PRESENTE PARA O AMANTE(primeira parte)


Click to Download this video!


É LONGO MAS VALE A PENA É UM DOS ULTIMOS ENCONTROS DELA NO DIA 21/04/2012
Como muitos ja leram nossas histórias, vou contar agora mais uma, somos casados a 11anos, ela loira gostosona 36anos, começamos no menage no primeiro ano ja de casamento pois ja fantasiavamos qdo solteiros .Ja tivemos muitas experiências, ela já teve muitos homens mas em se tratando de mulher sempre nos surpreendem rss. Como ela anda bem ocupada com outros dois comedores nem insistia mais para que tivesse novos, mas certo dia num chat de swing conheci um pretendente que me mandou fotos ao mostrar para ela vi os olhos dela brilharem rsss, pois o safado tem um pau extremamente grosso, não é dos mais compridos que ela já teve mas certo que é o mais grosso e olhem q ela é experiente rss.Saimos uma vez os três, fizemos um ótimo ménage, ela adorou tudo nele, até estranhei, gostou do papo, dos beijos, do corpo e claro do dote, logo na semana seguinte já deixei ela sair sozinha, isto faz um mês mais ou menos, desde então eles saem toda semana só participei na primeira vez, ela muito puta já liberou pra ele a comer sem camisinha, sabemos dos riscos claro mas nossos cuidados não vem ao caso aqui. Eles continuam se encontrando toda semana, vou contar aqui o dia em que ela quis dar um presente de aniversário a ele, o presente era ela passar a noite toda com ele a sós, a principio eu não iria mas como ficou impossível arranjar uma desculpa para ela passar uma noite fora sem minha presença, acabei indo junto, pois o apartamento do comedor era enorme de três quartos e eu ficaria separado em um, mas separado ainda pois na hora de escolher o meu quarto ela pediu que eu ficasse no mais distante, não ficando no quarto ao lado do quarto deles onde eu poderia escutar algo, aceitei tudo numa boa mas meu coração dava pulos ao acatar estes pedidos pois nunca imaginei que ela faria isto. Bom chegamos já meio tarde, e comemos um bom lanche todos juntos, eles não se agarravam em minha frente mas notava os olhares de desejo e cumplicidade, ele muito educado comigo não tocamos nunca no assunto sexo, deixei assim, após o jantar ele foi para o banho sozinho ela guardou a louça demonstrando saber de tudo no apartamento onde as coisas eram guardadas, pelos encontros anteriores vi a intimidade, o banho dele foi rápido, logo ele voltou para a cozinha apenas de cueca, continuei na sala vendo TV mas assim que ele passou para a cozinha fui espia-los e já vi ele a agarrando por trás beijando a nuca dela enquanto a segurava pelos seios, escutei ele falando baixo mas audível VEM LOGO PARA O QUARTO, então voltei a meu lugar na sala, ele passou por mim deu um boa noite, vi o enorme volume em suas cuecas agora que mau seguravam sua potencia, ela logo veio e me disse que iria tomar banho, levou a mochila com suas roupas para o quarto dele pois no quarto a closet e banheiro, escutei o barulho do chuveiro e fiquei no aguardo, mais uma vez ele veio a cozinha, pegar uns refrigerantes e água, agora o volume era menor enquanto ela banhava-se, quando voltou ao quarto a porta nem se fechou, vi minha esposa saindo com sua melhor camisola, camisola deliciosa curta com a polpa da bunda aparecendo, veio me deu um beijinho disse que me amava e com cara de safada me desejou boa noite, falei q iria ver tv na sala um pouco, ela não falou nada e foi para o quarto então minha tortura começou rsss. Tentei escutar algo na porta do quarto mas com o barulho da TV era impossível, então achei melhor desligala, fui para meu quarto que mais parecia dos empregados rss, onde certamente não ouviria nada pois era longe, do outro lado do apartamento. Tentei me acalmar e dormir mas duvidava que conseguisse, então fui novamente para a porta do quarto, isto passado uns 20minutos da hora que eles entraram, por sorte mesmo com luzes apagadas o apartamento era claro, não teria perigo de bater em nada e a luz da cozinha ficara sempre acesa, ao colar o ouvido no quarto pouco podia escutar pois o quarto era imenso, mas reconheci alguns gemidos gostosos de minha puta que pela expressão já estava levando vara, como mais cedo ele tinha me mostrado todo o apartamento inclusive seu quarto, eu sabia que poderia abrir a porta que não dava direto para a cama e eles não me veriam pois o quarto ao entrar tem primeiro o banheiro junto ao closet, e depois virando a direita a cama, só teria que passar o nervosismo e tentar abrir a porta torcendo para que ela não fizesse barulho, fiquei alguns instantes pensando nervoso nos riscos deles ouvirem até que percebi que afinal de contas não haveria problema algum afinal se eu visse era só dar uma de macho e dizer que queria dar uma gozada tbm antes de dormir rssss, afinal a puta era minha rss, mesmo assim fui o mais silencioso possível e por minha sorte a porta não estava trancada nem era difícil de abrir, em silencio consegui abrir e entrei pé por pé, fui até o fim do corredor onde já enxergava na penumbra os pés deles, haviam dois abajures acesos no quarto um na cômoda aos pés dos amantes e outro no bidê ao lado da cama, pois segundo ela ele tbm gosta de ver enquanto a come. Pelos pés estava claro a posição o amante estava na sua posição preferida o papai e mamãe, alias é o primeiro que curte mais esta posição, como ele é muito carinhoso ele adora ficar em cima e a come por muito tempo assim sempre a beijando muito, espiando melhor já pude ver os corpos dos dois, a puta com as pernas encolhidas e levantadas arregaçava ao máximo para que ele a invadisse completamente, uma das mãos dela segurava carinhosamente a nuca dele enquanto se beijavam enquanto a outra mão o acariciava nas costas indo até a bunda onde por vezes cravava suas unhas para que o amante lhe penetrasse mais profundamente ainda, pelo que vi a pouco ele havia a penetrado, embora eles se beijassem muito