Minha Empregada.


Click to Download this video!



Tudo começou a 8 anos atrás, quando Nossa antiga empregada pediu as contas e fiquei na expectativa da Nova Profissional que viría em seu lugar, orava para que esta de agora não fosse tão pouco atraente ou de idade tão provecta com as anteriores foram mas, no mínimo, atrativa. Em uma tarde, estava Eu ao Computador, quando Me foi apresentada a Nova Empregada, que aquí por sigílo chamarei Rose, e que Me fez ficar com o Meu queixo caído, embora Eu tentasse dissimular Minha extrema comoção ( e evidente Ereção ) frente a tamanha Gostosura daquele Monumento em forma de Mulher,que passo agora a descrever: morena, de 38 anos ( e aparentando não mais de 24), médiana estatura, cabelos longos e suavemente ondulados penteados corretamente e inteiramente presos em um rabo-de-cavalo indo até os seus delicados ombros, um corpo realmente escultural consistindo de seios fartos, bunda grande coxas grossas e fortes, algo atléticas, olhos cast. lábios carnudos em uma boca bem feita bem como um invulgar rosto de modelo, vestía uma calça jeans apertadíssima que ressaltava ainda mais sua bunda e a Sua colossal beleza além de uma jaqueta de brim ( pois era inverno ) e, por fim, calçava tênis em seus pés.
Nos cumprimentamos sem contato, cerimoniosamente, a distãncia, e seu comportamento Me pareceu ser um tanto seco, recatado e pedante, pensei.
Os dias foram passando e ela, sempre deliciosa, reagia comigo com a mais absoluta frieza, falava o mínimo nescessário burocráticamente o que só contribuía para aumentar a Minha obsessão à seu respeito e a força de minha já exaustiva ( e compulsiva ) masturbação em que a homenageada era sempre ela.. a toda hora. Porém, ouve um dia em que tudo começou,lentamente, a mudar: aos poucos fui habilidosamente tentando quebrar a barreira imposta pela frieza de Rose e estabelecer conversas em que Eu era mais que tudo um atento e sensível ouvidor. Percebí também que, apesar de ser do tipo low-profile, Rose adorava o humor inteligente e um bate papo que á fizesse descontrair embora nunca ousasse recair na vulgaridade. Houve porém um episódio de deu início a tudo - uma tarde em Meu quarto, na hora em que Rose se preparava para fazer a faxina, ``esquecí´´algumas revistas masculinas de conteúdo mais soft, com apenas nudez convencional e, ao espiar para dentro do quarto, para minha surpresa, Rose as lía com ávido interesse e uma certa expressão de prazer. Pois bem.. decidi então``esquecer´´sempre este tipo de publicação porno em Meu quarto no momento em que ela realizava a limpeza e aos poucos fuí entrando no recinto e comentando, sempre com polidez sobre estas mesmas publicações.. e qual foi a Minha surpresa quando ela deu continuidade a conversa sem pudores. Quando indaguei a Rose qual sua opinião e o assunto recaiu sobre um dos tópicos da publicação, Sexo por retribuição material ela disse o seguinte: `` Pagando Bem, que Mal têm..??!´´.. Bingo..!! Já sabia por onde atacar para possuir Rose de uma vez por todas, se não fosse espontãneamente que fosse por compensação, e, em uma de nossas conversas em Meu quarto tomei coragem e propus a ela uma ajuda mensal ( recebía uma mesada firme ods coroas naquele tempo ), na forma de presentinhos, sapatos, meias, roupa íntima etc. a que Rose concordou pois andava sempre com ótima apresentação e gostava de coisas boas. Sempre ressaltando que isso sería proveitoso para ambos, que eramos pessoas sinceras e de bom caráter,que eramos carentes por não termos muitos parceiros e que acima de tudo Me interessava por estas qualidades além das físicas evidentes é claro. Tremíamos de puro nervosismo, por saber que estavamos adentrando no terreno do proibido e tensamente combinamos que teríamos encontros e que Nosso primeiro encontro sería na manhã seguinte ( por volta das 5:30 da manhã, no momento em tudo estava quieto ) quando ela chegasse para o serviço. Não conseguí dormir aquela noite e no horário combinado, a sala à meia luz, TV ligada baixinho, Eu, deitado no sofá da sala, já estava ansioso quando escutei a batida suave de Rose na porta,sem fazer alarde, e fui abrir.. ela disse que tudo devería ser não rápido mas sim sem perda de tempo para evitar eventuais suspeitas e portanto que Eu fosse para o quarto que ela já Me acompanharía o que prontamente fiz - entrei no quarto tirei a calça de abrigo,e a cueca deitei na cama e comecei lentamente a Masturbar Meu Membro que é grosso e cabeçudo ( 20 cms.)quando Rose,finalmente,entra rebolativa,autêntico monumento de fêmea, maquiada, cabelos presos num coque, tamancos de saltos altos que não tirou dos magníficos pés durante todo o Nosso sexo... nos namoramos um pouco abraçados.. nossos corpos fortemente pressionados um contra o outro, nos beijamos demoradamente um beijo copioso ao que comecei alucinadamente a sugar seus Grandes e Bonitos seios e logo após é ela então que Me masturba e passa então a chupar Meu Cacete demoradamente. Quando Meu Pau já lategava do Mais Puro tesão,Minha empregada Rose montou e começou a cavalgar num vai e vêm ritmado e delicioso que quase me Fez Gozar. Outra chupada e pedí para Rose ficar de quatro e,estando Sua Buceta toda encharcada de mais Pura excitação entrei sem muita dificuldade e comecei a tocar ficha naquela fêmea no cio,segurando-a com força pelas ancas, num tira e põe alucinante.
Retendo ainda mais o Meu já iminente e forte gozo pedí a Minha tão desejada Rose, transpirando apesar do gostoso clima frio e com seu maravilhoso cabelo cast. todo empapado de suor, que concluíssemos a Nossa relação com um bom Papai e Mamãe, ao que Ela, conforme, abriu as pernas e Eu penetrei novamente sua vagina. Bombei por algum tempo e sentindo que Rose gozava em enlouquecidos espasmos, rugia baixinho em Meu ouvido para não acordar as outras pessoas da casa, dei mais algumas boas estocadas e também Me acabei numa intensa esporreada de leite que de tão farta escorreu pelas coxas de Rose.
Logo, não havía tempo a perder pois logo os outros começariam a acordar, nos recompusemos, combinamos a data de nosso próximo encontro jurando manter nosso erótico acordo no mais absoluto sigilo, Rose vestiu-se e foi fazer o serviço, séria e discreta como sempre fôra, e Eu dormí o soninho ( se sonhei foi com a Rose ) mais gostoso de todos, da Mais genuína satisfação.. nossos encontros continuaríam a acontecer por muitos anos ainda.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 05/04/2013

