Como Tudo Começou 23


Click to Download this video!



Como tudo começou 23
Sonia levou Renata para o quarto dela, foram caladas, Sonia estava completamente nua. Entraram e Sonia fechou a porta, sentaram na cama, Sonia estava sem graça. O que você está fazendo aqui, porque não avisou que vinha. Renata a encarou. Achei que não precisava avisar. Sonia olhou para ela. Não precisa avisar e porque foi entrando sem tocar a campainha. Renata sorriu cheia de malicia, porque foi você que me deu a chave quando eu casei e não sabia que ia encontrar você com outra mulher. Sonia ficou sem saber o que dizer quando Renata falou aquilo. Você agora vai me julgar. Eu sempre apoiei você em tudo. Sonia falou. Eu não estou julgando. Eu adoro você e estou do teu lado. Renata segurou as mãos dela, quem é essa mulher? Perguntou. Sonia a olhou nos olhos, o nome dela é Edna, ela esta trabalhando aqui em casa e eu e ela acabamos nos envolvendo. Renata sorriu e beijou minha esposa no rosto. Não fica com vergonha, eu acho normal duas mulheres serem mais que amigas; você gosta dela, não gosta, Renata perguntou. Gosto, Sonia disse. Meu pai sabe, Sonia ficou sem saber o que falar. Você não é mais nenhuma garota, já é uma mulher para entender, não preciso mais ficar escondendo as coisas de você. Ele sabe, eu e seu pai sempre fomos muito sérios, até você casar. Fizemos tudo que tínhamos que fazer para criar você. Depois que você casou nos resolvemos aproveitar a vida e seu pai me apóia, ele sabe de tudo que acontece comigo, eu nunca escondi nada dele. Eu adoro seu pai, eu sou mulher e tenho meus desejos e minhas vontades. Eu gosto de mulher e de homem e teu pai me apóia. Só não quero que você fale com ele dessas coisas, ele não ia gostar. Renata sorriu, eu também não ia. Você sabe que eu adoro você e quero que você seja feliz. Sonia sorriu mais tranqüila. Sei querida. Porque você veio sem avisar. Renata olhou pra ela séria, eu saí de casa, disse. Como saiu de casa, Renata estava com lágrimas nos olhos, saí, eu não quero mais ficar casada. Sonia abraçou Renata, você pelo menos falou com o Fabio? Falei! Ele sabe que eu quero me separar. Sonia a olhou nos olhos, você nunca falou para mim que não era feliz. Renata abaixou a cabeça. Não sou, acho que nunca fui. Sonia acariciou os cabelos dela, me conta tudo sem esconder nada. Renata beijou Sonia no rosto, meu casamento esfriou, o Fabio viaja muito, só pensa em trabalho, não me come mais, eu fico cheia de vontade de dar e quando ele me come eu não fico satisfeita. Sonia encarou Renata, tem algum macho no meio de vocês não tem. Renata ficou seria, tem, disse. Por isso você quer se separar, quem é. Renata ficou calada. Se você não me contar tudo, eu não posso te ajudar. Sonia falou pra ela. Um homem que eu conheci em São Paulo, amigo dos pais do meu marido, ele é mais velho que eu, tem 53 anos, é divorciado e mora aqui perto. Ela disse. Sonia encarou a filha, você tem só 25 anos, Renata falava sem olhar pra ela. Eu sei, mas, eu sou louca por ele, eu conheci o Jorge num jantar na casa dos pais do Fabio, ele não parava de me olhar e estava carente e dei confiança pra ele, ficamos conversando e ele me cantou na festa, eu dei meu telefone pra ele e ele passou a me ligar, eu acabei saindo com ele quando ele foi a São Paulo. Sonia encarou Renata, você deu pra ele, dei, Renata confessou. Então é mais serio do que eu pensei, Sonia disse. É ele vem pra São Paulo toda semana pra me comer. Renata abraçou Sonia, você é minha mãe, eu posso falar, eu sou doida pelo pau dele, ele tem um pau enorme, eu fico maluca quando ele me come. Sonia beijou o rosto dela, por causa do tamanho do pau. Renata olhou para ela, é, eu não sabia que gostava de pau grande, estava acostumada com o do meu marido que é pequeno, o dele é diferente, enorme, grosso, lindo, eu não consigo resistir, ele é doido pelo meu corpo mãe, quer que eu me separe pra ir morar com ele. Sonia não sabia o que falar, escutando Renata falar daquele jeito, sua boceta estava úmida escutando o jeito que Renata falava do macho dela. Você quer largar um casamento pra ir viver com esse homem. Renata olhou pra ela, quero, disse. E você não tem medo de não dar certo, ela perguntou. Tenho, você deixa eu voltar pra casa, se não der certo? Sonia beijou ela. Deixo, meu bem, eu vou estar sempre do teu lado. Renata sorriu... Eu sabia, que você ia ficar do meu lado. Eu estou fazendo isso porque sei que você esta decidida. O Fabio sabe do Jorge. Sonia perguntou. Não. Eu não contei. Só ia piorar tudo. Sonia sorriu. Você tem que ter cuidado, tem que ser discreta até se separar, evitar ser vista com ele. Renata olhou pra Sonia. Eu sei, só que eu não consigo mais ficar sem sair com ele. Sonia abraçou Renata. Eu vou ajudar você, querida. Você vai me prometer que vai fazer tudo pra ninguém ficar sabendo até se separar. Depois você fala que começou a sair com ele depois que ficou sozinha, Renata beijou o rosto de Sonia. Eu prometo, eu faço tudo como você quiser. Você me ajuda a me encontrar com ele. Sonia sorriu. Ajudo, querida, nos vamos dar um jeito de você dar pra ele, não é isso que você quer. Renata riu. As duas resolveram tudo e parecia que nada tinha acontecido. Sonia e Edna procuraram ser discretas com Renata em casa. Pararam de andar nuas pela casa. De noite, Sonia me contou tudo sem esconder nada, falou que Renata tinha pego ela e Edna nuas na sala e viu Sonia chupando a boceta de Edna, elas tinham conversado e Renata aceitou. Sonia falou que não tinha escondido nada de Renata. Falou da separação e do amante dela. Eu fiquei sem saber o que falar e como todo homem deixei tudo nas mãos de Sonia sem me envolver. Sonia e Renata ficaram mais amigas, Renata perdeu completamente a vergonha e falava pra Sonia sobre Jorge. Estava fascinado por ele, pelo que ela falava Jorge dominava ela e comia ela sem pena, arrebentando os buracos dela. Sonia aos poucos foi se abrindo com ela e confessou para Renata que também gostava de pau grande. Edna e Renata se deram bem, ela aceitava o envolvimento das duas. Sonia vendo que Renata aceitava tudo voltou a andar de calcinha em casa, Renata perguntou para Sonia se podia ficar de calcinha também, Sonia achou normal e falou que podia. Edna voltou a trabalhar só de calcinha. Quando estavam sozinhas em casa, passou a ser normal as três ficarem de calcinha, uma na frente da outra, quando eu chegava Renata colocava um shortinho e Sonia e Edna ficavam mais vestidas. Renata estava um escândalo de linda, o cabelo louro, liso, tinha um rosto delicado, lábios grossos e uma carinha de safada, o corpão dela, chamava demais a atenção, os seios grandes e duros, a cintura fina, os quadris bem largos, o short apertado mostrava a boceta grandona e o exagero de bunda que ela tinha, grande, redonda e arrebitada. Sonia via que Renata ficava olhando para Edna mais não falava nada. Renata ligava todo dia para Jorge e ficava horas conversando com ele. Jorge já sabia que ela estava se separando. Fabio ligava quase todo dia, querendo que ela voltasse pra casa, acabavam brigando. Ele acabou aceitando se separar mais queria que ela abrisse mão de qualquer pensão, Sonia falou pra ela aceitar, Renata aceitou e o advogado de Fabio veio até nossa casa acertar tudo. Renata estava doida para se separar e não tinha mais nada para ser feito. De noite Edna esperava Renata ir para o quarto dela para vir para o nosso quarto comer Sonia. Entre beijos e tapas Edna enrabava minha esposa na nossa cama. Edna sabia tudo que estava acontecendo com Renata. Uma manhã, Edna falou para Sonia que Renata dava em cima dela, Sonia já tinha percebido, Edna contou que Renata quando ficava sozinha com ela ficava abraçando ela, beijando ela no rosto, ela ta doida pra me dar a boceta, Edna falou. E você ta doida pra comer ela, Sonia disse. Edna sorriu. To, disse. Se ela quiser come. Ela já é mulher, eu não posso controlar ela, depois de tudo que aconteceu, eu já imaginava que isso ia acontecer. Edna beijou Sonia, eu sabia que você ia entender. Renata só andava de calcinha em casa, mostrando o corpão pra Edna, fazia pra provocar, uma tarde Sonia resolveu ir ao shopping para deixar Renata sozinha com Edna, Continua... No próximo, tudo que aconteceu entre Edna e Renata. E quando Sonia foi com Renata na casa de Jorge para conhecer ele.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