a puta disse AIII QUE SAUDADE DO TEU PAUZÃO, AHH GOSTOSO, mas ela só conseguia falar algo quando ele largava a boca dela e xupava pescoço e seios, então novamente ele tapava a boca dela com a sua e eu voltava a ouvir os gemidos sufocados dela, via o tesão de minha mulherzinha pelos movimentos que ela fazia com o corpo e pernas, o cara é um atleta rss, por vezes ele erguia o corpo sobre o dela ficando só com os dedos dos pés tocando a cama e os cutuvelos, retirando todo seu peso de cima dela ficando conectado a ela apenas pela boca e pelo pau, para mim era o máximo pois agora eu estava abaixado espiando por trás com menos chances deles me verem e quando ele fazia isto eu podia ver mais claramente o pauzão entrando nela e olha é um pau muito grosso, como já disse o mais grosso que ela já levou, deve ser mais grosso que meu punho e não sou um cara pequeno, quando ele mexe e vai tirando o pau da buceta a vagina dela parece que vai virar do avesso pois vem agarrada ao seu pau, e quase só nestes momentos quando ele esta suspenso sobre ela que ele da metidas mais bruscas, mais fortes para meu delírio vi o pau escapar da xota dela deixando um imenso buraco em minha mulherzinha, ela rapidamente meteu a mão no pauzão e guiou novamente a sua buceta que engoliu facilmente aquele monstro, quando o pau saiu que ele cravou todo de novo ela não suportou e soltou um grito mesmo estando beijando ele, ele então parou, soltou o corpo sobre ela novamente e carinhosamente pediu desculpas mas manteve o pau entalado nela, ela não reclamou mesmo pq vi que o grito foi mais de prazer do que dor, então só falou, AIII NÃO PARA MECHE VAI, então pela primeira vez ouve ele falando algo que me acelerou os batimentos cardíacos, ele disse, AH AMOR COMO TU É SAFADA, isto mesmo ele chamou minha esposa de amor, e não era nada absurdo vendo a forma como ele a tratava, o respeito o carinho e o desejo que mantinha por ela, juntando tudo ao fato dele ter se separado a pouco tempo, de estar muito carente, era fácil ver que ele esta bem apaixonadinho por ela, agora a questão era saber se ela estava se apaixonando por ele ou só curtindo, minha esposa que já havia tido inúmeros amantes, de ter em sua mente que sempre foi só sexo, amor sempre foi comigo agora talvez pelas diferenças todas que eu via em seus atos, meu coração apertava toda vez que imaginava ela se apaixonando realmente por outro homem. Ela não respondeu nada me deixando mais ansioso por saber, apenas o beijou e mexeu os quadris fazendo ele entender e iniciar novamente os movimentos, o cara fode muito bem, mexia gostoso em movimentos circulares a deixando louca, a gemedeira agora era mais intensa, ele fazia uns dois movimentos circulares então cravava fundo o pauzão nela, via que a puta estava quase gozando o barulho da buceta dela ensopada naquele nhac nhac nhac característico mais o cheiro de sexo inebriante do quarto quase me faziam gozar tbm não podia nem tocar meu pau para não lambuzar todo o chão acarpetado do quarto, então ouvi do comedor, AI AMOR POSSO GOZAR NÃO TO RESISTINDO MAIS, e a puta então comprovou meus medos, GOZA, GOZA QUE TO GOZANDO AMOR AI AHHH AHHH QUERIDO ME ENCHE DE TEU LEITE GOSTOSO, e enquanto ela gozava enormemente balançando as pernas e quadris, cravando as unhas na bunda dele, ele AHHH PAIXÃO TOMA, AHHH TOMA, ISTOOO TIRA TUDO AHHH, via os movimentos cessando enquanto escutava o barulho característico da buceta dela gozada, infelizmente não via nada mais que o saco suado dele e a bunda dela que já escorria porra para o lençol, quando ele finalmente parou de mexer eu cuidadosamente fui para a porta do quarto com medo que algum deles levantasse para o banheiro mas como não vi movimento fiquei só escutando, ouvi risos de ambos ele ainda gemia e chamava ela de gostosa, eu sabia que neste momento a puta piscava a buceta, se quando ela faz isto com meu pau que é bem mais fino já sinto uma pressão enorme nele, imagina aquele pauzudo, ela depois do gozo pisca a xota e é como se uma mão agarrasse forte o pau da gente, é uma delicia, e como disse agora escutava ele gemendo cada vez que ela piscava, ouvi ele ainda dizer brincando TA ME SOLTA, riram novamente e ela NÃO, NÃO QUERO QUE SAIA MAIS DE DENTRO DE MIM, e ouvia novos beijos, então ouvi barulho na cama e fechei a porta do quarto com cuidado voltando para meu quarto pois não sabia se era só ele descendo de cima dela ou era um deles indo para o banheiro, pelo que conheço da puta ela não costuma ir se limpar no banheiro, no máximo usa um paninho para conter a cachoeira de porra pois gosta mesmo é de ficar vazando leite do macho. Bati uma punheta gostosa no banheiro pois sabia que lá ninguém iria, deitei um pouco cansado mas sem um pingo de sono, imaginando agora se os amantes iriam dormir depois da gozada ou se estariam já se preparando para a segunda, dei um tempo mais, não resisti e voltei para a porta do quarto, demorou mas logo escutei risos dos dois novamente abri a porta em silencio e vi que não estavam transando só conversavam mas certo que era um tempo de descanso para a próxima foda pois dei uma espiadinha e vi que ela conversava com ele mas com o pauzão mole em sua mãozinha, o papo era meio romântico um elogiando o outro, em certa hora ela falou que iria lá me ver, mas ele foi contra e disse NÃO HOJE TU É SÓ MINHA pois é certo que ele sabia que eu iria dar uma metida também, ela ainda tentou argumentar mas ele foi enfático e disse que a esta hora eu já tinha batido umas punhetas e estaria até dormindo riram novamente e, antes dela falar mais ele já estava a agarrando, foi muito tempo de beijo e carinho, via a mão dela punhetiando vagarosamente o pauzão que estava já a meia boca então vi ela ir beijando o corpo dele o pescoço, peito e logo estava se posicionando para chupar o pauzão que ainda estava bastante lambuzado de porra e da buceta dela, mas para ela