O meu sogro tornou-se meu dono e vendeu-me num leilão


Click to Download this video!


Tive uma educação super tradicional. Casei-me virgem e jurei obediência total ao meu marido. Logo que casámos fomos morar com o meu sogro que tem uma personalidade muito forte.

O meu marido trabalha na marinha e passa longos meses fora de casa. Essas ausências me deixavam super carente. Eu estava na idade em que as fêmeas atingem o ponto mais alto em termos de necessidade sexual.

O meu sogro sempre me dizia que mulher gostosa, não pode ser mulher de um homem só. De início, fazia-me confusão, pois tinha sido educada para servir e ser fiel ao meu marido.

Com o tempo ele me seduziu. Numa noite, esbarrámos a caminho do banheiro, o meu robe se abriu e fiquei nua em frente dele. O velho me segurou nas ancas com os seus braços fortes e me começou a lamber e a chupar os meus volumosos seios, apesar de eu suplicar para parar. Fodeu-me de pé, contra a parede e com uma força brutal. Gostei da forma animalesca com que o velho me comeu. Esse foi um momento marcante, na mudança do nosso relacionamento. Nesse momento, percebi que gostava de ser tratada como uma puta de verdade.

O meu sogro sempre me dizia que o seu filho era um nerd e que se não contentava a sua esposa, eu não deveria ter remorsos em me entregar para outros homens. A personalidade forte do meu sogro foi-me subjugando. Foi numa noite que ele se assumiu como meu dono e chegando a casa me disse para eu me arrumar bem sexy, pois iríamos sair. Obedeci me arrumei demoradamente. Vesti uma mini saia super curtinha, umas sandálias de salto alto e uma camisola de alças apertada, o que sem soutien, permitia perceber os contornos dos meus volumosos seios. Quando ele me viu me deu uma tapa na cara e me disse: "não te disse que era para ficares super sexy?". Ordenou-me então para tirar as cuequinhas.

Nessa noite, levou-me a um bar de má fama, perto do porto da cidade. O bar estava cheio de homens que se babaram mal me viram. Eram homens bem ordinários e que iam soltando alguns comentários sobre mim. Foi á frente daqueles homens, que ele me obrigou a dançar, para depois me pedir para esfregar a boca na sua rola por cima das calças. Ao me baixar, como a saia era super curta, os homens ficavam babando, vendo a minha buceta. Depois, o meu sogro colocou a rola de fora e bateu com ela dura na minha face, para depois mandar eu mamar. Foi super gostoso mamar a rola do meu sogro, na frente daqueles caras se babando todos. Quando o meu sogro se veio, engoli os jatos de porra que ele soltou na minha boca. Contudo, como alguns jatos de porra caíram no chão, ele me deu uma tapa na cara e me obrigou a lamber o chão.

Os homens rodeavam-nos, parecendo cães por saciar. Foi então que o meu sogro decidiu fazer um leilão ali mesmo. Quem pagasse mais, me podia levar para um motel. Os homens lutavam, colocando ofertas cada vez mais altas, para me comprarem. Foi um velho, que deu a parada mais alta.

Ainda á frente de todos, o velho me beijou na boca. Cheirava a álcool e me causava repulsa. Os outros homens excitados, batiam palmas e incentivavam-no a beijar-me. Alguns minutos depois, o velho levou-me para um motel barato, frequentado normalmente por putas.

No caminho, enquanto dirigia, me pediu para lhe fazer um boquete. A sua rola era enorme e estava bem dura. Estava suja de porra seca. Ele pedia-me para colocar os seus sacos dentro da minha boca e eu obedecia. Os sacos do velho eram grandes, pois estavam cheios. Já no motel, o velho me colocou uma coleira e me obrigou a andar de gatas pelo quarto, enquanto me chicoteava com o cinto nas nádegas. Depois, comigo de gatas, se posicionou por trás e me penetrou na buceta. Penetrou-me de uma só vez, até ao talo, tocando no meu útero. Pouco se importou com o meu grito de dor e começou a socar forte. A rola do velho era descomunal e fiquei com a sensação de que ele me rasgava a buceta.

