A Puberdade no jogo do amor 6


Click to Download this video!


Aqui estou novamente, para continuar essa minha vida precoce no sexo, aqueles que não acompanharam essa caminhada, retornem e vejam os anteriores.
Após aquela tarde de sexo, onde consegui em fim comer minha primeira buceta e que buceta, nada mais que minha tia querida e com minha mãe e irmã participando.
Fomos tomar banho e estava exausto, mas bem satisfeito, mas com uma excitação ainda rissss.
Minha mãe tomou banho e vestiu o seu roupão sem nada por baixo, foi fazer a janta, a maninha vestiu um baby-dol curtinho e um roupão por cima também, eu fiquei de shorts e minha tia também com um shortinhos curtinho e uma camisetinha curta e sem sutiã, uma delicia.
Meu pai chegou e foi tomar o seu banho para irmos jantar, após o jantar fomos para a sala, mamãe sentou perto do meu pai, mas deixou o roupão froucho na parte de cima e uma das coxas de fora ao sentar no sofá, dav pra perceber que meu pai estava tendo uma visão boa dos seios dela, eu olhava para a TV, mas disfarçava prestando a tensão neles, minha irmã e tia, não tiravam os olhos da novela risss... Meu pai passou a mão pelo ombro e enfiou pelo decote e começou a apalpar, conforme ele apertava o roupão abria mais e eu podia ver os seios da mamãe. Ela virou para ele e deu-lhe um beijo e falou baixinho.
Cuidado olha as crianças e minha irmã safado; quer subir agora?
Não amor, quero curtir essa situação de perigo e desejo, esta muito bom e você esta cada vez mais gostosa e excitante, ousada.
Hum quer que eu mude?
Não de jeito nenhum pode continuar estou gostando muito riss.
Ele apertava os seios e ela se contorcia e já que era para atrever, ela tratou de pegar o cacete do papai por cima do shorts, não resistiu e puxou para fora eu já estava de cacete durão risss.
Ai minha mãe percebeu que a Dani ia levantar, fechou o roupão e tirou a mão do cacete de papai, mas não deu tempo dele guardar a tempo, a Dani foi para a cozinha, ai ele guardou.
Será que ela viu?
Bom querido se viu agora já foi risss.; você viu como nossa menina esta um mulherão?
É ela esta muito bonita e bem formada,
Hoje a vi nua, ela esta muito bonita, um tesãozinho risss; você precisa ver risss.
Nossa querida você esta tarada mesmo e esta conseguindo Me deixar também, acho melhor subirmos, para apagar esse fogo.
Eles subiram e eu tratei de falar para a tia e a maninha que ia subir, pois estava cansado, mas fui para meu quarto com segundas intenções risss.
Ao passar pelo quarto dos meus pais, procurei espionar, parece que mamãe adivinhou que eu ia fazer isso, pois deixou a porta entreaberta para facilitar as coisas.
Quando olho vejo ela de costas, sem o roupão, aquela bunda linda indo em direção ao meu pai de pé ao lado da cama, de cacete a mostra, mamãe deu lhe um beijo e desceu beijando o peito em direção ao cacete que ela já segurava na mão, punhetando de leve, abocanhou aquele mastro e iniciou uma chupeta, que só ela sabe fazer, bem cadenciada, indo até o talo, como ela consegue engolir uma tora daquelas até o fim e mante-la por um tempo enfiada na garganta, que delicia, depois de algum tempo ela se dirigiu a cama e deitou para que fizessem um 69, ela ficou com a cabeça inclinada na cama, onde papai enfiou o cacete todo na garganta dela e iniciou uma chupada na xaninha dela, ela resistia firme, mas a saliva já cobria todo seu rosto e escorria pelo cabelo até o chão.
Ficaram também alguns minutos nessa posição, papai falou para ela.
Vem minha puta, cavalga nesse seu macho, quero enfiar esse cacete no fundo do seu útero, quero te arrombar minha gostosa..
Meu macho gostoso, me fode, me arromba, sou uma puta, quero muito que me rasgue, quero essa tora todinha dentro de mim e despeje sua porra gostosa dentro dessa bucetona toda sua...
Eu ouvindo e vendo estava com o cacete super duro, meu pai socava sem dó dentro, chegava a tirar tudo e enfiar novamente, quando derrepente ele fala vou gozar, minha puta, vou encher você com minha porra, socou la no fundo urrou e ela também, ele caiu de lado, minha mãe pegou o cacete e começou a limpar a porra que ficou no cacete, ele se levantou e foi deitar do jeito que estava, minha mãe levantou e pegou o roupão, eu sai rapidinho e fui para meu quarto, deitei e fiquei quietinho na cama, derrepente a porta abre e vejo minha mãe entrando, chegou perto de mim com o roupão aberto mostrando aqueles seios enormes e firmes, ela chegou perto de mim e falou no meu ouvindo.
Não precisa fingir que esta dormindo, eu te vi espiando, gostou do que viu?
Desculpa mãe, mas eu não resisti eu vi tudo, la embaixo e tive que subir para ver, foi lindo, muito bom, gostei de mais.
Eu sei e eu gostei mais ainda, agora é sua vez de me satisfazer, completar o serviço do seu pai, ele cansou, mas eu ainda não, e eu estou cheia de porra na buceta e quero que você ponha mais porra dentro dela.
Hummmmm vou gostar muitoooo.
Ela veio me beijar, o cheiro de porra estava no rosto dela, mas não é hora de reclamar, tinha que aproveitar e beijei-a na boca, beijo de língua, com as mãos fui apalpando os seios, que delicia, meu cacete estava durão.
Mamãe foi se acomodando em cima do meu cacete, e enfiando ele na sua buceta gostosa, como estava cheia de porra, foi fácil penetrá-la, ela fazia o movimento de vai e vem em cima de mim, eu procurava abocanhar aqueles peitos gostosos, e mamava neles, mordiscava os bicos, chupava, passava o roto no meios deles, eu estav muito excitado, não ia conseguir segurar muito tempo, mamãe também estava excitada, pela situação, tinha acabado de dar uma metida com papai chegou até meu quarto vestida para concluir o ato de traição com um belo incesto.
Mãe eu não estou agüentando, ou você acelera mais ou da um tempinho...
Vai seu filho da puta, goza na minha buceta, vai, vai,vaiiiiiiiiiiii hummmmmhaaaaaaaaaaaaaa estou gozandoooooooooo.
Eu gozei junto com ela, enchi a buceta dela com muita porra dei umas 4 ou 5 golfadas dentro dela, meu pau saiu todo melado, ela saiu de cima e foi chupá-lo, limpou todinho e depois vei dar um beijo de boa noite, pegou o roupão e saiu do meu quarto com a porra escorrendo pelas pernas, não se vestiu e retornou para o quarto dela.
Gente foi uma loucura, uma excitação indescritível, uma delicia, dormi feito uma pedra depois de um dia tão agitado.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario notório

