Á procura da piça mais grossa


Click to Download this video!


Como ando sempre com fome de sexo, decidi fazer um desafio; queria saber quem teria a pica que me abrisse mais, o maior caralho de todos. Isto durante a uma semana, e quem ganhasse ter-me-ia como prémio para uso total e absoluto. Pus o desafio em varios sites de sexo na net e fiquei a aguardar resposta. Fiquei tres dias à espera e nada, nao houve resposta nenhuma, apenas alguns comentarios tipo "tenho um cabo grosso para te rebentar esse cu paneleiro" e outras ainda menos felizes, mas nada que me fizesse desistir, muito pelo contrario. No terceiro dia recebi uma mensagem de um fulano que dizia ter uma verga respeitavel e que me queria abrir. Respondi-lhe dizendo que estava disponivel para ele no dia seguinte, e ele aceitou. No dia seguinte, vesti uma roupa sexy, lingerie vermelha composta por cuecas fio dental e corpete de quatro ligas, que prendia umas meias pretas brilhantes, saia curta, justa, e uma camisa branca de seda. Tacoes altos peruca preta labios e unhas pintados de vermelho vivo. Mal acabei de me vestir a campainha tocou, mesmo a tempo. Quando abri a porta o meu amante ficou a olhar de boca aberta. Disse-lhe para entrar e imediatamente ele me deu um beijo na boca. Ao mesmo tempo empurrou-me até ao sofa enquanto tirava as calcas. O caralho dele era grande e grosso mas muito bonito. De seguida meteu-o na minha boca, como eu queria. Empurrou-o bem fundo na minha boca, até ela entrar na minha garganta. Como eu estava sentada no sofa e ele em pé à minha frente, empurrava a verga para dentro da minha boca com muita à vontade, e eu abria a boca o mais que podia para ele meter a pica bem fundo. Eu estava a adorar aquele broche. A pica dele cada vez ficava mais grossa e mais dura. Eu mamava com prazer e engolia-a o mais que podia. Ele perguntou-me se podia despejar os colhoes na minha boca. Quando lhe disse que sim, ele empurrou o caralho bem para o fundo da minha boca e esporrou-se.Como ele tinha a pica enterrada na minha garganta, o leite entrava directamente para o estomago. Sentia-a escorrer pela garganta abaixo. Era maravilhoso. Acabou e tirou a verga da minha boca ainda dura e grossa. Fez-me deitar de barriga para baixo, com uma almofada por baixo e deitou-se por cima. Encostou o caralho ao meu cu e fez forca. O meu cu comecou a abrir-se devagar à medida que ele empurrava a pica para dentro. Em pouco tempo, a pica estava bem dentro. Disse que estava feliz porque nunca tinha metido a pica toda porque ninguém aguentava, e por isso ia foder-me bem forte como eu merecia. Com as maos, abri as nadegas e disse para ele nao ter pena de mim, e para me foder com tudo. E ele fez o que eu lhe pedi. Puxou a pica para fora e com uma simples palavra "puta" enterrou com toda a forca, bem fundo. Enterrava a pica bem fundo e de uma vez so de uma maneira que eu gritava sempre que ele entrava. Esteve assim durante uns minutos, depois tirou a pica do meu cu Pediu-me para trocar de posicao. Deitou-me na barriga para cima, pos as minhas pernas nos ombros dele. Nesta posicao, ele entra com tudo, bem fundo. Fiquei mesmo submissa a ele, como eu gosto. Encaixou-se bem em mim, com a tranca bem enterrada, amarrou-me nas ancas e recomecou a foder. Agora entrava com forca e muito mais fundo, e recomecou com uma vontade louca. Com tanta forca e tao continuado que até as lagrimas me vieram aos olhos. Eu gemia a cada estocada que levava. As lagrimas corriam, mas eu pedia cada vez mais. Estava louca de tesao e queria ser rebentada, queria que ele me encavasse assim para sempre. O meu buraco dilatou-se de tal maneira que eu ja nao sentia o caralho a deslizar, so o sentia a bater la no fundo dentro de mim. Durante a foda, senti-o esporrar. Ele comecou a gemer, empurrou a verga bem para dentro e senti o leite quente a bater-me por dentro. Pensei que ele ia parar, mas enganei-me.
Logo que acabou de me encher de leite, voltou à carga, sem sequer tirar fora e com mais forca ainda. Desta vez usou uma técnica diferente, enterrou-me o pica toda no cu, mesmo até os colhoes me baterem nas nadegas. Depois comecou a foder sem quase tirar fora. Apenas puxava um bocadinho para fora e voltava a empurrar forte. Eu estava completamente louca. Nunca na minha vida tinha estado tao descontrolada. O suor corria-me pelo corpo, estava exausta, mas nao conseguia parar. Enquanto ele quisesse havia de me encavar. E fazia-o de tal maneira que me fazia delirar. Entretanto veio-se mais uma vez, continuando com toda a forca sem tirar fora. Mudamos de posicao, pondo-me de pé contra a parede e ele a meter por tras, depois de pé virada de frente para ele com uma perna levantada, e ao mesmo beijava-me metendo a lingua bem dentro da minha boca. Por fim pus-me de quatro com ele bem fundo por tras. Ao fim de cerca de uma hora dentro de mim, esporrou-se uma ultima vez.Senti-o a contrair para nova descarga, mas antes de descarregar, desta vez tirou a pica e muito depressa meteu-a na minha boca. Meteu-a bem fundo, mesmo na garganta, e largou o leite, que, mais uma vez entrou directo para o estomago. Quando acabou tirou-me a verga da boca ainda a pingar esporra. Levantou-se devagar e foi vestir a roupa. Eu mantive-me de quatro, sem forcas nas pernas para me levantar. Ele veio da casa de banho e eu estava na mesma posicao, de quatro, sem forca nas pernas, e com a esporra a sair do meu cu para o chao como catarata. Ele ajudou-me a levantar, sentou-me no sofa, disse que tinha gostado muito, que nunca ninguém tinha aguentado tanto tempo com ele dentro. Deu-me um beijo, disse que esperava que eu lhe liga outra vez para outra dose e saiu.Passados cerca de vinte minutos, fui tomar um banho de imersao para relaxar da verdadeir arrombadela que tinha levado.Mais tarde fui ver o mail e tinha mais dois que me queriam encavar, mas isso fica para o proximo..

