transformaçao em corno manso


Click to Download this video!


Sempre fui um homem normal, com bom apetite sexual. Bem sucedido profissionalmente, já estabilizado financeiramente. Casei com uma mulher maravilhosa.
Eu me chamo Sergio tenho 61 anos e Soninha, tem 45. Sempre muito quente nunca negou fogo, sempre tesuda e pronta para o sexo.
Mas os anos passam e pesam. Mas vamos aos fatos…
No inicio de relação eu sempre satisfazia minha esposa muito bem, mas com o passar do tempo ela começou a falar que nossas transas estavam repetitivas e que precisava de algo diferente.
Ela com seu sorriso de menina e corpaço de mulher debochava de mim dizendo:
- Amor, você não consegue mais dar conta de mim? Vamos ter que arrumar um jeito pra fazer o serviço.?
E hoje, com mais de 15 anos de casado ficou difícil de satisfazer a minha esposa, e ela começou a dizer que eu não a satisfazia mais e que ela já não conseguia chegar mais ao orgasmo, fazia um tempo e que precisávamos arrumar uma solução para isso.
Minha esposa ficava pensativa e à noite começou a me questionar:
- Amor, você ainda me ama? Eu entendo suas dificuldades para me satisfazer, mas preciso que você entenda que eu sou uma mulher jovem com necessidades e desejos; você já não dá conta de satisfazer esses desejos! Eu preciso me sentir mulher, fêmea, preenchida, entende? Se você me ama não é justo que continuemos assim não acha?
Eu saía puto, mas no fundo sabia que ela tinha razão e que seria uma questão de tempo para o divorsio.Mas fui protelando o máximo que pude, e negando que já não era mais um macho à sua altura na cama.
Minha esposa ficava cada vez mais impaciente com a nossa situação, e essa pressão psicológica fazia com que meu desempenho sexual piorasse a cada dia. As piadinhas tornaram-se constantes, do tipo “quem não dá assistência abre as portas para a concorrência!”, “deixa usar: lavou tá novo!” Era uma tortura.
A Irmã, Rosangela, que sempre a protegia por ser a irmã mais velha, me provocava:
- E aí cunhadinho? Já mandou fazer a carteirinha?
– Pra quê?
- Ora, é só uma questão de tempo pra você entrar pro clube do Roberto! (o Esposo de minha cunhada )Não tem mais volta do jeito que a Mana tá… Você já tá conformado?
– Como assim? Que clube cunhada?
– Ora Sergio, não se faça de desentendido: o clube dos cornos é claro! A Mana está subindo pelas paredes, quanto tempo você acha que ela ainda vai resistir ao assédio na rua? Você vai ter que fazer um acordo logo, logo.
Mostre que você a ama, libere logo para ela ser feliz e você voltar a ter paz.
Comigo e Beto,dá super. Certo: assim como você ele também deixou de atender as minhas necessidades de mulher e fizemos um acordo: eu saio, devoro meus machos e me satisfaço; ele sempre me espera e pede pra contar os detalhes, como fui comida, o tamanho do pau, se o cara era bem dotado.
Ultimamente tenho viajado com um dos meus machos nos fins de semana e tenho dois outros que adoram fazer dupla e transam comigo após o expediente do escritório, as vezes outros dos barzinhos em que o Beto me leva e volta para casa sozinho, mas eu sempre chego pela manha,para dar carinho e amor para ele.
Somos adultos né? Eu fico feliz e faço-o feliz em todos os outros aspectos. Eu cada vez mais satisfeita e ele cada vez mais submisso; fazer o que né? Marido nasceu pra isso, você vai acabar aceitando também, não tem outro jeito, se você quiser, eu posso ajudar nessa fase de transição.
- Ajudar? Como assim cunhada? Ajudar como?
- Presta atenção Sergio: sexualmente falando existem três tipos de pessoas:
