Sedutoras e Marrentas - 9


Click to this video!


A partir daquele dia, os dois pouco se encontravam. Tom saia bastante e Silvia passava o tempo estudando e treinando com o seu time de handball. Bebel, as vezes, aparecia na casa dos pais com a esperança de encontrar Tom, mas este parecia evitar qualquer contato com ela. Tom, na realidade, depois de saber que era tudo armação de Silvia e Paula, resolvera evitar contato com as irmãs. Certo dia, Paula deixou Silvia em casa. Tom estava no portão com uma garota. A conversa parecia bem intima.
- hmmm - disse Paula, ainda dentro do carro. - ele se consolou rapidinho, heim?
- ele tem todo direito... ainda bem... to mais aliviada - disse Silvia.
- e a garota é bem bonita... e ele tá todo babão... - provoca Paula.
- ele merece, coitado...depois do que fizemos com ele...
- mas repare só...o tipo da moça... com quem ela se parece?
- não sei... com quem? - pergunta Silvia, intrigada.
- se parece com uma amiga minha... olha só: ela é branca, pernas e coxas grossas, cabelos ondulados... ihh! se parece com vc, amiga...
- pára com isso, boba...rsrsrs...vc tem cada uma...
- só falta ela ser pentelhuda que nem vc.... kkkkkkkk
- vc é uma idiota!!! sua besta... rsrsrs... nem sei como ainda sou tua amiga...
- porque sou o teu oposto... kkkk... vc é toda santinha, e eu sou a devassa... a gente se completa... mas o que eu disse é verdade... ele tá com uma garota que é o teu tipo fisico...
- vc tem cada uma... bem, vou entrar... tchau.
Silvia desceu do carro, e passou pelo irmão e pela garota que estava com ele. Deu um "olá" e entrou em casa.
Tom ficou por ali mais algum tempo, depois ele e a garota se beijaram e ela foi embora.
Dias depois, Silvia estava em casa ajudando na limpeza, quando Bebel chegou.
- oi,maninha...! tava louca pra te encontrar... - disse esta, sorrindo com malicia para a irmã.
- Oi, Bel... como anda o maridão? -provocou Silvia.
- hmmm... eu e ele estamos melhor do que nunca... e vc? to preocupada com vc..
-por que?
- desde que vcs voltaram da fazenda da Paula, eu não te encontrei... aconteceu alguma coisa desagradável por lá?
-claro que não. O passeio foi super legal...
- imagino... vc, o Tom e a Paula... um trio e tanto...rsrs
- o que quer dizer?
- pensa que não sei o que vc queria? vc e o Tom...
- eu e o Tom... somos irmãos... jávc se esqueceu disso, né?
- ah, vc quem começou...
- vc transou com ele, com teu próprio irmão.. só para me atingier... se a mamãe e o papai souberem...
- vc não teria coragem de contar... conheço vc...
- mas me dá uma vontade louca de fazer isso... não faço pelo Tom... vc usou ele pra me atingir...
- e ele gostou de ser usado por mim... e por vc, ele gostou?
- eu não usei ele... eu e Paula planejamos aquele passeio só pra vc pensar que eu e ele... enfim, que a gente tava ficando... mas ele nem sabe disso, coitado. Vc caiu como uma patinha... bem feito...
- mas ele ficou comigo.. e como ficou!
- vc é uma tarada...! vc me dá nojo!
- mas eu ganhei essa disputa... reconheça!
- vc usou seu corpo pra atrair ele...
- vc devia fazer o mesmo... vc não é de todo mal.. rsrsr
- eu poderia... e tenho certeza que ganharia ele... sua besta! Mas agora chega, não toque mais nesse assunto comigo,senão não respondo por mim... !
-hmmm.. calma! eu não falo mais sobre isso... pra mim tá encerrado! bjs, maninha. a gente se vê.
Silvia engoliu a raiva. Mas aquilo era um assunto encerrado. E ela não queria mais confrontos com Bel.
Uma semana depois, Silvia e Paula foram ao cinema. Estava passando um filme que as duas queriam ver. Na bilheteria, Paula e Silvia conversavam.
- Amiga, tem um carinha que eu conheço bem ali... vou falar com ele e já volto..
Silvia ficou ali, esperando a amiga, com o bilhete na mão. Nisso, ela viu Tom entrando, e olhando os cartazes dos filmes. Parece que ele não percebeu a presença da irmã.
-hmm.. deve estar esperando a namorada.. -pensou.
Paula voltou.
- Si... vc pode ver o filme sozinha? eu e o Nando... bem, a gente vai a um barzinho... quer vir com agente?
- mas eu ´já paguei pelo bilhete... e a gente...
- Sisinha,por favor..., eu to super a fim do carinha...e..olha só quem tá ai!? - Paula acabara de ver Tom. - a salvação da lavoura.
