Esposa sendo fodida numa boate liberal no Carnaval


Click to Download this video!


Olá amigos!

Bem, dando continuidade as nossas loucuras de sábado e domingo deste carnaval ontem, segunda-feira, não foi diferente.

Como sabem meu nome é Alberto, tenho 44 anos e sou casado com Lúcia, 40 anos, pele clarinha, 1,63m, 54kgs, cabelos loiros médios, olhos mel, seios empinados e durinhos e uma bunda muito gostosa.
Somos liberais há uns quatro anos apenas, mais tempo suficiente para eu me tornar um corno assumido e minha esposa uma putinha muito vadia e safada, da qual tenho muito orgulho e tesão.

O meu amigo Marcos ligou na segunda a tarde, conversou com a Lúcia e nos convidou para sair à noite depois das 23h, então sugeri que fossemos naquela boate da Ilha Porchat da qual Já havia comentado e ele topou.
Mais tarde a Lú me perguntou se eu já tinha a resposta para a pergunta que ela me fez ontem no drive in, e eu respondi que ainda não, ela sorriu e me chamou carinhosamente de corno, depois não falamos mais neste assunto e nem sobre sábado à noite.

Ela encontrou no bairro um salão de beleza aberto e marcou hora. Fez as unhas e as pintou de francesinha que adoro e fez escova nos cabelos, e a noite ela se caprichou no visual, colocando um conjunto novo bem sexy, a blusa bem decotada com e a saia de cintura alta e curta que deixava suas pernas bem a mostra. Ela pediu-me para escolher a sandália e eu escolhi uma vermelha, de couro e bem alta.

Daí perguntei sorrindo se ela estava se produzindo para mim ou para o Marcos e ela maliciosamente respondeu: - Para os dois!

Maquiagem leve e um batom cor de boca e ela estava um tesão.
Por volta das 23 e 30h toca o interfone e ela já fica assanhada dizendo que era o Marcos, atendi e era ele mesmo. Descemos e assim que viu a Lúcia ele ficou vidrado nela e a cobriu de elogios, de linda e gostosa para cima.

Fomos para a boate, chegamos e sentamos numa mesa a Lúcia parecia ser outra pessoa neste dias, toda provocante e sensual, a música começou a tocar ela quis dançar.
Eu e o Marcos ficamos na mesa vendo-a dançar, conversando e bebendo até que a Lú chamou o Marcos para dançar com ela e eu continuei na mesa como voyeur.

Enquanto dançavam, cochichavam e o Marcos dava uns amassos nela, se beijavam na boca e se esfregavam como dois namorados e por incrível que pareça eu sentia mais tesão que ciúme, dançaram varias músicas até que voltaram para mesa.
Bebemos e conversamos bastante e já passavam das 2h da manhã e a Lúcia reclamava que passou a tarde se produzindo para ficar ali sentada e levantando-se disse que iria passear pela boate, e nos fomos em seguida.

A sacanagem rolava solta e tinha casais metendo por todos os lados.

A Lúcia estava mesmo muito gostosa, a sandália bem alta a deixava sexy e passeando sozinhos os homens a comiam com os olhos, e a comparavam com uma garota de programa, dava para perceber o tesão dela em ser desejada por eles.

Ao passar por uma sala coletiva onde rolava uma orgia um homem a puxou pela mão encostando-a na parede, a beijou e já foi abrindo a blusa dela, acariciando e beijando seus seios, outro homem aproximou-se e passava as mãos nas coxas e na bunda dela por baixo da saia, ela aceitava e curtia as carícias dos dois homens pelo corpo todo.

Eu e o Marcos assistíamos a tudo, sabendo que era observada a Lúcia para nos provocar deixou o homem soltar a saia dela que caiu ao chão, deixando-a só de calcinha, era uma calcinha branca quase fio dental, nem preciso dizer que ela só de calcinha e sandália alta era para deixar qualquer pau duro.

Os homens davam amassos nela, a beijavam, chupavam seus seios e passavam a mão na bunda dela, um deles tentava tirar a calcinha dela mais ela não deixava e parecia estar adorando a brincadeira, pois logo chegou um terceiro homem e começa a acariciá-la e ela aceita e retribui as caricias dele, agora eram três homens em volta da Lúcia, eu e o Marcos ficamos com um enorme tesão quando um deles finalmente consegue tirar a calcinha dela, deixando-a peladinha entre eles.