As esposas insatisfeitas, os amantes, comedores de esposas e os cornos. Eu posso ajudar promovendo a iniciação da mana com o Giba. E´um amigo nosso e casado, não sair por ai lhe difamando você eou a mana, elenao quer escândalos, experiente na cama, muito bem dotado e ele está à procura de um novo casal para fazer o marido de corno manso e vc esta com o perfil, ideal. Iniciando e se soltando aos poucos, ate ser igual ao Beto.
Afinal se a esposa não sente mais prazer com o marido na cama, o marido tem mais a obrigação de liberar mesmo não é? Que você acha?
Fiquei calado, perplexo com a naturalidade com que a minha cunhada falava nesses assuntos.
Estávamos fazendo um churrasco em casa e minha esposa me chamou. Quando cheguei perto ela me falou no ouvido:
- E aí querido: tá preparado? Minha irmã foi convincente nos argumentos?
Parecia um complô, tudo conspirava para que eu aceitasse minha cornitude.
– Eu começava a ceder à idéia, me sentia humilhado, o cerco se fechava e minha masculinidade ia sendo gradativamente quebrada.
A pressão agora era insuportável e vinha de todos os lados. Eu, me sentindo cercado. De um lado a mulher que eu amo e que eu não era mais homem suficiente para apagar todo aquele fogo; de outro um enorme sentimento de submissão que não parava de crescer dentro de mim. Estava sentindo que aos poucos estava começando a nascer um corno dentro de mim.
Para completar um verdadeiro complô das duas irmãs, igualmente taradas que eu não podia proibir de entrar em nossa casa.
As conversas agora eram abertas entre elas, do tipo: e aí maninha, já inaugurou o chifre do maridão? rsrs…
Minha esposa respondia – ainda não, tá quase! Ele tá resistindo como pode, mas é questão de tempo: mais dia menos dia vai ser o meu corno manso!
Eu ficava indignado ao ouvir, mas sabia que no fundo ela tinha razão, o que confirmei em outra conversa:
Minha cunhada – então: Sergio ! o Beto vai demorar muito ainda pra ter um novo colega de clube? Ou você vai optar pelo divórcio ? rsrs…
Desse modo minha esposa contava com todo apoio possível e eu com uma psicóloga, que para resumir me disse mais ou menos o seguinte:
- Sergio, esta situação é mais comum do que você pensa: a mulher, quando cansa de transar com o marido, passa a sentir necessidade de transar com outros homens. Já o marido, começa a aceitar que quem manda na cama é a esposa e os amantes dela. Com o tempo o marido começa a sentir excitação só em pensar em ter outro homem na cama do casal, entende? Se você a ama e quer continuar com ela terá que fazer um tipo de acordo…
- Como assim? Acordo?
- É. Tenha uma conversa franca com ela, diga que a ama e que fará todo o necessário para obedecê-la e ajudá-la a satisfazer os desejos e as necessidades dela, e ela o amará ainda mais. Ou seja, resolva você antes que ela mesma o faça.
- Quer dizer que não tenho escolha então?
- Não, todo marido nasceu para ser corno, é só questão de tempo.
Tive que admitir que eu não pensasse nisso, de forma que não me restava outro caminho.
Aquela noite foi um divisor de águas para nós; na cama, mais uma vez eu me esforçava prá satisfazer a Soninha, mas não conseguia, ela não gozava mais nem com penis de látex e vibradores. A frustração dela aumentava meu sentimento de culpa.
- Meu amor, não aguento mais isso, ver você assim…
- Nem eu meu amor, mas não quero te magoar. Você precisa entender, a vida é feita de ciclos, temos que passar pra outra etapa agora e esta próxima etapa é a etapa onde o marido vira um corno manso e submisso.
- Eu estou vendo uma psicóloga por isso e contei a ela toda a nossa situação.
- E o que ela disse?
- Que eu deveria assumir um novo papel no nosso relacionamento, e ajudar você a se liberar.
- Um novo papel? Perguntou com um brilho nos olhos.
