Acabei dando pro meu pai.


Click to Download this video!


Hoje; sou uma mulher casada, e por gostar muito de sexo, vivo acessando vários sites pornôs e de contos eróticos… Por estes motivos estou escrevendo um pouco de muitas das minhas aventuras sexuais. Das minhas lembranças, vem quando tinha meus 18 anos e vivia com meus pais numa casa muito pobre: apenas um cômodo onde tínhamos a cozinha, sala e quarto… Apenas o banheiro (minúsculo) era onde se podia ter um pouco de privacidade; apesar de ter uma porta praticamente caindo aos pedaços (cheia de buracos e remendos). Pra dormirmos, tínhamos que arrastar dois pequenos sofás e jogar dois colchões de solteiro onde tínhamos uma ordem pra deitar: eu, minha mãe e meu pai. Desde muito pequena, várias vezes acordei vendo meu pai sobre minha mãe; às vezes cobertos com um lençol e ou até pelados fazendo algo que para mim era brincadeira de adultos… Mas não demorou pra eu ficar sabendo o que eles faziam era sexo e passei a fingir sempre que estava dormindo aproveitando pra, muitas vezes, espiar meu pai enfiar seu pinto; que pra mim era enorme, na xoxota da minha mãe e até na bundinha dela… Ou eles passaram a nem mais se importar comigo, ou realmente achavam que eu tinha um sono bastante pesado que gemiam alto:
- Ai ai ai… Adoro quando você mete na minha bunda… Ooooh que delícia!…
De rabo de olho eu via meu pai segurando a lateral da bunda da minha mãe e socando seu pinto:
- Vai sua safada; rebola no meu pau, rebola… Aperta seu cuzinho; aperta… Iiiissssooooo; asssimmmm… Vou gozar; vou goooozzarrrrr!…
Depois, via os dois rindo irem lá pro pequeno banheiro. Adolescente, passei a sentir minha perereca ficar latejando e molhadinha quando via que eles estavam fazendo sexo. Mas fui realmente despertada pro sexo, quando escutei meu pai trepando na minha mãe e falando sobre mim, que naquele dia dormia de bruços com um shortinho bem apertado e estava descoberta:
- Olha só como nossa filha está ficando Helena… Olha só pra bundinha cheinha que ela tem!…
Ouvi minha mãe que, ao mesmo tempo gemia na pica do meu pai:
- É mesmo Pedro; já está uma linda menina… Vou ter que começar a conversar com ela sobre sexo; né?
Ouvi meu pai rindo:
- Isso ela já deve saber… Mas é bom mesmo você explicar certas coisas antes que ela arrume algum namoradinho!…
Os dias foram passando e nada de minha mãe falar comigo. Enquanto isso eu continuava ouvindo e até assistindo os dois fazendo suas estripulias bem ali do meu lado… Fui aos poucos questionando pra mim mesma de que seria praticamente impossível eles nem perceberem de que eu ouvia e até espiava eles trepando. Minha mãe, que fazia faxinas na casa de algumas pessoas pra ajudar financeiramente meu pai, que era funcionário braçal em uma fábrica, acabou arrumando um serviço fixo de empregada doméstica na casa de um homem rico e passou a ter que dormir no emprego de segunda até sexta-feira… Tive que assumir todas as responsabilidades da casa: limpar; lavar e cozinhar (aprendi com minha mãe). Mas foi na hora de dormir; sem minha mãe, é que as coisas começaram a mudar na minha vida… Eu que já tinha uma vontade enorme de fazer sexo, comecei a achar muito legal poder dormir ali naquele pequeno espaço com meu pai. Logo no segundo dia, meu pai me abraçou tão gostoso e nitidamente me fez sentir seu pinto duro encostando-se à minha bundinha… Discretamente mexia meu bumbum esfregando e procurando encaixar aquela coisa dura bem no meio do meu rego. Ele, lentamente foi enfiando a mão por baixo da minha blusa e chegando aos meus peitinhos ficou massageando e beijando minha nuca… Adorando aquele contato, levei minha mão pra trás e apertei aquela coisa grossa por cima do tecido do seu short. Não demorou pra sentir até que ele mesmo tirou seu pinto pra fora e me fez novamente segurar enquanto sua mão saiu de dentro da minha blusa pra entrar pra dentro do meu short e chegar à minha xana… Estava me sentindo no paraíso quando ele me dando um beijo no rosto antes de levantar-se e ir ao banheiro:
