Madura seduzindo e sendo seduzida por um garoto


Click to Download this video!


Eu estou há duas semanas em minha casa de praia em Angra dos Reis. Sou uma mulher de medidas atraentes: 1,68 m., 56 kg., corpo muito bem esculpido. Tenho 27 anos e sou separada. Meus admiradores insistem em elogiar a minha beleza. Eles me acham uma morena fantástica, com tudo, e até algo mais, que um homem possa desejar de uma mulher. Da minha parte me considero uma pessoa muito erotizada, pois eu adoro trepar, amo ser comida por um homem que tenha me despertado desejo.
Mas estou lhes contando tudo isso porque vivi - melhor, estou vivendo - uma grande e adorável aventura amorosa. E, por sentir-me especialmente emocionada com esse acontecimento, foi que resolvi escrever contando tudo.
Márcio é um rapaz de 18 anos. Apesar de sua pouca idade, já tem um corpo bem definido. Deve medir 1,80 m., é musculoso, tem poucos pêlos no corpo e um olhar e um sorriso (seus dentes são lindos!) que deixam qualquer mulher cheia de tesão. Pois foi numa tarde de quarta-feira que ele se aproximou de mim. Começamos a conversar amigavelmente e ele, ao saber dos meus interesses por arte, quis me mostrar alguns desenhos de sua autoria. Com muita cautela fui me insinuando para ele, pois em pouco tempo ao seu lado percebi que ele se inquietava com a visão de minhas coxas e parte dos meus seios, mal cobertos por um biquíni ousadíssimo. Mas por ser tímido, com certeza inexperiente, não tomava nenhuma iniciativa em relação a um possível relacionamento erótico entre a gente. Daí que fiquei louca de tesão em saber que possivelmente eu seria a primeira mulher a saborear daquele pitéu.
Fui então até a sua casa, que não ficava longe da minha. Lá ele me ofereceu uma cerveja e, me pedindo licença, foi buscar os seus desenhos. Quando voltou, sentou-se ao meu lado num sofá de veludo marrom. Daí as nossas coxas ficaram se roçando provocantemente. Márcio me mostrava sua arte, eram desenhos de mulheres e homens se amando, sugerindo coisas que ele, Márcio, tinha vontade de praticar, mas jamais tomaria qualquer iniciativa para chegar às vias de fato.
Eu sentia o cheiro forte do desejo que exalava do seu corpo, sua respiração mexia comigo. De repente Márcio se aproximou mais do meu corpo, e seus braços tocaram levemente os bicos dos meus seios, que logo ficaram intumescidos. O meu tesão se fazia notar, sentia um calor me abrasar por entre as pernas. A visão daquele jovem Adônis ao meu lado, com um porrete de proporções descomunais: a sunga me deixava ver o tamanho daquela maravilha. Eu salivava de tesão, sentia que não resistiria bem comportada por muito tempo, porém tinha receios de atacá-lo mais claramente. Ele poderia se assustar. Além do que eu não tinha certeza de que Márcio estava sozinho em casa.
Em dado momento nossos rostos se colaram lateralmente, Márcio então foi se virando devagar, ficando frente a frente a mim. Houve um silêncio, daí eu me aproximei mais. Meus lábios tocaram os seus lábios. Fui em frente e dei-lhe o maior beijo, sugando a sua língua para dentro da minha boca. Minhas mãos desceram até o seu pau, que foi crescendo sob as minhas inflamadas carícias. À medida que aquele pau crescia a intensidade da minha excitação também aumentava, De repente vi aquele mastro meio de fora da sunga, não resisti à sua visão. Aquele enorme músculo pulsava, estava cheio de vida. Manha xoxota começou a ficar molhadinha só de eu pensar em ter aquilo tudo dentro de mim.