13140 - Como Tudo Começou 4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
13141 - Como Tudo Começou 5 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13142 - Como Tudo Começou 6 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13143 - Como Tudo Começou 7 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13144 - Como Tudo Começou 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
13145 - Como Tudo Começou 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13146 - Como Tudo Começou 8 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13156 - Como Tudo Começou 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
13157 - Como Tudo Começou 9 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13158 - Como Tudo Começou 10 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13159 - Como Tudo Começou 11 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13160 - Como Tudo Começou 12 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13161 - Como Tudo Começou 13 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13164 - Como Tudo Começou 14 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13165 - Como Tudo Começou 15 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13166 - Como Tudo Começou 16 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13199 - Como Tudo Começou 17 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
13200 - Como Tudo Começou 18 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13201 - Como Tudo Começou 19 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13202 - Como Tudo Começou XX - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
13217 - Como Tudo Começou 21 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
13219 - Como Tudo Começou 22 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13221 - Como Tudo Começou 24 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13222 - Como Tudo Começou 25 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13223 - Como Tudo Começou 26 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13224 - Como Tudo Começou 27 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13251 - Como Tudo Começou 28 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13252 - Como Tudo Começou 29 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13253 - Como Tudo Começou 30 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13293 - Como Tudo Começou 31 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico casal mad

