COMI MINHA CUNHADA NO ESCRITÓRIO


Click to Download this video!


Ela tem 43 anos, mas é um tesão, quando a gente fala em quarentona, logo imaginamos, por mais gostosa que seja, uma mulher que tem estrias, celulites, gorduras localizadas etc... Bobagem quer ver? Luiza Brunet, Solange Frazão, Monique Evans etc.....Falando em atriz, ela lembra um pouco a Leila Lopes, aquela moreninha maravilhosa. Nem preciso descrever mais nada. Bom eu tenho 1,90m 89kg, 39 anos, olhos e cabelos castanho e cavanhaque. Ela é a irmã de minha esposa, e eu sempre me senti atraído por ela e acho que ela também tinha uma leve queda por mim, mas nunca rolou nada, e por várias vezes peguei ela sem roupa, tomando banho, e etc e sempre levamos na boa. Tirava até sarro dela, dizendo que era gostosa, etc... Ela era casada também, mas o marido dela, um cara metido a garotão, arranjou uma galinhazinha de 20 e poucos anos e ela descobriu, resultando uma separação. Realmente o cara é um mané, trocar a minha cunhada de 40 enxutona por uma de 20 e poucos........ xá pra lá, depois eu explico porque. O cara enriqueceu rápido e deixou ela muito bem, e logo ela comprou sociedade em uma empresa e me chamou para trabalhar com ela, pois ela queria alguém de confiança a seu lado. Nosso relacionamento era muito bom e depois disso ficou melhor ainda, pois passamos a nos ver diariamente e ficamos bem íntimos. Normalmente eu e ela fazíamos reuniões em sua sala com portas fechadas e eu, às vezes ficava excitado pois pensava na possibilidade de rolar algo lá dentro, pois transar no escritório é uma antiga fantasia minha. Certo dia em nossas reuniões, ela parou e me pediu para fazer-lhe massagem em sua nuca pois estava tensa e eu, tenso, fiz e nessa de fazer massagem fiquei de pau duro ainda mais quando ela me disse que minhas mãos eram gostosas; propositadamente, encostei meu pau duríssimo em suas costas umas 3 ou 4 vezes para sentir sua reação e qual não foi minha surpresa quando senti que ela fez uma leve pressão inclinando suas costas para trás. Parou por aí, ela me agradeceu muito, me elogiou demais, minhas mãos eram maravilhosas etc e tal. Eu precisava de uma massagem no pinto de tão duro que estava chegava até a doer. Eu mesmo fiz a massagem no banheiro depois.
No dia seguinte ela queria falar comigo logo após o almoço, que era para eu ir até a sala dela; nem almocei e fui, entrei em sua sala e ela pediu para eu fechar a porta. Ela estava em dúvida com uma proposta e me pediu para que desse uma lida, enquanto eu lia, ela ficou em pé e começou a andar pela sala e percebi que ela disfarçadamente trancou a porta, na mesma hora falei para ela que quem estava com dor nas costas hoje era eu. – Vou retribuir sua massagem de ontem, disse ela, veio atrás de mim e começou a fazer; do mesmo modo que eu encostava meu pinto em suas costas no dia anterior, ela fazia comigo e eu sentia o calor nas minhas costas, eu me encostei de vez e senti suas respiração ofegante, coloquei minhas mãos para trás e peguei em suas pernas, comecei a acaricia-las subindo quase até sua bunda. Ela enfiou sua mão por dentro da minha camisa e me abraçou colocando sua língua dentro do meu ouvido. Não resisti, virei e puxei-a para meu colo e começamos a nos beijar; demos um longo beijo enquanto minhas mãos desabotoavam sua camisa e comecei a acariciar