E ali, na penumbra do nosso quarto, no calor da cama, eu envergonhado, falei:
- Sim, ser um marido corno .manso e feliz!
Soninha já tinha se orientado bastante com a Rosangela e com a nossa vizinha, e mostrou estar preparada para aquele momento tão aguardado:
- Amor se vamos fazer isso, tem que ser bem feito concorda? Nada de meias palavras, certo? Nada escondido!Fale com todas as letras. Qual vai ser teu papel daqui pra frente?
– Fala!
Disse em tom imperativo: – corno… falei baixinho. Eu não ouvi Sergio, repete! – CORNO, amor, PAPEL DE CORNO MANSO– Olha, é importante que não paire nenhuma dúvida quanto a este ato, então eu quero que você repita prá mim bem devagar: eu quero ser teu corno amor. – repete Sergio!
– Eu quero ser teu CORNO MANSO AMOR!.
Satisfeita me deu um beijo e virou-se pra dormir satisfeita.
Bem, no dia seguinte ficou bem claro que nosso casamento mudaria de vez, eu não sabia ainda se prá melhor ou não, mas isso só o tempo iria dizer…
Minha esposa, como era de se esperar acordou super. bem disposta, me trazendo café na cama; me beijou carinhosamente e disse:
- Amor, hoje é um dia especial para nós! Eu estive pensando e não quero que você seja assim, tipo, um corno ateu, minha irmã vai nos ajudar e hoje à noite você poderá ver que vai ser só sexo, você vai continuar a ser o homem da minha vida, só não será mais o homem que vai me comer.
Confesso que isso tudo ainda me chocava um pouco, mexia com meu orgulho de macho, mas estava ficando com muito tesão.
– O que é corno ateu amor? Ora amor é aquele que é e não acredita entendeu? – e como vai ser isso amorzinho? – Fica tranquilo que nós já pensamos em tudo:
Hoje à noite o GIBA vem aqui em casa. A Mana já comentou sobre o Giba lembra?
Sim, eu me lembro: é o garanhão, bem dotado, comedor de esposas né?
– Isso, isso, disse ela com volúpia.
– Não precisa me humilhar assim também né amor? Nesse momento minha esposa mudou sua fisionomia, e prá deixar bem claro quem mandaria dali pra frente disse:
- Olha Sergio, você é corno e corno tem é mais que ser humilhado mesmo. Só para você saber: Beto tentou resistir à ideia de ser corno e a mana teve que, digamos assim, apelar; você está sendo mais inteligente e não me obrigou a fazer isso; iríamos chegar ao mesmo ponto, só que de outras maneiras, como mana fez.
Minha curiosidade agora era grande:
- Como assim, o que a sua irmã fez com o Beto?
– Bem, rolou de tudo, ela tentou conversar ele não aceitou; aí, neste período ela ficava provocando, usando mini saias, calcinhas minúsculas, seios quase de fora, etc. se exibindo na rua, barzinhos, tudo na frente dele. Ele já tava babando …ai uma noite eles foram na boite, e sem nada embaixo do vestidinho, dançou e deu uma bebidinha ao Beto,levou ele na varanda, e lá esperavam dois conhecidos deles,lá da fabrica, eles começaram a beijar e abraçar a Rosangela, levantaram o vestido dela, bulinaram ela toda. Um deles sentou num banco tirou a picona pra fora e ela sentou no colo dele quase nua, enquanto o outro deu para ela mamar no caralho dele. O Beto ficou paralisado,congelou! Eles saíram da boite, deixando o Beto. Ela apareceu as 10 hs do outro dia. Rosangela deitou na cama deles,cansadíssima, lógico!
Ela estava de bruços, fingindo dormir e sentiu ele atrás dela, cheirando sua bunda, Ela virou para ele e disse : De agora em diante devido ele ter relutado tanto ele só ia cheirar mesmo, comer não.
Ele quase chorou, implorou para comê-la e aí ela sentiu que ele estava pronto para comer na mão dela, e disse:
- Gostou de ser Corno Manso, viu no que deu? Toda a fabrica e seus amigos do clube, já sabem que você se tornou o mais novo CORNO da cidade, se tivesse aceito logo, ficava tudo na moita, no silencio.
