais estavam trabalhando.
Sentamos na sala e começamos a conversar sobre o que poderíamos fazer no trabalho. Fizemos boa parte do trabalho, até. Eu ia sempre a casa dele, já era de casa. Levantei-me e fui até a cozinha pegar um pouco de água. Voltei tomando um gole, porém pisei em falso numa ponta do tapete e tropecei fazendo com que a água que estava no copo derramasse em mim molhando totalmente minha camisa do uniforme. Vocês sabem que camisa de uniforme é, geralmente, um tecido fino, branco e transparente. Diogo vendo tal cena ofereceu uma camisa dele pra mim e disse que ia perdurar a minha no varal pra secar.
Eu pensando maliciosamente, nem esperei ele sair da sala pra buscar a camisa dele, tirei minha blusa ficando somente de sutiã. Deixando ele sem reação. Eu me aproximando dele disse: “Esqueça a camisa, Di, eu fico de sutiã. Você praticamente acabou de ver tudo antes.”. Mal sabia que esse meu ato seria como fósforo num barril de pólvora. Fui me aproximando mais e mais dele, até que nos encostamos de frente. Ele com o um sorriso bobo no rosto, percebeu minha intensão. Rapidamente, Diogo me agarrou e me roubou um beijo. Beijamo-nos com muita vontade. Fui tirando a camisa dele. E abrindo uns botões de sua calça. Os beijos foram esquentando e começamos a dar uns amassos. O empurrei no sofá e sentei-me no seu colo roçando minha bucetinha no volume que ia surgindo dentro da calça dele. Sentia o pau dele fazendo pressão contra minha xoxotinha. Enquanto ele tirava meu sutiã e mamava nos meus seios. Ele mordiscava meus biquinhos me fazendo gemer.
Diogo segurou-me em seus braços e levantou-me em seu colo me levando para o quarto dele. Chegando lá, ele me colocou sentada na cama dele. Eu nem esperei nada. O agarrei pela cintura dei um risinho, olhei-o nos olhos e disse: “Tá na hora da sua menininha mamar.” Fui tirando a calça dele junto com a cueca. Cara, fiquei boquiaberta com o que estava vendo. Realmente pude comprovar a teoria de que a piroca de negão é grande. Dei um gemidinho de excitação e agarrei logo a pica dele e fui colocando aquele mastro na minha boquinha. Primeiro a cabeça, depois coloquei tudo. Ele agarrava meu cabelo pela nuca enquanto ele fodia minha boquinha com o pau. Ele respirava ofegante, e dizia: “Ah, chupa tudinho, minha gostosa. Sua boquinha é uma delícia.”
Ele tirou aquela piroca da minha boquinha. Colocou-me em pé e foi tirando meu short da escola me deixando de calcinha. Ele me autorizou a subir na cama e me pus de quatro. Ele começou beijando minhas coxas, até chegar às minhas nádegas. Beijou, mordeu até descer um pouco até a bucetinha. Eu já gemia nessa hora. Virou-me de barriga pra cima, beijou minha xaninha, colocou a calcinha de lado e passou a língua no meu grelinho. Eu gemi mais alto. E pedi: “Di, tira a minha calcinha e me chupa!” Ele assentindo com a cabeça, tirou minha calcinha devagarinho dizendo: “Que xoxotinha carnuda, gatinha. Ela está tão molhada.” Quando ele a tirou de mim, caiu de boca na minha bucetinha e começou a chupá-la com vontade. Metia a língua dentro dela, me fazendo delirar e gemer cada vez mais. Chupava minha bucetinha rapidamente. Brincava com meu grelinho. Nessa hora, senti meu corpo estremecer. Comecei a gozar e ele ia sugando todo meu mel. Ele dizia: “Ah, que gosto doce você tem. Que bucetinha gostosa.”
Ele veio por cima de mim passando a cabeça da piroca dele na minha xaninha e eu disse: “Espera, Diogo, você sabe que eu sou virgem, né? Eu quero muito que você me foda, mas não queria que você metesse na minha bucetinha.” Ele sem entender direito as coisas, levantou da cama e ficou me olhando. Dei um sorriso malicioso voltei a minha posição de quatro e disse: “Hoje você vai meter no meu cuzinho, Di.” Ele ficou louco com essa minha atitude. Não é todo dia que uma ninfeta oferece a um cara o cuzinho pra ser arrombado. Ele voltou pra cama e começou a passar a língua quente dele no meu buraquinho. Ele dizia: “Juju, seu cuzinho é muito apertado, vou arrombar suas pregas.”
Ele ia chupando meu cu e ia o abrindo com os dedos. Cada vez ele enfiava mais um. Ele metia os dedos e lambia meu cuzinho, cuspia um pouco dentro pra lubrificar. Ele se levantou, pediu pra que eu me posicionasse na beira da cama com o cu bem empinado. Diogo mexeu numa gaveta, pegou um tubo de KY e passou naquela piroca grande dele. Posicionou-se atrás de mim e começou a forçar a entrada do meu buraquinho. Eu sentia dor e gemia. Ele ia dizendo: “Aguenta, Juju. Já tá passando a cabeça, amor.” Até que passou a cabeça do pau. E ele foi metendo a pica dele no fundo do meu cu. Socando forte naquele vai-e-vem. “AAAAAAAAAHHH, FODE GOSTOSO, VAI, DI” – Dizia eu. “Que cu apertadinho, Juju. Que delícia de cuzinho. Estourei suas preguinhas” Ele disse. Ele metia gostoso, segurava meu cabelo pela nuca e o puxava. Com a outra mão ele acariciava meu grelinho.
Ele tirou o pau do meu cuzinho, deitou na cama e disse: “Cavalga na minha piroca, safada. Vem aqui e senta gostoso.” Sentei com tudo no pau dele. Sentia o pau dele me arrombar todinha. Ele respirava fundo e eu quicava gostoso. Passava meus peitinhos na cara dele. Ele mamava meus peitinhos e brincava com grelinho enquanto meu cuzinho engolia o pau dele. Eu comecei a gemer mais e mais e a sentir meu orgasmo vir novamente. “AAAAAAAAAAH, NEGÃO, FODE MEU CU, VAI. TÔ GOZANDO, CARALHO.” Ele: “VAI, JUJU, VAI GOSTOSA, QUICA NO PAU. SUA PUTINHA! VOU GOZAR, VOU ENCHER SEU CU APERTADO DE PORRA.”
Ele gozou gostoso no meu cuzinho. Sentia porra escorrer do cu. Enquanto sentia minha buceta melada. Sai de cima do meu negão. E cai deitada na cama dele. Recuperamos o fôlego e decidimos tomar um banho. No banho até rolou um oral em mim. Quando saímos do banho e chegamos ao quarto dele novamente, paguei mais um boquete pra ele e dessa vez ele gozou na minha boquinha. Mamei tudinho, não desperdicei nenhuma gota de porra.Depois daquele dia, começamos a ter uma relação aberta. Ele ainda comeu meu cuzinho muitas vezes até acabarmos a escola.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 30/10/2016