- Precisamos dormir filha… Tenho que acordar muito cedo amanhã pra trabalhar!…
Tudo parou, e ele ao voltar virou pro lado contrário e afastado de mim… Custei a dormir naquele dia.
No dia seguinte, tudo transcorreu normalmente até na hora de colocarmos os colchões pra dormirmos. Querendo que meu pai fizesse um pouco de sacanagem comigo, resolvi provocar vestindo um camisão que batia pouco abaixo do meu bumbum; e num atrevimento total, sem calcinha… Já esticando o lençol, empinei meu corpo deixando que meu pai visse todo meu bumbum de fora. Ele sentando num dos sofás e sorrindo pra mim:
- Não acredito Solange; você está sem calcinha?…
Fingi ficar surpresa e me recompondo na sua frente:
- Ih! Deixei lá no banheiro… Vou lá vestir!…
Ele sorrindo:
- Não precisa; pode dormir sem calcinha se você quiser!…
Terminei de ajeitar os lençóis e deitei. Ele que normalmente apagava a luz pra deitar; não apagou e entrando pra baixo do lençol, chegando bem perto de mim e levando a mão na minha coxa:
- Fala a verdade pra mim… Você sabia que eu estava te vendo sem calcinha; não é?
- Sabia sim pai!…
- Você fez isso de propósito; não foi?
- Fiz sim pai!…
Senti sua mão chegando à minha xoxota e seu dedo alisando minha racha:
- Porque filha?
Eu já totalmente sem receio dele me rejeitar:
- Porque sempre vi você fazendo sexo com a mãe!…
Ele rindo e me dando beijinhos no rosto sem parar de brincar com a ponta do dedo na minha xoxota:
- E você gostava de ficar vendo?
Foi minha vez de rir:
- Gostava… Mas tinha que ficar fingindo que estava dormindo!…
Ele parando de me bolinar pra, em seguida, tirar a mão de sob o lençol me mostrando seu short:
- Quer ficar peladinha com o papai?
Mais que depressa, sentei e me livrei rapidamente do camisão. Ele jogando o lençol pro lado me mostrando que estava totalmente nu e de pau duro veio me abraçando e me fazendo deitar foi com a boca no meu peitinho chupando o biquinho e passando a língua:
- Papai pode te ensinar tudo sobre sexo; você quer?
- Eu quero sim pai!…
- Mas você tem que prometer que vai ser um segredinho só nosso; tá bom?
- Prometo pai… Ninguém vai ficar sabendo!…
Em seguida, descobri algo que nunca tinha o visto fazer com minha mãe… Foi descendo com a língua e beijando meu corpo até chegar ao meio das minhas pernas e me fazer abri-las pra começar a passar a língua na minha bocetinha… Bastaram meia dúzia de lambidas pra eu sentir algo tão gostoso percorrer todo meu corpo por dentro e explodir justamente na minha xoxota em forma de líquido na boca do meu pai que continuou chupando e mordiscando minha bocetinha até sentir pela segunda vez aquela coisa gostosa… Só depois que ele me explicou que eu tinha gozado duas vezes seguida. Só que ele também me fez fazer sexo oral e foi me ensinando como tinha que chupar aquele seu enorme pau. Não demorou pra eu estar lambendo aquela cabeça arroxeada e enfiando na boca pra sugar e movimentar minha mão na parte que ficava fora da minha boca… Logo na minha primeira mamada, ele me fez engolir toda sua porra; adorei.
No dia seguinte, ele chegou do serviço e, indo tomar seu banho:
- Arrume só um colchão e fique peladinha que eu já venho!…
Não hesitei em ficar nua e vendo que ele deixou a porta do banheiro aberta, fui vê-lo pelado debaixo do chuveiro já com seu pau duríssimo:
- Hoje papai vai te ensinar a dar a bundinha; você quer?
Eu relembrando da alegria da minha mãe levando pau no rabo:
- É claro que eu quero pai!…
Deitamos no colchão, e ele após chupar bastante meus peitinhos foi aproximando seu rosto do meu:
- Você deixa o papai te ensinar a beijar na boca?
Consenti e logo senti seus lábios pressionando os meus… Ouvindo como eu tinha que proceder foi o deixando enfiar a língua na minha boca e também, fui depois introduzindo a minha… Beijamos muito e quando paramos pra tomarmos um pouco de fôlego:
- Caramba pai; foi tão gostoso que fiquei com minha xoxota toda molhada!…
Ele passando a mão comprovando que era verdade:
- Hummmm!… Desse jeito eu vou ter que primeiro chupar essa sua bocetinha gostosa!…
Arreganhei o máximo minhas pernas pra sentir aquela deliciosa língua sendo passada na minha xoxota que urrei escandalosamente sentindo todo meu corpo vibrar num incrível orgasmo. Ainda com as pernas trêmulas, a pedido dele fui ficar de joelhos sobre o sofá com o bumbum virado pra ele… Ele passando algo que parecia um creme sobre meu ânus:
- Isso é pra facilitar a penetração e anestesiar um pouco seu cuzinho pra você não sentir dor!…
Ele de pé atrás de mim, passou um de seus braços pela minha cintura e com a outra mão segurando seu pinto começou a forçar sobre meu ânus… Senti nitidamente meu ânus se abrindo e aquela coisa grossa ir entrando pra dentro da minha bundinha. Quando ele parou com tudo já enfiado, sentia apenas uma pequena dorzinha que fazia aumentar meu prazer de ter meu pai fazendo sexo de verdade comigo. Ele iniciou um vai-e-vem e dando tapinhas de leve no meu bumbum:
- Quer fazer igual sua mãe; quer? Mexe você com a bundinha no meu pau; vai!…
Aprendi a rebolar com aquela tora toda na minha bundinha, e ele ficando parado a puxar meu cuzinho pra frente e voltar deslizando no seu pau:
- Puta-que-pariu filha… Assim você acaba comigo… Oooooh!.. Oooohhhhh!… Vou gozar filha… Vou gozar!…
Ele segurando minhas ancas com as mãos começou a socar violentamente até parar e começar a soltar toda sua porra dentro da minha bundinha.
Segunda-Feira da semana seguinte, ele chegou mais cedo e me pegou ainda no banho. Toda feliz por saber que não ia demorar pra ele me pegar novamente no colchão e comer minha bundinha; abri a porta e deixei ficar me vendo ali peladinha debaixo do chuveiro. Só que ele foi tirando suas roupas:
- Caralho Solange… Eu não queria fazer isso com você ainda; mas não estou aguentando de vontade de meter nessa sua bocetinha!…
Fiquei toda arrepiada e imaginando aquele enorme pau na minha pequenina xoxota:
- Ué pai… Se você quer; eu deixo!
Ele fechando o chuveiro e me mandando sair; sentando sobre a tampa do vaso e me fazendo ficar de costas pra ele:
- Vem filha… Coloca sua bocetinha em cima do pinto do papai; vem!…
Com o corpo arqueado a ponto de ver até aquele pau duro esperando eu chegar com minha bocetinha; encostei e ele ajeitando onde era exatamente o meu buraquinho:
- Vai Solange… Força sua bocetinha pra trás; força!…
- Ai pai… Aaaiiiii… Dói pai… Dói!…
Ele segurando-me pela cintura e me puxando!…
- Só dói no início filha… Vai que você consegue!…
Acho que minha vontade de dar a boceta era tão grande que eu mesma ajeitei o pau do meu pai mais reto pra cima e sentando novamente fui com tudo até sentir algo ir rasgando na minha bocetinha… Eu uivava como uma cadelinha no cio e ele fazendo com que eu descesse mais minha bocetinha ardida no seu pau:
- Isssooooo Solange… Agora você já não tem mais cabaço e eu vou poder comer sua bocetinha todos os dias!…
Eu estava até tonta com minha bunda sobre os pentelhos do meu pai, mas adorando sentir aquele pau todinho dentro de mim:
- Hummm… Hummmm… E agora pai; o que eu faço?
Ele levantando e me levando junto sem deixar seu pau sair de dentro da minha xoxota:
- Agora papai vai foder bem gostoso sua bocetinha!…
Ele passando a mão em uma toalha, foi me levando pro sofá e me ajeitando de joelhos ainda com seu pau todo enfiando começou a socar aparando o sangue que descia com a toalha… Berrei feito uma vaca sendo sacrificada, e só depois de uns dois minutos é que comecei a sentir prazer em ser fodida por aquela deliciosa piroca… Consegui ainda gozar antes de ele tirar e esporrar tudo sobre minha bundinha.
Passei a ter relações sexuais quase que diariamente com meu pai; mas logo comecei a perceber que podia ter outros homens me fodendo… Foi quando fui passar um final de semana na casa do meu avô (mas esta já é outra história).
Foto 1 do Conto erotico: Acabei dando pro meu pai.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario parislis