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


13016 - Debaixo de um cão - Categoria: Zoofilia - Votos: 19
13033 - Sexo na mata - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
13039 - Sexo na mata 2 - Categoria: Zoofilia - Votos: 6
13110 - Violada no autocarro - Categoria: Travesti - Votos: 9
13195 - A primeira noite na rua 1 - Categoria: Exibicionismo - Votos: 3
13209 - Ajudando um sem abrigo - Categoria: Exibicionismo - Votos: 2
13351 - A minha primeira Dupla Penetração - Categoria: Gays - Votos: 5
13403 - A minha primeira Dupla Penetração2 - Categoria: Gays - Votos: 4
13557 - A primeira vez na rua 2 - Categoria: Exibicionismo - Votos: 1
15306 - O reencontro - Categoria: Gays - Votos: 6
15307 - Milagres da net - Categoria: Gays - Votos: 2
15642 - Milagres da net II - Categoria: Gays - Votos: 2
19729 - Foda por encomenda - Categoria: Gays - Votos: 1
20234 - Foda por encomenda 2 - Categoria: Gays - Votos: 1
36177 - As aparências iludem - Categoria: Gays - Votos: 2
36178 - As aparências iludem II - Categoria: Gays - Votos: 3
51334 - Comida na praia - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 16
55277 - Um dia como motorista - Categoria: Travesti - Votos: 4
58116 - Caralhão Brasileiro - Categoria: Gays - Votos: 12
58792 - A primeira vez - Categoria: Gays - Votos: 7
67648 - A primeira vez com fist - Categoria: Fetiches - Votos: 4
79669 - Noite a 200% - Categoria: Gays - Votos: 2
97673 - FESTA DE ANIVERSÁRIO - Categoria: Travesti - Votos: 8
98953 - FESTA DE ANIVERSÁRIO (continuação) - Categoria: Travesti - Votos: 5
109521 - A MINHA VIDA - Categoria: Travesti - Votos: 15

Ficha do conto

Foto Perfil elanasilva
paulinhacd

Nome do conto:
Á procura da piça mais grossa

Codigo do conto:
14389

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
23/11/2011

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


as travestestis mas do rabao do bumbum mas linxoestava bebada e meu filho me comeuviado bebendo porra e mijo do peão contos eróticos gayscontos eroticos em quadrinhosputa vendida conto eroticoporno marido leva amigo pra tomar um banho em sua cada e sua esposa frago homem na pumhetameu maridinho me deixou fuder na madrugadaconto erotico dopei minha esposa pra ser cornocontos eroticos colegial assediada em quadrinhosbelas picas de homens tipo de cavaloultimos contos sadoconto porno me exibiram feito um trofeuContos eroticos estuprada vovoconto fama ter pau enormeconto erótico chupa greloporno real em Araruama traicoesx porno em quadrinho no campo de refugiadoporno no táxipai comendo a filha no taxiconto erotico mamae me ensinou a bater punhetacontos porno de seducao de tiacontos eróticoscomendo a bunda de papaiconto erotico mimha mulher gosta de pau groso e grande e o meu e piquemovideos phornos nu mato mozcontoerotico sobrinha cabacinhacasa dos contos eroticos minha filha mim pediu para chupalaconto erotico viadotira ta doendo 111cantoerotico dei para negrão na praia de nudismoMeu tio e eu no motel conto eroticoConto gay me levaram como forma de pagamentoconto o enfermeiro gaymeu sogro me comeu contos eroticosEngravidando pornôcontos nao sei quem pai gravidaporno de quadrinhos o amigo negro do meu filho 2contos eroticos de defloraçao analcontos de filhos e mães pelados na praia de nudismocontos erotico-você gozando no meu cuzinhofodendo cuzinho da safadinha da minha cunhadinha contoscontos com fotos comendo cu travesti bebadagrelos. gigantes ativosdoutora tarada por cachorrocontos eróticos gay comendo o cu do garoto oferecidomarianaxvidiocontos a gostosanapraiavideos phornos nu mato mozsilto a esposa na boatesexonovinha fazendo sexo peladinha daqui 18 anos bem alegrinhade cueca pegando no cacete conto5 sado contos eroticosMEDICO TARADO.EM.EXAME NA XOXOTAcorno de caminhoneiro contoscaralhos pretos erotico desenhostitia me seduziuConto erotico bebendo porraconto erótico de gordinha cavalaCu de bebada não tem dono, fudendo cuzinho da irmãPrimo comendo esposa do primobailefunkcalçinhassedutoras e marrentas parte 4 contos eroticosFilhinha dando cu contoseroticosamor queroperder o cabaço do meu cuzinhoconto erotico irmao enrrabando irmao gayContos de gang bang com dotados novinhaa chamada cadela incestosobrinha casada conto eroticorelatos sexuais feminino casais jogando strip pokerconto erotico menina e o velhoQuadrinhos eróticos Novinha virgem chora na pau do paiConto erotico com jebão com fotoshentae mae e filho 3dagarrei minha tia velha e transamos contos