O DELICIOSO CAMINHONEIRO


Click to Download this video!


Descobri que era traída. Chorei muito, mas decidi dar a volta por cima.
Fui para a estrada, sozinha. Que loucura, viajei de madrugada. O descaso do meu amor foi total. Ele sequer tentou me impedir. Em uma determinada altura, o pneu de meu carro estourou.
- Tô fodida...
Peguei o estepe e foi a cena mais ridícula que já vi. Rodava a roda e caia a chave, queria chorar. Nada conseguia fazer.
No auge do meu desespero, encostou um caminhão. Desceu um homem jovem, sem camisa, branco de pelo queimada pelo sol e devia ter seus trinta anos.
- posso ajudar moça?
- pode. Não consigo trocar esse pneu.
- uma mulher bonita e cheirosa não pode se sujar. Pode se afastar.
-você é muito gentil obrigada.
- Gosta de andar de madrugada, né?
- Sim. Respondi com medo.
Ele era um homem alto e muito malhado. Era uma delícia, meu sonho de consumo. Um sorriso malicioso. Talvez, a minha paz. Ou meu desassossego.
Notei que além de ‘no ponto’, carregava um belo pacote entre as pernas. Salivei quando vi aquilo.
- Vamos andar? Disse-me sorrindo.
- não conheço bem esta rodovia.
-venha me seguindo- ele me disse.

Entrei no carro e segui aquele homem, com a xana em chamas. Pensei em fazer verdadeiras loucuras com aquele parque de diversões ambulante.
Paramos em uma praia deserta. Eram quase 05 horas da manhã. caminhou na minha direção.
Não disse mais nada abaixou o calção e veio para cima de mim. Tinha um belo mastro, de grosso calibre e tamanho melhor do que normal. Fiquei atônita.
- Vai fazer o que?
- O que vc quiser, respondi.
- Chupa?
- Com gosto...
Gulosamente abocanhei aquela vara. Me pus de joelhos na pedra, e ele de pé, na minha garganta. Chupei freneticamente, sem dar descanso.
- Como você chupa gostoso, gata! AI...
Dei leves mordidas e beijocas na vara. Sugava com força, queria aquela vara na minha garganta, engasgar com ela.
O gato endoidou. Me pediu pra enfiá-la em mim.
- Deixe- me foder vc?
- Vem, vem...
Entrou todinho, de uma vez gemi e estremeci. Parecia que tinha enlouquecido. Estacionou a piroca e dava leves reboladinhas. Coisas de um covarde especialista. Suei, fiquei arrepiada. As reboladas aumentaram o ritmo e fiquei mais melada ainda.
- aiiiiiii. Soca fundo, assim aaaaaaaiiiii!!!
-hum, putinha! Bocetinha quente...molhadinha....
-huuuummmmm...
O macho era do tipo puro sangue. Pica de primeira. Me segurava na vara. Entrava e saia de mim. Não pensei. Estava na praia. Amanhecia. Em breve a praia estaria lotada.
-Pare, esta amanhecendo...
- Eu vou preso gata, mas te fodo até gozar. quero te penetrar gostoso!Olha que delicia meu pau entrando na sua bocetinha apertadinha e depilada...
Perdi a noção. Só queria que ele entrasse mais e mais na minha carne. As estocadas seguiram-se. Eu enlouqueci. Levei toda a pujança daquele pau na minha bocetinha. Rebolei muito. Que gostoso. Pedi para que ele Gozasse e respondeu-me que não, ainda não era hora.
Fiquei apreensiva. Logo a praia estaria povoada. Estava no mínimo louca! Permitir isso!
No fundo adorei aquilo tudo! Aquela vara, entrando e saindo e o dia amanhecendo! Foi muito bom. Mesmo com medo de que outras pessoas vissem, adorei a sensação de perigo. As estocadas seguiram-se, fortes e firmes. Estavamos nus, embolados. A língua dentro da garganta. Não se sabia onde começava um e acabava o outro.

- Gostosa,delícia!!!Quero seu cu... Você é uma putinha deliciosa...
- Ai... Ai...Ai!

Levei maravilhosas estocadas. O gato me virou de costas, me abaixou e enterrou a vara com muita força, rasgando minhas pregas.
- O seu cuzinho... o seu cuzinho!!! Está gostoso?
- Sim. Ai...- Tá me rasgando... tá doendo...OH ! - que dor!
. Empurrava minhas entranhas naquele cacete maravilhoso. Gritei feito louca. Adorei! Aquele pau, duro como um ferro e como era bem grosso e do jeito que eu gosto me fez delirar.

-Mete gostoso, vai-me fode com esse pau grande e gostoso Ele fodia muito gostoso.
- Eu não vou agüentar mais, vou gozar. Vou gozar...
- goza... eu engulo todo o leite que sair de você..." engoli
- Goza no meu pau!

Minha bocetinha estava completamente encharcada e o caralho do moço explodiu no meu cu. senti um mar quente me melar todinha.chupei as gotas que restaram e as engoli. O dia amanhaceu, as pessoas estavam chegando. Entrei correndo no meu carro nua em pelo e ele foi para seu CAMINHÃO. Minhas pernas não fechavam, meu cu ardia e escorria a porra, mas eu não parei de sorrir. Estava muito feliz

Foto 1 do Conto erotico: O DELICIOSO CAMINHONEIRO

Foto 2 do Conto erotico: O DELICIOSO CAMINHONEIRO

Foto 3 do Conto erotico: O DELICIOSO CAMINHONEIRO

Foto 4 do Conto erotico: O DELICIOSO CAMINHONEIRO

Foto 5 do Conto erotico: O DELICIOSO CAMINHONEIRO


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario marcia fernan

marcia fernan Comentou em 05/04/2013

corajosa, vc!

foto perfil usuario vany83

vany83 Comentou em 06/11/2012

Que delicia de conto..

foto perfil usuario pestinha

pestinha Comentou em 20/03/2012

Muito bom, pena das fotos não serem suas que ficaria perfeito

foto perfil usuario gatacasada

gatacasada Comentou em 25/10/2011

muito bom seu conto

foto perfil usuario negra69

negra69 Comentou em 20/11/2010

adorei esse conto..