notório Comentou em 25/06/2017

Simplesmente sensacional !!!!

foto perfil usuario notório

notório Comentou em 25/06/2017

Simplesmente sensacional !!!!

foto perfil usuario notório

notório Comentou em 25/06/2017

Simplesmente sensacional !!!!

foto perfil usuario bianor

bianor Comentou em 06/04/2013

Nossa vc sabe deixar os leitores com muito tesão continua escrevendo muiiiiiito booooooom




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


18199 - Peripécias Sexuais em Família "A iniciação" 1 - Categoria: Incesto - Votos: 21
18200 - Peripécias Sexuais em Família 2 "No cinema" - Categoria: Incesto - Votos: 15
18203 - Peripécias Sexuais em Família 3 "A Foda dos tios" - Categoria: Incesto - Votos: 13
18206 - Peripécias Sexuais em Família 4 "O Churrasco" - Categoria: Incesto - Votos: 19
23885 - A Puberdade no jogo do amor 1 - Categoria: Incesto - Votos: 17
23886 - A Puberdade no jogo do amor 2 - Categoria: Incesto - Votos: 15
23887 - Peripécias Sexuais em Família 6 - Categoria: Incesto - Votos: 16
23888 - Peripécias Sexuais em Família 7 - Categoria: Incesto - Votos: 14
23889 - A Puberdade no jogo do amor 5 - Categoria: Incesto - Votos: 12
25412 - A Puberdade no jogo do amor 3 - Categoria: Incesto - Votos: 14
25413 - A Puberdade no jogo do amor 4 - Categoria: Incesto - Votos: 14
27562 - Peripécias Sexuais em Família 8 a Mãe 1 - Categoria: Incesto - Votos: 12
27563 - Peripécias Sexuais em Família 9 a Mãe 2 - Categoria: Incesto - Votos: 8
27565 - Peripécias Sexuais em Família 10 - 2ª intenções - Categoria: Incesto - Votos: 9
27568 - Peripécias Sexuais em Família 11 – Mãe Excitante 1 - Categoria: Incesto - Votos: 6
27569 - Peripécias Sexuais em Família 12 – Mãe Excitante 2 - Categoria: Incesto - Votos: 4
27570 - Peripécias Sexuais em Família 13 – Mãe Excitante 3 - Categoria: Incesto - Votos: 7
27573 - Peripécias Sexuais em Família 14 – Primos 1 - Categoria: Incesto - Votos: 6
27574 - Peripécias Sexuais em Família 15 – Primos 2 - Categoria: Incesto - Votos: 6
27581 - Peripécias Sexuais em Família 16 – Primos 3 - Categoria: Incesto - Votos: 4
27584 - Peripécias Sexuais em Família 17 – Primos 4 - Categoria: Incesto - Votos: 4
27585 - Peripécias Sexuais em Família 18 – Primos 5 - Categoria: Incesto - Votos: 7
27590 - Peripécias Sexuais em Família 19 – família 1 - Categoria: Incesto - Votos: 5
27592 - Peripécias Sexuais em Família 20 – Família 2 - Categoria: Incesto - Votos: 5
27593 - Peripécias Sexuais em Família 21 – Família 3 - Categoria: Incesto - Votos: 8
27595 - Peripécias Sexuais em Família 22 – Grupal Mãe - Categoria: Incesto - Votos: 9
27797 - A Puberdade no jogo do amor 7 - Categoria: Incesto - Votos: 13
31085 - A Puberdade no jogo do amor 8 - Categoria: Incesto - Votos: 9
31086 - A Puberdade no jogo do amor 9 - Categoria: Incesto - Votos: 9
31475 - A Puberdade no jogo do amor 10 - Categoria: Incesto - Votos: 7
31476 - A Puberdade no jogo do amor 11 - Categoria: Incesto - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil awcroque
awclegal.eu