Devagar fui descendo a boca de encontro àquele sexo viril. Dei um suave beijo em sua cabeça grande, quente e vermelha. Márcio soltou um gemido... Daí eu senti que ele estava maravilhado, saboreando gostosamente as sensações que eu lhe proporcionava com minha boca ávida e experiente; Abocanhei seu cacete pela metade, sugando-o com sofreguidão. Chupei, chupei, engolia e largava, de repente Márcio começou a me estocar e, não contendo o seu prazer, ejaculou na minha boca. Que delícia! Bebi todo o gozo daquele semideus da beleza, ouvindo os gemidos de prazer que ele não conseguia conter.
Meio hipnotizado, trêmulo. Márcio me pediu que o acompanhasse até a praia. Contra-argumentei que estava bom ali, mas ele me explicou que sua irmã estava para chegar a qualquer momento. Fomos então para uma parte deserta da praia e nos deitamos lado a lado. Aproximei-me o máximo de Márcio e recomecei a acariciá-lo. Ele deixava que eu tomasse as iniciativas, e isso contribuía para aumentar, muitíssimo, o meu tesão. Fui lhe beijando o peito, mordiscando-lhe a barriga, até que reiniciei a chupar-lhe. Em segundos aquele cacete estava novamente em ponto de bala. Foi então que me preparei para cavalgá-lo. Márcio assistia a tudo, seus olhos brilharam intensamente quando focalizaram o seu pinto ir sendo devorado, aos poucos, pela minha xoxota. Entre grunhidos. Márcio confessava o seu prazer, dizendo que estava muito gostoso, e que jamais fizera sexo antes. Aí eu enlouqueci, comecei a me esfregar violentamente contra ele, fazendo com que sua rola me penetrasse, até o útero, subindo então a minha pélvis até quase tirar seu pau de dentro de mim. Eu sentia aquele músculo possante ir perfurando e preenchendo as minhas entranhas, causando-me tamanha sensação de um gozo que, eu sabia, em segundos perderia o controle, entrando num orgasmo alucinante. Não demorou e a coisa aconteceu, eu comecei a gozar e o meu prazer se estendeu por todo o meu corpo, que estremecia espasmodicamente sobre o do meu jovem amante. Eu cheguei a chorar de tanto que gozei, chorava e me rebolava agilmente sobre aquele talo rígido, gostoso... Mais um pouco e Márcio também gozou, inundando-me com o seu esperma quente e farto.
Depois de alguns minutos abraçados, dei-lhe uns beijos gostosos, enquanto reparava o quanto ele era bonito. Seu rosto, de traços finos, embora másculos, era emoldurado por uma linda cabeleira negra, e seus olhos, de um verde sem fim, me encantava quando se focalizavam, receosos, em mim. Eu queria comer aquele garoto de todas as maneiras, e queria que ele penetrasse em todo e qualquer orifício do meu corpo.
Levantei-me e convidei-o a um mergulho. Nadamos além da arrebentação, e fomos em direção a umas rochas, subimos sobre elas e nos deixamos ficar por alguns instantes, curtindo o sol sobre nossos corpos. Um vento suave nos acariciava, dando-nos uma sensação de liberdade, de prazer. Recomeçamos a nos beijar e, desta vez, ele tomou a iniciativa. Foi descendo seus lábios ao longo do meu corpo e, a sua inocência fazia com que suas carícias fossem ainda mais alucinantes que a de um experiente latin lover.