rs, essas taras pela empregada já levaram muitos à loucura!

foto perfil usuario

Comentou em 05/04/2013

Uauuuuu a Rose veio pra ficar, ein!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


27837 - Psicoterapía. - Categoria: Fetiches - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico sejacomoaagua.

Nome do conto:
Minha Empregada.

Codigo do conto:
27689

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
03/04/2013

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


"conseguiu comer minha"xxpornor tufos em incestos coroas adoro ver minha mae fudendo com meu padrastoconto gay vizinho cabaçopornô grátis só contos eróticos sogra cozinhaconto erotico capo de fuscanegao conto erotico pedreiroconto erotico dei pro meu irmao pistoludoraffa_ka instagram Contos eróticos foda de sobrinha que foi fodida pelo tio e o primo ao mesmo tempoConto erotico o corno nao acreditou quando viu a esposa gorda aguentar 27 centimitros de pica dentra delacontos eróticos vovó gay dando o cuconto herodico em quadrinhosContos Incesto tio faminto devorando sua sobrinhacontos eróticos patraocontos eroticos e vidios padrinho coroa enrraba afilhadoconto erotico eu e meu amigo comeu uma desconhecidasexo porno noiva fundedo com padrinhoContos comendo a boceta da medica dlctraicoesquadrinhosvantade de xixi sadamosquismo conto euroticoconto erotico de casadas no onibusSe masturbei conto eroticohistoria em Quadrinhosporno A pica de papaicontos minha cunhada viu eu mijanoconto ertico sou juíza mais sou safadaconto corno viciado em porracontos eroticos meu compadre comeu meu cuzinho com a ajuda da minha comadre safadinhacontos gay meu filhinho bebezinho viadinhoFotos das bucetinhas lizinhas babandobatendo punheta de chinelo contoscorno de caminhoneiro contosconto gay fistei o filho gay da minha namoradano churrasco do patrao meu marido bebado eu confessocontos eroticos minha sogrinha safadacontos erotico japonesa coroaconto minha tia minha safadaimagens cu sendo fudidocontos eroticos lesbícocontos eroticos rasgando a buceta da meninatirei a camisinha e enchi a buceta da mulher.do meu amigocontos de sogras vadias e genrovizinho conto realcontos eróticos minha irmã foi comprar enxoval para casarcomercuegostosocontos eroticos chuva douradaConto erotico marido so olhando outro homem comer a massa de sua esposaQuadro erotico de avatarimagens porno istorias em quadrinhofui transformada em escrava sexual conto eroticoler contos eroticos onlineContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiasexo gay de tapas na cara catarradasContos eroticos comi a nalvaQuadrinho porno negão cumendo cufui chantageada contos eroticoscomtos eróticos meu pastor mivil me masturbadobrazzer vijiando filha transa pela janelacontos eroticos velha gorda negracontos com fotos flagrei minha mãe chupando rola do vizinhoMeu advogado me fez gozar contos eroticos de gayscontos viu tudo e entrou na putariaa cu invocante 3 parte 2c.erotico virei puta do meu chefe gayconto gay. comi meu sobrinho novinhosexo sentei no colo do meu pai sem calcinhacontos eróticos gay cumplices se um resfatemeu cunhado rancou sangue do meu cuContos eroticos. Meu Rabo grande pisquei para o filhoNeta novinha bebendo porra do vovo contoseroticoswww.contoerotico.com/conto/381/443071/a-putinha-do-papai.htmlconto erotico virei uma linda transex[email protected]fudi com minha nae enquanto ela dormia cintos eriticos incestis