Depois, ora me penetrava na buceta, ora no cuzinho, enquanto me bofeteava as nádegas e me chamava de vagabunda e de cadela sem dono. Depois tirava a rola do meu cuzinho e colocava-a na minha boca, depois voltava a colocar no meu cuzinho e novamente na minha boca. Eu estava super excitada e á beira do orgasmo. Antes de o atingir, abri os olhos e percebi que o velho tinha deixado a porta do quarto entre aberta e o recepcionista nos observava, se masturbando. Vim-me num duplo orgasmo, um pouco antes do velho me encher a cara, os olhos e o cabelo de porra. Nunca tinha visto um homem soltar tanta porra. Depois, o velho disse ao recepcionista para entrar e me foder. Eu estava extenuada, mas excitada. O recepcionista era um homem novo e possante. Fizemos sexo toda a noite. Algum tempo depois o velho recuperou o seu tesão e entrou no jogo. Fiz a minha primeira DP. Foi super gostoso.

Terminei a noite esgotada, com a buceta e o cuzinho esfolados. Foi o meu sogro e meu verdadeiro dono que de madrugada me foi buscar ao motel e me tirou a coleira, antes de me levar novamente para casa.

Espero que não tenham ficado com uma má opinião sobre mim.

Foto 1 do Conto erotico: O meu sogro tornou-se meu dono e vendeu-me num leilão

Foto 2 do Conto erotico: O meu sogro tornou-se meu dono e vendeu-me num leilão

Foto 3 do Conto erotico: O meu sogro tornou-se meu dono e vendeu-me num leilão

Foto 4 do Conto erotico: O meu sogro tornou-se meu dono e vendeu-me num leilão


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario edu27rj

edu27rj Comentou em 13/09/2017

adorei seu conto

foto perfil usuario hottnts

hottnts Comentou em 09/09/2017

Foi o meu sogro e meu verdadeiro dono que de madrugada me foi buscar ao motel e me tirou a coleira, antes de me levar novamente para casa. kkk e a safada gostou?

foto perfil usuario brafaelb

brafaelb Comentou em 06/09/2017

gostosa

foto perfil usuario suzy83

suzy83 Comentou em 05/09/2017

Essa tua história é muito excitante e linda! Se parece, em vários pontos, com a minha própria história. Também sou puta do meu sogro, que é meu macho e meu dono. Ele nunca me vendeu ou alugou, mas vou pra cama com gente que ele mesmo me arranja. Meu sogro transformou meu marido (seu filho) num corno, e me dá uma vida de puta, que eu adoro! Gostaria de trocar experiências com você. Se quiser, por favor, me escreva através do meu perfil (Suzy83). Parabéns relato, e beijos!

foto perfil usuario carlosrs

carlosrs Comentou em 05/09/2017

Má opinião ? Quanto mais safada, melhor.

foto perfil usuario fotografoliberal

fotografoliberal Comentou em 05/09/2017

Adorei o conto e curto muito tudo isso, adoro filmar e fotografar esses melhores momentos. Caso interessar posso viajar ou receber: fotografoliberalyhaoo

foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 04/09/2017

colossal




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


92847 - Trai o meu marido com o amigo do nosso filho - Categoria: Fantasias - Votos: 61
92962 - Trai o meu marido e ele gostou - Categoria: Traição/Corno - Votos: 49
96941 - Estava grávida de 7 meses, quando liquidei a dívida ao agiota - Categoria: Traição/Corno - Votos: 70
97607 - Crónicas de uma mulher casada e bem comportada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 42
98218 - Fiquei colada ao meu Dog - Categoria: Zoofilia - Votos: 62
101871 - Fui assediada pelo meu sobrinho novinho - Categoria: Coroas - Votos: 58
101927 - Vendi-me por necessidade e o meu marido soube - Categoria: Coroas - Votos: 45
105845 - Real - Fui sodomizada por colega novinho e contei ao meu marido - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 32
105915 - O meu sogro comeu-me com 7 meses de gravidez - Real - Categoria: Incesto - Votos: 49
106919 - Real - Eu e a mamãe fomos comidas - Categoria: Fantasias - Votos: 42
109806 - O meu sobrinho era meio estranho - Categoria: Incesto - Votos: 33
110116 - Eu e a minha esposa numa casa de swing - Real - Categoria: Traição/Corno - Votos: 46
111025 - Levando porra dos amigos do marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 44
112651 - Real - Casada e com um filho tive de trair o meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 45
114598 - O pirralho me chantageou - Real - Categoria: Coroas - Votos: 34

