Fiz de minha escrava, agora, filha da caloteira


Click to this video!


A Estelinha aqui, se revelou uma mulher altamente vingativa e bissexual, pois não havia como negar que transformar a minha ex-amiga caloteira em minha escrava sexual, deu-me muito prazer em usar e abusar de todo seu corpo, explorando os seus desejos e prazeres mais profundos ou desconhecidos por ela tambem.
Meu marido, como em todos outros assuntos, foi compreensivo e avalizou essa minha experiencia e ainda mais, me apoiaria em outras investidas da sua mulherzinha, agora, bissexual para ele assumida.
Como a minha escrava, Silvia ainda me devia, e sentindo vontade de foder uma mulher, resolvi a telefonar e marcar fazer minhas unhas e em seguida uma boa e revigorante trepada com ela. Dessa vez, minha manicure não quis se esquivar e de pronto agendou o dia e horário para vir em casa, a fim de quitar mais uma parcela da divida que tinha comigo. No dia e hora marcada por ela, e eu já devidamente prepaarada (gel, oleos para massagem, cinta com pênis), fui lhe abrir a porta para que entrasse, e qual foi minha surpres, Silvia estava acompanhada de sua filha Fernanda (nome ficticio) que por sinal nos conheciamos. Fernanda, era uma bela moça de pele clara, cabelos loiros, uns 1,70 de altura, 20 ananos, seios grandes, olhos azuis, filha biologica apenas do esposo da Silvia,e que na epoca adolecente veio morar com eles apos o falecimento da mãe. As convidei para se sentarem, estranhando e curiosa por saber o motivo de Silvia trazer consigo a filha, sabendo que seria possuida por mim logo mais. Nunca havia reparado como a moçinha era linda, e logo me ocorreu em trocar a escrava, já que Silvia tentava tirar o corpo fora e me irritou bastante com a manobra de vir acompanhada. Se mostrando apressadas em terminar o serviço quanto antes e escapar da "tortura sexual", fui rapida e as ofereci um suco de uvas, já que estava alta a temperatura, cujo no copo que servi Silvia botei um sonifero e no de Fernanda adicionei o "pó de bruxa" um desses excitantes que meu marido sempre mantinha em casa. Enquanto me faziam as unhas e conversavamos,e passados uns 30 minutos o "boa noite Cinderela" que ministrei a Silvia fez efeito e ela já totalmente adormecida tombou em meu sofá. Fernanda vendo sua mãe daquela forma, me acusou ter causado o "desmaio" da caloteira. Guria, desbocada e pavil curto, começou a dizer saber de tudo, desde o calote de sua mãe até como ela me "pagava" o prejuizo. Visivelmente alterada e nervosa, Nandinha acabar com toda aquela pouca- vergonha ligando para seu pai e quando ele chegasse para apanhá-las ela mesma o contaria tudo. Me antecipei e lhe arraquei o celular das maõs, segurando-as bem firme, a puxei mandando-a calar a boca e já que ela se mostrava contrária que a mãe em pagasse o que devia, então assumiria a divida e me faria um pagamento agora. Sem tempo ou forças para se desvicilhar, Fernanda sentiu minha lingua roçar seu rosto, e sua boca "arrombada" por meus lábios. Minha "preza" lutava, tentava me agredir, gritava por socorro, me chamava de "sapatão" e tarada, enquanto eu a cobria de beijinhos e mordidinhas e a calei, "colando" minha boca na dela,introduzi e roçei minha lingua lá dentro e se retorcendo toda Fernanda, aos poucos foi se aquetando e dando-se por vencida, soltou-se e correspondeu ao beijo, que se tornava a cada momento mais ardente e "devorador". Assustada, Fernanda dizendo que não era e nunca seria uma lesbica, tentou me empurrar para longe dela, e novamente a mandei calar a boca e a beijei, enquanto eu tateava sua xoxota com meu pau pustiço, ao mesmo tempo que arriava sua calçinha. "o que está fazendo sua louca? - Vai me estrupar?" disse ela quase chorando. Num tom rispido, a chamei de vadia mimada, e lhe falei nos ouvidos, bem baixinho que ela queria sim meu cacete penetrando sua xoxota e que estava doida de tesão e desejava ser dominada na cama, fodida como uma puta devassa. Fernandinha, me chamou de "filha da puta", disse me odiar e me tascou um beijo na boca e pediu que a fodesse gostoso, como se fo de uma cachorra no cio. Ela arreganhou sua xoxota e enfiei meu pênis até o talo. Fernanda se mostrava bastante excitada e rolamos pelo chão da sala, e continuamos nos pegar na minha cama, pois sua mãe ocupava o sofá num profundo sono. Fizemos amor, como duas vadias e sem escrupulos, como convinha naquele momento que era só nosso, entre quatro paredes, tendo o prazer e multiplos orgasmos como testimunha. Sem justificativas ou acusações, Fernanda foi para casa, sozinha para tomar um banho e retornar de carro, e levar sua mamãe que já começava a acordar, mais ainda "grogue". O que seria agora? Como Fernanda iria reagir daqui por diante? Eu, como reagiria? Continua...

