Perdi a virgindade no meu primeiro emprego parte I


Click to this video!


Meu nome e Paula na época tinha um namoradinho, mas, apesar dos amasso, nunca tínhamos chegado aos finalmentes, então eu continuava virgem.Eu estudava a noite e de dia procurava emprego e tinha pouca experiência. Até que fui chamada para trabalhar como representante no Clube dos Bancários. O serviço parecia legal, ia fazer plantões em empresas e atender os associados na sede do clube, que ficava às margens da represa Billings. Dois representantes mais experientes iam me acompanhar e me instruir no começo. Alexandre, era casado, muito bom de conversa e bem simpático, já Marcos, apesar de ser um senhor, era bem divertido e se gabava de tudo que fazia.Tudo corria bem, nos finais de semana ficava com meu namorado em casa, ou saíamos para o cinema ou algum outro passeio, mas ainda não estava convicta em entregar a ele minha virgindade.Já no trabalho, Ale já ficava todo atirado para mim e confesso que comecei a me sentir atraída por ele e comecei a provocá-lo discretamente. Um dia terminamos o plantão no clube e fomos a um bar próximo, Ale pediu dois chopes e começamos a beber. O problema é que sempre fui meio fraca para bebidas e lá pelo terceiro chope já estava meio tonta, foi quando achei melhor pedir para ele me levar para casa. Ale parou em uma estrada de terra deserta, nas margens da represa, estava tudo muito escuro e ele começou a me acariciar e mordiscar minha orelha, naquele estado acabei cedendo e nos beijamos, sua mão explorava meu corpo e eu, meio bêbada, tentava me esquivar até que ele tocou meu sexo, nesse momento fui tomada de um calor e uma sensação que me tomou o controle, abri minhas pernas e enfiei minha mão dentro de sua calça onde segurei seu membro que latejava de tesão. Eu estava de saia e senti seus dedos afastarem minha calcinha e tocar meu clitóris, nesse momento recobrei o sentido, tirei a mão de sua calça e segurei a dele. Naquele momento, lembrei de meu namorado, e comecei a conversar com Ale, foi quando falei que ainda era virgem e não estava preparada para seguir adiante. Ele propôs que apenas brincássemos e que isso não seria errado, apesar de lúcida, o álcool ainda não deixava com que eu tomasse a decisão mais correta e acabamos no banco de trás.Ale ergueu minha saia até a cintura, sua boca buscava os meus seios e sua mão rapidamente colocou seu membro para fora. Estava escuro mas mesmo assim pude contemplar pela primeira vez seu pinto, tinha uns 15 cm de comprimento mas era fino, um pouco menos de 4 cm de grossura, ele me ajeitou de lado ficando atrás de mim encaixou seu pinto entre as minhas coxas e começou o vai-e-vem. Confesso que o álcool e aquela sensação me encheram de tesão, eu rebolava e sentia aquele membro deslizar pelas minhas coxas me molhando. Seus movimentos ficaram mais rápidos e ao senti-lo gozando entre as minhas pernas, gozei junto. Limpamo-nos e ele me levou para casa.A partir de então comecei a provocá-lo sempre que podia, mas sempre que ele tentava algo mais, eu fugia. Para mim era divertido manter essa situação. Isso perdurou até um dia em que estávamos de plantão no clube, era terça feira e além do segurança, apenas eu e Ale estávamos no clube. Quando foi umas três da tarde Ale falou para fecharmos o escritório e irmos embora, ele dispensou o segurança que deixou o portão com o cadeado aberto para que trancássemos ao sair. Terminamos de arrumar nossas coisas e fomos para o carro, Ale começou a me acariciar e nos beijamos. Aquela sensação do proibido me excitava, logo comecei a masturbá-lo. Sua mão invadiu minha calça e ele fez o mesmo comigo, seus dedos acariciavam meu clitóris em movimentos circulares, fui tomada de um prazer sem igual. Ficava olhando seu membro duro o que me dava mais tesão ainda, completamente descontrolada gozei intensamente. Naquele momento pós êxtase, fiquei completamente a mercê de Ale que puxou minha cabeça em direção ao seu membro. Eu nunca tinha feito sexo oral antes, mas o instinto me fez agir. Comecei a lamber a cabeça, circundado sua glande com a língua, passando pela ponta e por toda sua extensão, sua mão empurrou minha cabeça e acabei engolindo seu membro. Ele segurava minha cabeça e penetrava minha boca em movimentos de vai-e-vem (Continua)