Ela ajeitando os cabelos nos olhou e sorriu para nós continuando na brincadeira, beijando, sendo beijada e com seis mãos percorrendo o corpo dela, ao mesmo tempo em que ela pegava no pau de todos eles.

Daí ela foi levada pelas mãos para dentro da sala e não conseguimos mais vê-la.

Quando entramos na sala a Lúcia estava ajoelhada entre os três homens punhetando e fazendo boquete revezado entre eles.

Depois de fazer os caras gozarem nas camisinhas, ela levantou-se veio até nós e nos beijou e nuazinha continuou o passeio, recolhi as roupas dela pelo chão e pedi para ela se vestir mais ela recusou-se dizendo que este era o melhor carnaval da vida dela e queria aproveitá-lo.

Fomos para o andar de cima, onde ficam as suítes, e a Lúcia fez muito sucesso entre os homens subindo a escada nua, eu e o Marcos seguíamos logo atrás.

No topo da escada ela topou com um jovem bonito, moreno e sem camisa que vinha rápido na direção contrária, ao topar com a Lúcia ali nua o rapaz instintivamente a agarrou e lhe deu um baita beijo na boca, jogou-a contra a parede e começou a dar amassos nela, beijando seus seios e sua boca sem dar chance para ela respirar, ela excitada abraçou o rapaz e retribuiu os beijos dele, o rapaz louco de tesão queria comer a Lú ali mesmo e provavelmente ela deixaria.

Vendo que seria difícil separar os dois e não podendo ficar ali no corredor entramos todos numa suíte que estava vazia e fechamos a porta.

A química entre a Lúcia e o jovem pegou fogo e deixamos os dois a vontade, o rapaz tirou a roupa, ele tinha mesmo um belo físico, e começaram a beijar-se a Lúcia abocanhou o pau dele e lambia a cabeça como uma profissional, punhetava e chupava o pau do jovem com gosto e daí passaram para um 69, ela chupando aquele pau rosado enquanto ele chupava a buceta dela.

O jovem pegou uma camisinha no bolso da camisa e deu para a Lúcia que encapou o pau dele, depois se sentou na beirada da cama e a colocou para cavalgar no pau dele, ela subia e descia e o pau dele sumia dentro da buceta dela, enquanto ele mamava nos peitos dela e a fazia gozar seguidamente, ela gemia e dizia que ele tinha um pau muito grosso.
Que cena deliciosa, a Lú se deliciando com aquele jovem na nossa frente, o Marcos nem piscava e tocava uma punheta, daí ele não resistiu e colocou seu pau na boca dela, a Lú estava com a buceta e a boca cheias de rola ao mesmo tempo.

O Marcos enciumado desceu a Lúcia da rola do rapaz, colocou seu pau na entrada da buceta dela e começou a enfiar nela, a Lúcia muito excitada e de olhos fechados só percebeu depois que era o Marcos que comia e gemendo começou a chamar o nome dele.

Daí ela virou-se e enlaçou suas pernas nas costas dele e fez aquele pau desaparecer dentro dela, Marcos começou a por e tirar levando a Lú ao delírio.
A Lú então me olhou e começou dizer sacanagens como: - Olha seu corninho, estou sendo rasgada ao meio, não era isto que você queria ver?

- Então fica ai me vendo e não perde nenhum detalhe, porque estou realizando suas fantasias!

- Que tesão meu corninho, mais agora quero muito outro cacete para mamar enquanto o Marcos e come!

- Onde está aquele moreno gostoso?
Ouvindo-a gemer e falar assim o Marcos estocava cada vez mais forte e rápido a buceta dela e ela gemia como uma louca.

Não deu outra e o rapaz já foi colocando o pau na boca dela que o abocanhou alucinadamente começando a mamar nele.

Eu ali ouvindo e vendo tudo aquilo de pau duríssimo já quase não agüentava de tesão. O Marcos a pôs de quatro e a penetrou com força, enquanto ela rebolava naquele cacetão e gritava de tanto gozar.