Nome do conto:
A Puberdade no jogo do amor 6

Codigo do conto:
27731

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
03/04/2013

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Mulher pede pro marido do pinto pequeno trazer um negao bem pauzudo cheio de veias grossas pra matar seu tesãoContos dupla penetracao gangbang fazendacontos eroticos dividindo corno do Tapajós militares rabudas contoscontos eroticos sou casada virei empregada do vizinho parte 15fotonovela incestocontos eroticos coroa forróconto erótico rápidinha na ruaContos eroticos minha mulher traz porra para mimconto gay. comi meu sobrinho novinhocontos erotico viadinho do meu irmao marcelo.comperdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos eroticos sofri mas aguentei tudo na frente de meu maridoViado chupando pau na roca de cafe contosgozou dentro conto gaycontos eroticos papai me vendeu para um homem me foderConto comi minha irmãContos eróticos carnaval com marido dei muitoconto erótico menina mendiga cua veterinaria. contos heroticosconto erotico de mulher coroa no campoaguenta pauuzao? conto gayconto virei travesti necessitadavendo foto da minha mae pelada que eu tireibucetinha da sobrinha contominha mae me fez de putinhacontos incesto comendo minha maeContos eroticos.dervlinprometeu dar o cuzinho virgem contos eroticoscasada domestica gravida dormindo mostrando seu corpo tesudocontos eroticos - esposa do amigo peitudacontos eroticos Sandrinha dando para o chefe do CornoRola veuda escorrendo leitinhoconto erotico dividaFotos bucetas que calsa vergonha de mostralasconto erotico mmaConto erótico transei com o motorista do uberFOTOS CANTOS DE SEXO DE ENCANADOR PIROCUDO COM MADAMEScontos eroticos coroa forrómulheres negras de Minas Gerais transando no cafezal em casa traindo o maridopadrasto roludo com minha mulher contos eróticosConto mauricinho pirocudocontos eroticos de meninas crentes violentadas.Mae devassa e puta incestocearense mostrando a bucetaconto erotico comendo.comcococonto tia e prima casadaconto manejei na minha prima novinhatira ta doendo 111conto herotico irmã usa shortimho apertado pra provocar irmão em casabucetas de malaka fotosdeixei meu filho me comer contoscontos papakubrasileira casada noviha draido seu marido aida da o cu apedadihoputa da patroa casada quadrinho eroticolevando uma encoxada no ônibusputonanocioconto erotico surpreendido por uma gostosa em goiania[email protected]contos eroticos quer duas picafodendo a xana da minhq enteada contocorno swing venus desire buracorecepcionista pauzudocontos eroticos.inquilino fudendo a vizinha coroa safada casada no banheiroanegao roluddo barbariza no cuzinho da casadacontos eroticos/comeu novinha peludinhaContos eróticos de incesto mamae gulosa mamando no pauzaos dos seus filhos e de mais cinco negao em um gang bangrelatos sexuais feminino casais amigos jogando strip pokercontos de filha sem calcinhamarvel porno em quadrinhosc.erotico comido pelos camioneros gayquadrinho mulher do corno e os pauzudosvideos pornos quadrinhos ajudinha pra sobrinha finalconto erotico promotora gostosavideo porno coroa amandura amandoConto erotico cine porno gaycontos eroticos soldado gayencoxada no onibus contoo cu do meu sobrinho contos pornocontos eroticos eu minha filha rabuda e meu sogroconto erotico viciei da a bunda gay na encolhacdzinha salto alto e corpeteconto erotico patriciaConto erotico gay o porteiroconto o enfermeiro gay