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico donajoana

Nome do conto:
O meu sogro tornou-se meu dono e vendeu-me num leilão

Codigo do conto:
105699

Categoria:
Sadomasoquismo

Data da Publicação:
04/09/2017

Quant.de Votos:
32

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


egua buceta piscandocontos porno em quadrinhos de mulheres casadas com muito tesao traindo marido com negao roludocontos eroticos eu de.comsaia.comno coletivofilha mostra a buceta pro pai conto ilustradoenteadacontoeroticocontos com sogras tetudasContos eroticos virei puta do meu sogroConto porno putinha do velho desde de novinhaporno historias em quadrinho teste para filme porno contoContos vovô transado netaconto erotico eu meu marido e minha irmãContos gay pau pequenocontos eroticos guardetes noturna trepandorelatos de gey dano o cucontos eróticos comi o cu do filho da mendigacontos veridico mulher casada,mas nao resistiu ao travesti bem dotado e fode com elecontoserotico de hentaicontos de sexo casada traindo com picudo e a filha ouvido tudorabuda viajante contos eroticosmuler se a seusta com pirocao no cufotos pornô do genro comendo a sogra em quadrinhostravestibebadacalcinhaconto erotico sou uma coroa carentecontos de casada chantageadasconto erotico tia lesbicasexo com colegas de trabalho esfregando a pica na buceta directamente para a buceta quadradinhos eróticocontos eroticos estupro vadiasvideos de mulheres sendo marsturbadas e gozando como fazer ?porno. coroas com ps big Black cockconto o enfermeiro gayhistoria em quadrinhos com sexo gaytravesti com mulher contoscontos eroticos supriendentesbebi dimais e dei a bunda gaycontosmijei dentro do cu conto pornoconto erodico tentado comer avisinha casadapés gordinhos contos eroticospunheta e lactofilia en beachconto gay o cadeirante roludoinscesto conto erotico em quadrinhoconto erotico esposa beba 2017 foto madoraultimo contos eroricos com fotos 2017 de tanto meu marido fatasia na cama virou cornocontos eroticos engravidar a. professoracontos eroticos realizando putaria por dinheirocontos erotico fui obrigada atransa ate com cachorotudo contra quandrinhos eroticos denunciarporno moz filho fica marido da sua mae engravida seperado seu irmaoContos ertico em quadrinhos. O cabao nasce outra vezconto erótico hard bdsmcontos eróticos 082 anos chupando o cu e o pinto do velho e idosoconto eroticogravida xupa a pica do irmaosou coroa mae incestuosa e gosto de me exibir de biquíni fio dental contosConto gozei sendo encoxadaultimos conto sadoadoro ser dividida pelo meu macho contos eróticobucetamarlenever o pau do meu irmao doro contoconto erotico esposa fielO que fazer pra comer minha mae conto incestofilho conto eróticocontos eroticos me comeraoo no onibus quando eubera novinhagozei nos fundilhos da calcinha da minha irmãdei para 3negos contosXVídeos pornô com história em quadrinho n**** f****** a mãe do amigosexo e prazer contosultimos contos sadocontos eroticos objeto no cuconto erotico lutadoraconto casada com negao no pelocontos erotica na praia de tambabaxvideos.incesto.pauzudo.arrebentandoContos reais sobre maes fudidas por amigosno escuro comedo a mae por engano a mae filho incesto travesti comedo a maepunheta gordopênis cabeçudo arrebentando a buceta da magrinha pretinha machucandoConto erotico ela arriou a calcinha e ele chupouconto erotico usadoperdi a virgindade pra um cachorroCasais tarados2contos narrados de casada que adora um boquetecontos eroticos comendo o cu da irma goticaxxxvideo parei o carro chameichupei dois contosporno conto erotico virei putinha do chefefrancinecross crossdressgravidezcompenissexo engravidando mamaeconto erotico mimha mulher gosta de pau groso e grande e o meu e piquemo