Paula arrastou Silvia até o irmão.
-Oi tom!! - saudou ela.
- Oi,Paula.. oi, mana... as duas amigas inseparáveis.. - disse ele. Olhou para a irmã. Silvia estava linda!
- É.. só que pintou um lance pra mim... bem, vc tá sozinho?
- tô, sim. por que?
- bem... vc pode fazer companhia pra tua irmã? ela tá louca pra ver esse filme...
Silvia enterveio.
- Paula!! o Tom deve estar esperando a namorada!!??
- Não.. - disse Tom. - eu vim sozinho mesmo... tudo bem.
- Tá vendo, Si? - Paula, apressada, se despediu da moça,dando dois beijinhos na face. - fica com o mano, a gente se vê mais tarde ou eu te ligo. Tchau.
Silvia sorriu, meio constrangida.
-Mano... eu posso vero filme sozinha... não quero te atrapalhar...
- não me atrapalha... sem problemas... - disse ele. - vamos?
Os dois entraram na sala, e escolheram um canto onde havia pouca gente. Sentaram-se em silêncio. Havia aquele aroma de pipoca no ar. Alguns casais se beijavam.
- me disseram que esse filme é de arrepiar...- disse Silvia. - a Paula adora esse tipo de filme... não entendo ela.. rsrsrs
- ela escolheu ficar com o namorado...
- bem... espero que o filme não seja tão amedrontador..
O filme era daqueles tipo "o massacre da serra elétrica..." e vai por ai.
As luzes se apagaram e começou o filme. Realmente, o filme era puro suspense. Alguns gritos se faziam ouvir. Silvia se continha. Não gostava daquele tipo de filme, mas ficou ali. Tom permanecia quieto. Num dado momento, a tensão era tanta, que Silvia se refugiou o ombro do irmão. Este a acolheu, colocando as mãos no seu ombro.
- desculpe... me assustei -disse ela, sem jeito.
- tudo bem...
Novo susto. E ela se abraçou a Tom, trêmula. Tom a acolheu. Desta vez, seus rostos ficaram muito próximos. Tom sentiu o perfume da irmã.. naquela penumbra, olhou o rosto, a boca da garota... lembranças recentes vieram fortes.. lembranças de beijos ardentes, de caricias ousadas.. mãos que tateavam, dedos que se introduziam em recantos proibidos... Seus lábios estavam muito próximos... e o beijo foi inevitável.
Silvia se entregou naquele beijo de forma intensa. Sentia-se protegida. Seu coração acelerou agora, mas não era por causa do filme de terror. Abriu a boca e recebeu a do irmão. Suas linguas se tocaram, se entrelaçaram, e uma emoção bem forte tomou conta de ambos. Não se sabe quanto tempo ficaram ali. O tempo parecia não contar para eles. Silvia sentiou a mão de Tom pousar um pouco acima do joelho. E ela, intimamente, torceu demais para que aquela mão subisse por sua coxas, que se adentrasse por sob o seu vestido... e a sua torcida foi recompensada... Tom subiu a mão devagar e explorou a maciez daquela grossa coxa da irmã.. Silvia se apertou ainda mais a ele, e seus beijos se tornaram mais ardentes, como se fosse possível... Silvia vibrou de emoção quando a mão do irmão subiu até o alto da coxa e por ali ficou um tempo, tateando, sentindo, até fazer o caminho de volta... seus lábios se desgrudam, lentamente... ela o olha profundamente... ela então pega a mão atrevida e o coloca, suavemente, entre as coxas, um pouco acima dos joelhos.. Tom estremece ante aquela iniciativa da irmã.. Os lábios da irmã parecem implorar por seus beijos... e ele a atende. Sua mão desliza entre as duas deliciosas coxas, subindo devagar... no seu intimo, Silvia quer demais... deseja demais que aquela mão suba ainda mais... e ela entreabre suas coxas, liberando passagem... seu corpo reage, se movimentando, quando a mão de Tom atinge o alvo... como ela quer... e Tom sente a calcinha fofa... ele tateia por ali, sente fios de pêlos que escapam fora da calcinha... Silvia sabe que Tom já a conhece por inteira... já lhe beijara demoradamente sua parte mais intima, já lhe tocara profundamente... mas agora, alí, parecia a primeira vez... a emoção era demais..
Silvia sai dele, sentindo o dedo atrevido lhe tocando.. olha para o irmão, e seu olhar diz tudo: gosta daquilo, gosta demais de fazer aquilo com ele. Seus labios emitem um gemido quando sente ele tirar a calcinha de lado, liberando o tufo de pêlos, fartos e macios.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