parislis Comentou em 13/01/2016

massa

foto perfil usuario periquitofm

periquitofm Comentou em 17/03/2014

Como faço pra te comer safada putinhaa

foto perfil usuario marcoza

marcoza Comentou em 18/10/2013

Muito excitante e gostoso de se ler.

foto perfil usuario

Comentou em 27/02/2013

nussss miga, mas vc tem uma carinha de safadinha, não tem?

foto perfil usuario duda75

duda75 Comentou em 31/01/2013

vc é perfeita

foto perfil usuario corno sempre

corno sempre Comentou em 24/11/2012

Voce me fez gozar de tão gostoso que é o seu conto querida.... queria ter uma filha putinha assim como voce... Beijos

foto perfil usuario coroa66

coroa66 Comentou em 01/11/2012

como eu queria ser teu pai .e tambem te comer bem gostoso .beijo na sua bucetinha




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


20588 - CHUPEI O MEU PAI NO BANHO - Categoria: Incesto - Votos: 81
20591 - Como meu pai me comeu gostoso - Categoria: Incesto - Votos: 79
20621 - Dei para meu padrasto - Categoria: Incesto - Votos: 50
20658 - Meu pai ficou de mal comigo. - Categoria: Incesto - Votos: 32
20695 - Amo meu Pai mais que tudoooooooooooo - Categoria: Incesto - Votos: 32
20997 - Professor de matemática - Categoria: Fantasias - Votos: 11
21237 - Meu pai e eu puro tesão - Categoria: Incesto - Votos: 19
21333 - O pai da minha amiga - Categoria: Coroas - Votos: 34
21335 - Remedinho do padre ... - Categoria: Masturbação - Votos: 33
21352 - Comida pelo meu irmão - Categoria: Incesto - Votos: 31
21528 - Como perdi minha Virgindade - Categoria: Incesto - Votos: 26
21529 - AULA COM PAPAI DEVASSO - Categoria: Incesto - Votos: 17
21530 - MINHA FILHA M.P. - Categoria: Incesto - Votos: 13
21531 - Meu filho bundudo - Categoria: Incesto - Votos: 37
21540 - Meu pai comeu gostoso o meu cú - Categoria: Gays - Votos: 17
21541 - meu pai comeu meu cuzinho - Categoria: Incesto - Votos: 26
21573 - Chupei o cacete do meu irmão e dei o cú pra ele - Categoria: Incesto - Votos: 17
21575 - Bebada no Natal ganhei presente que não esperava - Categoria: Incesto - Votos: 21
21591 - Eu 1,50 m e meu pai, 1,90 m. - Categoria: Incesto - Votos: 24
21606 - Tinha 18 anos e um mês quando papai me comeu. - Categoria: Incesto - Votos: 38
21607 - Virei a mulher do meu irmão. - Categoria: Incesto - Votos: 22
21608 - Meu irmão me pegou e eu gostei… - Categoria: Incesto - Votos: 19
21613 - Perdoando a ingratidão de uma filha. - Categoria: Incesto - Votos: 42
21615 - Irmã carente no banho - Categoria: Incesto - Votos: 38
21967 - Amarrada e comida pelo tio - Categoria: Incesto - Votos: 20
21970 - Agora é Papai quem come meu cuzinho uiai - Categoria: Incesto - Votos: 13
22136 - CASO REAL COM PAPAI - Categoria: Incesto - Votos: 19
22137 - PROVOCANDO MEU PADASTRO - Categoria: Incesto - Votos: 12
22138 - TRAI MEU MARIDO COM MEU PAI - Categoria: Incesto - Votos: 32
22633 - Depois de eu ter pedido muito, meu avô deixou - Categoria: Incesto - Votos: 37
22634 - PAPAI ME CUROU DA SINTROME DO PÂNICO. - Categoria: Incesto - Votos: 19
22828 - AMOR COM PAPAI - Categoria: Incesto - Votos: 18
23500 - Acabei ficando tarada pelo meu pai. - Categoria: Incesto - Votos: 21
26446 - Papai e eu - Categoria: Incesto - Votos: 33
26600 - REALIZEI A VONTADE DO MEU PAI - Categoria: Incesto - Votos: 11
26601 - COM PAPAI NA CHACARA - Categoria: Incesto - Votos: 15
30197 - Eu amo meu papai - Categoria: Incesto - Votos: 38
32092 - Filhinha Virgem e Inocente - Categoria: Incesto - Votos: 32
33230 - Meu primeiro orgasmo - Categoria: Incesto - Votos: 15
33231 - Primeira vez com padrasto - Categoria: Incesto - Votos: 23
36684 - meu padrasto, brincando de médico - Categoria: Incesto - Votos: 16
55161 - SENTINDO O PAU DO PAPAI - Categoria: Incesto - Votos: 102

