Primeiro boquete que a empregada me proporcionou


Click to Download this video!


Como relatei no conto anterior, depois da punheta que a empregada me proporcionou, eu comecei a cada vez mais desejá-la. Ela sempre se insinuava e dava olhares incendiários, além de fazer caras e bocas safadas.

Eu também, sempre que podia encoxá-la, apalpá-la, cheiros o pescoço, eu o fazia. Era tão lindo ver aquele corpo desfilando pela casa trabalhando e me dando trabalho em raciocinar como e quando eu iria ter a promessa realizada.
Às vezes, nas encoxadas, eu punha o pau pra fora e ela olhava, suspirava e dizia q queria ele dentro dela. Mas ficava punhetando a seco e me deixava na mão na hora H. Reclamando que não queria que apenas eu gozasse.

Por dias eu baixei o fogo e ela estranhou por eu não estar mais correspondendo às suas insinuações.

Numa tarde de verão, eu estava apenas de short, sem cuecas. Ela veio para o escritório e ficava indo e vindo, olhando o que eu estava vendo no PC. Claro que tava vendo putaria, mas quando ela vinha eu abria um site de jornal. Mas o meu pau estava duríssimo e saindo por baixo do short, já q eu estava sentado.

Numa dessas passagens ela me flagrou com a página aberta e ao olhar meu pau, visualizou a cabeça dele vermelha e inchada. Ela não perdeu tempo e disse que era por isso que eu não estava mais ligando pra ela: porque estava vendo pornografia. Respondi que ao menos eu lubrificava a minha pica quando me punhetava.

Como continuei sentado e continuei navegando nas galerias, ela por trás de mim continuou olhando tbm, agora eu pus meu pau pra fora, com todas as veias estufadas e fui acariciando ele. Ela não aguentou e disse:

- Na minha frente não.

- Faça então você, respondi levantando com a cara mais tarada do mundo e indo em direção a ela.

Ela ficou parada e eu pus a mao em sua nuca, acariciei os seus cabelos, agarrei-a e a puxei para beijá-la. Ela veio lentamente mas com sofreguidão me beijou. Suas mãos procuravam minha pica, quando a encontraram, começaram as carícias. Eu segurei as mãos dela e tirei-as do meu pau. Ela olhou sem entender e eu falei, somente se lubrificar. Um milagre aconteceu.

Ela me empurrou para a cadeira e quando sentei, com o pau enrijecido, ela acariciou as minhas bolas por um tempo. Eu observando com o maior tesão. Ela começou a esfregar a minha pica em seu rosto, e, quando eu já ia conduzir a sua cabeça para que ela engolisse meu pau, ela pôs a lingua em minhas bolas, brincou, sugou as minhas bolas e devagarzinho foi subindo cada centímetro do meu pau, rodeando a cabecinha, chegando bem na fenda, e nela ficou brincando. Eu não estava mais aguentando aquilo.

Devagarzinho ele foi envolvendo a cabeça da minha pica com a língua e os lábios. Por segundos ficou assim. De repente, ela olha pra mim com a cara mais safada ainda e engole a pica ao máximo que ela conseguiu e ficou assim até que o ar lhe faltou.

Retirou a pica da boca e falou para que eu ficasse parado, que eu ia aprender a nunca mais ficar ignorando ela. Voltou a engolir devagar e depois aumentando o ritmo com volúpia, movimentando a cabeça pra cima e para baixo, apertando a minha pica em sua boca, roçando a língua em cada pedaço dela, os lábios macios deslizavam deixando a saliva no caminho como o lubrificante que eu desejava.

Não resisti mais, tirei a minha pica da boca dela, que ficou como um animal do qual você tira a presa, e veio pra cima de mim. Perguntei se ela queria a minha pica? Balançou a cabeça dizendo que sim, e então falei que seria do meu jeito.

Tirei a blusa, e esfreguei minha pica nos seios médios dela. Ela gemia e passava a língua pelos lábios. Vendo tanta aflição para ter a pica de novo em sua boca, eu fiz com que se ajoelhasse. Ela abriu a boca esperando que eu colocasse a pica, mas comecei a bater com a pica na cara dela. Ela ficou mais fogosa ainda. Abriu a boca e pôs a língua pra fora. Após a surra de pica na cara, eu mandei ela abrir a aboca, que seria fodida por mim. Abriu, coloquei e, movimentando devagar a sua cabeça que estava segura pelos cabelos, comecei a socar devagar, o ritmo foi aumentando e ela segurou em minhas nádegas cravando as unhas nelas. Soquei até o jato de porra ir no fundo da sua garganta.