parecia não importar pois o boquete foi de dar inveja, ela muito carinhosamente beijou o cabeção e disse GOSTOSO, puxou a pele para trás liberando aquela enorme cabeça toda lambuzada e novamente beijou devagar, a puta deu umas lambidas a fim de limpar a porra que ainda tinha ali e safadamente falou ATÉ TUA PORRA É GOSTOSA UMMM, e ele NOSSA AMOR, COMO TU É SAFADINHA e gemia gostoso enquanto ela já ia lambendo todo o pau, parecia uma gata tomando leite, vi minha esposinha ainda levantar o saco enorme dele e lamber todinho até deixar tudo limpo, só então a puta subiu novamente e pela primeira vez vi ela enfiar aquele pauzão na boca, na primeira tentativa não foi nem a cabeça ai a safada salivou e lambuzou mais ainda e novamente voltou a abocanhar, agora com mais facilidade entrava mais pau em sua boca que ficava completamente aberta visto a grossura do falo que agora endurecia completamente em sua boca, a puta já gemia enquanto chupava pois sei do tesão que ela sente ao sentir um pau crescendo e endurecendo em sua boca, ele gemia gostoso e falava muito coisas do tipo, AHHH DELICIA, AI AMOR ASSIM AHH ISTO CHUPA, AHH NUNCA GANHEI UMA CHUPADA TÃO DELICIOSA ASSIM AHHH ela por sua vez continuava aquele maravilhoso boquete, enquanto chupava sua baba escorria pau afora mas ela não perdia nada pois sua mãozinha espalhava e punhetiava o restante do pau que não entrava em sua boca deixando o amante louco, ela que estava chupando ele foi abrindo as pernas pois vi a mão dele procurando sua buceta e pude perceber pelo gemido gostoso dela quando ele enfiou os dedos em sua vagina, o safado ainda falou, GOSTOSA, ELA TA UMA LAGOA, TEU MARIDINHO IRIA ADORAR, e ela só gemeu mas não retirou aquele monstro da boca, agora ela já fazia movimentos mais fortes de entra e sai na boca e quando ele a agarrou pelos cabelos pude ver minha vagabunda se realizando pois ela adora se sentir fudida pela boca e agora era isto que o macho fazia via ele apertar a cabeça dela contra o pauzão fazendo ela quase sufocar, por vezes ela teve que retirar o pau da boca para poder respirar, enquanto recuperava o folego ela caprichava nas lambidas no pau e saco, vi minha puta mesmo agarrada naquele pauzão sacudindo e ela mesmo batendo com aquela tora na cara, batia nas buchechas nos olhos e onde o pauzão pegava enquanto gemia e rebolava nos dedos do macho que a penetrava, por vezes enquanto ela batia com o pau na cara ela falava já quase sem controle, AIII TESÃO TA BATENDO NA CARINHA DA CASADA AHH QUE PAUZÃO AHH TU ME DEIXA LOUCA COM ISTO AHHHH, e voltava a tentar meter tudo na boquinha até que ele falou, AII AMOR SE TU NÃO QUER QUE EU GOZE EM TUA BOCA AGORA PARA, NÃO TO AGUENTANDO MAIS AHHHH e a safada que sabe como evitar uma ejaculação então parou o boquete e apertou o cabeção em sua mãozinha sem fazer mais movimentos, ele gemeu gostoso e ela então voltou a beija-lo, a puta novamente deitou no braço dele e ficou o beijando enquanto vagarosamente voltava a punhetar aquele pau babado, grosso e já extremamente duro, a mão dela deslizava na própria baba, indo até o saco, dando pequenos apertões nas bolas, depois subindo, agarrando novamente e punhetiando de cima a baixo o pau, eu que já recebi e recebo muito isto sei que é maravilhoso, então vi ele se virando para ela, e agora eles se beijavam de lado mas de frente um ao outro, ela levantou a perna me dando a visão de sua buceta completamente molhada, a puta não largou o pau do macho e agora guiava ele para sua buceta, embora eu já tivesse visto era difícil acreditar que ela aguentasse tão bem aquela grossura toda mas foi assim mesmo, mau ela encostou o cabeçao na entrada os dois gemeram gostoso e juntamente fizeram movimentos um de encontro ao outro e vi aquele pauzão entrar até a metade para dentro de minha mulher, agora os amantes se beijavam apaixonadamente enquanto mexiam devagar, embora fosse muito gostoso eu via que minha puta queria mais pois nesta posição a penetração não é profunda então vi a puta virar sobre o corpo dele partindo para cima dele, sua posição preferida, ao virar sobre ele o pauzão saiu da buceta ficando virado para trás batendo em sua bunda, eles sem pressa alguma ficaram naquela posição, agora ela parecia provocar ele esfregando o pau lambuzado em seu bundão eu via ela mexer levando a cabeça da entrada de sua xota passando por seu cuzinho até seu rego, ele não perdendo a oportunidade falou, AMOR HOJE VOU GANHAR TEU CUZINHO, e ela manhosamente disse NÃO QUERIDO, DEIXA EU APROVEITAR ESTA NOITE CONTIGO, É MUITO GROSSO TENHO MEDO DE FICAR DOLORIDA E DEPOIS NÃO CURTIR MAIS, então o safado meteu a mão no pauzão puxou o couro para trás liberando o cabeção e segurou para minha mulher sentar sem dificuldades nenhuma naquela vara, vi minha puta dar umas três ou quatro mexidas devagar naquele cacete e enlouquecida começar a mexer rápido subindo e descendo já dizendo, AHHHHH SAFADO NÃO TO GUENTANDO VOU GOZAR DENOVO AHHHHH, eu mesmo me admirei de ver ela gozando tão rápido, seu gozo foi enorme como já disse aqui ela até demora a gozar mas quando goza chega levar mais de um minuto gozando e assim foi, escutei ela falar e gemer o tempo inteiro enquanto enterrava mais fundo possível aquele pauzão e gozava feito uma vadia dizendo AHHHH DELICIA DELICIA, AIII AMORRRR TU ME MATA AHHHHH QUE GOSTOSO GOZAR ENTALADA NESTE PAU GROSSO AHH e ele grudado nos seios dela ajudando a mexer enquanto ela gozava também dizia, DELICIA É TU AMOR, AHH COMO GOZA GOSTOSO PUTA, APROVEITA QUE ESTE PAU É TODO TEU, quando ela deu suas ultimas mexidas e últimos espasmos ela caiu cansada sobre o peito dele sem folego e rindo baixinho, ambos riram e ela falou algo com a voz tremula de cansaço e emoção que claro quase me matou do coração, AI AMOR, TIRANDO ESTE PAU DELICIOSO NÃO SEI O QUE TU TENS, GOZO FEITO LOUCA CONTIGO, NUNCA GOZEI ASSIM COM NINGUEM, e continuou se declarando