Ficha do conto

Foto Perfil puta safada
puta safada

Nome do conto:
Acabei dando pro meu pai.

Codigo do conto:
21577

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
28/10/2012

Quant.de Votos:
24

Quant.de Fotos:
1


Online porn video at mobile phone


tesao no cuzinho contoconto erotico doce nandaconto erotico em quadrinhõconto o enfermeiro gaynora tarada.contos eroticosminha sogra nuaminha mulher nuacontos gay arrombado pelo paisou puta safada/contos[email protected]gotosas gemedo gritando de tesaocuconto erótico sozinha com papaiconto erotico gay: cumplices de um resgatevideos de pimbançaconto erotico de mulher coroa no campofuderolacontos eroticos de magrinhas que trairamConto aposta com a maeconto ela era greluda demais e fudru meu cu histosocontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mimContos erorico de esposa de osasco S.P traiu com irmao do maridoConto erótico menino bate ponheta pensando no Travesti minha puta conto eróticochifrei na festa relatoporno na noite quarta feira minha mae fode cmgmulher d moz urinar xvideohq porno gaytravesti e minha esposa contodeixei ele me comer contos eroticosnmoreiracwb45o dia que a novinha se arrependeucontos eroticos esposa dormiuContofamiliapornoporno casada de saia humilhando o corno no onibus lotadoconto eroticos fodadosexoconto erótico garoto de programa da rola de jumentobrexei meu tio cumendo minha tiahq porno gay com dotadosconto erotico com negaoContos eroticos gays irmao pai e tio dotados trasandoContos eróticos de tio e subrinhacontos são muito bem dotado engravidei minha tiaultimos contos sadoConto erotico de pedreirocontos de sexo com a minha avoconto erotico de patricinhaconto vejo ele me espiando e batendo punhetagravidezcompenistransei com o meu genroconto erotico puta se apaixonoContos erticos com fotos de roludos loucuras na guarita com o roludaope+nis+porno+dois+batendo+velhosfeliz aniversario mãe quadrinhos de incestoContos eroticos empresidiosContos e fotos gozadas nos peitospadrasto e novinha conto eroticocontos eroticos minha mulher fode com um jogador5 sado contos eroticosexagerado conto pornoconto erotico minha mulher e seu amanteconto erotico mendigo estrupadameu corninho eu quero uma pica gozando dentro de minha e meu céucontos eroticos um casal passando férias na casa de um casal de amigoscontos mamae loira bundudacontos erticos mimica eroti a na casa da sograo .amigo do meu filho me chantageou contos com fotosContos eroticos 2017cornoscontos eroticos gordinha novinhaEu engravidei minha tia e minha mae incestocontos gay o casado virou putinhaconto erotico inesperadoContos eriticos papai me molestoxvideos dormiucontos eroticos as amiguinhas da minha esposaconto erótico gay, flagrado de calcinhacontos eroticos cafetao pauzudoContos jovem faz anal varios homens e cuzinho fica dilatado e dilaceradocontoseroticos/filho e mae grávidaa tia cuidando da fimose do sobrinho contos eroticosminha cunhada me de moral na feata dela e ela me deu sua bucetaempregadas pornôvideo porno mulheres com buceta emsada de tamto defuderoh familia 8 parte 4 hentaicontos de grelos enormes gozando encaixadinhos num sabao gostosoconto erotico putinha de dois amigosfui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticos