Sobrinha -enteada The day after


Click to Download this video!



Após ter me aventurado com a sobrinha-enteada, não pude dormir. Atordoado, preocupado, pois havia deixado nela grande quantidade de esperma, e uma adolescente saudável como ela isso poderia ser problemático, ela poderia engravidar, se isso ocorresse eu estaria com sérios problemas. Fora isso a foda foi assistida pela outra, ela poderia dar com a língua nos dentes e nos delatar.
Mal clareou o dia eu levantei, todos ainda dormiam, os bebados da noite provávelmente não acordariam antes das 14 horas e as mulheres talvez acordassem antes do meio dia.
Fui novamente ao banho, ao passar no quarto das sobrinhas, deu uma olhadinha, ela estava lá, deitada languidamente, descoberta com as pernas en forma de "4", com uma mão pousada sobre a calcinha. Havia se masturbado? Aproximei-me pude ver a umidade carimbada na roupa íntima, a inundação que fiz ainda vertia dali. Fiquei apavorado como um adolescente que acabou de aprontar, sai dali e fui ao banho. Terminei o banho fui a sala liguei a TV em pleno domingo, assistia o "globo Rural". Eu estava só de bermuda, acabei dormindo, pois passara a noite em claro. Fui acordado pelo toque suave de uma mão alisando meu cacete duro, pensei estar sonhando, semi acordado pensei ter visto minha esposa, pois ela gostava dessa prática. Mas eu estava enganado, era Thainá, de shortinho e um top minúsculo a lhe cobrir os seios. Dei um salto na poltrona e quase gritando protestei:"está doida?? ques que vejam??"- "dormem como porcos, a Elisa está no banho (Eliza era minha mulher, digo era pois não é mais, acabou descobrindo algumas coisas). Conversei com Thainá sobre minha preocupação de ela engravidar e da outra pirralha ter visto a foda. Tranquilizou-me dizendo que sabia como se prevenir e sobre a pirralha me garantiu que ela nao revelaria nada a respeito, pois sabia uns "podres" dela.
A festa ocorrera em um sítio da família, arranjei a desculpa de ir até a cidade pegar jornal, de imediato Thainá prontificou-se para ir junto, não concordei, mas Eliza a estimulou a ir junto, encomendou absorventes pois viera desprevinida, mas recomendou: "vista-se decentemente tá parecendo uma putinha!!!" mas sabia ela que a sobrinha era de fato uma putinha. Thainá então vestiu uma sainha de brim e uma camiseta. "to pronta tio" - Mal dobrei a saida da porteira a safada recostou-se na porta, ergeu uma a perna esquerda no banco do carro deixando a mostra a bucetinha, estava novamente sem calcinha. Freei bruscamente quase derrubando-a do banco. "está louca menina??? vai sair sem calcinha??". Rui safadamente de mina cara e questionou: "Voce vai contar pros outros que estou desprevenida??, to assim pra voce seu bobo!!!". Perdi o controle, não sabia se voltava, se seguia adiante ou se chorava, não sabia o que fazer. Dali até a cidade dava uns 10 KM, não havia lugar para levar ela e comer com calma. Afasteu meu banco para trás e convidei a sentar para "dirigir" eu fazia isso quando ela era menor mas sem intenção de sexo. Prontamente topou, mas disse a ela: "Hoje vai ser diferente" Tirei pra fora a ferramenta que estava duríssima, e oferci:"senta aqui". Prontamente a putinha pegou meu pau com a mão e guiou até a entrada da bucetinha e lentamente baixou a bundinha até que tudo estivesse dentro dela. Aquilo foi estonteante gritei: "assim voce me mata guria!!!" Comecei a movientar o carro lentamente enquanto ela dirigia com meu pau cravado nela, os solavancos da estrada mal conservada faziam o resto do trabalho. Andei uns 2km e entrei numa lavoura, havia um local ali que podia ocultar o carro. Completei a foda com a putinha naquela posição, levantei a camiseta e chupei no peitinho, meio dejaseitadamente, com a mão siriricava auele grelinho duríssimo, até que gozei novamente, num espasmo de prazer ela forçou como se quisesse aprufundar a penetração e desfaleceu de prazer. Sorte que sempre mantenho um rolo de papel no porta luvas do carro, usei para secar o resultado de nosso prazer. Seguimos viagem, compramos as coisas e voltamos. Perguntei a ela onde aprendera essas putarias. Me confidenciou então que meu cunhado comia ela já tinha uns 3 anos, mas ela nunca sentira tesãopor ele. Perguntei quais os "podres" da pirralha que ela sabia, me disse que não era nada de mais, ela a havia flagrado tocando siririca no banho com o cabo da escova de dente cravada na bucetinha. Chegamos da cidade com as encomendas, minha mulher imediatamente se apossou dos absorventes. Passamos o resto do dia flertando com dois adolescentes, quando dava, enfiava a mão na bundinha dela, ou então forçava o cuzinho com o polegar, ela safadamente pegava meu pau, nos torturáva-mos. Depois daquele final de semana nos encontramos mais vezes, sempre com sexo, ela tomava comprimidos pra não engravidar pois fodia com meu cunhado e "ficava" dois garotos da escola.
Foto 1 do Conto erotico: Sobrinha -enteada The day after