E ele disse: – Tá bem, tá bem, eu não tenho escolha!
E ela respondeu:
– Tem: pode bater punhetinha, me ver gozar e ser corno. OU Você prefere ser e fingir não saber e eu conto aos meus machos que você não sabe que e´? ou as vezes assistir e ficar ajudando os machos,servindo a bebida,trocando lençóis e toalhas,mesmo sendo o motorista do carro,abrindo a porta, ficar e ficar esperando na porta de restaurantes e boites, hotéis e nas casas deles.
-quando ele aceitou a ser corno manso e submisso.
Depois que a minha esposa terminou de contar como a irmã dela fez para convencer o marido a virar corno manso e submisso,
Eu : Aceitei ser Corno manso!
Ela virou para mim e disse com tom autoritário:
- Ajoelha corno!
– O quê?
– Você ouviu: vai ser do meu jeito, é pegar ou largar! Ajoelha corno!
- Que é isso amor?
Soninha já estava só de calcinha e me ordenou que a tirasse; logo depois puxou a minha cabeça de encontro e falou:
- olha bem pra minha bucetinha, e pro meu cuzinho,porque eles vai ficar bem largos daqui há pouco tempo; e pra alimentar corno manso nada melhor que tomar leite da gruta!
- Como assim amor?
- É o seguinte: eu vou inaugurar teu primeiro de muitos chifres que você vai carregar, vai ficar só assistindo e quando eu terminar você vai limpar todo o esperma depositado pelo meu macho dentro de mim, mas vai limpar com a língua, entendeu?
E depois como prêmio por você ter aceitado virar corno manso, vou deixar você me comer só prá você ver como meu primeiro macho me arrombou, mas será só assim daqui pra frente que você vai me comer. Entendeu bem?
– Sim amor…só depois dos machos e se você estiver com vontade,
À noite, minha esposa estava deslumbrante, com um espartilho e uma cinta-liga, sandálias altas,perfume delicioso,colar,pulseira, anéis, tornozeleira,etc.
Minha cunhada chegou em casa, apresentou o Giba para minha esposa. E disse que o Giba já estava por dentro da situação e sábia que eu estava disposto a virar um corno manso e submisso.
Logo depois a Rosangela foi embora. Pois um dos machos dela estava no carro a espera.
Os dois começaram a se beijar imediatamente e ele mostrou que fazia jus à sua fama de comedor: alisou lentamente a bunda de minha esposa, com a certeza de quem sabia que seria o possuidor legítimo daquela mulher; ela baixou a calça do Giba e os olhos de minha esposa brilharam e ela disse:
- Amor pena que você não tem um desses hein, e passou a mão suavemente sobre o pênis do Giba.
Eu fiquei admirado com o pênis do cara e fiquei pensativo: ela iria agüentar aquilo tudo? Pois eu não sou bem dotado e ele devia ter uns 22 cm por 5 cm de pênis rijo para devorá-la, era muito grande mesmo.
Ela dizia:
- Olha que caralho gostoso, olha corno! E ficava punhetando, ele já soltava gemidos.
Foi então que ela olhando pra mim com cara de puta encostou o cara na parede e ajoelhou-se à sua frente, deixando-me com a visão de seu rabo, tapado pela minúscula calcinha. Em poucos segundo ela já enfiava toda a rola do Giba em sua boca.
Depois Giba levou ela no colo e colocou-a na beira da nossa cama e passou a chupar sua buceta, ela gemia e pedia mais, a colocou de franguinha assada e passou a língua pelo cuzinho dela, ela gritou, :TESAO, com aquela cacetão; foi penetrando a buceta da minha esposa que pingava, pedindo vara.
Giba não se fez de rogado e afundou a pica na minha mulher, que gemia e gritava sem se importar com nada.
Soninha estava no céu, ela gozou muito bem, eu nunca a vira assim, já fazia muito tempo que eu não era capaz de proporcionar-lhe tanto prazer.
Depois de bombar bastante a minha esposa o Giba se virou e disparou a seguinte frase:
- Acho que seu corno esta com inveja.
– De quem? De mim ou de você? Perguntou Minha esposa. E os dois riram muito.
Ele começou então a foder com força e violência a vagina dela. Minha esposa urrava e gozava no pênis do Giba; ela estava sendo literalmente arrombada e gritava a cada estocada daquele homem, até que ele gozou dentro dela, ele tirou o cacete e eu pude ver a buceta dela completamente arrombada.
Ela levantou um pouco o quadril para não deixar escorrer o esperma do Giba e olhou para mim e disse:
- Vem aqui meu amorzinho, vem lamber a bucetinha da sua mulher e limpar todo o nectar que meu macho deixou aqui pra vc, vem lamber a bucetinha de sua esposinha cheia de gozo de meu novo macho vem limpar a bucetinha da sua putinha vem.
Eu fui e comecei a lamber a buceta dela completamente lambuzada de esperma, comecei a sentir o sabor dela misturado com o sabor do esperma de outro homem. Mas tenho que confessar que eu gostei da situação.
Ela percebeu então me disse:
- Gostou meu corninho de sentir o sabor de porra de outro macho na minha bucetinha? Eu quero que você me deixe limpa por que eu quero transar mais com ele.
Eu tive que chupar a vagina da minha esposa toda lambuzada de porra e deixá-la limpinha com as minhas lambidas.
Eles depois transaram a noite toda . Meteu no cuzinho dela, com bastante KY, ela ate chorou de dor,mas pedia mais e mais. Dormiram ali abraçados e me mandaram dormir no sofá..
Pela manha,obedeci e fiz o café, com torradas, queijo,sucos e levei para os dois na cama.
Após comerem, começaram a se beijar, e quando a Soninha engoliu a pica dele e punhetava, ele gozou na boca dela .
O Giba foi tomar um banho e me mandou beijar a boca da minha esposa e engolir toda a porra. Soninha me beijava e ria, me chamava de corno e me perguntava se estava gostoso. Eu tinha que dizer SIM Adorando muito, ..
O Giba tinha que ir trabalhar, eu fui abrir a porta da casa, abri o portão e abri a porta do carro para ele entrar . Ele me deu um tapinha na cabeça e disse;BOM GAROTO. Voltarei sempre aqui.
Depois, fui tomar um banho eu fui para o quarto e logo depois ela também tomou o seu e veio deitar perto de mim me abraçou e disse:
- Não fique triste, eu só fiz isso por que eu precisava de um homem de verdade e sabia que você iria adorar e sempre foi a minha fantasia ser possuída por outro homem na nossa cama e com você assistindo. .
Eu ainda amo você e muito, mas quero que você entenda que chega um momento no casamento que o marido precisa ser corno, e eu sempre preferi fazer isso sem esconder de você.Foi ótima essa nossa nova LUA de Mel. Sei que seremos felizes na nova realidade de nosso casamento.
- Eu gostei de transar com o Giba, vou querer mais vezes, com ele .
-Mas vou sair para o trabalho agora, feliz e alegre,mas já aviso que vou procurar o Rodrigo, meu amigo de seção e será outro macho na nossa vida vou pedir a ele para me levar na saída do serviço, a um motel .
-e hoje você não vai estar junto para assistir,pois ele não vai saber que você e´assumido e terá mais tesão ainda.
Você vai tirar uma copia de nossa chave de casa e vai dar ao Giba,La na empresa dele _para ele vir a qualquer hora,no dia que ele quizer, CERTO ?
Sim Soninha, vou fazer isto hoje!
Você sabe que seu pauzinho não me satisfazia há muito tempo, né amor?
Eu quero que você saiba que vou, logo que achar com quem, viajar num fim de semana com dois ou mais machos, igual a Rosangela costuma fazer e você pode sair com o Beto e com o nosso vizinho,já que são três cornos amigos.
Depois deste dia, minha esposa não parou mais de me colocar chifres e eu virei um corno manso – submisso e feliz!.

Foto 1 do Conto erotico: transformaçao em corno manso

Foto 2 do Conto erotico: transformaçao em corno manso

Foto 3 do Conto erotico: transformaçao em corno manso

Foto 4 do Conto erotico: transformaçao em corno manso

Foto 5 do Conto erotico: transformaçao em corno manso


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


8961 - corno desde noivo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
9276 - CORNO E VIRGEM DESDE O NAMORO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
10138 - FIZ DA SONIA UMA VADIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
10139 - MINHA MAE SABE DAS COISAS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
16804 - Soninha virou putinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil sergio valerio
sergio valerio

Nome do conto:
transformaçao em corno manso

Codigo do conto:
18557

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
25/07/2012

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


Mulher pede pro marido do pinto pequeno trazer um negao bem pauzudo cheio de veias grossas pra matar seu tesãocontos de enpregadas fudendo con patrao afosacontos eroticos de lactofiliacontos homem bissexualzoofilia cachorro engatado em naviofiz tatuagem na buceta e mostrei po meu filhocontos eroticos convenci minha mulher a fude com nosso cachorroconto esposa nua na saunawww.quadradinho erotico.com/quadrinhos zoofilia.cfmContos eroticos do negao judiano colocando o pintao grade para valer no cu do gayconto erotico minha maegay femboy dolaceradobucetas pigadasfilme de pornô morena com cavalo das Naçõescontos eroticos de pezinho dormindowww.phorno d mozconto erótico ai NR cuzoofilia primeira vez da cadela no comeco do cioincesto sem saber contosfilme porno coroa com cuzao cheirando suorContos as caricias por debaixo da mesa meu padrastocontos quadrinhos corno bissexualXvideo.pesasorultimos contos sadoconto erotico tia lesbicaconto de sexo aventura. de cornocontos sexuiasporno filhinha padrasto Com peNsamentoS torridosanimes:família transandoeu conto peguei o meu cunhado cheirando a minha calcinhacontos eroticos enteado chantageando madrastaler contos eroticos de dupla penetracaocontos veridico mulher casada,mas nao resistiu ao travesti bem dotado e fode com elecontos erotico tia viuvaso pintao buraco paredeminha mae e ninha tia contoContos eróticos adoro dar a minha buceta pro meu vovô pirocudocontos eróticos gay eu e o que mais velhoirmã boa contovideo de porno policial fodeno com doispmcontos garotas no haras vendo cavalo foderemcontos eroticos entre netinhos e vovôfodendo o rabao da dani peruibeContos eroticos selvagemContos erotico papai tirou minha virgindadeconto erotico gay coroa viuvo faz viadinho de femeasedutoras e marrentas parte 4 contos eroticoscafucu pau contoarrombada no quarto contos cornosxvideocontoseroticosgaysporno conto erotico meu sogro roludofamília favela fodendo sua madrastacontos eroticos gay 2017 primo com primocontos eróticos gay dando a bunda para um vendedor de pipocaconto erótico ninfomaníaca metendo muitoconto minha esposa pratica nudismo em familiaconto incesto filhinhaconto de comi o cuzinho da minha prima novinha que chorou com a pica grandemulher passa margarina no cu da amigavideos porno pai e filha novinha viperinaesposa conta para o marido que seu amante vai fuder ela na frente do corno e ele vai só olha e depois ele vai chama uma amiga travesti para fuder ela também e depois vai transformar o corno no maior viado e ainda vai comer seu cuzinhoContos erotico mulher puta e corno trouxacomtoerotico trasparenteContos eróticos picantes de gays com fotos ilustrativasConto Erotico quadrinhoSercarlos01Contos errotico com fotos marido leva chifre na festa de formatura da esposa cavalonacontos erotico casada cavalguei no cacetao do bsndidofotos xxx super calienteseu sou do riu de Janeiro e a minha mamãe pediu pra que eu gozace dentro da buceta delaConto ai ai ui ui incestocontos eróticos de meninas novinha estupradas pelo o capatais da fazenda.hentai chantageadacontos eroticos velho safadoultimos contos sadomasoquistaConto gay marginalconto erotico em quadrinho encostando no onibuscontos eróticos minha esposa e minha filha na baladaperdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos eroticos fui bem fodida feito puta e chingada feito uma vadia pelo meu tioce1 14 a grande viagemliga da justiça quadrinhos de sexocontos eroticos ambientados no nordestecontos eroticos tio dormindo e sobrinha rabuda chupa seu pau de 25cmContos erotico corno dos cavalodepilando a minha tia gravida contos eroticospedro caltemoContos eroticos filhinha pede leitinho para o papaimeu pai derramando o seu leitinho na minha bucetatio e sobrinha porno quadrinhoconto erotico de travestisvídeo de pornô de Recife mulher boa para o Pouso da metendo putãopapai roludo comeu meu cuzinho eu falei ai papaiporno transando com a sogra gordacontos eroticos gay putinha