11551 - DOCE NANDA - Parte um - Categoria: Incesto - Votos: 9
11554 - DOCE NANDA - Parte dois - Categoria: Incesto - Votos: 6
11560 - DOCE NANDA - Parte três - Categoria: Incesto - Votos: 7
11579 - DOCE NANDA - Parte quatro - Categoria: Incesto - Votos: 9
11684 - DOCE NANDA - Parte cinco - Categoria: Incesto - Votos: 8
11703 - DOCE NANDA - Parte seis - Categoria: Incesto - Votos: 6
11793 - DOCE NANDA - Parte sete - Categoria: Incesto - Votos: 8
11877 - CORPOS ARDENTES - parte um - Categoria: Incesto - Votos: 7
11950 - DOCE NANDA -Parte oito - Categoria: Incesto - Votos: 7
12019 - CORPOS ARDENTES - parte dois - Categoria: Incesto - Votos: 5
12102 - CORPOS ARDENTES - parte três - Categoria: Incesto - Votos: 4
12209 - DOCE NANDA - Parte Nove - Categoria: Incesto - Votos: 7
12225 - DOCE NANDA - Parte dez - Categoria: Incesto - Votos: 6
12334 - Corpos ardentes - parte quatro - Categoria: Incesto - Votos: 3
12345 - Corpos Ardentes - Parte 5 - Categoria: Incesto - Votos: 4
12415 - DOCE NANDA - Parte onze - Categoria: Incesto - Votos: 7
12428 - DOCE NANDA - Parte 12 - Categoria: Incesto - Votos: 7
12439 - Sedutoras e Marrentas - Um - Categoria: Incesto - Votos: 6
12440 - Sedutoras e Marrentas - Dois - Categoria: Incesto - Votos: 5
12441 - Sedutoras e Marrentas - Três - Categoria: Incesto - Votos: 6
12449 - Sedutoras e Marrentas - 4 - Categoria: Incesto - Votos: 6
12475 - Sedutoras e Marrentas - Cinco - Categoria: Incesto - Votos: 5
12521 - Sedutoras e Marrentas - 5 - Categoria: Incesto - Votos: 6
12533 - Sedutoras e Marrentas- 6 - Categoria: Incesto - Votos: 6
12535 - Sedutoras e Marrentas -7 - Categoria: Incesto - Votos: 6
12691 - Sedutoras e Marrentas 8 - Categoria: Incesto - Votos: 7
12712 - Sedutoras e Marrentas - 10 - Categoria: Incesto - Votos: 8
12772 - Sedutoras e Marrentas 12 - Categoria: Incesto - Votos: 5
12820 - Resumo de contos escritos por Tom Jones - Categoria: Incesto - Votos: 1
12909 - Sedutoras e Marrentas - Parte Final - Categoria: Incesto - Votos: 5
12991 - A Excursão - 1 - Categoria: Incesto - Votos: 6
13136 - A Excursão 2 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13188 - A Excursão 3 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13197 - A Excursão 4 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13216 - A Excursão 5 - Categoria: Incesto - Votos: 6
13263 - A Excursão 6 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13291 - A Excursão 7 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13298 - A Excursão 8 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13324 - A Excursão 8.1 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13334 - A Excursão - oito - Categoria: Incesto - Votos: 4
13360 - A Excursão oito-2 - Categoria: Incesto - Votos: 1
13374 - A Excursão 9 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13392 - A Excursão10 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13429 - A Excursão 11 - Categoria: Incesto - Votos: 3
13478 - A Excursão 12 - Categoria: Incesto - Votos: 6
13509 - A Excursão 13 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13520 - A Excursão 14 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13543 - A Excursão 15 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13573 - A Excursão 16 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13676 - Próximo conto de Tom Jones - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13787 - A ninfeta e o bad boy -1 - Categoria: Incesto - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico tom jones