TUA BOCA ENCOSTA NA MINHA JÁ ME DEIXA LOUCA, QUANDO TU ME PENETRA JÁ ESTOU A PONTO DE GOZAR, AS VEZES TENHO QUE ME SEGURAR PARA NÃO GOZAR LOGO ele cobriu ela de beijos e disse É O AMOR riram e ela disse TA LOUCO IMAGINA A COMPLICAÇÃO, então ele voltou a beijar ela, ela ainda deitada sobre ele com o pau entalado na buceta pois vi que ele não tinha gozado, quando pararam os beijos ela disse, VIU, QUE LOUCURA, GOZEI AGORA E TU ME BEIJA ASSIM JÁ FICO COM A BUCETA PISCANDO DE VONTADE, riram de novo e voltaram a se beijar, a puta agora começava a rebolar devagar no pau dele novamente gemendo gostoso enquanto beijavam-se apaixonadamente o pau dele continuava duro como ferro dentro dela, agora ela caprichava mais na rebolada, tirava quase todo o pauzão depois sentava novamente por vezes devagar, as vezes com violência, cravando tudo no fundo, e para delírio meu e dele as vezes ela tirava tudo deixando só o cabeção dentro da buceta e fazia movimentos circulares com os quadris sem meter nem tirar mais, ele gemia baixinho, ela enchia ele de beijos, quando não era na boca era em seu pescoço e peito, confesso que desta vez olhando aquela foda, vendo minha mulher empenhada em dar o maior prazer possível para aquele macho, lembrando do que ela havia falado, tive neste momento mais ciúmes que tesão, mais preocupação do que qualquer outra coisa, em instantes passaram-se mil coisas em minha cabeça, pensava se ela estava realmente se apaixonando por aquele homem, o que poderia acontecer se fosse verdade, mas medi tudo, pesei e me deu mais segurança lembrar que somos mto felizes e tudo mais, e o tesão voltou ao ver ela gemendo já como a puta que conheço enquanto cavalgava aquele pau grosso, ela por vezes levantava o corpo e mexia forte com o cacete enterrado no fundo, por outras deitava sobre ele o beijando enquanto rebolava gostoso tirando e socando aquele pau, pra meu tesão o pau escapou algumas vezes e pude ver o buracão que era a xota de minha mulher, logo ela voltava a enfiar tudo de novo, achei que ela iria fazer ele gozar naquela cavalgada que já durava um bom tempo, mas não, escutei a puta pedindo entre beijos, AI AMOR, ME COME DE QUATRO UM POUCO, e sem que ele falasse nada já foi desmontando daquele pauzão, me escondi mais de novo para não ser descoberto enquanto ouvia eles se posicionarem e logo minha puta gemer bem mais alto ao ser penetrada por trás como tanto gosta, então voltei a observar, via eles por trás mas meio de lado ainda, como disse os abajures clareavam eles enquanto eu ficava na penumbra do quarto, ela estava com o rosto deitado no travesseiro totalmente arreganhada, enquanto ele estava atrás dela entre suas pernas, ele começou devagar mas logo já tava empolgado metendo forte na vadia que gemia abafado com o rosto no travesseiro, via que o safado se controlava pra não gozar pois as vezes parava de meter e ficava a beijando por trás, ela levantava o corpo e rebolava no pau dele como uma cobra mas logo se arreganhava novamente para ser fodida violentamente como ela gosta, por vezes ele ficava metendo e tirando o pau nela e cheguei a ouvir aqueles sons característicos de buceta quando entra ar, pareciam puns rsss, ela logo reclamava e pedia pra ele não tirar mais então ele voltou a comer ela, agora com mais força ainda, ouvi ela quase sem folego dizer, ISTO PUXA O CABELO AIII VAI METE, VAI ME BATE e escutei a palmada dele naquele bundão delicioso dela e ela urrar como uma vagabunda, via ele suando bastante apesar de não estar calor, sentia o cheiro novamente de sexo, o cheiro do macho suado ouvia o barulho das metidas dele nela que se confundiam com os tapas e os urros da vagabunda, não demorou para ela começar novamente a falar VAIII COME, COME TUA PUTINHA VAIII METE QUE VOU GOZAR DE NOVO, AIIIII NÃO ACREDITO AMOR TO GOZANDO TO GOZANDO AIII UIIII MINHA BUCETA AHHHH e ele com toda velocidade que podia metendo nela também começou sua gozada, AHHHH AMOR TOMA MAIS LEITINHO AHHHH DELICIA AHHH MEU DEUS QUE GOSTOSO AHHHH AHHHH, enquanto ele já diminuía seus movimentos ela pelo contrário agora ia pra frente e pra trás com toda força aproveitando seus últimos instantes de gozo que é bem mais longo que o dele ou de qualquer homem enquanto só gemia e gritava já sem se preocupar comigo ou qualquer um que pudesse estar escutando. Ao término de mais este gozo os dois ficaram imóveis, ela caída sobre o travesseiro, ele apoiando seu peso sobre os quadris dela, então vi ela pegando ao lado da cama um paninho e como dois amantes já acostumados a foder ela meteu a mão por baixo segurando o pau dele até que ele retirasse aquela mangueira de dentro dela e caísse ao seu lado, ela soltou mais um gemido ao sentir o vazio da buceta sem o pauzão e segurando o pano na xota também deitou, no inicio ambos de barriga pra cima, mas logo ela já estava se aninhando em seu braço deitando quase sobre seu peito, ambos ofegantes novamente a mão da puta agarrou aquele pau melado e mole do amante, não ficou fazendo movimento algum só agarrando mesmo, ele se virou para ela e a beijou novamente, deliciosamente um beijo agora não de tezão mas sim carinho, e mais uma vez meu coração quase parou ao ouvir ele dizer, CALMA, NÃO CHORA, a principio não entendi, não acreditei então ficou mais audível para mim os sons que ela emitia suas fungadas, e ele novamente, NÃO CHORA AMOR, então o chão quase saiu de baixo de mim, eu que estava ainda de pau duro broxei na hora e a conversa continuou, NÃO CHORA, SABE QUE ELE DEIXA A GENTE SAIR QUANDO QUISER, e ela então tentando controlar as lágrimas disse, DESCULPE NÃO QUERO TE PREOCUPAR COM ISTO MAS ESTOU COM MEDO DE ONDE VAI DAR, PARA MIM FOI SEMPRE SEXO E SÓ, AMO ELE SEI DISSO, MAS CONTIGO TA SENDO DIFERENTE É BOM DEMAIS NUNCA ME SENTI ASSIM, ele então voltou a beijala e disse, EU SEI, TAMBEM ESTOU CONFUSO, QUIS TE TER HOJE ASSIM PORQUE JÁ SINTO ATÉ CIUMES DELE MAS SEI QUE NÃO POSSO TE COBRAR NADA E NEM VOU, ESTOU EM UMA FASE DE MINHA VIDA QUE ESTOU MUITO CARENTE, SAINDO DO MEU CASAMENTO DE ANOS, DAI ENCONTRO VOCES, QUERIA SÓ SACANAGEM MAS SEI QUE ESTA SENDO DIFERENTE PARA MIM TAMBEM, mais beijos e carinhos então ela continua, EU TRANSO CONTIGO E APÓS A GOZADA ESPERO QUE SEJA COMO OS OUTROS QUE QUANDO TRANSO FICO LOUCA PARA IR EMBORA CONTAR PARA ELE, TRANSAR COM ELE, MAS NÃO, CADA VEZ QUERO MAIS, É TU ME BEIJAR EU QUERO MAIS, E QUERO TUDO, QUERO CARINHO SEXO TUDO, eu já sem saber o que pensar ouvia novamente ela chorando então ele encerra o assunto, CALMA, VAMOS DEIXAR ROLAR E VER ONDE VAI DAR, DORME AMOR, DORME E DESCANÇA PORQUE QUERO FAZER AMOR MAIS VEZES AINDA, QUERO ACORDAR CONTIGO E FAZER AMOR GOSTOSO ANTES DE IREM EMBORA.
