Uma puta me ajudou a comer o cú da minha esposa


Click to Download this video!


O conto que se segue é verdadeiro, aconteceu em março de 2002, me chamo Carlos tenho 28 anos e sou casado a seis com Ana 25 anos uma morena muito gostosa, cabelos castanhos, olhos verdes, seios firmes e fartos com bicos que parecem de mamadeira, uma boca carnuda com um sorriso perfeito e uma língua maravilhosa, mãos e pés macios, e a bunda uma verdadeira obra de arte, grande, firme e suculenta. Bunda essa que me fazia masturbar até duas vezes por dia, não que nos não transássemos, ela é ótima na cama, faz um sexo oral que é coisa de louco, cavalga no meu pau como se o mundo fosse acabar naquele momento, mas sua bundinha (que eu era louco pra comer desde o nosso namoro) ela não me dava, Ana casou comigo ainda virgem com 19 anos, filha de pais conservadores fui seu primeiro namorado, sexo anal pra ela era coisa de prostituta, um pecado, um tabu etc.

Sempre nas nossas transas, na posição de 69 eu a chupava olhando o objeto do meu desejo, as vezes eu passava minha língua no seu buraquinho, ela sempre suspirava, parava de me chupar um instante ficando em silencio, mas passado alguns segundos saia da posição e sentava no meu pau. Eu nunca a traí, pois sexo tinha a hora que quisesse (a verdade é que sou muito tímido e tenho um pênis pequeno, 13 cm), mesmo com um instrumento tão ridículo, ela não me dava seu cuzinho. Um dia depois de tentar mais uma vez enrabá-la (eu introduzia meu dedinho mínimo enquanto fodia ela por trás, e ela sempre me xingava e saia) nos discutimos – EU TÓ CANSADA DE DIZER QUE NÃO FAÇO SEXO ANAL. gritou ela – VAMOS PELO MENOS TENTAR, COMO VOCE PODE ODIAR TANTO UMA COISA SE NUNCA FEZ. – e ela- ISSO É ERRADO É PECADO. Furioso, eu gritei – E SEXO ORAL? TAMBÉM NÃO DIZEM QUE É PECADO, E VOCE FAZ COM TANTO PRAZER. – Ela: – ORAL É DIFERENTE É COMO UM BEIJO ÍNTIMO. -eu – QUER SABER DE UMA COISA MULHER, SE VOCE NÃO QUER ME DAR ENTÃO EU VOU PROCURAR QUEM QUEIRA. Saí do quarto batendo a porta e fui pro banheiro bater uma.

Ficamos dois dias sem se falar, até que eu fui me desculpar – DESCULPA AMOR, VOCE SABE QUE SOU LOUCO POR VOCE, NÃO VAMOS FALAR MAIS NESTE ASSUNTO. Então ela se virou pra mim e disse – SABE, EU ANDEI PENSANDO MUITO NISSO, E ACHO QUE VOCE DEVE MESMO PROCURAR ALGUÉM QUE FAÇA ISSO COM VOCE. – eu falei – NÃO QUERIDA EU NÃO FALEI SERIO. – e ela – SABE CARLOS VOCE SÓ VAI TIRAR ISSO DA CABEÇA QUANDO FIZER. Ela me conhecia bem. Com o consentimento dela, eu decidi procurar uma acompanhante na internet, encontrei uma loirinha linha com uma bundinha maravilhosa, falei pra minha mulher que tinha encontrado, e até a mostrei no computador, disse que ai ligar e marcar o encontro num motel, pra minha surpresa ela pediu que fosse aqui em casa mesmo (curiosa ela queria ver como era) isso me deixou bastante excitado.

Liguei pra puta combinei o preço (aliás, caro pra burro, mais valia a pena) e a hora, fiquei bastante ansioso olhava pro relógio a todo instante, até que tocaram a campainha, quando abri a porta nem acreditei, ela era mais gostosa que na foto, vestia uma mini-saia de couro e uma blusa transparente, notei que ela tinha uma Piercing na língua lembro que eu perguntei – PRA QUE SERVE ESSE TROÇO – AJUDA NA HORA DE CHUPAR. Disse ela. Levei-a ao quarto onde minha esposa estava. -SUA ESPOSA VAI PARTICIPAR. -perguntou – NÃO, ELA APENAR QUER OLHAR. Respondi, tirei sua roupa, suas tetinhas eram pequenas quase sem bicos, tinha os olhos azuis, uma bunda com marca de fio dental e uma bocetinha que parecia (eu disse parecia) ser virgem de tão apertadinha, a putinha tinha 19 aninhos. Tirei a roupa (com uma puta vergonha) e me sentei na cama, ela veio a mim, ajoelhou, afastou minhas pernas e abocanhou de uma só vez meu pau (uma coisa muito fácil de fazer por ele ser pequeno), agarrei aqueles cabelos loirinhos de boneca tentando não gozar logo (pois tinha pagado 2 horas e eu ia aproveitar cada momento), olhei pra minha esposa que mordia seus lábios, num misto (eu acho) de tesão e arrependimento.