Hmmmm fiquei muito excitado, pois ja arrombei o cuzinho de uma ninfeta....foi parecido com seu conto!

foto perfil usuario peludo16cm

peludo16cm Comentou em 26/03/2016

Delícia de relato e bundinha, parabéns!

foto perfil usuario lordonfhipeoficial

lordonfhipeoficial Comentou em 12/12/2013

Caraca, o Di é uma cara sortudo hein...vc deve ter um cuzinho delicioso!

foto perfil usuario cipriano

cipriano Comentou em 11/12/2013

QUE DELICIA SEUS CONTOS

foto perfil usuario julianosouza

julianosouza Comentou em 23/10/2013

Otimo conto tens meu voto

foto perfil usuario motomaniac

motomaniac Comentou em 22/09/2013

gostei, gozei e votei sua safadinha...

foto perfil usuario gatoreno

gatoreno Comentou em 07/08/2013

delícia muito gostoso e excitante queria eu ter a sorte de ter um cuzinho gostoso assim adorei bjs em vc todinha

foto perfil usuario 5091

5091 Comentou em 18/07/2013

Ótimo conto Adorei, teve meu voto

foto perfil usuario derick20

derick20 Comentou em 18/07/2013

Nossa, que conto gostoso, adore mesmo. não sou um negão mais tenho uma pica bem grossa. gostei mesmo do conto.