seus seios, ela se levantou e tirou a camisa e o sultien e sentou no meu colo de novo, só que agora de frente para mim, se inclinou para trás e encostou-se à mesa empinando seus seios para que eu caísse de boca, saboreei cada milímetro daqueles seios deliciosos, fiquei quase 30 minutos mamando, quando ela gozou, quase me arrancou os cabelos de tanto que puxava e ela queria mais, me levantou e abaixou minhas calças e começou a chupar meu pau. Ela sentada na cadeira e eu em pé, infelizmente não me chupou por muito tempo porque eu adoro uma chupeta, mas foi gostoso, ela ficou de, abaixou sua calcinha e ergueu sua saia, em seguida, debruçou na mesa ficando com a bunda para minha direção exibindo sua bocetinha totalmente depilada, sentei na cadeira e comecei a fazer um oral caprichado, eu chupava aquela bocetinha com muita sede, ela se contorcia debruçada na mesa, eu segurava em sua bunda e ficava passando minha língua dentro daquela delícia até que tocou o telefone, ela disfarçadamente atendeu, até que manteve a calma, mas propositadamente coloquei minha língua dentro da boceta dela e estiquei o máximo que pude fiz movimentos circulares mas ela manteve a compostura então coloquei minha língua em seu cuzinho e ela brava falou com a pessoa que depois ligava pois estava ocupada e estava mesmo pois gozava como uma desvairada, agarrei sua cintura e beijei sua bocetinha como se fosse um beijo de língua bem apaixonado, ela gemia baixo pois não podia fazer escândalo, seu tesão me escorreu pelo queixo e escorreu no meu peito. Sem ela sair da posição, coloquei meu pau na sua boceta e só coloquei a cabeça, comecei a beijar suas costas e fazer massagem, fazia movimentos de vai e vem sem enfiar tudo, só a cabeça do meu pau, ela ergueu um pouco seu corpo e coloquei minhas mãos em seus seios e novamente ela começou a se excitar e empurrava sua bundinha em direção a minha virilha fazendo com que meu pau entrasse todo, eu estava em ponto de bala, abracei-a pela cintura e enfiei tudo e parei com o movimento de vai e vem senão gozaria rapidamente, deixei os movimentos por conta dela e ela começou a rebolar forte, tirei meu pau para não gozar e coloque-a sentada na mesa de frente para mim, abri suas perna e enfiei tudo, ela me abraçou pelo meu pescoço e cruzou suas pernas na minha cintura fazendo com que eu a levantasse, começamos a nos beijar e eu a encostei na parede e fui apertando-a e ela se contorcendo até que explodi num gozo fenomenal, estremeci, minhas pernas ficaram bambas que quase a derrubei, percebendo que ela estava em ponto de gozar novamente, deitei-a em sua mesa e comecei a chupar seus seios, e coloquei meu dedo em sua xaninha e a masturbei até ela gozar novamente na minha mão. Ajudei-a a se vestir, me recompus também e demos um longo beijo apaixonado. Saí de sua sala e cruzei com um colega de escritório e o mesmo me disse: -Trabalhar com parente é foda né meu??? É foda das boas, pensei. Outro dia ela me retribuiu uma chupetinha deliciosa, só eu gozei e ela nem chegou a tirar a roupa, eu abaixei minha calça e sentei na mesa dela, foi demais.
Sempre que entro em sua sala, tranco a porta e a gente brinca um pouco, mas transar ali nunca mais, a gente transa na casa dela ou em motéis.
Eu adoro essas aventuras e quero vc gatinha...... faço do jeito que você mais gosta, quer??? z