Que boquinha gostosa a puta tinha, segurei por uns 10 minutos o gozo e soltei, ela engoliu toda a minha porra (como eu tinha combinado com ela, oral até o fim e anal, coisas que minha mulher nunca fez) eu gritei de prazer, dando um susto na minha mulher, ainda com minha rola na boca, agora deitada sobre mim, a loirinha conseguiu erguer meu pau de novo.

Coloquei a camisinha e mandei sentar no meu pau, que xotinha apertada, ela cavalgava enquanto eu engolia aqueles peitos gostosos, minha mulher agora sentada de lado na cama, esfregava por cima da calcinha sua xana. Fodi a loirinha na posição papai-e-mamãe, me levantei e disse – AGORA É A HORA DE COMER ESSE CUZINHO LINDO, OLHA MULHER, VE SE APRENDE. A loirinha ficou de quatro e com as mãos abriu seu cuzinho pra mim, segurei sua bunda e quando fui meter, minha esposa disse – QUERIDO ESPERA, VOCE VAI COMER O CU DELA PENSANDO NO MEU NÃO É? – MULHER VOCÊ NÃO QUER QUE EU DESISTA AGORA, É CLARO QUE EU QUERIA QUE FOSSE O SEU AO INVÉS DO DELA. – ENTÃO AMOR EU DOU A VOCÊ. – AGORA, TEM CERTEZA? Perguntei. -SIM. Ela disse, eu a abracei e trocamos um longo beijo, Ana deitou na cama de costas, levantei sua saia tirando sua calcinha em seguida e passei a chupar seu cuzinho com desejo, ela rebolava e dizia – AI AMOR FAÇA BEM GOSTOSO QUE EU QUERO DAR ELE A VOCE TODOS OS DIAS, EU TE AMO. A prostituta esquecida por alguns segundos estava sentada numa cadeira do quarto fumando um cigarro e com um sorriso no rosto, nos observava.

Lambuzei seu cuzinho totalmente, arranquei a camisinha que ainda estava no meu pau e enfiei na sua boca – MOLHA BEM ELE QUERIDA, QUE EU VOU ENFIÁ-LO AGORA. Tirei de sua boca, mirei aquele buraquinho tão querido por mim e enfiei a cabeça (como era apertado, claro sendo virgem ainda) e fui metendo aos poucos, coloquei os dedos da mão direita na sua boceta, ela gemia e rebolava aos poucos, quando meu saco encostou-se à sua bunda comecei o vai-e-vem. – TÁ DOENDO ANA? – AI AMOR É UM MISTO DE DOR E PRAZER, VAI MAIS RÁPIDO VAI. Respondeu, peguei seus cabelos e acelerei, ela gritou – TÓ GOZANDO, VAI, NUM PARA NÃO, QUE COISA BOA.

E gozou como uma vaca no cio, não me contive também e enchi seu cuzinho de porra, caímos os dois exaustos, e de repente ouvi palmas, a putinha loirinha aplaudia a nos dois e falou – ISSO É QUE É FODA, BEM GENTE ACHO QUE JÁ VOU EMBORA.- eu falei – ESPERA AÍ, NÃO SE PASSOU NEM UMA HORA AINDA. Olhando pra minha mulher eu disse- VOCE NÃO SE IMPORTA SE EU COMER O CÚ DELA NÃO É? AFINAL EU PAGUEI POR ISSO. E ela respondeu: -PODE COMER AMOR, EU VOU TOMAR BANHO.

Fui com ela lavar o pau e quando voltei a loirinha estava de quatro com as mãos abrindo sua bunda (exatamente como antes) coloquei a camisinha, dei uma cuspida no seu buraco e enfie de uma só vez. – QUERIA SAIR DAQUI SEM DAR O CÚ, NÃO ERA SUA SAFADA. – COME MEU CÚ COM FORÇA, BATE NA MINHA BUNDA ME CHAMA DE PUTA. Gritava ela rebolando de uma maneira incrível, cansado eu me deitei na cama, e ela de frente pra mim sentou seu cu no meu pau e cavalgou, apertando seus peitos com as mãos eu gozei. Na porta já a algum tempo enrolada numa toalha minha mulher via tudo, a loirinha se vestiu e foi embora, minha esposa se aproximou e me beijou e perguntou – QUAL FOI O MELHOR O MEU OU O DELA? – O SEU É CLARO MEU AMOR. Respondi, na verdade não sendo tão honesto. A putinha loira sabia dar o cu, enquanto que minha esposa tinha debutado naquele dia, mas se fosse pra dar nota ela perderia por somente um ponto.