Nome do conto:
Como Tudo Começou 23

Codigo do conto:
13220

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
27/07/2011

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


pornor filha senta nu pau pai na mesa de jantarcontos de mulher tranzando com homem do pau inormePorno incesto pais e maes iniciando masturbando tranzando com suas ninfetinhas contosconto erotico dormindoconto erotico gay coroa viuvo faz viadinho de femeaConto ui ui mete ui ui filhoamigo meninos conto erotico bairronao para corno to com tesaocontos de cú de tiaconto esposa nua na saunadezenho porno en quadrinho dos frisdoscontos eroticos na praiasexo com enfermeira gostosa de fio dental com argola na orelhacontos eroticos cheirinho de buceta na calcinhacontos erotico-querendo vocêminha namorada me traio com meu tiohttp://comtos eroticos de estuproxvideo gay mecanico sendo ertrupado por patraoContoeroticoporcoconto erotico meu primo me enganou e comeu meu cuconto erotico minha mulher minha mae e minha sograengravidando a maninha quadrinhopadrasto chupando a enteada conto ilustradoexagerado conto pornogibis pono volei sexoal entre uma mamãe e uma titia com bucetas muito deliciosas 2quadrinhos eróticos lactofiliacontos eroticos guardetes noturna trepandocontos herotico dividacontos eróticos enganando A sobrinha novinhalevei no cu pagando um bola gato contos eroticosConto erotico gay velho maduroxvideo de negao com mulher de4 efiando ate no estomagodomcuervoxvideo.Conto Erotico - Corneando o marido com um travestis !Conto reas rasgaran ucuzinho virgem da minha mulher na minha frentecontos eroticos fui comida por meu esposo,cunhado e sogri.contos eroticos me exibindo para instalador calcinhaconto incesto sou mulher do meu filhoconto erotico com o açougueirocontos eroticos vizinha velha peludaquadrinho sexoseiren eporno eroivoconto erotico desabafomulher dano buceta bhpadrasto a proveita a donselinha dormindo a mulhe a vai desvirginar a entiadaDei o cu pornoComi o cu do meu pequeno Ele cago no meu pale incestoContos eroticos usando botas e luvascontos eroticos meus primos e seus amigos me arregacaram o cuconto erotico amiga da minha mulherContos excitantes dentro de transportes gozou dentrocasadas.putafotoPorno conto eu e minha tia no sexo virtualconto erotico chandele no pau para filhasimagem frases liberdades por irmaolzinhoslojas gloryroletravestibebadacalcinhaContos eróticos bem safadao com o amigo tímido e virgemcoroa roludo 27 cm de rola fudeu o novinho conto eroticoconto erotico menina na belicheconto erodico lesbicoconto erótico meu marido ê minha femia e meu veadoContos erotico em quadrinhos o punheteiro da praça Conto boquete escondido em quadrinhoContos eroticos dei a buceta para o meu empregadoconto fogosa mendigocontos eróticos viadinho sapecaConto eroticos mamar gulosa mamando no pauzao do filho e de mais seis amigos negao dele em gang bangcontos eroticos- suruba no tremcumi a bucrtina contos eroticosconto novidade swingconto herodico em quadrinhosfudendo minha mae e irma contosvelho dado cu p negãoTiozão safado botando bezerro para mamar até gozarcu da prima conto eroticofui enrabada ao lado d meu marido no escurocontos eroticoscontos eroticos mae levanu filha para se patrao descabaçaContos erótico meu pau e enorme mas a sogra quisfiquei sozinha na casa do titio e provoquei ele sem calcinha pornoMeu filho atrevido hqMEDICO TARADO.EM.EXAME NA XOXOTAcontos eroticos br fudendo no onibus lotado