Grande amigo do meu pai


Click to Download this video!


Essa história tem alguns anos, aconteceu na minha adolescência. Eu não tinha uma relação "mil maravilhas" com meu pai, mas sempre ia passar as férias na casa dele depois que se separou da minha mãe.

certa vez, nas férias arrumei minhas coisas e fui. Uns dois ou três meses depois que eu perdi minha virgindade. Chegando lá passei os primeiros dois dias numa boa com meu pai e no primeiro dia ele me apresentou o seu Jorge. Um grande amigo dele. Logo percebi que o seu Jorge me comeu com os olhos e fiquei com a buceta louca, mas não pensei nada de mais.

No terceiro dia a noite eu escutei uns barulhos estranhos e levantei pra chamar meu pai, mas quando saí do quarto e o barulho estava mais alto eu percebi que eram gemidos e que alguém estava fudendo dentro de casa, mas como eu era tão bobinha nem passou pela minha cabeça que era meu pai. Por isso fui ao quarto dele para chamá-lo.

A ficha caiu quando vi que o barulho vinha do quarto dele mesmo e empurrei a porta e vi ele fuder uma mulher de quatro. Eu queria que meu pai ficasse com minha mãe, por isso, fiquei um pouco chateada. Só que a minha raiva disparou quando eles perceberam que eu estava ali e levantaram que eu pude ver a cara dela.

Era uma garotinha como eu! Ela parecia ser um pouco mais velha, mas era jovem. Meu pai estava fudendo uma garota uns 20 anos mais nova. Eu fiquei com raiva e comecei a gritar com ele e saí correndo. Sentei no banquinho da pracinha e ainda tinha um movimento na rua. Devia ser umas 22hs.

Eu fiquei sentada chorando e com raiva porque deixei o celular lá. Eu queria ligar pra minha mãe. Aí eu estava voltando pra pegar o celular quando encontrei o seu Jorge. Ele me viu chorando e eu comecei a contar tudo e ele disse.
- Que isso menina, deixa seu pai... Fuder é tão gostoso. Ainda mais com uma menina jovenzinha. Com um corpinho igual o seu.

Minhas pernas ficaram bambas e senti um frio na barriga. Ele passou a mão no meu rosto e disse:
- Entra que eu te empresto o telefone.
E eu entrei. Ele ficou falando um monte de coisas e me enrolou não me dando o telefone.
- Menina. Você sabia que eu estou ficando doido com você aqui? - ele perguntou.
- Porque? - Questionei já percebendo sua malícia.
- Você quer ver?
- Quero.

Ele abriu sua calça e colocou uma pica dura como rocha pra fora. Pra mim aquilo era um monstro porque eu nunca tinha visto uma pica grande. Aquilo nem era grande mesmo. Eu dei um sorrisinho sem graça e ele perguntou se podia ver minha xaninha. Já no sofá eu abri as pernas, estava de vestido e puxei a calcinha pro lado e mostrei minha xaninha.

Ele disse:
- Posso dar um beijinho nela?
Eu balancei a cabeça dizendo que sim. E ele veio. Puxou minha calcinha e deu um beijinho e eu fiz "aah".
- você gostou?
De novo balancei a cabeça afirmando. Ele passou a língua e eu dei uma tremidinha. E ele chupou mais um pouquinho.

Ele ficou em pé e disse:
- Vem, faz comigo também...
- não quero...
- Vem, você vai gostar.
Ele me puxou pelo cabelo e colocou a pica na minha boca e começou a socar. Eu não estava aguentando e estava tentando parar, mas ele segurou minha cabeça. Até que eu entrei no jogo e comecei a chupar do jeito que ele queria.

O meu pai chamou na porta e eu me escondi. Ouvi ele dizer:
- Você viu minha filha Jorge? Ela sumiu! Eu estava com a Lorena e ela viu...
Ouvi ele contar tudo e notei que o seu Jorge sabia que ele estaria com essa Laura, tanto que até a conhecia. Ele despistou meu pai e voltou.

- Você conhece ela, não é? - perguntei.
- Ela é minha sobrinha.
Fiquei com raiva dele, mas eu queria que ele me fudesse aquela noite toda. Ele me chamou para o quarto dele.
Eu deitei na cama e ele abriu minhas pernas e começou a meter o cacete todo.

Eu gemia bem baixinho porque tinha vergonha. E ele me fodia como um doido mesmo. Ele falava.
- Abre as pernas menina safada, abre!
Ele me socou e me fudeu todinha.
Quando eu ia gozar eu não aguentei segurar e gemi gostoso. Gritei mesmo. Aí ele gozou em cima de mim.

