Eu e minha psicóloga


Click to Download this video!



Meu nome é Carlos (fictício), tenho 33 anos, sou solteiro, alto e magro. O que mais chama a atenção em mim são os meus olhos (verdes), o que me ajuda na conquista das mulheres. Essa é a primeira vez que escrevo e o que vou relatar a seguir aconteceu em 1995, o que, para mim, me surpreendeu muito. Na época, eu estava indeciso quanto ao que fazer na vida. Daí recorri a ajuda de uma psicóloga, de nome Silvia (fictício), que era morena e tinha um corpão que me dava muito tesão. Ela era um pouco mais velha que eu e me ajudou a descobrir a minha vocação profissional após algumas consultas. Mas a nossa conversa não parou por aí. Como eu tinha muitas dúvidas sobre outras coisas da vida, eu acabei aproveitando para fazer uma terapia com a mesma psicóloga, o que durou cerca de 03 meses. Quando desisti da terapia (por várias razões), percebi que a Silvia não havia gostado, chegando a até me tratar mal, mas o nosso contato acabou por ali.
Cerca de 01 ano após ter consultado a psicóloga, não é que ela me liga para conversar comigo ... e desabafou muitas coisas, principalmente sobre seu relacionamento com seu último namorado, que tinha acabado recentemente. Diante da situação, marcamos um encontro em seu consultório para conversarmos mais. E eu estava lá no dia e horário marcado. Após alguns minutos de conversa, sugeri a Silvia que eu fizesse uma massagem nela ... e ela aceitou. Comecei a massagear sua nuca, suas costas e já comecei a dar beijos e mordidas em seu pescoço. Nesse momento, eu e ela já estávamos em ponto de bala. Comecei a passar a minha mão em todo o seu corpo e ela no meu. Em pouco tempo, eu já estava tirando a camisa dela e, logo após, seu soutien. Fiquei chupando por um bom tempo seus seios, pois sempre gosto de sentir cada pedacinho da fêmea que está trepando comigo, sem pressa. Aí ela tirou minha camisa e passou a me lamber também. Logo em seguida fui tirando sua calça (eu tava doido para ver a buceta da minha psicóloga!). Deixei ela só de calcinha e passei a lamber sua buceta por cima do tecido. Quando eu entalei a calcinha na sua buceta e lambi seus lábios que estavam para fora (eu adoro fazer isso!), ela não resistiu e passou a gozar intensamente. Aí tirei sua calcinha de vez e meti minha língua e meu dedo dentro de sua buceta, e sempre olhava para os olhos da minha psicóloga, que se contorcia e ficava dizendo: “ai como é bom!”, “eu gosto disso!”. Logo depois foi a minha vez. Silvia se virou por cima de mim e passou a tirar minha calça e, em seguida, minha cueca. Ela logo abocanhou meu pau e ficou chupando por um bom tempo. Enquanto ela me chupava, eu segurava sua cabeça com minhas mãos, até quando não agüentei mais e gozei em sua boca, que, por sinal, ela engoliu tudo, com muito gosto. Eu acho que a minha psicóloga nunca tinha chupado uma pica ... nem tinha sido chupada!
Como por várias vezes nas terapias que fiz com Silvia, eu falei sobre as minhas preferências sexuais, assim como relatei algumas situações, eu acho que ela acabou vendo em mim a possibilidade de realizar algumas de suas fantasias ... e ficou doida de vontade de dar prá mim! E eu adorei isso. Acho que o meio jeito sério e discreto também ajudou. Neste primeiro contato “não profissional” não houve penetração porque eu não tinha camisinha e nem imaginava que eu ia comer minha psicóloga, mas marcamos um outro encontro, que foi num motel, e fizemos tudo de novo ... e dessa vez meti gostoso na buceta dela. Depois disso, acabei dando um furo com ela, o que a levou a desaparecer. Desde então, nunca mais a vi. Quem sabe ela lê este relato e se identifica, e volta a dar prá mim.
Caso alguma mulher goste desse tipo de situação ou queira conversar comigo, pode me escrever. Quem sabe nós podemos realizar nossos desejos!

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico rela153336

Nome do conto:
Eu e minha psicóloga

Codigo do conto:
2866

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
20/08/2004

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Contos eróticos gay comeram meu cu quando guriultimos contos sadoMinha esposa é uma vagabunda finjo não saberConto erotico gay rasgaran meu cudei a buceta pro borracheiro contos eroticosporn em quadrinhos pegando a tiachorei na vara de outro pro corno ver contoscom meu colega de trabalho conto gayConto erótico chorando na varacontos eroticos gays eu e meus amigos fudemos muito na infancia conto gaycontos com fotos comendo cu travesti bebadacontos eroticos de sissy passivasAs Aventuras de Liacomeram minha mãe contoxvidios chamei o pedreiroeu e a tia evangelica casada da minha esposa conto eroticoassistir vídeos garotas da vagina dentada transando com negão do pau bem gigantãocontos erótico com fotos a bunda da costureiraidosastesaoporno quadrinhoscontos eroticos comi minha avó que fumava um beck incestomulher casadaconto erotico com cachorroconto erotico filhocontos sexo irma provococonto erotico as menininha curiosacontos eroticos pau grande grosso oiii ta doendo irmã choraconto erotico tive que ver minha namorada com os bandidos e não pude reagircorno consolo cinco dedos no cu contosenti aquele pauzao inchar derramando muita porra dentro da minha bucetaconto erotico de mulher que transou com negao do paul grandconto erotico eu minha esposa e amigomassive cocks hand jobcontos erotico coroas e meninos gaycontos eroticos vovo mim fudeu no canilconto erotico buceta da namorada sla nissei casada e o negãojusticeira hentaiconto falado depiladora travestiengurada ygozandoquadrinho erotico entao negra e mulata dando o cutabu pai roludo comendo ninfetaconto erortico engravidei minha maecontos eroticos beira de estradaconto erotico de cornowww conto erotico gay de primo com primo com brpsicólogo para casal corno fetiches zapprono aflsa pededo cabaçocontos eroticos andando de moto sem calcinhano carnaval conto eróticodona terezuda chupando uma picadeficiente foda mozconto estourei o cuum louco me engravidou conto eróticoporno novinha lesbicasContoeroticoo Estuprada pelo papai e vovocontos eroticos gay putinhafodendo memor conto erotico mozcontos de mulheres viuvas sendo rasgadas pelo penis grandeConto no cu da titiaConto erotico foda com empregadawww.gosto de fuder com dog contoContos bandido arrombando cu da vizinhacontos eroticos com videos. deichei meu marido fuder a minha amigaimagem gay nu dotado. animado em movimentocontos mulher de corno ficou com medo da rola do comedorContos eroticos de cuidador de idosocontos erotico castiguei a buceta da vadiacontos eroticos casada chantageada por candidatoconto erotico com sexo selvagemcontos eróticos, sogroContos eroticos de maes negras com buceta cabeludas chupando pausconto erotico minha esposa rabuda e meu primoconto erotico adoro socar a calcinha no cucontos eroticos verdadeiros meu esposo levando amigo pra me fuder enquanto eu dormia sem eu saberconto erotico filha e sobrinhacontoseroticosporno en quadrinho condo a mamaiContos Eróticos Praia Meu filhoconto erótico gay negros bananagozou na minha garganta contocontos gay apartamentoQuadrinhoseroticossobrinhascontos eroticos Sandrinha dando para o chefe do Cornomilftoon limonadas 2Contos erotico fantasia amei duas pica dentro demim meu marido e o amigonegros magros cinquentoes fudendo outroconto erotico gay peludoconto erótico madrasta gostosafodi com um cachorro contoQuadrinhos eroticos mae safadaContos eróticos incesto medindo meu pauquadrinhos eróticosdei pro meu filhofotos buceta menstruadaCONTO BUNDAFilho come mae bebada historias em quadrinhosminha mulher colocou o pau de seu amante no meu cug magazine matheus mazzafera fotosContos eroticos -Sou casada e vi a pica do meu amigo pelo facebookcontos eroticos a novinha virgem da vila