Era inacreditável como a Lúcia gozava desesperadamente, com o pau do jovem na boca e dizendo que me amava e que se sentia uma puta na cama, pois além de um marido maravilhoso que ela tinha em casa, ainda podia sentir o pau delicioso do Marcos dentro dela e de qualquer outro cara que ela quisesse.
A ouvindo-a falar assim o Marcos continuava a meter nela sem dó.

Ele a fodia em todas as posições e ela falava que era a esposa vadia que eu queria.

Daí pedi para fazerem uma dp nela, ela chorou dizendo que não agüentaria, mais na adiantou, com o Marcos debaixo dela comendo a buceta o jovem posicionou-se atrás dela, pincelou seu cuzinho com a cabeça do pau e empurrou para dentro dela que gemeu e gritou quando o pau dele enterrou-se no cu dela e os dois dentro dela começaram a fode-la.

O tesão que senti foi indescritível estava realizando todas as minhas fantasias.

O Clima esquentou tanto que o Marcos não conseguiu se controlar mais e gozou muito enchendo a buceta da Lú com tanta porra que quando ele tirou o pau de dentro, escorreu pela coxa dela.

O rapaz também tirou o pau gozando e esporrou na bunda e nas coxas da minha esposa.

Nesta hora eu gozei feito um louco já pela segunda vez, pois esta cena só imaginei ver em minhas maiores fantasias.

Fomos para o banheiro e o rapaz comeu a buceta da Lú, desta vez debaixo do chuveiro fazendo-a gozar de novo.

Voltei para o quarto deixei os três no banho, eles demoraram um pouco o Marcos e Lú voltaram primeiro e já se beijando e foram para cama, ele mais uma vez a possuiu com vontade.

Quando o rapaz saiu do banheiro expliquei para ele o que estava rolando entre a gente, enquanto curtíamos os dois meterem em varias posições até que o Marcos encheu a buceta da Lúcia com sua porra grossa pela segunda vez, era demais mesmo, minha fantasia mais oculta realizada duas vezes na mesma noite.

O Marcos estava no banheiro e eu no quarto conversando com o rapaz que era muito comunicativo, quando a Lú voltou sorridente e feliz do seu segundo banho e quis ficar com o rapaz, ele estava sentado numa poltrona e ela sentou-se no colo dele e o beijou na boca, estávamos todos pelados.

Trocaram elogios, ele disse que ela era atraente e gostosa e ela disse que ele era bonito, educado e tinha um belo pau, voltaram e se beijar e trocar carícias, o rapaz beijava os peitos dela e sugava os bicos fazendo-a gemer de tesão, ela ficou muito excitada e ficou de joelhos na poltrona, segurando o seio por baixo, o rapaz deitou no colo dela e começou a mamar nele, ela que já teve filho sabe exatamente como dar de mamar e se massageando com a mão se excitava e depois encaixava o peito na boca dele pedindo para que ele o sugasse com força, ela gemia de dor e tesão, como se o rapaz tivesse mesmo sugando leite dos bicos dela, ele revezava entre os dois peitos dela.

Ela de olhos fechados e muito excitada dizia para ele: - Vai meu garoto mama nos meus peitos, tira meu leite e me faz gozar!

A Lú nunca havia transado comigo assim antes, para mim foi uma surpresa vê-la gozar dando de mamar para um homem.

Eles repetiram o ritual por duas ou três vezes até ela gozar muito e pedir para ele parar, os peitos dela ficaram vermelhos e marcados e os bicos duros e pontudos como poucas vezes vi.

Ela ficou na poltrona extasiada enquanto o rapaz se vestia para sair, recuperada ela quis dar um presente de despedida para ele, fazendo um delicioso boquete para ele até o rapaz gozar muita porra na boca dela.

Depois Eu, a Lúcia e o Marcos voltamos para a mesa e ficamos na boate até o amanhecer bebendo e conversando sobre tudo o que havia acontecido, pois ainda não podia acreditar que a Lúcia, minha esposa tímida, havia se transformado nesta puta e safada que conhecemos nos últimos três dias, capaz de satisfazer vários homens e me fazendo um marido corno e realizado.

Finalmente respondi a pergunta dela, dizendo que “Sim” que esta era a esposa que queria ter daqui para frente.

Ela sorrindo e olhando para o Marcos respondeu-me que topava minha proposta, mais com a condição de que o Marcos aceitasse ser seu namorado oficial e depois de casado seu amante e que participasse de todas as nossas aventuras.