Foto 2 do Conto erotico: Sobrinha -enteada The day after

Foto 3 do Conto erotico: Sobrinha -enteada The day after

Foto 4 do Conto erotico: Sobrinha -enteada The day after


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario bily

bily Comentou em 16/02/2011

essa é uma verdadeira putinha mesmo




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil onanista
onanista

Nome do conto:
Sobrinha -enteada The day after

Codigo do conto:
10850

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
26/11/2010

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


pornocontoincestocontos erotico de gay de hetero com avôconto eurotico alistamento comi o sargentoContos eroticos de roludos fudendo ascunhadas e sograsPorn totosa do papaiContos Eroticos Meu Marido um Corno pelo Proprio Filho 4contos de dois heteros juntosporno levei papai em casa xxvideosConto porno desdi pequena pai e mae me comecontos de dei o cu p meu irmão na brincadeiraContos eroticos engravidei a mulher do meu irmaoconto eróticopaucontos comendo menininha de 10contoeroticochupetacontos de sexo anal com a minha cunhadinhasou casada adoro dar o rabo contocaiu na net chantagiei e comi a coroa santinhaporno mulheres que chaman palavroes na hora de fuder com dotadoscumi a bucrtina contos eroticoscontos eroticos enteada virgemultimos contos sadofodi gostoso/contocontos erótico meu marido me ajudacontos eroticos meu sogro se acidentou de moto e eu transei com eleporno contos eroticos pai comeu meu cu numa aposta ,gaytravestis com maridos em praia de nudismosempre quando dancavamos eu passava a mao na bunda delacontos de traição sexovideos de sexochupadas gostosa e profundasam tres espias demais nuaQuadrinhos hentais dona marcia eo mendigomae enbedou pai e filha pra os dois fuder vidio sexoconto erotico crente casada era mulher santa proibida mas na cama fou sedusida virou putaturistas conto eróticoporno sogrinha bebada chupou contosultimos contos sadomerens chupando e tranzando calcinha molhadaextraordinário quadrinho e contos incesto pornoquadrinhos porno vovô gozou na buceta da neta na praiacontos eroticos neguinho mega pauzudo fudeu minha mulherfragante na.esposa no barzinho contos eróticoscontos eróticos fodida pelo meu netocontos eroticos minha calçola fez meu filho me comeconto erotucos eu esoosa e familia nuscontos eroticos gay putinhaconto erótico com fotos dei o cuzinho pro meu filhoconto erotico mulher casada vingar do marido ponta grossanovinha brincado de medicocontosConto erotico titia taratace1 15 a/gande viagemconto erotico mendigo estrupadaminha irma dormindo ru comi elacontos cornos 2017contos eroticos de qd mulheque foi estrupada no onibuscontoeroticocarnavalContos titio sou virgem so se for no cuzinhotesao chefecontos eróticos gay chutando o cozinho do molequeConto eritico da velinhaencoxada na mulher dormindoconto gay uber dotadochifrei na festa relatocorninho manso contosesposa+corno+e+putacontos eroticos meninas pedendo cabaso suas maesDesenho De Porno Gay Em Quadrinhosconto erotyco gay o massagista gostosocontos papakuconto gay fistei o filho gay da minha namoradaoh familia 8 parte 4 hentaiContos eroticos com gays e travestis negros dotadosporno filio nuca viu uma bucetadois pirocudos espludiram a buceta da novinhafreira o'malley 2 hentaicontos melei a xaninha da menininhacontos eroticos primeira dp sem meu esposomeu marido peladofamilia sacana contos filho doentepono doido mamazinha goza na boca da filhinha porno doidoutimoscontoscontos erotico-inteirinha pra vocêConto pelado na casa ela viudasarina da reco fudedoporno gay quadrinho mozto ru contos eroticos de masturbaçao com sograscontos eroticos gravida deixei meu marido cornoconto erotico vovo e netinhacontos eroticos meu vizinho chupava minha bucetinha entroca me dava bombonsbaixar novinha sentindo pau porno mozcontos eroticos de evanelicas rabudas sendo fodidasConto erótico vizinha separoucasada foge de um velho pauzudocontos eróticos fantasia marido bebadocontos tava de vestido i fui comida