Ela sugou tudinho apertando as minhas bolas. Saiu para o banheiro dizendo que da próxima vez, era ela quem ia gozar.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario casal tarado

casal tarado Comentou em 15/08/2014

Bem que VC poderia nos indicar essa empregada... Muito bom, votado.

foto perfil usuario terranova

terranova Comentou em 13/01/2013

Muito bem escrito, um abraço e boa tarde.

foto perfil usuario aventura.ctba

aventura.ctba Comentou em 12/01/2013

Bom conto, continue nos contando suas aventuras. Teve meu voto. Leia meis contos, comente e vote se gostar irei adorar. Angela:casal aventura.ctba




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


24332 - A empregada me seduziu I - Categoria: Fantasias - Votos: 3
24893 - Fazendo a empregada gozar - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
25223 - Viajando para foder - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
32753 - Trabalho em grupo dá nisso - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
86249 - Foda no almoxarifado - Categoria: Heterosexual - Votos: 0

Ficha do conto

Foto Perfil baiano.tarado
baiano.tarado

Nome do conto:
Primeiro boquete que a empregada me proporcionou

Codigo do conto:
24451

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
11/01/2013

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos comi a mulher do meu enteado novinhaconto estuprado por varias travesticontos eroticos pai benado arromba cu da filhinha putinhaaguenta pauuzao? conto gayconto herotico incesto papai me chupouGoiás conto gay cu vigia 2017contos eroticos sonia traiumaurosafadocontos eróticos só dos corno que gosta de se castigado pela a rapariga da esposacontos comi a gostosa na chantagemwww conto erotico gay de irmao com irmao com brcontos eroticos de incesto ladroes pegando a novinha.Quadradinho erotico conto 2006roçando na cueca do papai contoscontos eróticos com minha irmanzinhameu irmao pauzudo me comeucontos de franco e belinha zooconto erotico corno casa swingConto erotico tive que dar minha filhacontos eroticos novinha espiando seus tios transaremMeu patrao dono da empresa que eu trabalho ele me convidou eu pra eu ir passear na sua lancha conto eroticoesposa manda dotado comer seu marido contossexo na grécia antiga hqperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto ertico com formigaswww.quero ver fotos de seios vazando leite com tesaocontos veridico mulher casada,mas nao resistiu ao travesti bem dotado e fode com elecorno de caminhoneiro contossexo três homensconto encanador rouba calcinhasContos eroticos usando botas e luvasconto erotico clube do scatContos eroticos dei pro meu amantes e cheguei em casa e dei pro meu marido tbmsalam.sxy.videoquadrinhos 3d pornôcaldo de buceta sujacontos de sexo com a minha avoporno gay sai do armário e chupa travesticontos erótico dominóconto com foto de entregador de gas comndo um gorotoContos eroticos -Sou casada e vi a pica do meu amigo pelo facebookconto erotico gay dei cu jogar video gamea primeira vez que dei a bucetinha foi a forca contosorgia de viados encubados no barloiras muito gostosas bunda grande teta grande e seu filho espiando ela no quarto trocando de ropa desenho pornoconto erotico da titia rabuda do rabao no carnaval4 garotas virgem violão um rapaz para se desvirginarcenoura conto heroticoconto esposa leggingconto erotico carahocontos gozando com tio desde pequena no incestocontos de novinha putinha milf big cock cornoporno do padre fudeno casada comfusaGATA KERENDO FODER RAPIDOcine pornocontos mostrei minha bucetinha fui estupradacontoeroticoirmãosquadrinhos eróticos emrabado a viúvacontos erotico comi 3cunhadoviadomenini dragao porno hq gaysexo irmã so faz merda contoporno conto erotico de traiçãoconto erotico chuva douradapeguei na buceta da casada e ela nem ligou contos eroticosTia de calça leg conto eroticosou cd zinha sou do meu paisexo com maduro gostoso conto eroticocontos comi minha mae e engravidei elaconto quero outro engravidando minha esposaconto erotico meu pradinho e muito picudonua da moz mostra buceta tirando espermaentiadacontoeroticocontos eroticos transando com esposa e sendo brechadoConto porno de incesto mais lido de avó e netaHentai quadrinhos pai ve a filha de vestido e sem calsinha filho ve a mae de vestido e sem calsinhaquadrinho porno de futebolconto erótico de gay fudendo com desconhecido na rua de madrugadaprimeira vez no clube swing ja virei corno mansoContos eroticos gays cuecascontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontoerotico sobrinha cabacinhanovinha meteno com o padastrocontos esposas com negaocasadas quadrinhos interracial pornocontos eroticos comendo sua madrasta gostosaquadrinhos porno de policiais gaywww.tava tomado banho minha entra casa de banho e me da sua pucetacontos eróticos com vizinha viúvalevei chifre contodoce nanda contos eroticosContos eroticos de travestis ropeu o meu anus.contos erotico coroacasado comendo onovinhovídeos cabelo da bucetas pretimcontoerotico sobrinha cabacinhaFilhos tarados fudendo maes porno em quadrinhos