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


14473 - Nora e sogra - Parte I - Categoria: Incesto - Votos: 3
14483 - Nora e Sogra - Parte 2 - Categoria: Incesto - Votos: 2
14496 - Fiz de minha escrava uma caloteira - Parte 1 - Categoria: Lésbicas - Votos: 0
14502 - Nora e Sogra - Parte 3 - Categoria: Lésbicas - Votos: 2
14509 - Fiz de minha escrava, uma caloteira - Parte 2 - Categoria: Lésbicas - Votos: 0
14543 - Nora e Sogra - parte 4 - Categoria: Incesto - Votos: 2
14582 - Dei um trato na empregada "santinha" - Parte 1 - Categoria: Lésbicas - Votos: 0
14605 - Nora e sogra 5 - A chantagem - Categoria: Incesto - Votos: 1
14622 - Dei um trato na minha empregada santinha 2 - Categoria: Lésbicas - Votos: 0
14786 - Nora e sogra 6 - Surpreendente Triangulo amoroso - Categoria: Incesto - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico marcerótico

Nome do conto:
Fiz de minha escrava, agora, filha da caloteira

Codigo do conto:
14559

Categoria:
Lésbicas

Data da Publicação:
07/12/2011

Quant.de Votos:
0

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


ultimos conto sadoconto me lambuzou de porra"conseguiu comer minha"contos eroticosfodendo escondido do meu maridoconto erotico com meu sogrocontos dou cu desde novinhovideo porno quadrinhos... a tutora gostosaquadrinhosporn mamãeultimos conto sadoParte 2 conto erotico comi o cu da minha prima porque ela nao aguentou meu pau fundendo sua bucetaconto erotico sogra pega roContos de cornos de siliconadasRelatos eroticos: o espancamento de minha mulherconto erotico gay motelconto erotico tarado comendo buceta da cabrita no.zoofiliaContos de vasectomiacostume de comer parente conto eroticaconto erotico filha loucuraconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cuconto erotico mendigo estrupadameu irmão me engravidou contos eróticosincesto mae e filhoContos eroticos sobrinho hiper dotados comendo as tias e madrastacontos com foto de emprega mostra bucetaconto erotico de garotos estrupadas pelo amigo em quadrinhos -banda desenhadaConto erotico defoto menina 2017entiadacontoeroticocontos minha tia viuva sua amiguinhavoce e meu tio nao posso dar a bucetaQuando a chupei pela primeira vez minha esposa desmaior contoscontos reais minha esposa santinha seduziu meu amigo dotadoconto meu marido mereceu ser xingadovídeos sexo homem fode gay e bate bulheta nele levantando gay nos braçosconto proibido da sapekinha com titioContos Eróticos Seduzindo ovovô na piscinaContos eroticos dei a buceta dentro de um barracocontos eróticos traficantecontos eróticos i****** minha sogra gostosa e bundudaCONTOS EROTICO CHANTAGEANDOconto porno ela nao quis mais enfiei mesmo assimminha mulher colocou o pau de seu amante no meu cuFiz minha neta virar mulher no meu picao contos eroticosUm policial gato me estrupou:contos eróticosporno de nuas de margarinas ate no cu da amigasContos eroticos mulher com mini ponepornô pai e filho em quadrinhoscontos eroticos dando em baixo do chuveirovendo mamãe transar no cine porno contos eroticoscontos eroticos no comicio vendo o maridoConto erotico gay soldado mete com fio dentalTia coroa dando o cu para sobrinho bem dotado contos eróticoprofessora porn maecontos buceta da primaConto erotico cheirando calcinhacontos eroticos encoxada no onibusdei a buceta pra um coroa pintudo contos eroticofotos buceta menstruadafilhinha querendo dar uma c****** no pinto do paiسكس قصص لولوconto erotico gay cumplices de um resgatecaralhos duro e babandoconto triangulo amorosocontos eróticos incesto meu pai me seduziuultimos contos sadoContos eroticos chupei minha mulher e minha filhaconcunhadacontoeroticoGay gosando e punhetiandoContos erótico d novinha a conduzir cm um vestido mostrando a sua calcinhaquadrinho porno vida realHentai fuckstonea picada hentauporno mae eroticocontos narrados de casada que adora um boquetecontos eroticos gordinha novinhaconto virgem piscina termaisconto cu abertogarototranzcontos de filhos e mães pelados na praia de nudismoContos eroticos dei a buceta no barracofoda tarada e gostosa arrancanfo o cabaçi incstoxvideo gozando no pauconto erótico escuridão greloperdi a virgindade contos eroticos dafadosContos coroa estrupou gordinhocontos eroticosconto pau entrou apertado esposacontos mozto.ruem cotral a mamae de seu amigo dormindo sem calisinha porncontoerotico so.no.bumbum tiaContos eroticos. Eu e minha esposa no barraco dos mendigosconto erotico com crentevídeos porno de corno minha esposa saindo da cabine erótica com o rosto todo gosado e se exibindo na ruamilftoon português brasileirocontos eroticos gay viajando com meu cunhadocontos eroticos engravidar a. professora