Nome do conto:
Sedutoras e Marrentas - 9

Codigo do conto:
12703

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
07/06/2011

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos fudi a minha sogramulhuer de fio dental peladasxvideo gay capoeira 2 o gingado do sexohentai comendo a mae dos outrosvelho dado cu p negãoconto comendo o cu do sogrocontos erotico com fotos tio e as meninasQuadrinhos Hentai Dragon BallContos eroticos dei no portãoconto erotico de caralho do tamanho de um bracoconto erotico diretora e novinhaconto erótico filhinha tioscontos comi irma na viagem pornodwolland coroas para namoroConto erotico de maesinha gostosa de camisolinha transparenteconto erotico usadoas bucetudacontos gay peguei carona e dei o cuContos eroticos de Carlacontos eróticos de fardados gaysContos eroticos avo e netaenteada gripado palhaçocontos eróticos de wife sharingperdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos ertico estrupo cavaloConto erotico louca para dar a xoxotaConto erotico de mulheres safada delirando no pausou casada e transei com o meu padrastoEstória em quadrinhos euroticos de vovó tranzando com netaconto erotico trepado no onibustop contos eroticos hetero pag 18contos peguei meu cunhado masturbandisogra gordinha sessentona contosCavalguei no pau da Samantha travesti e gostei contosanal quadrinhoContoeroticoprofessoras putastio tarado aromba a xoxota da sobria de dez anos com forsoquadrinho erotico do doador de espermapunheta sentado no mesmo banco dela no onibusmulher engasga com dogconto erotconto erorico filha cuzinho chorou kagou no palcontosbuceta inchada incestoFoto picudo fudenos as casadaconto esposa vadia adora ser chingada e marido corno chupador de porrao negao comedor de cu quadrinhoscontos eroticos pessoas que adoram leite maternoarronbaram o meu rabo aforca, canto heroticocontos sobre velho taradoconto erotico masturbationssaindo com plug no anus conto eroticotirando a carencia do meu papai conto eroticosconto virei travesti necessitadaconto o macho da minha mulherconto erotico patroa taradascontos erotico arrobaram meu cusinho virgem sem do nem piedade chegou sangrar sem pararcontos eroticos fui comida por meu esposo,cunhado e sogri.conto erotico , virei cadelinha da espanhaconto dei o cuperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto erótico fudendo com a priminha com os pais seladocontos eroticos no hotel com mamaequadrinhos eroticos mijadasContos eroticos reais familia felizchuprarcontos eroticos gay o trote parte IIconto erotico em quadrinhõqual hq erotica porno que o filho lucas come a empregada domesticacomi a melhor amiga da minha mae vai mete seu puto cotos eroticocontos heroticos de gays versateis dando e recebendo leitinhohistoria em quadrinho porno traicaonovinha fazendo sexo peladinha daqui 18 anos bem alegrinhacontos eroticos encertos cm a irmaConto erotico taradacontos eróticos padrasto e vizinhosdp gostosa cm negao. conto erot.Mae vai na praia e ver o pau do fiho e da p ele ,xvideoconto erotico minha namorada dançando forro com meu tioSeu zeca novinhas nuas no banho dando o vu choranfoconto erotico esposa entalada até o sacoporn contos eroticos humilhada e mijadaMasturbando escondida moz ate gozarjatos fortes de porra no fundo da minha bucetaAgora foi a vez do titio luiz me foder. Conto eróticoContos eroticos para virar shemalecasada que fes zoofilia pela primera vescontos eroticos de submissa vendidacoto erotismo nagao tarado por novimhaAyatsuri ningyou conto eroticopegei minha tia no banho buseta carnudacontos eroticos de coroas mulheres que transaram com inquilinosconto erótico gay rei jek conto interessantecontos heoroticos novinhos