Nossa não preciso dizer que sai do quarto em silencio quase chorando também, minha mulher, experiente que ela só, que já teve mais de 50homens diferentes em nossos 12anos de casados, agora estava confusa, talvez ou quase certamente apaixonada por um dos garanhoes pauzudos que ela adora, mas desde a primeira vez vi que com este a coisa estava diferente, poderia ter cortado no inicio mas qual corno faria isto, nosso tesão é ver, é saber, é deixar a mulher sentir prazer, talvez até indo neste limite, mas nunca me passou pela cabeça depois de tantos que um dia ela pudesse apaixonar-se por outro homem, imaginava ela me deixando, mas também sabia que nossas ligações, nossa família nosso amor é forte demais, tentava me convencer que isto não aconteceria nunca, e ainda pensando racionalmente sei que não acontecerá, talvez uma paixão passageira nada mais, deitei no quarto pensativo, entre lágrimas ainda me torturei e bati duas punhetas, antes de adormecer fui ainda mais duas vezes espia-los, na primeira eles dormiam de conchinha nus como um casal antigo, na segunda vez novamente ele estava de barriga pra cima roncando e ela deitada no seu braço, com uma das pernas por cima dele e a mão segurando aquele pau mole enorme mas ambos dormindo, então voltei para o quarto e finalmente adormeci também, isto deveria ser alta madrugada ou talvez já clariando o dia nem vi a hora. Acordei com o movimento no meu quarto ao abrir os olhos vi a porta se fechando era ela me espiando como me viu dormindo fechou a porta e voltou, eram 10h da manha já, dei um tempo e sai do quarto em silencio para ver o que os amantes faziam, achei que já tomavam café, estava indo direto para o quarto mas ao chegar perto da cozinha escutei sons que conhecia bem dos beijos deles, na hora lembrei o que ele tinha falado na noite anterior sobre fazer amor com ela na cozinha meu coração palpitou e vagarosamente fui espiando, ela estava escorada no balcão de mármore da cozinha o beijando na pontinha dos pés, sua mão já segurava aquele pauzão completamente duro, ele estava nu, ela só com a camisola curta sem calcinha pois eu já via as mãos dele acariciando o bundão de minha esposa, os beijo eram ardentes vi que iriam transar ali, ela largou o pau e o abraçou com vontade enquanto ele continuava a beijando agora levantando a camisola dela, se ajeitando e finalmente encaixando o pau no meio das pernas de minha esposa, ela tem estatura baixa então penetração assim seria muito difícil o que eles estavam fazendo era um sarro muito gostoso, ela já o beijava gemendo enquanto ele esfregava o pauzão entres suas pernas, ele terminou de tirar a camisola dela e imediatamente começou a chupar seus seios que eu via estar com os bicos completamente duros, achei que pudesse ela me ver enquanto ele mamava mas que nada os olhos dela permaneceram sempre fechados enquanto ele sugava com vontade, as vezes tentando engolir o máximo possível dos seios fartos de minha esposa, pude ver que a vadia já estava com marca de chupões coisa que ela sempre pede aos amantes que deixem, ficaram naquela brincadeira gostosa alternando beijos e chupadas, então ouvi dele, AIII AMOR MEU PAU JÁ TA TODO LAMBUZADO DE TUA XOTINHA, e ela então disse, É? TAMBEM TU ME DEIXA LOUCA NÃO AGUENTO MAIS, FAZ AMOR COMIGO FAZZZ, ME PENETRA POR FAVOR, então vi ele levantando o corpo agarrando ela por baixo de seus braços e a levantando gentilmente enquanto a beijava, colocou ela sentada sobre a bancada de mármore que certamente estava gelada mas ela não reclamou só foi se posicionando já abrindo as pernas e escorando as mão para trás enquanto ele agarrava aquele pau enorme, pude ver que ele deu uma pincelada em minha vadia que suspirou ao sentir aquele mastro quente e duro que logo estaria dentro dela, ele ficou olhando a xota de minha mulher e disse QUE COISA LINDA, QUE DELICIA, TA INCHADINHA AINDA GOSTOSA e continuava pincelando enquanto ela olhando também para o pauzão rebolava os quadris procurando encaixar aquele cabeção em sua vagina e falou, NOSSO AMOR, OLHANDO ASSIM NEM ACREDITO QUE CABE TUDO ISTO EM MIM e ele safadamente falou ENTÃO OLHA E VE QUE CABE E TU SAFADINHA AINDA PEDE MAIS então assim começou a penetração sem dificuldade nenhuma vi o corpo dele ir aproximando-se mais e mais do dela enquanto agora ela soltava um gemido gostoso e constante, AHHHHHHHHHHHHHHHH até que o corpo dele colou ao dela, só então ele pegou o rosto dela levantou o queixo e novamente a beijou vagarosa e ardentemente, era inegável a cumplicidade deles, nunca havia visto minha mulher realmente fazer amor com outro homem, só a via transando, metendo, fodendo, seja o que for que as putas fazem por prazer, mas ali existia algo a mais, os beijos os gemidos eram diferentes, as metidas dele eram vagarosas arrancando suspiros dela, normalmente ela pediria para o comedor meter tudo, meter forte, mas aquilo a inebriava e a excitava por demais, claro que o calibre do pau era algo impressionante e certamente também a enlouquecia mas não era só isto, eu que tinha todos motivos para estar preocupado nesta hora não conseguia fazer