foto perfil usuario gatomg

gatomg Comentou em 18/07/2013

Amei, que delicia gata. Bjs

foto perfil usuario henriqueadvsp

henriqueadvsp Comentou em 18/07/2013

jully adorei seu conto, e mais ainda em saber que adora uma pica preta

foto perfil usuario negraocasado

negraocasado Comentou em 18/07/2013

Gostei e votei!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


29469 - Sendo puta no Réveillon - Categoria: Heterosexual - Votos: 36
29470 - Trepando com o namorado - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
29475 - Fodida por 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 29
29476 - Dando pro pai da minha amiga! - Categoria: Heterosexual - Votos: 42
29485 - Mijando no meu namorado - Categoria: Fetiches - Votos: 37
32240 - Vovô deu leitinho pra netinha - Categoria: Incesto - Votos: 85
35004 - Sou a putinha do meu titio - Categoria: Incesto - Votos: 58
36080 - A amiga da minha mãe - Categoria: Lésbicas - Votos: 90
39411 - Vovô comeu o cuzinho da netinha - Categoria: Incesto - Votos: 88
71385 - Fim de Semana do Incesto. Meio irmão e Primo I - Categoria: Incesto - Votos: 26
88738 - Fim de Semana do Incesto. Meio irmão e Primo II - Categoria: Incesto - Votos: 21
88739 - Meu vizinho é a cara de um ator pornô - Categoria: Coroas - Votos: 24
88772 - Dei gostoso pro instrutor da autoescola - Categoria: Interrraciais - Votos: 16
88894 - Depois de dar o cuzinho, mamei meu tio-avô - Categoria: Incesto - Votos: 24
89076 - Meu ex-cunhado tirou a virgindade do meu cu - Categoria: Incesto - Votos: 37
89376 - Viciada em dar o cuzinho - Categoria: Heterosexual - Votos: 28
89669 - Meu irmão tirou meu cabaço - Categoria: Incesto - Votos: 16
89886 - Vi meu namorado foder com minha sogra. - Categoria: Incesto - Votos: 35

Ficha do conto

Foto Perfil jullynovinha
jujubarj

Nome do conto:
Meu amigo negão comeu meu cuzinho

Codigo do conto:
32292

Categoria:
Interrraciais

Data da Publicação:
16/07/2013

Quant.de Votos:
37

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erotico porno mc kevinhofilho tarado contomolequinho pegou a menininhacontos com sogras tetudas[email protected]Conto erótico. picante perdendo a virgindadesobrinha casada conto eroticoContos eroticos fui encoxado i enrrabado no onibus por uma travesti pauzudacomendo nerdisinha contosAnal gay fuderoso de chorarmanuela visinha ninfeta daquele jeito na janelaesposa estuprada conto eroticoComi minha tia no navio conto eroticocontoseroticoscabacinhotraicao quadrinho humor erotico pornoconto erotico sogro pausudo de cuecaconto pornô caralhudovídeo pornô de cachorrocizgi porno anne ogulvideo porno casada nao estava mas sim.segurado pra chupa o mau do amigoquadrinho filho taradotrai no cafe da manha contoConto tia com sobrinhcontos eroticos o dia em que perdi minha virgindade com minha titiarelatos eoricos prgias com negrosxvideos gay contos eróticos com montado conto erotico gay harry potterQuadrinhos eroticos incesto sexo com vovo pirocudofoto de mulhe de calcinha fio detau puxador a causinhagozando na minha sograconto erótico minha mulher dano para um estranho no cinemaporno quadrinho mae rabudaquero ver várias Lidiane transando você tinha raspadinha[email protected]negros dotados tarados por cu me foderao contos gaycontos esposa e o negaoas coxas da minha mâe contos eroticosProfessora e o jovem conto eroticoEvanglicas gostosas/desabafos recentes de incesto com fotosmaloqueiro doido por gay passivo contocontos eroticos eu e o pai gostoso do meu melhor amigocontos eroticos- meu amigo dormiu namorada calcinha pequenavideos sexo incesto filha desfila nua pela casa enquanto pai a olha ate nao aguenta mais de tezao e fude eladoce nanda contos eroticoscontos eroticos com foto comi minha aluna putaContos eroticos de lebicas anamorada do meu irmaoporno gay brocado de cabacoConto erótico gay boquete com amigosmulhe na zoofilia en pe si esfregano no caxorroquadrinhoseróticosinterracialconto erotico enrabei o flanelinhaPaqui renda com bucenta cavalguei gostosoContos e fotos de genros gozando nas calcinhas das sograsContos eroticos de mamae puta oferecendo o cu para o encanadorcontos erotico meu patrao me chantageou e comeu minha bundaeu e minha esposa adoramos chupar uma piroca juntos com minha enteadacomendo gostoso a mãe quadrinhos eroticosincesto pai e filha crianva com fotos vontos eroticosincestosinhogay sex stories pdfcontos eróticos grátis comi meu sobrinho gay virgemcomto eroticochupando os peitos da vizinha tdfoto.tio.abusa.da.subrinha.dormindo calcinha.com.amiga.deixaram minha esposinha toda baguncada contos cornoscontos eróticos excitante e ilustrados de dotadoscontos eroticos crentinha safada zoofiliaconto gay noite fria na cama com meu irmãocknto mastro pica jeba jegue rola cobra arrombar caralho cuzinhocontos do mamador de banheirotodos vovo rabudasContos eroticos com fotos de podolatria com a medicae