O Marcos sentindo-se então um homem realizado abriu um enorme sorriso e a beijando aceitou sua proposta indecente, dizendo que a partir de maio, quando casar, terá então direito duas lindas mulheres, uma morena e uma loira.

De volta para casa deixamos o Marcos no seu prédio e ainda entusiasmados com tudo nos despedimos.
Ao chegarmos à casa a Lúcia me perguntou se eu estava mesmo realizado, porque ela havia adorado ter realizado minhas fantasias e se descoberto como mulher ao mesmo tempo, e que agora poderíamos realizar as fantasias que tivéssemos vontade.

Daí fiz uma pergunta que estava me martelando a cabeça há tempos, se ela estava apaixonada pelo Marcos ou se era amor de pica, ela sorriu, me beijou e respondeu: - Meu corninho amado sou só apaixonada por você, é lógico que pelo Marcos é mesmo amor de pica, agora se cuida querido porque ele tem um pausão e fode deliciosamente bem demais! E sorriu.

Lógico que depois dessa conversa transamos muito e gostoso, com ela me contado detalhes das transas recentes dela.

A única coisa que a putinha não me respondeu ainda é se está ou não tomando anticoncepcional no momento, pois como sei que o Marcos goza de ótima saúde minha única preocupação é dela engravidar neste carnaval.

E muito excitado gozei profundamente e gostoso na buceta dela.

Bem por enquanto é só, qualquer novidade te falo.


Abração

Beto

Foto 1 do Conto erotico: Esposa sendo fodida numa boate liberal no Carnaval

Foto 2 do Conto erotico: Esposa sendo fodida numa boate liberal no Carnaval

Foto 3 do Conto erotico: Esposa sendo fodida numa boate liberal no Carnaval

Foto 4 do Conto erotico: Esposa sendo fodida numa boate liberal no Carnaval

Foto 5 do Conto erotico: Esposa sendo fodida numa boate liberal no Carnaval


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario linguado69

linguado69 Comentou em 23/04/2011

VOCÊS DOIS NÃO TEM JEITO HÉM MEUS AMIGOS LUCIA VOCÊ É UMA VERDADEIRA DAMA NA RUA E UMA GRANDE AMANTE NA CAMA, AMO MUITO VOCÊS DOIS N.AÕ SE ESQUEÇA DE SEU AIGO aqui de brasilia enviei um mail para vocês me responda ok vamos voltar a nos contatar tenho muita saudadesdocasl beijos amigo linguado 69 df

foto perfil usuario

Comentou em 07/04/2011

gostei da historia valeu se é verdade tens uma mulher fabulosa, eu queria trocar uns nails contigo para ter umas ideias pois eu queria que minha mulher fosse igual, e ela não está com muita vontade me diz qualquer coisa um abrço não mudem

foto perfil usuario

Comentou em 05/04/2011

eu li e voltei a ler as duas histórias cara tens muita sorte pois eu tambem queria que minha mulher fosse assim mas ela não quer adorei cara não mudem e gosem bem a vida parabens se me quiserem conhecer mandem mail estou em portugal

foto perfil usuario gato loiro

gato loiro Comentou em 28/03/2011

PARABENS AMIGO, SEUS CONTOS SÃO DEMAIS É TESÃO DO COMEÇO AO FIM, UMA PUNHETA BEM CAPRICHADA P/ LÚCIA .UM ABRAÇO . GATO LOIRO .




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


11819 - Minha esposa transando no estacionamento - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
11831 - Esposa e dois homens num cine porno no Arouche - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
11832 - A primeira vez da minha esposa e nosso cão - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
11846 - Minha esposa fodeu com meu amigo em casa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
11862 - Sacanagem com a esposa na sexta-feira de carnaval - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
11874 - Domigo Carnaval, primeira orgia com minha esposa - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
11942 - Transformei minha esposa numa Puta neste Carnaval - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
12197 - Esposa currada numa locadora de vídeos pornôs - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
12372 - Orgias com Minha Esposa no sitio do pai dela - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
12933 - Levei Minha Esposa a São Luis e Fiz Dela uma PUTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
12935 - Esposa Puta+Praia+4 Homens= Orgia e Muita Porra - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
13099 - Meu Chefe Fodeu e Gozou na Buceta da Minha Esposa - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
13882 - Minha esposa foi PUTA novamente num cine pornô - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
14399 - ESPOSA PUTA ARROMBADA POR TRAVESTIS-REAL - Categoria: Travesti - Votos: 28
16583 - Ele Encheu a Buceta e Cu da Minha Esposa de Porra - Categoria: Traição/Corno - Votos: 37
25699 - Esposa Grávida de Outro Arrombada pelo Caseiro - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 19

Ficha do conto

Foto Perfil alberto.
alberto.