nada a não ser me deliciar com aquela transa pois afinal nunca havia visto um casal fazer amor com tanto tesão e isto claro me excitava também depois conversaria com ela se tivesse coragem sobre os sentimentos deles. Ele a penetrava deliciosamente enquanto ela por vezes acariciava todas as costas dele e outras vezes agarrava ele pelas nadegas e apertava forte fazendo ele entender que ela queria mais, ele certa hora afastava o corpo dela cessando os beijos e ambos ficavam observando a penetração que ocorria, ele tirava todo o pauzão depois botava de novo, as vezes ficava pincelando novamente na buceta dela mas logo ela metia a mão e guiava para seu buraco e ele obedecia dando outra metida até o fundo arrancando novos gemidos dela, agora percebia que ela gemia mais baixo que na noite anterior certamente para não me acordar e isto também me abalou pois ela nunca deu bola, muito pelo contrario sempre fez questão que eu visse e ouvisse, não sei quanto tempo ficaram naquela foda gostosa ela já não aguentava mais as pernas levantadas então ele a ajudava as segurando para ela, certos momentos ela tramava as pernas por de trás dele e o puxava contra si o abraçando e beijando forte enquanto rebolavam juntinhos até que finalmente cansaram daquela posição, ele saiu de dentro dela e ela desceu do balcão ainda falando que havia cansado as pernas, o pau do cara completamente duro e quase batendo no umbigo, ele guiou ela agora para cima da mesa que era grande como a cozinha e a deitou completamente, embora de canto pude ver a cena extremamente excitante de minha esposa deitada sobre uma mesa nua, com as pernas abertas sua buceta ensopada, enquanto ele ainda do lado dela a beijava carinhosamente e acariciava seu corpo e sua buceta, e pela primeira vez vi ele levar sua boca a buceta de minha esposa, ela já de pernas abertas recebeu a língua safada dele no clitóris quase em um 69 com ele de pé ao lado da mesa ao lado dela, claro que a puta já agarrava aquele pauzão lambuzado, ele deu lambidinhas discretas no clitóris dela que estava certamente duro e inchado arrancando gemidos gostosos dela novamente, não ficou muito tempo assim, achei que iria vir penetra-la novamente mas não a puta que segurava o pau dele não o soltou e ele entendeu então agora eu via minha esposa deitada nua naquela mesa, com aquele homem pauzudo que lentamente posicionou-se e deu o pau para minha puta que já estava desesperada mamar, vi ela novamente sorvendo os líquidos daquele cacete lambuzado, ela levantava a cabeça para poder enfiar mais do pau na boca enquanto segurava seu amante pelas nadegas, ele já enfiava dois dedos no bucetão de minha mulher que gemia sufocada mas mesmo assim apertava o amante fazendo ele iniciar movimentos fudendo sua boca, assim que ele entendeu o que ela queria ela deitou a cabeça novamente deixando ele fode-la como quisesse pois ela adora ser fodida na boca e ele aproveitou, enquanto uma das mãos acariciavam os seios e o rosto dela a outra mão mantinha dois dedos dentro da buceta dela e ela rebolava os quadris e gemia abafado sem retirar o pauzão da boca, vi ele se empolgar e meter forte na boca dela por vezes até metia profundamente arrancando sons de sufocamento de minha puta, mas ela não reclamava muito pelo contrario quando ele fodia a boca dela mais forte seus gemidos se intensificavam assim como o rebolado nos dedos dele aumentavam, via que o amante já controlava para não gozar naquela boca maravilhosa, mau sabia ele o que estava perdendo pois ela é craque em sugar tudo até o fim rsss, ele por vezes deixava seu pau sair da boca dela e ela desesperada lambia toda extensão do cacete até o saco novamente então ele voltava a meter em sua boca, esta tortura durou alguns minutos até que ele novamente sacou o pauzão da boca dela, lhe deu um delicioso beijo e fez a volta na mesa se posicionando para penetrala, agora eu via ele de costas entre as pernas dela, ele pegou as perninhas dela e colocou em seus ombros então comecei a ouvir os gemidos baixos dela aproveitando aquela nova penetração, via ele segurar os quadris dela enquanto agora cravava com vontade, a mesa que era forte e grande chegava a sair do lugar, a puta se ajeitou trazendo a buceta mais para a beirada da mesa para poder sentir o pau mais no fundo, o barulho daquela buceta ensopada me enlouquecia era um NHAC NHAC NHOC NHOC de buceta ensopada, depois eu soube o porque, pois ele já tinha dado uma gozada na buceta dela logo que acordaram ainda na cama, tomaram banho e foram para a cozinha pra comer algo mas então começaram esta foda, via ali minha puta quase gozando de novo levando aquele baita pau tentando não gemer alto para mim não escutar ele novamente alternava metidas fortes e rápidas com metidas devagar, chegando a tirar o pau e ficar num entra e sai gostoso me fazendo escutar melhor ainda a bucetona dela acomodando aquele cacete, quando achei que os amantes estavam prestes a gozar ele tirou as pernas dela dos ombros a puxou contra si fazendo ela sentar novamente, ficaram se beijando e metendo mais um tempo, então ele a segurou no colo a tirando da mesa novamente e manteve-a suspensa enquanto ambos mexiam como podiam, ela ajudando com as pernas tramadas na cintura dele ia pra cima e pra baixo mas logo não aguentaram e ela desceu desencaixando daquele pau novamente, então agora via ele virando ela de costas beijando seu pescoço suas costas e por fim sua nuca, ela entendendo tudo foi se posicionando de costas para ele que novamente a fez deitar o corpo sobre a mesa, agora ela estava de pé mas com o tronco do corpo deitado sobre a mesa, seus seios apertados contra a mesa enquanto abria as pernas para ele, ele se posicionava para acertar a altura correta então novamente via aquele cavalo segurando aquele pauzão antes de entrar em minha esposa que estava ali toda arreganhada para ele, novamente ele encaixou o