Dá pra mim?


Click to Download this video!


Entrei no cio. Só pode.
Não consigo parar de pensar em fazer amor com você.
É só pensar em você que todo o meu corpo se prepara pro ato.
Você está me deixando louca.
Então, o telefone toca e reconheço seu número no visor.
- Dá pra mim? - você diz, de lá.
Faz tempo que você não me diz isso, mas não respondo. Estou muito ocupada pensando o que fazer pra disfarçar a excitação. Cruzo as pernas com força. Tenho a impressão de que se continuar na mesma posição, vou molhar a cadeira.
- Oi! Você tá aí!?
- Oi! Desculpa... Estava só... Ah! Deixa pra lá... Tudo bom?
- Tudo! E você? Tá podendo falar?
- Estou...
- Então vou desligar e ligar de novo. Vê se atende direito agora.
E desligou.
Tocou de novo:
- Dá pra mim?
- Você sabe que...
Desligou.
Tocou de novo:
- Dá pra mim?
- Pára com isso, eu...
Desligou.
Mais uma vez. Os colegas em volta já olhavam pra mim, curiosos.
Quando o telefone ameaçou tocar, atendi:
- Dá pra mim?
- Agora!
Você riu, satisfeito.
- Quer almoçar? Hoje eu pago.
- Onde?
- Deixa comigo. Te pego aí. 12h15. Vai sem calcinha.
- Pára com...
Desligou. Eu corri pro banheiro.
12h15, você esperava embaixo do prédio. Entrei no carro e você rumou para a asa norte. Durante todo o percurso, comportou-se como um cavalheiro. Depois, estacionou numa comercial, em frente a um restaurantezinho simpático onde serviam um peixe muito gostoso. Sentamos em uma mesa bem ao fundo, mas você conversava amenidades, situações do trabalho. Eu estava mesmo aliviada por não ter que ficar todo o tempo lutando contra você e, ainda pior, lutando contra mim e todo o meu desejo que, apesar do momento absolutamente tranqüilo não dava a menor trégua. Eu não conseguia prestar a menor atenção em nada do que você dizia. Ela latejava e eu já estava aflita, achando que você poderia estar sentindo o cheiro dela. Eu sentia. Apesar da roupa, da toalha da mesa, da mesa. Quando terminamos o almoço, você me disse que precisava pegar um material, na sobreloja. E que seria rapidinho... Desconfiei, claro. Achei que você me levaria para um apê vazio, pra alugar. Qual não foi minha surpresa ao vê-lo mesmo entrar numa sala onde havia várias pessoas trabalhando, pegar um calhamaço de papéis e tudo o mais? Confesso. Fiquei decepcionada. Você me olhava, zombava de me ver assim, murcha.
Quando você se despediu dele e nos dirigimos à escada, você passou o braço sobre o meu ombro e me fez virar rapidamente, até ficar de frente para uma porta onde se lia "aluga-se". Olhei surpresa para você e você me mostrou a chave com a etiqueta da imobiliária. Quase te empurrei até a porta, entramos na quitinete já aos beijos e, antes que você tivesse conseguido voltar a trancar a porta por dentro, eu já estava só de calcinha e sutiã. Ávida por você.
Você me olhou de cima a baixo... Devorando meu corpo com o olhar, fez aquele muxoxo:
- Seu corpo é lindo... - murmurou, dando um passo em minha direção.
Dei um passo atrás e comecei a brincar com as peças... Peguei as alças do sutiã e fiz menção de baixá-las, para, logo em seguida recolocá-las no lugar. Repeti o gesto... Você começou a despir-se também. Baixei só uma das alças, até que a pintinha aparecesse, saliente. Você fazia um biquinho, se imaginava já chupando o mamilo que ainda se escondia, tímido.
Tímido nada! Louco para expor-se ao contato quente e úmido de sua boca, ele já estava intumescido. Baixei a outra alça um pouquinho mais e o outro mamilo esforçava-se por saltar sobre o tecido. Soltei a presilha das costas, pus as duas mãos abaixo dos seios, apertando-os, levantando-os, fazendo, enfim, os dois bicos, agora livres, como focinhos perdigueiros, apontarem o meu querer. O sutiã agora jazia esquecido aos meus pés. Você deu mais um passo em minha direção. Recuei novamente. Toquei a lateral da calcinha e a baixei um pouquinho, apenas para exibir a marquinha. Você já estava nu, seu pau brilhava tesudo. Foi difícil resistir e continuar a brincadeira, devo ter mordido os lábios, imaginando-o em minha boca, você sorriu satisfeito:
- Você quer, não quer, safada?
Eu acariciei meu próprio corpo, lascivamente, sorri, pois você semicerrava os olhos, mordia os lábios...
- Você não, safado?
Quando toquei o meu sexo, ainda sob a calcinha e senti o quanto ela estava molhada, respirei o ar, entre os dentes desta vez te tirando do sério. Você avançou em minha direção e como eu já estava muito próxima à parede, não mais pude mais fugir. Gemi:
- Espera!
Você estava quase louco, passava uma mão nele e eu aflita para substituir essa tua mão com todas as minhas possibilidades. Comecei a me acariciar, agora sob a calcinha, brincava com ela, apertando-a para que entrasse entre os lábios, onde a esfreguei suavemente até um prenúncio de gozo. Depois, virei de costas e fiz o mesmo na bunda. Você se aproximou mais, podia sentir seu corpo quase colado ao meu, e me abaixei para tirar a calcinha, provocativamente encostando minha bunda no teu cacete. Sibilei de novo. Queria tudo, queria tanto, imaginei seu pau na minha boca, aquele pau gostoso que a essa hora já estaria molhado pra mim, queria seu pau na minha buceta, imaginava ele batendo fundo, ali em pé, contra a parede, queria que você me enrabasse do jeitinho que eu estava, apenas meio abaixada, a bunda empinada, roçando você. Eram tantas as alternativas que preferi te deixar agir. E você não me decepcionou. Você me fez virar de frente pra você, me beijou a boca, nossas línguas se enroscaram enquanto nossos corpos nus e febris pareciam querer fundir-se. Sua pele morna em contato com a minha me derretia, sentia-me mole, maleável, totalmente entregue nos seus braços. Você me empurrou um pouco contra a parede.
- Uh! Gelada!
Você não se importou. Sem parar de me beijar, foi descendo sua boca louca pelo meu corpo, abocanhou o seio, o da pintinha, enquanto apalpava o outro com uma das mãos. Você beliscava um dos bicos, enquanto mordiscava o outro, mamava e sugava, enquanto apertava os dois com as mãos. Juntando-os, chupava os dois bicos ao mesmo tempo. Agarrando minha bunda, me forçou a abrir as pernas, me arreganhando pra você e começou a me chupar, a língua passeando na buceta, me envolvendo o clitóris, o dedo passeando o rabo. Parou, ficou me olhando:
- Que linda! Mexe ela pra mim, mexe?
Eu comprimi a musculatura interna, até senti-la se mexer.
- Isso! Mexe!
Pompoei de novo.
- Hummm! Linda!
Você voltou a me chupar. Sua mão me apertava as carnes, os quadris, a cintura. A outra se enfiava entre os lábios, afundando-se no molhado dela pra depois ir molhar o cu. Eu me apoiava nos seus ombros, pensava que ia cair, ante a força do gozo que tive. Você se levantou, beijou mais uma vez minha boca, os seios que se ofereciam pontudos. Levantou minha coxa direita e se abaixou um pouco, até encostar seu pau em mim, bem na entradinha dela. Em seguida, soltou a minha perna que, ao cair de volta ao lugar, me fez engolir seu pau inteiro, ajudada pelo seu movimento de se levantar. Ele bateu no fundo.
- Hummmm! - gemi, tentando levantar o corpo, ficar na ponta dos pés. Você não deixou. Segurando minhas ancas, forçava meu corpo contra você, contra sua virilha, contra seu pau que entrava me batendo fundo e forte. Eu arranhava suas costas, apertando seu corpo contra o meu.
Gemia doído.
- Tá doendo?
- Tá - a - aaaiii !
- Quer que eu pare? - perguntou, diminuindo os movimentos.
- Eu te mato!!
Você riu, voltando a enterrar seu cacete em mim, que mordia seu peito para abafar os gemidos, quase gritos, quando eu gozei de novo. Você me fez jogar os braços sobre os seus ombros e, agarrando-me pela bunda, me fez tirar os pés do chão. Fiquei pendurada em você como um filhote de coala. Eu te abracei com as pernas. Nossos peitos apertados um contra o outro, suas mãos me segurando pela bunda, me abriam toda pro seu pau que entrava e saia, enquanto você, usando a parede como apoio, me fodia sem dó.
- Ai! Sssssss! Ai! Ssssssss! Fode! - eu sibilava a cada nova estocada.
- Ssssssss... Ai! Aiê!!
- Goza, safada! Goza no meu pau! - você mandava.
Inevitável, o gozo trepidante e aflito, pressionada contra a parede, sentindo seu cacete duro me rasgando as carnes. E seu sorriso satisfeito, os olhos, novamente semicerrados ante o prazer testemunhado em mim.
Desci do seu abraço. Achei que você estaria cansado do meu peso. Resolvi te dar uma folga. Me abaixei, segurei seu pau com as duas mãos e dei um beijinho envolvente na cabecinha.
- Hummm! Você gemeu!
O beijinho foi se avolumando, compreendeu também o "pescoço", e, em segundos, eu já estava abocanhando seu pau com vontade.
- Engole ele, engole?
Engoli. Nem precisava pedir. Fui tirando ele da boca devagarinho, lambendo-o todo durante o percurso. Voltei a engolir, também devagarinho. Tirei de novo, as mãos grudadas na boca, percorrendo o mesmo caminho, acariciando você. Continuei a punhetinha com cuidado, e, me abaixando mais, fui lamber seu saco.
- Gostoso, gostoso! - eu pensava. - Como esse homem é gostoso!
Você me fez levantar. Virar de costas pra você, abaixar...
- Hum!! Delícia
Apoiar na parede com o ombro e empinar a bunda...
- Aaaah!
Pegou minhas mãos e me fez arreganhar minha bunda pra você...
- Fsssssssss!
Com uma das mãos se apoiava em minha bunda, com a outra segurou o seu cacete e o enterrou de novo na minha buceta. Afundou, voltou, afundou de novo, saiu. E, num mesmo movimento, fez sua entrada triunfal pela porta dos fundos.
- Aiêêê! - Gemi, apertando minha bunda com as mãos contra o seu pau.
- Humm! Gostoso! Faz de novo!
Apertei de novo a bunda, fazendo seu pau passar ainda mais apertado para dentro do meu rabo. Você me segurava pelos quadris, enterrando ele em mim e cada vez que saia um pouco, eu voltava a pressionar as bandas contra ele, fazendo você gemer, rouco, xingar, murmurar, sussurrar... Eu estava adorando aquilo, adorando sentir o teu prazer daquele jeito. Cada estocada sua parecia me deixar prestes a explodir em gozo. De repente você saiu de mim.
- Abaixa aqui, pediu.
Abaixei, na frente do teu cacete.
- Chupa minha bolas, safada!
Chupei suas bolas. Você se masturbava...
- Mmmmmpf! - eu já gemia, antevendo o prazer louco da tua porra escorrendo em minha cara.
- Levanta um pouco, levanta...
Você pediu. Me levantei um pouco, você segurou um dos mamilos com a mão. Depois, o outro, até que ambos ficassem na altura do seu pau. Então, segurando os dois, enfiou seu pau entre eles. Eu resolvi ajudar, apertando os dois contra seu cacete.
- Isso! - pedi - Fode minhas tetas, fode!
- Quero esporrar na sua cara! Olha pra ele, cadela!
Olhei. Justo a tempo de sentir o jato quente vindo em minha direção, me lambuzando o nariz, a boca, o queixo e o pescoço, algumas gotinhas respingando os seios.
Você tombou, apoiado nos meus ombros até ajoelhar-se à minha frente. Eu também me ajoelhei. Você olhou meu colo sujo do seu prazer, riu.
- Você está gozada!
Ri também.
- Só falta agora a gente descobrir que não tem água aqui.
Mas tinha. Você já havia planejado tudo mesmo. Havia até sabonete e duas toalhas limpas na sua mochila. Tomamos um banho, você me ajudando, enquanto eu segurava meus cabelos pra que não se molhassem, você me lavava, passeando o sabonete por meu corpo, depois me enxaguando como a um bebê.
Quando você me deixou sob o prédio, já eram quase três horas. Subi apressada, retomei o trabalho. Duas horas depois, o telefone toca. Seu número piscava no visor. Devo estar no cio, só pode. Atendo, molhada. Não digo “alô”. Digo “dou!”.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario guicaetano

guicaetano Comentou em 24/03/2011

uff parabéns, adoro contos com conteudo...

foto perfil usuario ayeska

ayeska Comentou em 24/02/2011

Ahhhhhhhhhhhh conto delicioso!!! Deixei meu presente...voto!Pena que não tem como ir para os favoritos no meu login. Me deixou daquele jeito! Bjs doces carinhosos!!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


5886 - Banquete de lagostas - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
11157 - A ex do bi e seus pezinhos, suas coxinhas, perninh - Categoria: Fetiches - Votos: 4
11158 - O tiozinho me pegou de jeito - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11159 - Bunda e boca pro cunhado. - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
11160 - Cu de mulher de bêbado não tem dono. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
11161 - Um Banquete Requintado - Categoria: Fetiches - Votos: 5
11163 - Solidão nunca mais. - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11164 - Zonzinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11166 - A Calipígia' - Categoria: Fetiches - Votos: 3
11170 - Crentinha Virgem - Categoria: Virgens - Votos: 6
11178 - Reencontrando o titio que ja tinha me enrabado. - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11185 - A coisa e o último cabaço. - Categoria: Fetiches - Votos: 5
11192 - Preto na branca por Jasmina - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11206 - Um caso de amor em Miami - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11217 - A Salvação. - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11220 - Pro meu corninho por Elaine - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
11222 - Desempregado - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11240 - O pai do namorado por Morena - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11253 - Os Pintores por Elaine - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
11257 - Minha primeira trepada - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11262 - Promovida por Izabelle - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
11289 - Profundo - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11291 - Tiro pela Culatra. Escrito por Sílvia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
11303 - Tia Nina. Minha primeira vez. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
11304 - Enrabada e Feliz - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
11307 - Por trás é melhor - Categoria: Fetiches - Votos: 6
11308 - Na Bunda da Priminha Inocente - Categoria: Fetiches - Votos: 10
11309 - Namoro Anal Atrás do Sofá - Categoria: Fetiches - Votos: 6
11319 - Um ex-namorado por Elaine - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11322 - Lembranças... - Categoria: Fetiches - Votos: 4
11324 - Traindo meu noivo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11348 - Fantasma por Mel - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11351 - Chamou Até Pela Santa - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11360 - Uma vizinha reprimida - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11370 - Alvo Errado - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11379 - Momento de Loucura - Paula - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11385 - Por trás, dói? - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11387 - Jovem Casada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
11395 - Um Cunhado Maduro - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11402 - Rosca sem fim por Teresa Silva - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
11404 - Enrabada pelo cunhado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
11406 - Dê e seu respeitável bumbunzinho. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
11409 - Dominador de fêmea - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11421 - Negócios por Lana - Porto Alegre RS - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11423 - Desvirginado pela vizinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11431 - "Judeiei" - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11439 - Madura seduzindo e sendo seduzida por um garoto - Categoria: Fetiches - Votos: 5
11446 - A bunda de Carla - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
11448 - Dani mulher do meu melhor amigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11460 - O Rabinho da Crente. - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
11461 - Meu tio começou pelo rabinho... por Sara - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11465 - Tara por aquilo preto - escrito por Solange - Categoria: Interrraciais - Votos: 5
11473 - A Pintadinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11489 - Seduzindo um coroa por SexyGirl - Categoria: Coroas - Votos: 4
11491 - A primeira namorada - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11504 - Prazer e remorso por Ângela - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
11518 - Titia tesuda por Helena - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11523 - Motel Sobre Rodas por Praiana - Categoria: Fetiches - Votos: 3
11540 - Samira - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
11548 - Priminho Selvagem - Dandara - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11553 - Não dou... Não dou... - Categoria: Virgens - Votos: 8
11568 - Paixão "bundal" - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
11578 - Minha irmã não deu, eu dei... por Rebecca - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11581 - Corneando o namorado doentinho com um homem mais v - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11582 - Viciei no anal - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11593 - Amizade Antiga - Categoria: Fetiches - Votos: 4
11594 - Preferência Nacional - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11600 - A Noivinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11603 - Vida de Casada. Escrito por Joana - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11607 - A colegial que levou pau - Categoria: Fetiches - Votos: 5
11614 - Curso de Férias por Tatiana - Categoria: Virgens - Votos: 5
11618 - Dando o troco e lucrando... Por Apaixonada - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11624 - Adorável Ruth - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11632 - A Negra - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11635 - O Ponto C - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11650 - Bom te ver.. "São as águas de março..." - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11661 - A mulher do juiz - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11679 - Férias do Namorado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
11682 - Um anal inesquecível por Dayane - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
11702 - Só fez o que quis por Mazinho - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11704 - Livre para voar por Mulher Ardente. - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
11729 - Só na frenta não por Mary Lindinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11735 - João Jumento - Categoria: Fetiches - Votos: 5
11760 - Só atrás - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
11764 - A magrelinha segurou o tranco - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
11771 - Caricatura por Gerson - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
11778 - Casamento em crise por Elaine - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
11783 - A massagem erótica por Paula - Categoria: Virgens - Votos: 4
11794 - Arrombamento e tanto por Márcia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11808 - Rosquinha, leite e chocolate por Fabi - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11811 - Os olhos vagos de Maria Rita - Categoria: Fetiches - Votos: 4
11820 - Dívidas de uma vizinha safada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
11826 - O Dominador - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
11850 - O salvador da pátria por Márcia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11881 - A aposta de Cidinha - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
11893 - A Menina do Banheiro do Colégio - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
11926 - Comida na fazenda por Mariana Frejat - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
11943 - Familiar - Categoria: Fetiches - Votos: 4
11956 - Fazendo o que ele quer por Veridiana - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
11981 - Iniciando a prima - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12012 - Tapas. beijos e muito mais... - Categoria: Fetiches - Votos: 4
12015 - Arrebitada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12027 - Tesão no rabinho de Alice. - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12032 - Santa por fora, diaba por dentro por Rosana - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12037 - O valor da experiência - Categoria: Coroas - Votos: 4
12060 - Um traseirinho gostoso - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12079 - Papai e mamãe... E cunhada! - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12080 - O pai do namorado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12092 - Titio por Clarice - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
12103 - Telma e seu maravilhoso rabo. - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12107 - Escravos do prazer por João - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12118 - Começou no ônibus por Quel Pastor - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12135 - Traí meu marido sem querer querendo... por Rita - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
12139 - Fetichismo em alto estilo - Categoria: Fetiches - Votos: 4
12146 - O lobo rural por Leninha - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12162 - Minhas Férias na Praia por Mariana - Categoria: Fetiches - Votos: 5
12168 - Primeira enrabada por Carol - Categoria: Coroas - Votos: 4
12172 - Mulher do meu amigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
12174 - Intimado a virar Ricardão - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
12175 - O velho que satisfaz por Darlene - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
12181 - Anal com Christina por Rogério - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12190 - O negão me rasgou por Flor - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12193 - Enrabada pelo inspetor - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12196 - Garoto mamado - Gil - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
12210 - A Empregada Crente - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12212 - Gostosa por Maria M. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
12262 - Lúcia, minha amante. - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
12268 - Aventuras de uma balzaquiana - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12288 - Macho negro por Verinha Loura - Categoria: Interrraciais - Votos: 1
12291 - A garotada do prédio por Joyce - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
12293 - Viagem de sexo e prazer por Inês - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
12304 - Reencontro - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
12333 - Chifre a domicílio por Ruiva - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
12382 - Literaturas - Categoria: Virgens - Votos: 3
12487 - Um rasgo de audácia - Categoria: Fetiches - Votos: 1
12490 - Uma vizinha. Uma bundinha... - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12498 - Seu eu deixo? Deixo sim... por Bundinha Gostosa - Categoria: Virgens - Votos: 3
12513 - Questão de tempo... Cuspinho! - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12541 - Bundas - O começo do vício - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
12551 - Amante Gostosão por Aninha de São Paulo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
12605 - Brindadeira de casamento por D., Pirassununga - SP - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12612 - Mudança radical por Norma - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12651 - Férias Maravilhosas por Irene - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
12659 - Verão Proibido - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
12680 - Enquanto dormia o maridão - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
12846 - Meu sogrão por Gilda - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
13010 - Grupo de estudos sexuais por Louraça - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
13326 - Noivinha sacana do meu amigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13358 - Sexo anal é muito bom por Rosa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
13359 - Cur virgem no puteiro - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
13368 - Ao mestre o rabinho - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
13400 - Faculdades anais por Melissa - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
13564 - A Lolita da Van - Categoria: Virgens - Votos: 5
13574 - Tesão na dança de salão por Cláudia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
13971 - Sob o domínio do anal. Quebrando promessa! - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13996 - Transa no clube por Morena Gostosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13997 - Dei a bundinha e adorei, mas o cara... por Julie - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13998 - Finalmente... por Marcela - Categoria: Virgens - Votos: 2
14121 - A baixinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
14172 - Se minha cozinha falasse - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
15842 - Sustos - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
16580 - Putinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
16778 - O primeiro de uma série. - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
23558 - Adoro garotos por Maria - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
38735 - O cozinheiro cuzinheiro. - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
38736 - A mandona. - Categoria: Fetiches - Votos: 0
43530 - A bundinha mais bonita da minha vida. Por Biel - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
49669 - O "rabinho" - Categoria: Interrraciais - Votos: 3
119906 - Like a Virgin - Categoria: Fetiches - Votos: 0
119907 - Ideologia. Eu quero uma pra foder... - Categoria: Fetiches - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil rela210223
ni.

Nome do conto:
Dá pra mim?

Codigo do conto:
11273

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
20/01/2011

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


quadrinhos porno vovô gozou na buceta da neta na praiaultimos contos sadoSo contos de incestos de filha indo visitar o pai separado da maeContos erótico feminino de chefeso safada conto eroticoconto erotico funcionário gostosoconto erotico porno mc kevinhosou madame e louca por peao negro pauzudoconto erotico ele bateu punheta p mimperdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos eroticos de sexo com pai da amigabieljr cornoquadrinhos eroticos a cu invocante 1fotos de sexo com jaquelinecontos gay travestis seduxiu e chantageou deois.comcontos de crossdressconto fragei meu enquilinoConto erotico minha buceta ficou ixanda flagrei minha esposa tomando sêmen de cavaloUltimos contos de coroacastigo pela traição conto eróticoquadrinhos eroticos joaozinhorego conto heterocontos evangelicas sendo abusadas em coletivosficar excitada com historias em quadrinho sacanasconto erotico punhetado por caridadecorno bêbado contos eróticosHq Ay papi porn picscontozoofiliaquadrinhofui violada com um velho de pau de 27cm conto eeoticocont erot mandei pode minha filhacontos de mulheres q fuderao com negros pausudoscúmplices de um resgate pornocomendo o cu da aluna da auto escola contoconto erotico morena maecumerler xvideocasada deu pro primo roludo que saiu daprisao contocomentario de atris porno apos gosada na bocacontosincesto gay pai gozandona boca do filhocontos eroticos convenci minha mulher a usar um biquine fio denta na praiacomendo mulher do amigo quadrinhoscontos eróticos aprendendo com a esposaporn comic familyRelatos e contos de incesto e zoofilia consentidoconto gay comendo o cu do policial de campinasporno gay em quadrinho piratas[email protected]4dedosnocuxvideo impinotisa a familia depois comíminha namorada me traio com meu tioscatvedeocontos porno espiei minha mulher com um negro e me apavorei com o tamanho do penisdei a bucetapromeu filhominha Irma e minha prima peladabranquela+deliciosacasei com meu filho contis eroticosContos eroticos de mamae puta oferecendo o cu para o encanadorquadrinho erotico a esposa pagou o serviço de outra maneira parte finalo dia que dei minha buceta gostoso pro meu/namorado contocontos de putaria sou safada meu cunhado e seu amigo me fuderaocontos com fotos de pauzudosvovô chuupando netinhoconto erotico primeira gozadaconto erotico tripla penetraçaoo velho e minha esposa cavalona e timida contos eroticoscdcris2015Buceta virgem traindo conto eroticoContos de incestos de mães gordinhas com seus fiho fotos delas peladasCasa dos Contos Eróticos chorei gritei na pica do meu filhoContos, de incestos meu filho tem um penis grande e grossoconto erotico conquistado homem casadoconto erotico de enteada novinha safadasedutoras e marrentas parte 4 contos eroticosconto erotico arronbaro minha mae no churrascocontos eroticos enquanto eu dormiaconto erótico hard bdsmcontos erotico pai e mãecontos eroticos moz peludasconto erótico chantagemconto eroticocomendo minha cunhada ia filha dela juntaconto erótico mão amiga grupal entre garotos gays com fotosfilha mostrando a bunda para o pai incesto brasilconto gay passivo que gosta ser penetradoaninha embu video eroticoconto erotico fudendo meu maridoo aluno pauzudo da minha esposa comeu elacontos eroticos pessoas que adoram leite maternocontos eroticos sexos sobre evangelicas pornorealA buceta da minha tia franciscacomendo o cu da aluna da auto escola contoxvidios gei novinho branquinho dando para Negrão pausado