Dia da caça e da caçadora


Click to this video!


Olá,
É a primeira vez que escrevo e publico alguma coisa sobre a minha intimidade sexual e só estou fazendo por essa incrível mulher que me apresentou esse site. De certa forma é uma homenagem a ela. Chamarei-a de Diana, pelos motivos óbvios da discrição.
Não vou relatar como nos conhecemos, e o que aconteceu até o nosso encontro. Isso farei em outro momento, quem sabe.
Cheguei ao local na hora marcada. Ansioso, tenso. Parecia um adolescente que vai para o seu primeiro encontro com medo de colocar tudo a perder.
Não sou um marinheiro de primeira viagem, tenho 41 anos, já tive alguns relacionamentos e uma vida sexual bastante ativa e satisfatória. Não me queixo. Não me considero bonito, tenho bom senso crítico, mas acho que tenho uma figura imponente, charmosa, e que no conjunto pelas minhas atitudes me sobressaio. Minha altura é 1,90m, peso 88 Kg, divertido, inteligente e educado.
Mas isso tudo não era nada, estava eu lá já sentado a pelo menos 40 minutos e nada de Diana aparecer. Ainda assim, creio que esperaria até a última luz ser apagada. Com um pouco mais de uma hora e quinze. Diana chega. Nossa como ela é linda.
Pernas fortes, mas nada masculinizadas. Cintura torneada, uma bunda linda. Usava um salto que evidenciava ainda mais aquele monumento. Seios grandes, mas sem serem desproporcionais, barriga e braços malhados, mas também sem exagero algum. Creio que ela deva medir 1,76m e ter o peso proporcional para o mulherão que é. Olhos penetrantes e curiosos, castanhos escuros, tragavam minha atenção como Xerez no fundo de um copo. Uma boca desenhada a lápis, perfeita, emoldura um sorriso branco e brilhante. Toda essa formosura, era ornada por lindos e bem tratados cabelos. Uma voz rouca, charmosa e excitante e um perfume inebriante completam a descrição dessa deusa.
Nos cumprimentamos, o primeiro beijo (uma onda de calor me invadiu e tive que desviar o pensamento para não coloca-la sentada na mesa, subir sua saia e chupar com voracidade, que era meu pensamento naquele instante). Começamos a conversar sobre trivialidades, o que fazíamos, como foi o carnaval, preferências sexuais, se já havia saído com outras pessoas do site que nos conhecemos. Tudo isso com alguns chopes e alguns aperitivos.
O papo foi ótimo, tínhamos coisas em comum, descobrimos um pouco mais sobre as nossas fantasias e nos elogiamos. Como ela havia ido no seu carro e eu no meu, sugeri ir com ela até a sua casa, deixar o carro lá e ela me acompanhar. Feito isso, fomos a mais um barzinho, onde a temperatura do papo subiu e o nosso tesão também.
Saímos dali e fomos a um motel. Chegando lá, ela me disse que tomaria um banho e ao vê-la nua, fiquei de pau duro na hora. Uma xaninha linda, os peitos que puta que pariu, poderia ficar chupando dias, a bunda agora sem as amarras das roupas mostrava-se ainda mais gostosa.
Depois da ducha, foi a minha vez no banho. Já sai direto pra cama, colocando o meu corpo ao lado do seu e nos beijamos. Nossas línguas se enroscavam freneticamente. Chupei aqueles peitos, pernas, barriga, e me detive com atenção naquela buceta quente e cheirosa. Minha pica latejava e eu só pensava em sentir aquela fêmea gozando na minha boca.
Em algum momento, mudamos de posição e ela pegou na minha pica e colocou na sua boca macia e molhada, chupava com gosto, da cabeça ao saco, não deixando nada escapar. Eu nesse momento olhava para aquela cena e já me extasiava por isso.
Mudei de posição coloquei ela deitava de frente para mim, queria aquela mulher me olhando, eu vendo aqueles peitos e podendo beijar aquela boca. Posicionei meu pau na buceta molhada e meti devagar para sentir e deslizar direitinho e se acomodar la dentro. Comecei a meter com vontade. Estava no céu. Que buceta gostosa.
Meti naquela potranca de todas as formas, de lado, de quatro, ela sentada e todas as vezes sem exceção foram espetaculares. Ela gozou gostoso umas duas vezes. Porém, ainda queria muito mais e ela também. Quando estava comendo aquela gostosa de lado, ela começou a lubrificar o cuzinho e a massagear com um ou dois dedos a portinha e me pediu para comê-la. Ouvir aquelas palavras, daquela deusa, me deixou louco. Não tive dúvidas comecei aos poucos a introduzir todo o meu pau naquela bunda linda. Meti muito, com carinho e vigor, ela rebolava com gosto e gozou. Aquele cú mordia meu pau.
Tirei meu pau daquela deusa e disse a ela para me chupar. Ela começou nova chupada, bem babada. Até um momento que pedi que chupasse o meu cú. Ela veio com vontade, dava chicotadas com a língua, praticamente me comendo com a boca. Que delícia, puta que pariu.
Não demorou muito e gozei forte. Ela engoliu tudo, não deixando uma só gota. Nos beijamos e abraçamos satisfeitos. Pena que ela tinha compromissos cedo no dia seguinte e tivemos que ir, mas combinamos de fazer muitas novas estripulias.
A energia e a troca foi boa. Ainda temos muito o que descobrirmos juntos. Menáges, travestis, bi, casais e etc. Mas depois dessa gozada gostosa, vou deixar ela me comer e escolher alguém para me comer e comer a ela também, para juntos darmos um banho de porra que ela adora.
Diana, a caçadora é voce.
Beijos da sua caça favorita.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 15/03/2013