pau na entrada da buceta dela que gemeu gostoso e ambos gemeram enquanto ele metia novamente naquela bucetona alagada, quando ele enfiou tudo ainda admirando o rabo de minha mulher falou, AHHH DELICIA, QUE RABO DELICIOSO AMOR, TO LOUCO PELO TEU CUZINHA, e ela AI AMOR PROMETO QUE OUTRO DIA, AGORA ME FODE QUE QUERO GOZAR então ele a segurou novamente forte pelos quadris e começou a meter gostoso nela eu novamente ouvia os sons da buceta alagada e isto é de matar enquanto isto agora ela falava baixinho com o rosto prensado contra a mesa AIII AMOR METE, AIII MINHA BUCETINHA AHHH DELICIA, VOU GOZAR AMOR VOU GOZAR DE NOVO COM ESTE PAUZÃO GOSTOSO AHHHH METE, METEEEE e ele então caprichou nas metidas, foram tão fortes que o pau escapou numa delas e ela quase gritando pediu, AHHHH NÃO, METE QUE TO GOZANDO AHHHH UIIIIII MINHA BUCETA AHHH CACHORROOOO AHHHH, e ele metendo mais rápido e forte possível começou AHHH EU TAMBEM PAIXÃO AHHH AHHH GOSTOSA AHHHHHH UHHHHH e pela segunda vez eu via os dois gozarem juntinhos em sincronia, ele foi perdendo as forças enquanto ainda mexia e ela agora soltava todo seu peso sobre a mesa, antes ainda ela ficará na pontinha dos pés pra facilitar a penetração mas agora estava literalmente jogada sobre a mesa, ele demorou um pouco a sair de dentro dela mas ao sair sentou na cadeira que estava na posição ao lado dela voltando a beija-la, ela continuava deitada de bruços sobre a mesa e eu me deliciava vendo o rabão dela virado pra mim, a porra dele escorria em fartura pelas coxas dela que mantinhan-se abertas, eu podia ver o estrago na bucetona dela ainda aberta que deliciosamente começava a piscar, a cada piscada liberava mais porra que escorria perna abaixo e tbm a cada piscada ia se fechando aquele buracão que havia ficado, ele sentado com o pau mole a beijava e acariciava sua bundona suada, e eu já quase gozava na mão vendo a buceta usada de minha esposa, então depois de um tempo ela levantou sem se importar com a porra que já ia nos pés e assim ela sentou no colo dele que permanecia sentado na cadeira ele ainda riu dela estar molhando ele mas ela falou A PORRA É TUA MESMO, e riram os dois entre beijos e carinhos, agora ele pegava bolachas que estavam no balcão para comer, vi que também tomavam refri e que estavam realmente preparando o café quando começaram a trepar, a cena era de casal apaixonado um dando ao outro de comer na boca, comeram um pouco enquanto se beijavam também, ai ele falou que teria que ir para o banho e se vestir antes de eu levantar, ela falou PARA QUE, ACHA QUE ELE NÃO SABE O QUE FIZEMOS e riram bastante, ele disse, NÃO ME SINTO BEM NU PERTO DELE, então ela levantou deixando as pernas dele toda esporrada, me escondi no corredor de acesso a meu ‘quartinho’ mas escutava bem, ouvi ela dizendo enquanto certamente agarrava o pauzão dele NOSSA QUE COISA LINDA, E MELECADO ASSIM FICA MELHOR AINDA, riram trocaram beijos e escutei ele indo para o quarto, como a porta ficou aberta logo escutei o barulho do xuveiro, como ela não foi atrás dei um tempo e apareci na cozinha como se tivesse recém levantado, ela me recebeu com um bom dia faceiro, me deu um selinho e voltou a arrumar os dois sanduiches que ainda fazia, vendo ela ainda nua, sua camisola sobre o balcão brinquei dizendo UÉ PERDEU A CAMISOLA AQUI? Ela rindo disse NÃO PERDI NÃO, ARRANCARAM DE MIM com cara de safada veio pro meu lado pegou minha mão guiou até sua buceta ensopada abriu as pernas e esfregou minha mão de sua vagina até suas coxas ensopadas e falou, OLHA O QUE FIZERAM COMIGO AQUI NA COZINHA, quase gozei na hora, não me controlando a peguei com força e fingindo não saber de nada a virei e coloquei ela em cima da mesa com violência deixando ela na mesma posição que estava para ele, ela rindo ainda abriu as pernas e disse, VEM PROVAR TUA MULHERZINHA USADA VEM, ELE ACABOU DE ME COMER BEM ASSIM, então cravei meu pauzinho com violência naquela buceta arregaçada, claro que desta vez ela não gemeu como com o amante, eu via meu pau sumir naquele buraco enorme, a cada metida que eu dava eu via a porra do amante escorrendo por entre meu pau e sua buceta folgada, tentei imprimir o mesmo ritmo dele mas não aguentei mais de três ou quatro metidas e logo gozava abundantemente apesar de todas punhetas que já havia batido na noite, ela só falou ISTO GOZA NA TUA MULHERZINHA USADA GOZA GOSTOSO, sai de dentro dela e agora via mais porra escorrendo dela, agora minha porra transparente se misturava a porra branquinha do macho dela, limpei meu pau com um guardanapo de papel enquanto ela levantou arrumou a camisola e continuou melecada aprontando os sanduiches para os dois, eu cansado via o chão da cozinha com pingos de porra que vazavam dela, quase ao mesmo momento que ela terminou o lanche ele saiu do banho mas ainda ficou no quarto, então a puta levou o lanche preparado por ela para os dois enquanto eu me virei comendo algo na cozinha, a porta do quarto de novo fechada, ouvi barulho do chuveiro novamente pois era ela no banho, risos deles dois e depois de quase uma hora saíram os dois prontos, corri para o quarto para colocar o resto da roupa pois estava só de cuecas quando eles saíram, soube por ela que não transaram neste período mas namoraram gostoso. Enquanto eles me esperaram na frente do prédio dele eu busquei nosso carro no estacionamento, ainda vi ela dar um selinho nele de despedida, fomos embora meio em silencio sem falar sobre a noite, dela consegui extrair só detalhes das trepadas que me contou enquanto transamos gostoso, mas claro os detalhes do choro e dos carinhos ela não mencionou. Bem gente, este foi um das nossas ultimas saídas, ela continua saindo com ele, mesmo agora enquanto escrevo esta historia ela já tem agendado saídas com eles a sós, tentarei deixa-los a par na medida do possível, as fotos não são deste encontro claro são antigas dela com outros amigos.