Ele rodopiava sua língua em volta do meu umbigo, descia com ela até o interior de minhas coxas, beijava-me os pêlos, lambia os meus grandes lábios e, desajeitadamente, mordicava o meu clitóris. Foi então que eu comecei a instruí-lo de como ele deveria me chupar. Daí que comecei a reger as suas carícias, e Márcio ora chupava meu clitóris, ora meus pequenos e grandes lábios, e, vez ou outra, enfiava sua língua em minha abertura vaginal; apesar de minhas lições ele perdia o compasso, fazendo com que sua língua bailasse loucamente sobre minha xoxota. O prazer, entretanto, que me proporcionava, era inédito. Eu comecei a gozar mas Márcio não parou, continuou com suas diabruras. Gozei mais uma vez, e mais uma e mais uma... Até que, quase desfalecendo de tanto gozo, pedi que ele metesse em mim.
Márcio veio que veio maluco, me enfiando de qualquer jeito aquele pauzão. Mal a glande entrou e eu cheguei a outro clímax, curtindo o auge do meu prazer ainda mais quando ele acelerava mais os movimentos de vaivém. Eu não sabia se gritava, se chorava, se lhe apertava contra mim. Mas Márcio não estava nem aí, continuava a meter sem parar, cada vez com movimentos mais fortes, num ritmo que beirava o inacreditável. Eu aprontava o maior escândalo, gozando sucessivamente, babando de tanto prazer, não acreditando que o que estava acontecendo era real. Em meus anos e anos de relacionamento erótico, jamais havia experimentado uma trepada tão fantástica. O jovem era incansável, e acho que ficou quase uma hora dentro de mim.
Não se dando por satisfeito, tirou seu pau da minha xota e me pediu que ficasse de quatro. Em transe, sem entender direito, obedeci e fiquei na posição que ele queria. Arreganhei-me toda para recebê-lo. Tinha certo medo, pois se ele quisesse o que eu estava pensando iria doer, tamanho eram as dimensões de seu potente pênis. E Márcio, também meio tonto, começou, por detrás, me fustigava a torto e a direito. Seu cacete não entrava no orifício apertado do meu cuzinho, resvalando todo o tempo, ele ia de encontro à minha xereca, de repente entrou todo, de uma só vez. Gritei, urrei com a violência da penetração. Foi então que Márcio meteu na minha xoxota com toda força, fazendo todo o meu corpo vibrar. Os joelhos ralavam sobre a pedra, mas eu estava novamente no paraíso, gozando com uma intensidade frenética. O meu corpo vibrava, eu não conseguia parar de gozar. Márcio então gozou também, se agarrando doidamente no meu corpo e gritando pra todo mundo ouvir. Eu sentia o seu leite ir me inundando, me invadindo.
Quando aquele garanhão saiu de cima de mim eu estava com os joelhos sangrando, com a entrada do ânus esfolada e com a xoxota pegando fogo.
Vi estrelas quando mergulhei, a água salgada fez com que meu sexo doesse ainda mais. Assim que chegamos à praia fomos correndo para a minha casa, Tomamos uma ducha e eu pude ver o cacete de Márcio, machucado de tanto transar. Naquela noite seria impossível outra relação, eu não aguentaria, além do que estava satisfeitíssima.
Sei que fiquei mais de quinze dias em companhia daquele tesão, fazendo sexo 24 horas por dia, comendo e bebendo muito - claro, fazer amor dá uma fome e uma sede dos diabos -, e realizando as mais loucas fantasias, como por exemplo, a de ser comida por homens dentro de um armário. De ser chupada por ele olhando pela janela, ao mesmo tempo em que conversava com a mulher de um pescador, que deve ter me achado doida, ou tarada, ao me ver interromper a conversa para gemer fazendo caretas, ou ainda de chupar Márcio debaixo da mesa do restaurante onde costumávamos comer. Sem falar nas minhas duas amigas que trouxe, especialmente para elas experimentarem do meu pitéu.
V. Búzios - RJ

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario marcondes

marcondes Comentou em 05/02/2011

conto muito bem narrado... amei

foto perfil usuario krek

krek Comentou em 05/02/2011

Mande uma foto sua pra gente tb poder te admirar.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


5886 - Banquete de lagostas - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
11157 - A ex do bi e seus pezinhos, suas coxinhas, perninh - Categoria: Fetiches - Votos: 4
11158 - O tiozinho me pegou de jeito - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11159 - Bunda e boca pro cunhado. - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
11160 - Cu de mulher de bêbado não tem dono. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
11161 - Um Banquete Requintado - Categoria: Fetiches - Votos: 5
11163 - Solidão nunca mais. - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11164 - Zonzinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11166 - A Calipígia' - Categoria: Fetiches - Votos: 3
11170 - Crentinha Virgem - Categoria: Virgens - Votos: 6
11178 - Reencontrando o titio que ja tinha me enrabado. - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11185 - A coisa e o último cabaço. - Categoria: Fetiches - Votos: 5
11192 - Preto na branca por Jasmina - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11206 - Um caso de amor em Miami - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11217 - A Salvação. - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11220 - Pro meu corninho por Elaine - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
11222 - Desempregado - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11240 - O pai do namorado por Morena - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11253 - Os Pintores por Elaine - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
11257 - Minha primeira trepada - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11262 - Promovida por Izabelle - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
11273 - Dá pra mim? - Categoria: Fetiches - Votos: 6
11289 - Profundo - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11291 - Tiro pela Culatra. Escrito por Sílvia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
11303 - Tia Nina. Minha primeira vez. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
11304 - Enrabada e Feliz - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
11307 - Por trás é melhor - Categoria: Fetiches - Votos: 6
11308 - Na Bunda da Priminha Inocente - Categoria: Fetiches - Votos: 10
11309 - Namoro Anal Atrás do Sofá - Categoria: Fetiches - Votos: 6
11319 - Um ex-namorado por Elaine - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11322 - Lembranças... - Categoria: Fetiches - Votos: 4
11324 - Traindo meu noivo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11348 - Fantasma por Mel - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11351 - Chamou Até Pela Santa - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11360 - Uma vizinha reprimida - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11370 - Alvo Errado - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11379 - Momento de Loucura - Paula - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11385 - Por trás, dói? - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11387 - Jovem Casada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
11395 - Um Cunhado Maduro - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11402 - Rosca sem fim por Teresa Silva - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
11404 - Enrabada pelo cunhado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
11406 - Dê e seu respeitável bumbunzinho. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
11409 - Dominador de fêmea - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11421 - Negócios por Lana - Porto Alegre RS - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11423 - Desvirginado pela vizinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11431 - "Judeiei" - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11446 - A bunda de Carla - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
11448 - Dani mulher do meu melhor amigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11460 - O Rabinho da Crente. - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
11461 - Meu tio começou pelo rabinho... por Sara - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11465 - Tara por aquilo preto - escrito por Solange - Categoria: Interrraciais - Votos: 5
11473 - A Pintadinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11489 - Seduzindo um coroa por SexyGirl - Categoria: Coroas - Votos: 4
11491 - A primeira namorada - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11504 - Prazer e remorso por Ângela - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
11518 - Titia tesuda por Helena - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11523 - Motel Sobre Rodas por Praiana - Categoria: Fetiches - Votos: 3
11540 - Samira - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
11548 - Priminho Selvagem - Dandara - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11553 - Não dou... Não dou... - Categoria: Virgens - Votos: 8
11568 - Paixão "bundal" - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
11578 - Minha irmã não deu, eu dei... por Rebecca - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11581 - Corneando o namorado doentinho com um homem mais v - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11582 - Viciei no anal - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11593 - Amizade Antiga - Categoria: Fetiches - Votos: 4
11594 - Preferência Nacional - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11600 - A Noivinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11603 - Vida de Casada. Escrito por Joana - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11607 - A colegial que levou pau - Categoria: Fetiches - Votos: 5
11614 - Curso de Férias por Tatiana - Categoria: Virgens - Votos: 5
11618 - Dando o troco e lucrando... Por Apaixonada - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11624 - Adorável Ruth - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11632 - A Negra - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11635 - O Ponto C - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11650 - Bom te ver.. "São as águas de março..." - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11661 - A mulher do juiz - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11679 - Férias do Namorado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
11682 - Um anal inesquecível por Dayane - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
11702 - Só fez o que quis por Mazinho - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11704 - Livre para voar por Mulher Ardente. - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
11729 - Só na frenta não por Mary Lindinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11735 - João Jumento - Categoria: Fetiches - Votos: 5
11760 - Só atrás - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11764 - A magrelinha segurou o tranco - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11771 - Caricatura por Gerson - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
11778 - Casamento em crise por Elaine - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
11783 - A massagem erótica por Paula - Categoria: Virgens - Votos: 4
11794 - Arrombamento e tanto por Márcia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11808 - Rosquinha, leite e chocolate por Fabi - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11811 - Os olhos vagos de Maria Rita - Categoria: Fetiches - Votos: 4
11820 - Dívidas de uma vizinha safada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11826 - O Dominador - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
11850 - O salvador da pátria por Márcia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11881 - A aposta de Cidinha - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
11893 - A Menina do Banheiro do Colégio - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11926 - Comida na fazenda por Mariana Frejat - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
11943 - Familiar - Categoria: Fetiches - Votos: 4
11956 - Fazendo o que ele quer por Veridiana - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11981 - Iniciando a prima - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12012 - Tapas. beijos e muito mais... - Categoria: Fetiches - Votos: 4
12015 - Arrebitada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12027 - Tesão no rabinho de Alice. - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12032 - Santa por fora, diaba por dentro por Rosana - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12037 - O valor da experiência - Categoria: Coroas - Votos: 4
12060 - Um traseirinho gostoso - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12079 - Papai e mamãe... E cunhada! - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12080 - O pai do namorado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12092 - Titio por Clarice - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
12103 - Telma e seu maravilhoso rabo. - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12107 - Escravos do prazer por João - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12118 - Começou no ônibus por Quel Pastor - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12135 - Traí meu marido sem querer querendo... por Rita - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
12139 - Fetichismo em alto estilo - Categoria: Fetiches - Votos: 4
12146 - O lobo rural por Leninha - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12162 - Minhas Férias na Praia por Mariana - Categoria: Fetiches - Votos: 5
12168 - Primeira enrabada por Carol - Categoria: Coroas - Votos: 4
12172 - Mulher do meu amigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
12174 - Intimado a virar Ricardão - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
12175 - O velho que satisfaz por Darlene - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
12181 - Anal com Christina por Rogério - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12190 - O negão me rasgou por Flor - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12193 - Enrabada pelo inspetor - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12196 - Garoto mamado - Gil - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
12210 - A Empregada Crente - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12212 - Gostosa por Maria M. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
12262 - Lúcia, minha amante. - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
12268 - Aventuras de uma balzaquiana - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12288 - Macho negro por Verinha Loura - Categoria: Interrraciais - Votos: 1
12291 - A garotada do prédio por Joyce - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
12293 - Viagem de sexo e prazer por Inês - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
12304 - Reencontro - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
12333 - Chifre a domicílio por Ruiva - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
12382 - Literaturas - Categoria: Virgens - Votos: 3
12487 - Um rasgo de audácia - Categoria: Fetiches - Votos: 1
12490 - Uma vizinha. Uma bundinha... - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12498 - Seu eu deixo? Deixo sim... por Bundinha Gostosa - Categoria: Virgens - Votos: 3
12513 - Questão de tempo... Cuspinho! - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12541 - Bundas - O começo do vício - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
12551 - Amante Gostosão por Aninha de São Paulo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
12605 - Brindadeira de casamento por D., Pirassununga - SP - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12612 - Mudança radical por Norma - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12651 - Férias Maravilhosas por Irene - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
12659 - Verão Proibido - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12680 - Enquanto dormia o maridão - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
12846 - Meu sogrão por Gilda - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
13010 - Grupo de estudos sexuais por Louraça - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
13326 - Noivinha sacana do meu amigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13358 - Sexo anal é muito bom por Rosa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
13359 - Cur virgem no puteiro - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
13368 - Ao mestre o rabinho - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
13400 - Faculdades anais por Melissa - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
13564 - A Lolita da Van - Categoria: Virgens - Votos: 5
13574 - Tesão na dança de salão por Cláudia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
13971 - Sob o domínio do anal. Quebrando promessa! - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13996 - Transa no clube por Morena Gostosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13997 - Dei a bundinha e adorei, mas o cara... por Julie - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13998 - Finalmente... por Marcela - Categoria: Virgens - Votos: 2
14121 - A baixinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
14172 - Se minha cozinha falasse - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
15842 - Sustos - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
16580 - Putinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
16778 - O primeiro de uma série. - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
23558 - Adoro garotos por Maria - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
38735 - O cozinheiro cuzinheiro. - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
38736 - A mandona. - Categoria: Fetiches - Votos: 0
43530 - A bundinha mais bonita da minha vida. Por Biel - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
49669 - O "rabinho" - Categoria: Interrraciais - Votos: 3
119906 - Like a Virgin - Categoria: Fetiches - Votos: 0
119907 - Ideologia. Eu quero uma pra foder... - Categoria: Fetiches - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil rela210223
ni.

Nome do conto:
Madura seduzindo e sendo seduzida por um garoto

Codigo do conto:
11439

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
05/02/2011

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Contogaycommotoristaesposa vadia contosconto erotico de sexo com negro roludocontos eróticos gay dei o cu para meu padrinhoMinha tia com amante-contoQuadrinhos eroticos oh familiacontos eroticos gordinha novinharelatos comi minha sograFodendo a buceta da minha tiaultimos contos sado professora submissa 35hq porno negaoconto erotico mulher estrupadoraquadrinho erotico na piscina com papai tio e irmãoesposa conta para o marido que seu amante vai fuder ela na frente do corno e ele vai só olha e depois ele vai chama uma amiga travesti para fuder ela também e depois vai transformar o corno no maior viado e ainda vai comer seu cuzinhoquadrinhos pornograficos honey mothers 2 part 3santinha quadrinhos conto pornoconto erotico com fotos de sogra safada boquetehistoria erotica minha mulher deu cu para nosso cazeiro parte2contos eroticos de qd mulheque foi estrupada no onibusconto erotico meu marido me esnobouContos eroticos de como dei a buceta na surubaconto erotico minha tiacontos erodigos meus primeiria ttoca troca gaysdesenho de quadrinho de pornovelhos gordos gays contoscontos erotico de fio dental na academiaContos eróticos de orgias tripla penetraçao com os negaosanal comicsConto agarrei e comi elavídeo meu cunhado me Pegou de surpresatia encontrou a sobrinha bêbada e meter o piru pornôhomem malhando pelado do pau maior do mundo e do ovo grande comendo masagistaContos eroticos fui fudida gordacontos eróticos gay entre irmãos/de sandro virei sandrinhaconto erotico gay fofinhocontos eróticos meu genro comeu meu c******mamei o pau do amgo do marido conto eróticoWww.contos eroticos de irma de igreja.com.ptcontos o ginecologista abriu minha buçeta na frente do meu filhoquadrinho porno realconto eurotico de maes no pornoladrao de calcinha contos eroticosconto erótico casada vai na despedida de solteira na net e fala para o maridoconto erotico gay mecanicocontos eroticos esposa exibicionista ficou curiosacontos cornos orgiasconto erotico em quadrinhõcontoerotico sobrinha cabacinhaporno érotico de meninas perdendo a virgindade brincando de esconde escondeMinha prima cgupou mimha buceta contosexo erotico dp siririca aguado comedo aitiadaconto erotico gay dei cu jogar video gameconto erotico como me tornei uma putaPeguei meu filho mostrei minha vagina contos eroticoscontos eroticos novinha dando cu chingadofilhaputacontocaderante. putas. e gostosa de porto alegregostosa pono fazendaporno em quadrinho traicaoComto erotico pinheta amigossilto a esposa na boatesexoflagrei o amigo do meu pai batendo punheta com minha callcinha usada/contosconto erotico meu filhocontos de buceta com porraMeu filho atrevido hqfilhaputacontocontos eroticos tirando a virgindade da namorada santinhavantade de xixi sadamosquismo conto euroticoconto erotico gay peludoLidiane meu pelado pau bem dotadopai foi viajar conto eroticonovos contos eroticos de pastoresContos favela eroticosconto erotico corno criando filho do amante sem sabercontos porno inversão e chuva dourada contos eróticos meu enteado me comeucasa do conto chantagem para esposaContos eroticos com fotos de podolatria com a novinha metelonarelatos me masturbo vendo filmes de zoofiliaconto porno minha mulher e sua amiga enfio o dedo no meu cuporno minha esposaaguento 5 negao pauzudoConto eroticos papakuconto de rasguei o cu da minha empregada