Amigo, não importa se foi o 1° conto que escreveu, importa que ficou muito bom! Parabéns... Claro que vale voto! Mas poxa, vc poderia ter nos contado como conheceu essa deusa maravilhosa...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico xxxpepper

Nome do conto:
Dia da caça e da caçadora

Codigo do conto:
26937

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
09/03/2013

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto pau gigantescoConto erotico primaConto porno desdi pequena pai e mae me comeconto gay garoto hetero pirocudo comendo garoto c fotoContos de corno chingamdo de puta biscatecontos de cornos permitidocontos erótico esposa passadoprimo vendo prima no banho e comexvideoGeraldo o porteiro conto eróticocontos d tia emrrada por sobrinhocontos incesto forcado em quadrinhocontos de corno surubacontogayporno sexo mulher chupa cu de homemfodendo a tia dormindo no dwollandcontos porno o dia q eu dei carona pro garoto gordinhocontos eróticos Tambaba 2017Contos erticos de lia traindo o máridomeninas irmas transandocontos eróticos dei para o meu próprio filho pauzudo a mando dos bandidosempregadafraganteconto eroticos com negao com o pau 22sexo sentei no colo do meu pai sem calcinhaconto erotico grupal xingando bucetudaconto eurotico gay rabaoquadradinhos porno amigo negro do meu filhocontos eróticos vovó comendo o cu da netinhacontos eroticos peguei minha cunhada dormindoconto porno teen gay free mulato favelawww.contos eroticos madrinha espera marido sai pra da cu pro menino novenho pauzodoConto erotico de bucetinha novinhaquadrinho erotico a filha do vizinhoquadradinho erotico de travesteMinha filha tem buceta bem tufadinha e grandi ve contos[email protected]mulher confessando sobre padatrowww.xvidio prima neguinha virgemConto erotico - Estuprei a empregada da minha mãeuol conto eróticocontos eróticos gay com fotos o barbeiro gatoTia.peladaconto erotico no mato em portugalcontos eroticos de sogrovirei transex contos eróticossex suweven pornocontos fudi zenildaContos gay pau pequenoultimos contos eroticos com estuproAos meus onze anos fui comida pelo namorado de mia baba conto eroticoconto erótico sendo consolada na rola do papaibanda desenhada pornoo pai fudeu minha bucetinha quando eu ainda tinha 11 aninhos ele tirou meu qabasinho qontos erotiqosvoce e meu tio nao posso dar a bucetavirei gay com minha espos comtos eroticoscontos comeno minha mae no matoConto erotico padre de 60 anos comendo uma freira de 59 anoscontos de grelos enormes gozando encaixadinhos num sabao gostosoporno quadrinhos sogracontos secaodefotosquadrinhos eróticos - sogra da sobrinhatias do bucetaopapai sarado e tesudo me comeu de ladoContoeroticoabusosempregadinha gostosa contoscontos eróticos vale do Paraíba spconto eu rotico eu ajudei um cara estrupa minha irmacontos eroticos gravida de paiContos eroticos chupada dormindoconto chantagem prima e tiaconto erotico com vovômeu irmão rasgou minha bucetinhaquadrinhos eroticos huge coockscasa dos contos gay incesto o filhinho do meu compadrecarne mijadas casadas conto eroticos com fotoscontos eroticos meu filho gozou na minha bucetaconto chupei cu de sheila ate ela gozarcontos eroticos dando cu pro filhocontoeroticodfO soka do avatar transando com sua irmã na floresta Animes pornoNamorado vendo namorada emrrabada por dois ao mesmo tempominha cunhada fudendo escondido no jardim eu assisti a tudo e tambem fudi elapraia de nudismo contosdesenhos de pornoesesto na prai naturista contosContos erotico com minha enteadaContos a calcinha da namoradaFOTOS CANTOS DE SEXO DE ENCANADOR PIROCUDO COM MADAMEScontos eroticos a minha mae no onibus pego no meu paufilmei uma traicao e chantagiei contoscomendo minha tia gostosa dormindovidio erotico cu cb rasgada virgas vadias feiosas fudendosou cd zinha sou do meu paimeu selvagem e atrevido filhomeu enteado comeu a força meu cuzinho virei viciada em analconto abusei da minha sobrinhabatendo punhet no onibusconto gay