Nome do conto:
Esposa sendo fodida numa boate liberal no Carnaval

Codigo do conto:
11944

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
21/03/2011

Quant.de Votos:
12

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


contos eroticos com garotas com primeira transaconto erótico meu cachorro me comeu com shortinho atoladoconto erotoco dei meu cu e minha buceta para pagar a comprapenis na bocetaviadinho meu pai tem um bar contos eróticos Crente ContosEróticosPornô.comencoxando a minha tia contogozadas longascontoerotico.estia loira gostosa bate ponhetacontos pro novinhocontos eroticos titia 2017contos eroticos gays bonitos afeminados namorando com beijosxvidio. mulhe. casada fudeno 20017 no brasilcontos de corno. bipassivosfotos em quadinhos porno vigindademulhe na zoofilia en pe si esfregano no caxorrocontodevaginadei Boa Noite Cinderela para minha mãe e abusei dela arranquei a roupa delaconto erotico gay: arrombado por um japonesvideo sexo gratis xxx traição incesto janelaContos de incestos de mães gordinhas com seus fiho fotos delas peladascomtos eroticos com fotos comendo a gringa na fasendaConto erótico de coroa com bigodinho na bucetaconto eroticos em quadrinhoOrgias com os moleques contos eroticoscontoeroticovaqueirocontos eroticos gay guardacontos eroticos mulher crente dando o cu virgem para dotadogangbang namorada contoconto erótico viajem na praiaconto tio come a buceta da moça quando ele leva ela pra faculdadeputaria punheta sem experiênciacontos eróticos do tom jonesconto erótico gravida da peito pra marido mamaContos eroticos monstro e mulhercontos eróticos chantagem insetocontos eroticos lua de mel vestido noivaconto erotico o Rei comendo sua prindei o cuzinho bem gostoso contosvelhas e novinho contos erótico,contos erotico brivadeira de esconde em grupocontos erotico mae na prai e filho pausudo 30cm de cuecacunhado fodendo a cunhadaeu e a tia evangelica casada da minha esposa conto eroticocontos eróticos escravizado pelo office boyContos eroticos estourei a bucetinha da minha filhacontos eroticos sogras que dão suas busetas pro genrrosconto herotico entre duas irmastiranda o cabasoincesto avô fodendo netinha vestida de colegialdesenho de sexo voabaixa vidio de sexo corno pega a mulher de supresa com outromalandro gay passivo dando o cu contoconto erotico gay: tirei a virgindade do evangelicoContos eronticos vendedor de cocaca na praiaquadrinho erótico hotel playathiagoonoivoesposa sendo enrabada por 5contos eroticos minha mae cinquentonacontos de mulheres viuvas sendo rasgadas pelo penis grandeme comeram eu dormindocontoeroticomaninhoConto erotico menina nova com velhoser corno e um caminho sem volta?pedreiros velhos gay contosContos eroticos com fotos de moleques de dez anos dando cu para tios caminhoneiros na viagemhentai o amigo negro do meu filhowww.contos eroticos madrasta viuva da cu pro entiado pauzodo chorandocontos de rasgando o cu da irmã com a pica de jumentoultimos contos sadocontoseroticos idosos e netos com fotosdeixei ele me comer contos eroticoscontoerotico fudido pelo porcocaseiro conto gayConto erótico filhinha putinhacontos eróticos no cuzinho de mamãesinhaconto erotico dominação velhocontos eroticos de menage com minha irma casadacontos pornos gays de amigo da praiaperdir a aposta e tive que fa a bucetaConto erotico fudendo a irma da adventistacalca camuflada e pau duro porno gayamiga do trabalho nua