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


1444 - UMA ORGIA MARAVILHOSA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
1445 - TRANSEI COM A RECEPCIONISTA DA MINHA EMPRESA - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
1446 - ENCOCHEI A GATA NO ONIBUS E ROLOU UMA TRANSA - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
1447 - O TIOZÃO, A SOBRINHA E A AMIGA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
1448 - AMARREI MINHA AMIGA E.... - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
1449 - FINGI DORMIR E COMI A NINFETA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
1527 - TRANSEI COM MINHA DENTISTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
1576 - SEXO ORAL NA LOIRINHA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
3812 - ORAL NA LOIRINHA - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
3814 - UMA ORGIA MARAVILHOSA - Categoria: Heterosexual - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico ksadotesudo

Nome do conto:
COMI MINHA CUNHADA NO ESCRITÓRIO

Codigo do conto:
1249

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
13/05/2003

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


esposa velho pauzao contosputaria mozcarolzinha santos baixinha gostoza trepanomoleca branquinha safadinha fotos nua em contos eroticosConto erótico gay Cúmplices de um resgateContos gay pau pequenoperdi as preguinhas do cu quando era pequenaquadrinho eroticos engravidando a irmacontos saunas velhos chubbys gayscontos erótico escochando minha irmã no ônibusgays magrinhos cavalos no tamanho do pau transando e falando besteira no ouvidoconto gay marginal fortalezaConto porno virgem deflorada por traficante pauzudo da favelaconto de madrasta taradacontos gay negro mendigoContos de gozadas nas calcinhas das sograso padrasto tarado ver a enteada se depilando e que fazer sexoscomo sabe tia sedi tesao sobrinhotrabalho quero a cona da tua mulher contosconto com foto amadora corno esposa enteada incestocontos eroticos de madura com neguinho novinho analconto erotico sogra bundudaquadrinhos de familia pornôcontos eroticos- meu amigo dormiu namorada calcinha pequenaviciada em negros contosporno gay quadrinhos simpsonsarronbei minha sogra todinha contosfoda para engravidar.conto. eroticoContos eroticos casadas e assediadascorno de caminhoneiro contoscontos eroticos como convencer esposa a um menagecontos de sexo bar stripteasemeu filho atrevido e selvagem pornconto erotico gay travesti velha escravizada por coroa pirocudocomtos erotico da novinha deu ocu prochiquititas mosca e duda porno gaycontos de empregadas evangelicassexo gostoso truncadodei o cu e buceta na infancia que vicieiestava bebada e meu filho me comeuquadrinhos porno bocetinha rasgadas por paus grandes interrracialconto eroticos gay brincando de esconde escondecontos eroticos secretaria peitudacontos eroticos ninfetascontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistaConto sexo anal padrato incerto inocente muito dor ta ardendo meu paisexo gay pirataencoxada dormindo gozadablog+cartoon+novinho+na+zoofilia+blogdespindo a irmã dormindocontos eroticos madrasta evangelicaContos eroticos minha irmã correspondeu minhas caríciassexo em desenho. safadogravida do negro dela conto eroticoultimos contos sadosededesexo pau na sogracontos eroticos o menininho pequeno e o camionheiro malfadoporno tia não acredita ao ve o sobrinho engoli o proprio pintoentiadacontoeoticoencoxados as bucetas gostosa que esta no busao enos tremfamilia favela mulher dondo o cusinhoContos gay pau pequenomeninas superpoderosas eroticomeu sogrou chupou minha buceta peludinhacontos veridico mulher casada ,mas nao resistiu ao travesti bem dotadocontos eroticos de mae cuzudas com fotosconto comi amiga da minha namoradaaminga dormi com a amiga come cu dela enquanto dormiaMarcia meu sogro. comeu meu cu virgemconto erotico de incesto: dei ate banho na mamaeconto erotico gay meu sobrinho me fodeu no hotelConto erotico meu pai tirou minha virgindade imagemvovo gay goza cu dr gazconto erotico tripla penetraçaoConto de puta depravada servindo a muitos machossobrinhacontoeroticoporno/japones/pai/comendi/mae/filha/sogra/cunhadacontos veridico garotinho mega dotado comeu a vizinha casada escondido do maridoquadrinho xxx do diabotexto e fotos de historia de porno titiu meio safado e inocente e subrinha safadacontos eroticos bixanoassistir vídeo pornô fatos reais negão arrebentando xoxota da novinhafunckstonescontos eroticos sou casada minha amiga scat deliciosoconto erotico gay em bertiogacontos eróticos traficantepau de jegue arrombando minha vizinha e eu contosconto gay mameiconto erotico sou viuva levei varaIncesto contos mamaes e papais iniciando suas filhinhas com suas bonecas nas camas e banhos