Depois desse dia (que foi 27 de março de 2002) meu casamento está completo, ela agora adora dar o cu, faço com que ela implore pra ser fodida na bundinha, e ela goza todas as vezes. Gatinhas que queiram se iniciar no sexo anal, escrevam.

Foto 1 do Conto erotico: Uma puta me ajudou a comer o cú da minha esposa

Foto 2 do Conto erotico: Uma puta me ajudou a comer o cú da minha esposa


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 04/01/2013

Parabéns, muito bom seu conto Leia meus contos, comente e vote se gostar

foto perfil usuario nely delicia

nely delicia Comentou em 04/01/2013

Pena que o do meu marido é avantajado e ele não sabe fazer esse serviço...

foto perfil usuario terranova

terranova Comentou em 04/01/2013

Senti até umas cosquinhas aqui entre as pernas!rsrsrsr parabéns! Bjs

foto perfil usuario gilsonms

gilsonms Comentou em 04/01/2013

adorei, dificil de acreditar na historia damulher deixar vc comer a prostituta, mas valeu votei e foi muito excitante. tbm tenho contos le e segostar vota ok




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


24039 - Vireu vagabunda de um homem só - Categoria: Fetiches - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil amigo-decasadas
amigo-decasadas-sp

Nome do conto:
Uma puta me ajudou a comer o cú da minha esposa

Codigo do conto:
24040

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
02/01/2013

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


Contos mae apostacontoseroticos cagueinopaudo meufilhocontos eróticos gay volta redondagozada conto eróticoelise e ernesto pornofudendo o cuzinho das mais gostosas novinhaswww conto erotico gay de vizinho e vizinho com brso pintao buraco paredecontos eroticos reais/corno nem viuEu e minha namorada no streep poker contosmeu filho comeu minha bunda quando eu fingia dormir contos eroticocontos eroticos incesto na cachoeiraeu e a sogra contoscontos eroticos cumplices de um resgatecontozoofiliaquadrinhorevistas em quadrinho porno a sexologa taradacontos eroticos podolatria com a madrasta dormindoconto erotico capo de fuscaFotos incesto com nora brazilmulher gosando no pipino"pedrojrrg"pornor filha senta nu pau pai na mesa de jantardei o cu pro meu filhinhodominado a forca conto gayContos eroticos duas irmas em apurosconntos eroticos de incertos com mega pauzudo pegando irmanzinha e sua amiguinhacontos eróticos gay meu primo comeu meu cuconto minha esposa pratica nudismo em familiaporno gay cunhadoconto erotico gay o jardineiro gostosocontos porno meu sogro que me comerconto erotico novinha andando moto coroacontoporno minha mulher gosta de pica grandecontos eróticos ladrão entraram na casa e mandaram ficar todos peladosultimos contos sadocontos eroticos de madura com neguinho novinho analsexo casada infiel caiu na labia do amigopesquizar massagens peladas na pescinameu rockeiro roludo conto eroticoquadrinho lua de mel do corno[email protected]contos eroticos estou ficando louca de vontade de chupar meu cunhadopelado na Rua, Contosconto erotico as menininha curiosaContos eróticos de incesto ai mamae que chupetinha mais gostosa é essarabuda viajante contos eroticosconto erotico gay: arrombado por um japonesler contos eroticos com mulhres virgem sendo em caixada no metro ate o cara gozarbunda toda marcada de arranhada e porrada sexo porno branquinhascontos/casada fode com garoto cacetudozoofilia so fudendo o cu da vadia 696agarrei minha tia e ela gozou contosRabao da vovohentai moms fudendo a mulher gorda do primo em conto eroticoContos eróticos bezerra zoofiliacontos erotico subrinho do pal pequenocontos melei a xaninha da menininhaContos Eróticos De Gay Comi.a Bundacontos eroticos de putinhoscontoerotico ninfeta pega a força por taxistacontos fazendeira casada dá o rabo por Capatazconto erotico novo 2017corno e fotopornô grátis só contos eróticos sogra cozinha"minhas mulheres" "5" "médica" conto eroticocontos eroticos bato na cara de vadia e arrombo buceta sou selvagemduas gostosa comendo na cozinha heitacontos eroticos acontecido 1anal com garotasestourando as pregas contos eroticosconto erotico irmaconto erotico minha mae me provocaminha cunhada fudendo escondido no jardim eu assisti a tudo e tambem fudi elaContos eroticos perdi a apostaesposa fudia no meio do cafezal contos eroticosporno quadrinhosadestrando a cadela pornover vidios porno mae putascucontos eroticos com fotos violentaram a esposa