Foto 1 do Conto erotico: Perdi a virgindade no meu primeiro emprego parte I

Foto 2 do Conto erotico: Perdi a virgindade no meu primeiro emprego parte I

Foto 3 do Conto erotico: Perdi a virgindade no meu primeiro emprego parte I

Foto 4 do Conto erotico: Perdi a virgindade no meu primeiro emprego parte I


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 07/08/2013

Muito bom, que delicia

foto perfil usuario cravofloripa1

cravofloripa1 Comentou em 27/05/2013

Adorei teu conto, muito excitante..

foto perfil usuario annysp

annysp Comentou em 26/05/2013

hummmm

foto perfil usuario teodoro.16

teodoro.16 Comentou em 26/05/2013

Muito bom seu conto




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


25922 - A primeira traição de uma esposa fiel - Categoria: Traição/Corno - Votos: 65
28586 - Transa dentro do Carro - Categoria: Traição/Corno - Votos: 34
28996 - Fui devorada na frente do meu maridinho. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 44
29707 - Perdi a virgindade no meu primeiro emprego II - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 29
30430 - Trai meu marido com o pedreiro - Categoria: Traição/Corno - Votos: 39
35549 - MEU MARIDO ME PEDIU PRA DAR PARA OUTRO HOMEM - Categoria: Traição/Corno - Votos: 47

Ficha do conto

Foto Perfil paulaana
paulaana

Nome do conto:
Perdi a virgindade no meu primeiro emprego parte I

Codigo do conto:
29708

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
25/05/2013

Quant.de Votos:
29

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


contos erotico de madrinha com afilhadoconto eroticohomem chupando pau de travestiFotos de picudos fazendo putas gemerem varaconto de encesto filho rasgou abucetinha da sua maeContos eroticos selvagem esposaporquinha sadomasoquismomolhei a calcinhaconto erotico minha namorada dançando forro com meu tiocontos eróticos Flagrei minha sobrinha de menor transando aí eu Amei Assim ela tinha contato pai delaconto erotico comendo o cu da cazafaColégio.Incestocontocontos eroticos corno por acasocontos transando com vôvôbucetinha da sobrinha contopsicólogo para casal corno fetiches zaptruyện tranh sex loan luancontos eroticos de melar a bucetamulheres sendo curradas e bebendo porra peladasconto porno roludoshow completo gogoboy pauConto erotico a putinha rabuda do busãoconto eroticoflagraxvideo com.ima negona dando o cu pro negso loprafocontos mamadas coroascontos eroticos de gordas carentescoroa roludo 27 cm de rola fudeu o novinho conto eroticoa primeira vez que ganhei uma siririca contoscontos eroticos mae e filha estuprada por assaltante na delegaciaconto erotico menina na belicheconto ela era greluda demais e fudru meu cu histososilto a esposa na boatesexoconto pornoContos gay urologistaporno quadrinhosConto erótico ganhei um cucontoscom fotos travecas safadasdesliguei a fazer quando um homem vídeo de neguinha fazendo sexo com homem neguinha fazendo sexo com homemcantos eroticos so casado mais dou meu cuzaono conto erotico melho tramsa d minha vida foi com minha mae e minha tiaIrmao trasand com a prim a fors na camameu pau e tao grosso que rasgo cuzinholarguei esposa e sai com.com amigo contosgaysbrasil porno sexafillcontos eroticos incesto brincando de casinhafez sogra gozar duas vezes e mulher frAgouConto foda com uma rabuda de fio dentalfotos da minha esposa cavalona puta querendo provocarmeu filho me fode contodando cu para pai conto eróticocontos e relatos eroticos de traicao peguei minha esposa transando com dois negao dotadosentiadacontoeroticoContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhasedutoras e marrentas parte dozepeguei meu marido comendo minha filhacontos eróticos de corninhovideo porno tio arromba o cuzinho do subrinho com muita força ele pede para pararConto eroticos mamar gulosa mamando no pauzao do filho e de mais seis amigos negao dele em gang bangConto erotico de evangélicaver conto erotico sob caminhoneiro pirocudoquadrinhos porno engravidando mãecontos eróticos o casal de alunos virgenscontos eroticos de garoto que teve o cu estourado por padrinhoContofamiliapornoconto gay bebado perdidoincesto pai tira virgindade da filha quadrinhosgordinhopassivo69perdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos porno tabu.comwww.contos eroticos patroa trai marido dando cu pra manino novenho pauzodoporno gay transando grudadinhos na camaquadrinho erotico desvirginadavideos menina dando cu virge grita manda tira tira aiiiii meu cuuuu porraMinha amiga chupou minha buceta e agora?contos eroticos comeram minha namorada no escuro