,

Foto 1 do Conto erotico: PRESENTE PARA O AMANTE(primeira parte)

Foto 2 do Conto erotico: PRESENTE PARA O AMANTE(primeira parte)

Foto 3 do Conto erotico: PRESENTE PARA O AMANTE(primeira parte)


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


12342 - Amante da esposa la em casa. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
12371 - Minha esposa me fazendo surpresa(Verídico) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 24
12436 - Esposa perdendo(realmente) o cabaço do rabinho. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
12469 - INICIANDO A ESPOSA NO MENAGE(VERIDICO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
12479 - PROSTITUINDO A ESPOSA(PRIMEIRA VEZ) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
12578 - PROSTITUINDO A ESPOSA (NOVOS CLIENTES) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
12645 - ATUAL AMANTE O INICIO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12666 - OUTRO CLIENTE DE MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
12709 - ESPOSA TRANSANDO NA FESTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
13013 - MINHA ESPOSA COM DOIS AMIGOS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
13169 - NEGRO GOSANDO NA MINHA ESPOSA(REAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
13171 - AMIGO NEGRO LA EM CASA(EDITADO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13325 - ESPOSA TRANSANDO COM ESTRANHO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
13603 - AMANTE FIXO EM CASA A SÓS COM ELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
13769 - ESPOSA SENDO GOSADA NA FESTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
13955 - ESPOSA DANDO NO CARRO EU DIRIGINDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
14253 - ESPOSA PASSANDO FINAL DE SEMANA COM AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
14557 - ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
14729 - ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL PARTE2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
14935 - QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
14949 - QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA(CONTINUAÇÃO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15094 - ESPOSA TRANSANDO GRÁVIDA DE 7MESES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
15096 - PRIMEIRO AMANTE DO TRABALHO DELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15216 - ESPOSA TRANSANDO COM EX NAMORADO(VINGANÇA DELA) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
15259 - ESPOSA TRANSANDO COM UM COROA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15968 - PRIMEIRO SWING DO CASAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
16110 - PRIMEIRA VEZ DA ESPOSA SOZINHA COM AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
16607 - ESPOSA SOZINHA COM DOIS AMANTES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
16627 - ESPOSA CEDENDO A CHANTAGEM DO COLEGA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
16966 - PRESENTE PARA O AMANTE(Segunda parte) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
18111 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
18115 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO parte2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
18295 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE PARTE3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
19314 - ESPOSA FUDENDO COM AMANTE E AMIGO DELE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
19938 - ESPOSA DANDO PARA COROA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
20767 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
20768 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
20769 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
22017 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
22018 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
22019 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
23307 - ESPOSA SE PROSTITUINDO (VERÍDICO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
25452 - ESPOSA DANDO NO ANO NOVO. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
26816 - O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
26852 - O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
27032 - NAMORADA DANDO PARA AMANTE NO WC DA FACULDADE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
27652 - ESPOSA COM AMANTE NO ESTACIONAMENTO(REAL)25/03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
28366 - ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
28367 - ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
29811 - ESPOSA COM NOVO AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
30123 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE DOIS AMANTES 1º VEZ REAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
31212 - PRIMEIRO ANAL DA ESPOSA COM O NOVO AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
33094 - ESPOSA SENDO GOZADA POR DOIS AMANTES NO MESMO DIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
36901 - ULTIMA IDA NO AMANTE PREFERIDO DELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
43645 - DANDO PRO AMANTE NA ESCADARIA DE SHOPING - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
46418 - ESPOSA DANDO NO CARNAVAL 2014 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
50214 - ESPOSA GRITANDO NA VARA DO AMANTE EM NOSSA CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
53229 - PRIMEIRA VEZ COM O AMANTE EM NOSSA CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
53992 - AMIGO DE AMANTE COMENDO MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
54589 - AMANTE NARRANDO COMO REALMENTE FOI O ENCONTRO. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
61019 - ESPOSA E NOVO EMPREGO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
62243 - MARIDO NAO COMEU ELA DEU RABO PARA AMANTE. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
65576 - ESPIANDO AMANTE E ESPOSA SEM ELA SABER - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
66277 - AVENTURAS DE ADOLESCENTE DA ESPOSINHA PUTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
66977 - ESPOSA NOVINHA TRAINDO SEU PRIMEIRO NAMORADO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
68118 - PRIMEIRO ANAL COM AMANTE PREFERIDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
70553 - AINDA NAMORADA AMANTE DO CHEFE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
71654 - FESTA COM AMANTE NEGRO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
72266 - ESPOSA LEVANDO ESTRANHO PARA NOSSA CAMA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
73929 - ESPOSA DANDO AO AR LIVRE PARA O CHEFE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
77768 - FINALMENTTE UMA AMANTE AMIGO MEU - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
78053 - Vingança da esposa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
97684 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE NEGRO, PRIMEIRA VEZ - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
98334 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE NEGRO, PRIMEIRA VEZ - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
98619 - MARIDO ESCONDIDO NA CASA DO AMANTE ASSISTINDO ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13

Ficha do conto

Foto Perfil cacolabin
casalsul

Nome do conto:
PRESENTE PARA O AMANTE(primeira parte)

Codigo do conto:
16934

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
24/04/2012

Quant.de Votos:
0

Quant.de Fotos:
3


Online porn video at mobile phone


filha minha femea contocontos eroticos gay brincando de lutinha com tioconto erotoco dei meu cu e minha buceta para pagar a compracontoeroticonovaporno ceduzido no jogo de bilharconto erótico de gay fudendo com catador de papelãoContos novinhas x carreteiroconto erotico esposa entalada até o sacoContos gay pau pequenotio e sobrinha porno quadrinhoconto erótico cfm como eu engravidei minha filhaMinha prima cgupou mimha buceta contocontos eroticos tomando banho com meu primocontos erotico o porteirocomendo a bunda da minha mulherprofesora safadonaconto erotico pega no flagracontos eroticos de gays novinhos afeminados que amam levar pau no cucontos eroticos deacobri que meu primo gosta de rolacontos eróticos gay-meu tio tirou minha virgindadeconto erot adestramentoconto gay "nao vadia"hq porno gaycontos de novinho gay com velho idoso e pervertidoputaria mozHQ bart simpsons sexo gaycontos eroticos marido obrigado a vestir beybidol pros amigosxvidio/casada com caminhoneirocontos velha mae de colega dando cuconto erótico de padrasto de rola grande que fudeu sem dó nem piedade enteada de dez anosarreganhei minha buceta e o cu para meu filho cumercontos papakuconto de sexo com bem dotadoporno da freira em quadrinhoContodeputaMeu advogado me fez gozar contos eroticos de gaysirmanzonha mamando meu paucontos de homem fazendo sexo. com animais de bucetinha bem pequwna tipo uma cabritinha de seis mesescontos de gays a iniciaçao di garoto.Cúmplices De Um Resgate Contos Gaycontos eroticos sonia traiuconto erotico eu era muito pobreporno prefeito em quatrinhoConto erotico uma viajem com minha irma mais velhaMamei varios paus contoconto erotico de incesto minha tia minha musa expiradora eu comi elarelatos eroticos grelao contra grelaofantasias incestuosas fotosfigurinhas de sexo de adulto a sério Relatos de marido corno bebado e esposa puta bunduda dando para outroscontoeroticofilhamaridocontos eroticos me arrebenteicontos erôticos chantagiadas pelos proprio filhoscontos fantasia de minha esposa cheirar calcinhadesenhos eroticos em 3d de mae e filhocontod eroticos virgem novinha dez anosContos eroticos minha esposa gostou quando eu disse que eu ia fuder o cu virgem da minha filha no motelconto erotico gay amigos heteroscontos eroticos sogro 2017contomaedeuconto erótico pistaWww.contos eroticos de irma de igreja.com.ptumaputagotosacontos eróticos com fotos de apostacontonifetasafadaconto erotico virei uma linda transexcontos eroticos a crente do fretadohentai eu e minha irmaquadrinhonovinha retribuído a encaixada no buzuengravidei minha tiapivete faz casada urrar na rola contossogra fode gostoso nos quadradinjos hentayconto erotico tia pousada jacuzzi pornoContos eroticos chupada dormindocastigo na sala do diretorcanto erotico olhando vizinha banhadoConto erotico porno em quadrinhos"praia de nudismo contoerotico"buceta doendo de tanto dar contosGoiânia morador de rua dei cu local conto gayistoria em quadrinho porno com traisaohistoria ti sogra transando com genrocontos eroticos novinhas vendidasporno caseiro trasei com minha manora e minha cunhadacontos de corno esposa e morador de ruaContos eroticos coroa rabuda casadaxvideis 2017comi a minha tia