Eu fiquei deitada e mole. Estava cheia de sono. Comecei a cochilar quando alguém deu umas batidinhas na porta do quarto e eu tremi pensando que era meu pai. O seu Jorge levantou correndo e foi na porta. Ela disse:
- Tio cheguei. Passa lá depois.
- Já vou espera.
Eu notei que a vadia da namorada do meu pai morava com o seu Jorge eu continuei quietinha fingindo que estava dormindo.
Ele saiu do quarto e eu fiquei atenta.

Depois de alguns minutos eu me vesti e ia sair correndo pra ela não me ver e quando saí do quarto eu vi aquela puta estava dando pro tio dela. E eu queria muito jogar isso na cara do meu pai, mas não podia contar nada.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


18660 - Eu e minha prima - Categoria: Lésbicas - Votos: 13
18661 - Minha amiga safada - Categoria: Lésbicas - Votos: 6
18662 - Minha primeira vez - Categoria: Virgens - Votos: 2
18663 - Vendo filme pornô e tocando a siririca - Categoria: Masturbação - Votos: 6
18717 - Primeira vez que dei me cuzinho... - Categoria: Heterosexual - Votos: 30
18719 - Visita inesperada - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
18724 - Nos fundos do quintal - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
18767 - Querido Reinaldo - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
18846 - A dona, o pedreiro e a empregada - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 7
18847 - A dona, o pedreiro e a empregada II - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
18848 - A dona, o pedreiro e a empregada III - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
18871 - Oficina do sexo - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
35735 - Domingo à Tarde... - Categoria: Masturbação - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil thaay
thaaycontos

Nome do conto:
Grande amigo do meu pai

Codigo do conto:
19142

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
15/08/2012

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contoerotico com foto maecontos eroticos so no meu cuzaovizinha chantagem anal contocontoeroticochupetaContos eroticos gay no martoconto velinho comedo ivagelica novinhacontos eroticos negrasconto erotico com vizinho de 60 anosconto erotico buceta da namorada slsogra metendo com genro e a nora olhandoBate a rola na minha cara, contosultimos contos sadoconto porno mulher buceta pau 25cmContos eroticos inocente forcacontos erotico tano pra negaocontocasadasafadinhasexoquadrinhos porno svconto garotinha metendodei promeu cunhado jeancumi tia da minha namorada contos eroticosquadrinho porno mae e filhocontos porno gratis estupro submissãoConto erótico vizinha inocentefaxina no quarto do papaicontos eroticos levei minha mulher para fuder com negros roludospegava calcinha pequenacontoLiga da justiça porno gayconto erotucos eu esoosa e familia nusultimos contos sado professora submissa 29Www.conto eroticomorena no tremminha avó na punheta contos"me come"..."me fode" (contos eróticos)contos dopou irmã fuder guadrinhobuceta+grandeTirando a virgindade história em quadrinhoContos eroticos cheirando calcinhas no banheiro da lojacontoerotico sobrinha cabacinhaconto erotico meu padrasto e hiperdotadopornô conto erótico dando um trato na vizinhacontos erotico no morromeu genro tirou virgidade cu contoContos eroticos ultimosnayla contos eroticoscontoeroticodfContos erotico esposa ouvindo a cunhada chorando na pica do marido arrombadormeu marido me ixibi pros estranhos contos efotoscontos eroticos minha mae cedeucontos eroticos - minha esposa na saunacontonifetasafadacontos eroticos ru e minha sogra na piscinasexo em quadrinhoconto erótico apagãooh familia 8 parte 4 hentaicontos erótico ilustrado familiacontos de flagrasContos gay pau pequenocontos eroticos gay de negaoconto erotico velho abusando menina pirulitocontos eroticos estou ficando louca de vontade de chupar meu cunhadodeixei minha esposa ir passear na praia e ela voltou gozada contocontos eróticos variadoscontos papaku conto eroticl com com a titiaintercâmbio conto eroticos gayconto erotico zoofilia a força com cadelapapai bundudos gay incestocontos de incesto iniciandocontos eróticos gay com montadocine pornocontos eroticos sou adotadaContos coroas bucetudassobrinhacabacinhoconto porno me separei da minha mulher depois que peguei ela com o amantenegra viciada em porra na gargantaquadrinho eroticos ilustradoconto erotico o triste fim dr Jéssicaremexe rabaoConto erotico seduzindo comadreler contos eroticos de dupla penetracaosexo conto banda desenhadaContofamiliapornoesposa sendo enrabada por 5contos eroticos entre netinhos e vovôdeisnegao comendo o cu da novinhaconto erotico meu irma deliciosocontos eróticos foi na casa do amigo ganha uma calcinha gay