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


10676 - a prostituição e o estupro - Categoria: Heterosexual - Votos: 16
10696 - Eu e meu homem. - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
10697 - Na academia - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
10731 - Festa de me arrombar - Categoria: Incesto - Votos: 21
10738 - eu e meu motorista - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
10740 - abuso na madrugada - Categoria: Incesto - Votos: 20
10749 - Meu padrasto e eu. Parte 1 - Categoria: Incesto - Votos: 18
10775 - Meu homem - Aconteceu depois da feira - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
10776 - Meu padrasto e eu. Parte 2 - Categoria: Incesto - Votos: 14
10826 - Em família: Meu tio me fodeu e gozou gostoso. - Categoria: Incesto - Votos: 13
10845 - Vendi meu cu. - Categoria: Heterosexual - Votos: 17
10876 - Fodida pelo meu próprio filho. - Categoria: Incesto - Votos: 47
11338 - Em família - Categoria: Incesto - Votos: 5
14091 - primo e tio - Categoria: Incesto - Votos: 5

Ficha do conto

Foto Perfil xana bauer
xanabauer

Nome do conto:
O DELICIOSO CAMINHONEIRO

Codigo do conto:
10750

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
11/11/2010

Quant.de Votos:
11

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


peguei minha sogra de saia justa e fode elaContos de incesto gravidaContos de ninfetas sem calcinhagostosa pono fazendacontos eroticos de meninos gays iniciaçaodei gostoso ao meu filhocontos gay calcinha irma inversaoo meu vizinho me comeu conto eroticocontos eroticos comendo deficiente mental gaymulheres bem torneadas com esporradela na buceta nature abumContos eroticos dei a buceta para um.motoqueirocontos eroticos gay forçados 2017contos eroticos porq muitos homens negam sentir vontade de chupar ou ser chupado por outr homemrelatos eroticos ate que enfimeroticos veridicosconto erotico de neta sendo castigado pelo avo taradocontos eroticos como convencer esposa a um menagecontos erotico com minha sobrinha mais novagravida do negro dela conto eroticopornô entai papai q pau grandeeu meu marido corno e o nativo na praiapeituda de conchinha (contos).Contos eroticos inocente forcacontos foryes de mastubatconto eroticonovinho virgem e as priminhas virgenscontos eroticos irmas gozadeiraconto erotico meu primeiro orgasmocontos de sexo forçado com velhos taradosconto erotico incesto tio e sobrinhaquadrinho porno mae e filho[email protected] punheteiro conto erpticoscontos eroticos ilustrativocontos eroticos gay putinhaconto erótico gay incertoimagenrs+atrevidas++srxo+petsonasxvideo gay mecanico sendo ertrupado por patraoconto erotico: meu pai e seus amigos me comeram gostosoContos de sogras gostosonascontos eroticos desde pequena gosto de grupal agora casadaminha namorada e putinha demaisQuadrinhos porno a semama do saco cheioquadradinhos erocticosquadrinho erotico a minha vizinha branquelapirocas de jumentopai comendo o cu do filhobundudo virgemconto erotico gay tecnicomeu filho atrevido e selvagem porntia peladaPorno orgias incestuosas iniciando com masturbacao coletiva contoscontos eroticos comendo uma dona de casa de bikiniConto erotico samadoquista quando eu extrupei minha mãe vó irmã filha tiacasa dos contos gay incesto o filhinho do meu compadredeixo meu irmãozinho bater punheta vendo minha bundaconto gay incesto irmãosesposa puta quadrinhoscontos erotico carona estupradaconto erotico mae cuidando filhocontos morenao pintudo me comeu no mato seu corno chifrudoquadrinhos eróticos shemale negra emrabado casaistemcurva xvideoconto erotico professoras fazendo orgiasMelhor fotos perereca cabiluda gostosaboquete "veias" contosfamília pervertidafoi encoxar e astrupouConto boquete escondido em quadrinhocine pornoEu corno esposa bunduda namarra contosconto erotico maninhaconto erotico gozada na bucetacontoporno minha mulher gosta de pica grandeConto erotico capsajudado pela esposa,cunhado pauzudo fode a sogra,contos e relatos eroticosconto erotico mãe vergonhafilhaputacontocontos eroticos ilustrativodei a bucetapromeu filhopornor filha senta nu pau pai na mesa de jantardepois do vôlei, comi o rabo do meu adversário - Sexo Gaycdcris2015imagenrs+atrevidas++srxo+petsonasconto+dei a bunda e meu marido ganhou empregover conto erotico sobre padeirocontos eroticos dei o meu cu para meu filhocontos eroticos crentinhas virgemconto erótico mamando no mendigoconto amigo heterosou puta e pratico zoofiliacontos engravidei minha irma e comi ela gravidaconto erotico filho fode mae.contos eroticos dei.o.canecoTransando no ônibus quadradinhojaqueline massai fazer sexo